Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Segunda-feira, 02 DE Outubro 2017

 

 

 

O guarda-redes uruguaio, Ramiro, actualmente a defender as cores do Textáfrica do Chimoio poderá representar na próxima temporada o Costa do Sol, vice-campeão da temporada de Moçambola-2017.

 

Neste momento, o Costa do Sol conta com José Guirrugo, internacionalmente moçambicano, que vai integrar o grupo dos Mambas que vai efectuar dois jogos particulares fora de portas, sendo, igualmente, um dos guarda-redes menos batidos do Moçambola, além de Wilson, que não tem tido espaço para ser a principal opção da equipa de Nélson Santos.

 

O certo é que o actual guarda-redes dos primeiros campeões nacionais já demonstrou que tem qualidade para merecer melhores ofertas e não estampa que o Costa do Sol tenha apresentado uma proposta para a sua contratação.

 

Joca Estevão

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 11:07
 O que é? |  O que é? | favorito
Quinta-feira, 28 DE Setembro 2017

 

O Costa do Sol foi a Beira vencer o Ferroviário por duas bolas sem resposta. No jogo de atraso referente à vigésima jornada do Moçambola, Lineker (28’) e Nelson (80’) fizeram os golos do canário.

 

Com este resultado, o Costa do Sol reforça o segundo lugar do Moçambola e passa a somar 55 pontos. O Ferroviário da Beira, por seu turno, continua com os 36 pontos na oitava posição.

 

Por Gilberto Guibunda

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 10:34
 O que é? |  O que é? | favorito
Quarta-feira, 27 DE Setembro 2017

 

O FERROVIÁRIO da Beira recebe esta tarde, pelas 15.00 horas, no “caldeirão” do Chiveve, o Costa do Sol, em jogo de acerto de calendário referente à 20.ª jornada do.

 

Os “locomotivas” beirenses, já destronados do título pela União Desportiva do Songo, retomam as competições internas depois do seu recente afastamento da Liga dos Campeões Africanos, no último sábado, com o empate sem golos em Argel diante da campeã argelina USMA, depois da igualdade a um golo no jogo da primeira “mão”, disputada na Beira.

 

Falhado o sonho de atingir as meias-finais nas Afrotaças, os “locomotivas” da capital provincial de Sofala procuram agora melhorar a sua classificação, enquanto os “canarinhos”, que viram mais uma vez adiado o seu sonho de chegar ao título, querem vincar o estatuto de vice-campeões, do qual já gozam em virtude da vantagem insuperável que detêm em relação aos seus mais directos perseguidores a duas jornadas do encerramento da prova.

 

O Costa do Sol, travado com empate na última ronda pelo Chibuto, soma 52 pontos - está a 10 do campeão -, mais sete que o Desportivo de Nacala, este que assaltou o terceiro posto com a vitória, em Nampula, frente ao Ferroviário local.

 

Já o Ferroviário da Beira ocupa a oitava posição, com 36 pontos (menos três jogos), e continua a sonhar com o pódio, visto que pode fazer 51 pontos em caso de vitória nos jogos que ainda tem pela frente (cinco).

 

Ainda para o acerto de calendário, os “locomotivas” beirenses vão defrontar o Ferroviário de Maputo e Chingale, respectivamente nos dias 11 e 18 de Outubro.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:41
 O que é? |  O que é? | favorito
Terça-feira, 19 DE Setembro 2017

 

A UNIÃO Desportiva do Songo deu um passo importantíssimo para a conquista do Campeonato Nacional de Futebol, o Moçambola-2017, depois de vencer, na tarde de ontem, no seu reduto, o Costa do Sol por 2-1, naquele que era o jogo mais importante da 27ª jornada.

 

Com este triunfo, os “hidroeléctricos” passam a somar 59 pontos, portanto mais oito que os “canarinhos” que desta forma terão deitado tudo abaixo no que concerne à luta pelo título.

 

Quem continua aflito nesta prova é o Maxaquene. Com a derrota ontem em Nacala, diante do Ferroviário local, ainda pode descer de divisão. O Textáfrica, por sua vez, tenta sair do sufoco. Na tarde de ontem recebeu e venceu o outro aflito, o Chingale, por 2-1.

 

A Associação Desportiva de Macuácua, mesmo já despromovido, foi a Nampula derrotar o Ferroviário local, por 1-0, o mesmo resultado com que o 1º de Maio bateu a Universidade Pedagógica do Niassa.

 

O Desportivo de Nacala viajou para Maputo, onde venceu a Liga Desportiva, por 1-0.

 

Entretanto, esta ronda teve um encontro adiado entre os Ferroviários de Maputo e da Beira, em virtude dos representantes de Sofala se encontrarem a disputar a Liga dos Campeões Africanos.

 

Na próxima ronda já pode haver campeão. Se a União Desportiva do Songo vencer o Textáfrica e o Costa do Sol perder diante do Chibuto, o primeiro festeja o título.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:53
 O que é? |  O que é? | favorito
Quinta-feira, 31 DE Agosto 2017

 

Os jogadores do 1o de Maio de Quelimane paralisaram os treinos desde ontem, em reivindicação de atraso salarial de cinco meses, facto que é reconhecido pelos dirigentes do clube, que dizem estar a trabalhar para resolver o problema.

 

 – É uma revindicação normal, é direito deles, vamos resolver a situação. Esse é um problema da província e não só dos dirigentes. Temos alguns meses de atraso, afirmou Kutumbia, vice-presidente do clube.

 

Alguns adeptos do combinado lamentam o sucedido e apelam os responsáveis para apoiarem os jogadores que lutam para manter a equipa no Moçambola.

 

 – A direcção tem que olhar por isto. Se os jogadores reclamam do salário, que dê aquilo que é deles, afirmou Mourinho, adepto do 1o de Maio.

 

 Recorde-se que o clube 1º de Maio de Quelimane está na 12ª posição da tabela classificativa do Moçambola, com 28 pontos, e abandonou a linha de despromoção.

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 12:56
 O que é? |  O que é? | favorito
Sexta-feira, 25 DE Agosto 2017

 

O COSTA do Sol recebe domingo a ENH de Vilankulo sob risco de perder completamente de vista a União Desportiva do Songo na corrida ao título do Moçambola-2017, que roda este fim-de-semana a 25ª jornada. Os jogos desta ronda realizam-se todos no domingo.

 

A sete pontos da equipa do Songo (52), líder destacado da prova, os “canarinhos” (45) estão proibidos de perder se quiserem continuar a sonhar com o título, sobretudo porque a UD Songo continua implacável.

 

O Songo parte também para uma missão complicada na recepção ao Maxaquene, este que já espreita a zona de despromoção, portanto muito preocupado com a má fase que atravessa nesta recta final da prova e que já lhe coloca numa situação de grande aflição.

 

Muito motivados e determinados, há bom tempo que os “hidrocarbonetos” não perdem tanto dentro como fora de casa, facto que coloca os “tricolores” numa situação tremenda, depois da recente derrota com Costa do Sol.  

 

Outro jogo que chama atenção aos amantes do Moçambola, mas que não decide praticamente nada já que fica cada vez mais evidente que a luta pelo título é reservada à UD Songo e Costa do Sol, coloca frente-a-frente a Liga Desportiva de Maputo e o Ferroviário da Beira, no reduto da primeira formação. As duas equipas partilham a sexta posição, ambas com 34 pontos.

 

Em terceiro lugar, o Chibuto (39) recebe a aflita UP Niassa, sob risco de descer de divisão, actualmente na penúltima posição. Com os olhos postos no segundo lugar, os “guerreiros” estão em condições de redimir-se da recente derrota frente ao Desportivo de Nacala, este que defronta o conterrâneo Ferroviário. É caso para dizer que terremos o duelo nacalense e que, pela história, promete muita rixa no terreno e grandes emoções nas bancadas. Esperamos que não seja um jogo para mais casos de violência em virtude da rivalidade extrema entre as duas equipas.

 

O Ferroviário de Maputo tem igualmente uma missão espinhosa na sua deslocação ao reduto do Textáfrica, este que procura os lugares mais confortáveis e que lhe garantam a manutenção. Os “locomotivas” também não gozam de boa saúde e lutam para preservar o seu estatuto, que passa por melhorar a sua classificação, estando neste momento a meio da tabela.

 

À busca do conforto está igualmente o Ferroviário de Nampula, que recebe o Chingale, já sobre a linha de água. Por último, o jogo de aflitos entre o 1º de Maio de Quelimane e a Associação Desportiva de Macuácua.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:31
 O que é? |  O que é? | favorito
Terça-feira, 22 DE Agosto 2017

 

A Universidade Pedagógica de Lichinga consentiu mais uma derrota em casa, por 2-1, na recepção à líder União Desportiva do Songo, em jogo da 24.ª jornada do Moçambola-2017, que teve como palco o Estádio Municipal 1.º de Maio, em Lichinga.

 

Os universitários continuam em penúltimo na tabela classificativa e têm a manutenção cada vez ameaçada.

 

Galvanizados pelo empate conseguido em Maputo, diante do Costa do Sol, na jornada anterior, os amantes de futebol do Niassa foram ao Estádio Municipal 1.º de Maio confiantes na obtenção de uma vitória que renascesse as esperanças de manutenção no principal escalão do futebol nacional.

 

Mas quem assim pensou acabou saindo com as expectativas defraudadas, porque foi a equipa visitante que entrou melhor no jogo. Fechou todos os caminhos ao adversário, circulou melhor a bola e acabou sendo compensada quando ao cair do pano da primeira parte marcou os dois golos que acabaram fazendo a diferença na história do jogo.

 

Os heróis da equipa de Chiquinho Conde foram Gildo e o inevitável Luís Miquissone, aos 42 e 45+1 minutos.

 

Abrão Ismael

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 13:21
 O que é? |  O que é? | favorito
Sexta-feira, 18 DE Agosto 2017

 

O MAXAQUENE e o Costa do Sol protagonizam amanhã, a partir das 15:00 horas, o desafio mais aguardado da 24ª jornada do Moçambola-2017.

 

Trata-se de um “derby” passível de atrair multidões seja qual for a prestação actual das equipas, que aliás, à entrada para esta jornada buscam pontos por objectivos opostos. Enquanto os “tricolores” procuram pontuar para assegurar a manutenção, os “canarinhos” olham para o título ainda como uma meta alcançável. Face a estes indicadores, espera-se um jogo aberto com ambas as formações quase que obrigadas a conquistarem os três pontos. Na primeira volta, a turma “canarinha” venceu, por 2-0.

 

O Costa do Sol ocupa o segundo lugar com 42 pontos, menos sete que UD Songo. O Maxaquene, por sua vez, está na 12ª posição com 27 pontos.

 

A UD Songo, líder isolado, joga fora, no reduto da UP Niassa. É uma turma do Songo a atravessar um bom momento e muito próximo de concretizar um sonho antigo: conquistar o título, mas importa frisar que o anfitrião está motivado depois de ter vindo a Maputo empatar com o Costa do Sol, 0-0.

 

O Clube do Chibuto, terceiro classificado, 39 pontos, tem uma saída ainda mais difícil na medida em que joga no terreno do Desportivo de Nacala, sexto com 32 pontos. Para continuarem a acreditar que ainda é possível lograr os seus intentos (serem campeões), os gazenses devem fazer a sua parte, ou seja, vencerem e esperarem que o comandante perca pontos nas sete jornadas em falta. 

 

O Ferroviário de Maputo, que terá no banco Caló, após a demissão de Lucas Barrarijo, será testado na Machava diante do seu homónimo de Nampula. O campeão, Ferroviário da Beira, recebe o 1º de Maio de Quelimane, com claro objectivo de terminar o campeonato numa posição bem mais acima do oitavo posto que ocupa nesta altura.

 

AD Macuácua, último classificado, 15 pontos, praticamente condenado a despromoção, recebe a equipa sensação, o Ferroviário de Nacala, quarto com 34, enquanto o Chingale também em situação de queda aos “quarteirões” defronta a Liga Desportiva de Maputo. 

 

Em Chimoio, o Textáfrica bate-se com ENH de Vilankulo.

 

À excepção do Maxaquene-Costa do Sol, a decorrer amanhã, os restantes jogos realizam-se na tarde de domingo (todos com início previsto para as 15:00 horas).

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 12:13
 O que é? |  O que é? | favorito
Terça-feira, 15 DE Agosto 2017

 

O COSTA do Sol comprometeu seriamente o sonho de voltar a conquistar o título nacional de futebol (10 anos depois) ao empatar, em casa, com a UP Niassa, sem abertura de contagem, em partida da 23.ª jornada do Moçambola.

 

Numa altura em que os “canarinhos” precisavam de vencer e esperar que a União Desportiva do Songo perdesse pontos para reduzirem a desvantagem, aconteceu o contrário, já que foi o Costa do Sol a perder dois pontos, numa partida em que era claramente favorito, e a UD Songo venceu o Desportivo de Nacala, por 1-0, e avolumar deste modo a vantagem de sete para nove pontos.

 

O Ferroviário da Beira, campeão na época passada, continua a fazer um campeonato para esquecer. Na visita ao campo do Ferroviário de Nacala teve que se conformar com um empate (1-1).

 

Em situação preocupante está o Maxaquene, que ao perder no reduto da ENH, por 1-0, corre o risco de cair na zona de despromoção, se continuar a desperdiçar pontos nas próximas jornadas.

 

O “derby” da cidade de Maputo entre a Liga e o Ferroviário foi ganho pela primeira equipa, por 1-0. Com esta vitória, a Liga sobe ao quarto lugar, aproveitando a perda de pontos do Desportivo de Nacala e Ferroviário de Maputo.

 

O Clube do Chibuto acabou por ter uma jornada animadora, na medida em que venceu o AD Macuácua, por 1-0, e viu o segundo lugar ficar mais próximo, por força do empate do Costa do Sol. Se na maioria dos campos os avançados estiveram desinspirados na hora de rematar à baliza, em Quelimane houve fartura de golos, com o 1.º de Maio local a golear o Chingale, por 5-2. Grande vitória dos quelimanenses, que deixam a zona de despromoção.

 

Sem ganhar continua o Ferroviário de Nampula. Nesta ronda empatou no terreno do Textáfrica a um golo.

 

Eis a próxima jornada (24.ª): Ferroviário de Maputo-Ferroviário de Nampula, Chingale-Liga Desportiva de Maputo, Ferroviário da Beira-1.º de Maio de Quelimane, AD Macuácua-Ferroviário de Nacala, Desportivo de Nacala-Clube do Chibuto, UP Niassa-UD Songo, Maxaquene-Costa do Sol e ENH-Textáfrica.

 

RESULTADOS

 

1.º de Maio-Chingale (5-2)

Liga-Ferroviário de Maputo (1-0)

Costa do Sol-UP Niassa (0-0)

Clube do Chibuto-AD Macuácua (1-0)

ENH-Maxaquene (1-0)

Textáfrica-Ferroviário de Nampula (1-1)

Ferroviário de Nacala-Ferroviário da Beira (1-1)

UD Songo-Desportivo de Nacala (1-0)

 

CLASSIFICAÇÃO ACTUAL  

                                

       J          V         E         D           G         P

1.º UD SONGO          23        15        4          4          28-13   49

2.º Costa do Sol       22        12        6          4          21-13   42

3º Chibuto               23        11        6          6          24-20   39

4.º Fer. Nacala         23        9          7          7          17-16   34

5.º Liga                   23        9          7          6          29-23   34

6.º Desp. Nacala      22        7          11        4          16-11   32

7.º Fer. Maputo        23        9          5          9          21-20   32

8.º Fer. Beira           20        7          9          5          24-17   30

9.º ENH                    22        7          8          7          24-22   29

10.º Fer. Nampula     23        5          13        5          17-18   28

11.º Textáfrica          23        7          6          9          21-25   27

12.º Maxaquene        23        6          9          8          21-21   27

13º 1.º de Maio         23        6          7          10        25-31   25

14.º Chingale            22        6          5          11        22-34   23

15.º UP Niassa          23        5          7          10        10-18   21

16.º AD Macuácua     23        3          6          14        11-35   15

 

 

Próxima jornada (24.ª): Ferroviário de Maputo-Ferroviário de Nampula, Chingale-Liga Desportiva de Maputo, Ferroviário da Beira-1.º de Maio de Quelimane, AD Macuácua-Ferroviário de Nacala, Desportivo de Nacala-Clube do Chibuto, UP Niassa-UD Songo, Maxaquene-Costa do Sol e ENH-Textáfrica.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:55
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A União Desportiva do Songo recebeu e venceu o Desportivo de Nacala por 1-0, em jogo da 23.ª jornada do Moçambola-2017 e viu a sua vantagem sobre o Costa do Sol, segundo classificado, aumentar para sete pontos, mau grado o seu perseguidor directo ainda ter mais um jogo por fazer. Em Songo, o título volta a estar na mira, tal como esteve em 2016.

 

O golo solitário dos hidroeléctricos foi marcado por Parkim, aos 36 minutos, dando uma vantagem que se prolongou até ao apito final.

 

Mais do que ganhar três pontos, a UDS ganhou dois pontos no confronto directo com o Costa do Sol na luta pelo título, uma vez que os canarinhos consentiram um empate sem golos na recepção ao penúltimo classificado, a UP de Lichinga.

 

Por Bernardo Carlos

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 09:49
 O que é? |  O que é? | favorito
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO