Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 22 DE Abril 2014

 

O PÚBLICO tem correspondido da melhor maneira neste arranque do Moçambola-2014. Nas províncias, mas também na capital do país, onde nos últimos anos os estádios/campos eram caracterizados por bancadas às “moscas”, hoje o cenário mudou para o melhor.

 

Na primeira jornada, no Estádio Nacional do Zimpeto, o público afluiu em massa para testemunhar o regresso do Desportivo de Maputo ao Moçambola. Os “alvi-negros” brindaram aos adeptos com uma vitória por 2-0 diante do Têxtil de público.

 

Na segunda jornada houve afluência em massa ao desafio Costa do Sol-Ferroviário da Beira, onde o recinto dos “canarinhos” ficou à metade de lotação esgotada. Ainda nesta ronda houve bom público no Estádio da Machava para assistir ao empate entre o Ferroviário e Liga Muçulmana (1-1).

 

Na terceira ronda o Estádio Nacional do Zimpeto viu a sua bancada central sombra encher por completo para assistir à vitória do Maxaquene (1-0) sobre o Ferroviário de Maputo, naquela que foi a melhor partida da jornada. O jogo Liga Muçulmana-Costa do Sol, 2-1 para os “muçulmanos”, também teve uma afluência do público, sobretudo o afecto à equipa de Matchiki-Tchiki.

 

Na quarta ronda o memorável Ferroviário de Maputo-Desportivo de Maputo (4-2), disputado num sábado na Machava, teve um numeroso público e no dia seguinte muita gente afluiu ao campo dos “canarinhos” para ver a derrota do Costa do Sol diante do Maxaquene por 1-0. Essa partida registou até ao momento a maior assistência em jogos realizados na capital do país (faltava pouco público para a lotação esgotada).

 

 

 

Na quinta jornada, disputada no último fim-de-semana, muito público acorreu ao Zimpeto para ver a goleada do Maxaquene (4-0) sobre o Desportivo de Nacala. Na Matola o campo da Liga Muçulmana registou um bom número de adeptos (sobretudo do Ferroviário de Quelimane) para assistir ao jogo que terminou com expressiva vitória dos “muçulmanos” por 5-1.

 

Essa partida foi, aliás, igualmente assistida pelo governador da Zambézia e pelo presidente do município de Quelimane.

 

Falamos apenas dos desafios efectivados na cidade de Maputo porque nas províncias raramente não há lotação esgotada nos campos. Este é, sem dúvidas, um dado animador, se se tiver em conta que o futebol só faz sentido com o público nas bancadas.As imagens do nosso colega César Bila ajudam a ilustrar a enchente verificada no Costa do Sol-Maxaquene.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:00
 O que é? |  O que é? | favorito
Abril 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
15
18
19
20
26
27
28
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO