Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 14 DE Fevereiro 2018

 

O Costa do Sol e a Liga Desportiva transitaram, ontem, para as meias-finais do Top-8 Mavila Boy, após vitórias sobre o Estrela Vermelha e Nacional, respectivamente.

 

Os “canarinhos” venceram por 2-0, passando a somar seis pontos, os mesmos da Liga e Estrela, esta última equipa eliminada pelo “goal-average”. Por seu turno, os “muçulmanos” transitaram após goleada por 3-0, assinada por Neymar, Infren e Yude, passando a ter seis golos marcados e apenas um sofrido, portanto, terminando como líderes da Série A.


Costa do Sol-Estrela era o desafio mais aguardado da tarde no Matchiki-tchiki. Nesse duelo com os “alaranjados”, Leornado Costas decidiu conferir algum descanso à equipa que derrotou o Galaxy no sábado, para as Afrotaças, alinhando de início apenas Zequito, que fez os primeiros 45 minutos frente aos tswanas e Raúl que actuou na segunda metade desse embate que decorreu no Zimpeto.

 

Com isso ficava previsível que não se teria um Costa do Sol forte, pois o resto dos titulares foram jogadores que constituem a segunda linha. Mesmo assim, os “canarinhos” entraram balançados ao ataque, até porque sabiam que só fazendo golos é que transitariam para as “meias”.

 

O Estrela, por sua vez, resguardou-se, optando por jogar na expectativa e no erro do adversário, com ataques esporádicos. O Costa do Sol adiantou-se, entretanto, aos oito minutos por intermédio de Nené, a meias com o guardião Marcelino, num golo simplesmente caricato. Há um canto na direita com o trinco “canarinho” a cabecear para defesa de Marcelino, com a bola a bater na trave para cima. Quando tentava sacudir para canto, o guarda-redes “alaranjado” introduziu a bola na própria baliza. Entretanto, o golo não despertou o jogo que continuou morno por toda a primeira metade, com as duas equipas a demostrarem falta de soluções pois não tinham pensadores.

 

Talvez tenha sido por isso que os dois treinadores fizeram duas substituições cada ao intervalo, metendo jogadores com alguns dotes técnicos. Rogério Marianni apostou em Júlio e Pepe, enquanto Leonardo Costas confiou em Terrence e Nelson para dinamizarem o ataque. Mesmo assim, o jogo não deslumbrava, nenhuma equipa jogava bem. Mas porque quem tem Terrence tem meio-caminho andado, eis que o liberiano cava um penálte depois de "trocar" os  olhos a três adversários, com Isac a converter em 2-0, aos 68 minutos.


Daí em diante viu-se um Costa do Sol à procura do confortante terceiro golo que jamais surgiu, ou seja, o 2-0 prevaleceu.


Na tarde de ontem, os “canarinhos” e “alaranjados” alinham desta forma:


COSTA DO SOL: Victor; Isaías, Sarmento, Nené, Danito, Zequito (Terrence), Nilton, Artur (Isac), Raúl (Jorge), Cris e Cláudio (Nelson).


ESTRELA VERMELHA: Marcelino; Dedé, James, Zé, Igor, Pedó, Jossias (Anselmo), Paulino (Pepe), Danny (Vagner), Dino (Júlio) e João (Santos).

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 10:36
 O que é? |  O que é? | favorito
Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
17
18
21
22
23
24
25
26
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
AT ganho... e Tricampeão ao vencer Acadêmica por 3...
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
blogs SAPO