Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 16 DE Setembro 2014

A PARTICIPAÇÃO do Misto de Quelimane no Torneio de Hóquei em patins a nível de escolas de formação, recentemente em Maputo, é de acordo com o presidente da Federação Moçambicana de Patinagem (FMP), Nicolau Manjate, um momento que enche de orgulho a família da modalidade.

 

 

 “Ver estes rapazes, muito novos, mas cheios de talento e vontade de aprender a competirem no Torneio alusivo à Semana do Desportivo dá-me garantias de que o hóquei ganhou alicerces para Moçambique vir a tornar-se numa potência, para além de ser uma confirmação de que realmente o desportista moçambicano tem muita arte em tudo o que faz”, disse Nicolau Manjate.

 

 

Nicolau Manjate frisa que o reinício da competição a nível das camadas de formação, uma meta estipulada pela federação como sendo prioridade para este ano, só foi possível graças ao esforço e abnegação de todos que primam pelo bem da modalidade, teceu rasgados elogios ao Governo, considerado o principal parceiro da FMP. “O Governo tem-nos apoiado bastante e mais uma vez deu-nos uma “mão” ao facilitar na importação de equipamentos. Toda a família do hóquei está grata e fará o que estiver ao seu alcance para justificar o apoio que o Governo, através do Fundo de Promoção Desportiva, Ministério da Juventude e Desporto, tem dado. Pretendemos mostrar igualmente à direcção da Universidade Eduardo Mondlane que nos cedeu o seu pavilhão e aos restantes parceiros da federação que vale a pena continuar a investir na área de formação”, sublinhou.

 

 

O presidente deposita muita fé nos jovens talentos, acreditando que grande parte deles terá capacidade para defender as cores nacionais além-fronteiras. “Podemos não ter muitos recursos financeiros ou materiais, mas há algo que temos à fartura. Falo de talento que é algo natural que nascemos com ele. É graças a este dom que o hóquei continua bem vivo, pelo que pretendo ver estes jovens a crescerem como desportistas, mas também como pessoas de bem, integradas numa sociedade que vai sendo cada vez mais exigente, aconselhando-os a nunca deixarem de estudar, pois como sabemos o nosso hóquei não é profissional. É preciso conciliar a componente desportiva e a pessoal”, arrematou.

 

 

Nicolau referiu-se ao esforço que tem sido dado para a consolidação deste projecto, citando a título de exemplo os nomes de Abdul Azize, Bruno Pimentel, Pedro Tivane, Justino Miguel, Henrique Gamito e Zefanias como figuras-chave neste processo.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:26
 O que é? |  O que é? | favorito

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Setembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
15
17
20
21
25
26
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO