Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quinta-feira, 23 DE Março 2017

 

 

 

O FERROVIÁRIO da Beira deixou ontem, perto das 18:00 horas locais (20 em Maputo), a capital da Libéria, Monróvia, de regresso ao país, devendo desembarcar em Maputo ao princípio da tarde de amanhã, quinta-feira.

 

A comitiva vai seguir o mesmo trajecto que a levou à Monróvia, ou seja Accra-Addis Abeba-Maputo.

 

Assim, os campeões nacionais escalaram ainda ontem a capital do Gana, onde pernoitaram. Esta manhã prosseguem a viagem passando então por Addis-Abeba.

 

Amanhã, logo pela manhã, deixam Addis-Abeba tendo já como destino directo Maputo, onde se espera que cheguem ao princípio da tarde. No mesmo dia, seguirão para a cidade da Beira onde deverão desembarcar pouco depois das 22:00 horas.

 

Informações disponíveis indicam que uma grande cerimónia está a ser preparada na cidade da Beira pelas autoridades governamentais, e não só, para receber a comitiva “locomotiva”.

 

Lembre-se que o Ferroviário da Beira conquistou, no domingo passado, o direito de participar na fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos em futebol na qual estarão as 16 melhores equipas do continente.

 

Para tal, o Ferroviário afastou da competição o Barrack Young Controllers (BYC) da Libéria, na marcação de grandes penalidades, depois de um empate a dois golos na eliminatória (2-0 na Beira e 0-2 em Monróvia).

 

Na lotaria dos penaltes, os campeões nacionais marcaram quatro e sofrerem um com o guarda-redes Soarito a defender por duas vezes.

 

Na eliminatória anterior, o Ferroviário afastou o Zimamoto de Zanzibar, com um agregado de 4-3, 1-2 fora e 3-1 em casa.

 

ELISEU BENTO

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:49
 O que é? |  O que é? | favorito
Quarta-feira, 22 DE Março 2017

 

Abel Xavier aproveitou a presença de jornalistas, esta tarde, primeiro dia de sessões de treino da selecção nacional  no Estádio Nacional do Zimpeto,  para felicitar o Ferroviário da Beira pela recente qualificação para  fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos. 

 

Para o seleccinador nacional, este feito conseguido pelos locomotivas do Chiveve, permitirá a exposição do jogador moçambicano no continente e por conseguinte, o beneficio para a selecção nacional de futebol.

 

– Quero dar os meus parabéns ao Ferroviário da Beira por ter conseguido a qualificação para a fase de Grupos da Liga dos Campeões. É uma etapa muito relevante de visibilidade não só para a equipa mas, para o futebol moçambicano porque vem valorizar a profissão. Vai valorizar sobretudo a visibilidade dos jogadores que, passam a entrar no enquadramento internacional e, nesse aspecto a selecção nacional e o povo nacional estão hilariantes pelo feito conseguido, vincou o seleccionador. 

 

Gilberto Guibunda

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 13:27
 O que é? |  O que é? | favorito
Quarta-feira, 15 DE Março 2017

 

A última sessão de treinos da equipa “locomotiva” em solo pátrio, no campo do Ferroviário da Manga, contou com a presença do presidente do Conselho Municipal da Beira, Daviz Simango, que foi encorajar a equipa para o jogo da segunda mão da última eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

 

Queremos encorajar a equipa do Ferroviário e a nossa presença hoje (ontem) é mais para nos solidarizamos com eles e darmos-lhes mais forças. A equipa parte amanhã (hoje) para Libéria e esperamos que traga um bom resultado, porque queremos estar na fase de grupos, para engrandecer a nossa equipa e o nosso país”, começou por dizer Daviz Simango, que considera ser uma “oportunidade grande que o Ferroviário traz e que pode criar condições para que o nosso país, também no ranking da FIFA possa subir, o que vai ser muito bom”.

 

Daviz Simango mostra-se confiante que é possível obter um bom resultado e afirma que “estou convencido que estamos lá”, embora reconheça que no futebol há impossíveis que acontecem, mas diz existir “não possível”. E diz que “tudo pode acontecer, porque a bola redonda”, mas a vantagem de duas bolas sem resposta abre boas perspectivas. O edil da Beira diz que os golos não marcados na Beira devem ser marcados em Monróvia.

 

 

Fonte:Opais

publicado por Vaxko Zakarias às 10:57
 O que é? |  O que é? | favorito

 

 

O optimismo trazido pelo técnico Aleixo Fumo, também é partilhado pelos jogadores “locomotivas”, nomeadamente Babo e Gervásio, que esperam alcançar um bom resultado que possibilite a equipa da Beira fazer um feito inédito na história do clube.

 

Gervásio diz que o Ferroviário que entrará em campo no domingo “é o de sempre”, com uma equipa “aguerrida e que quer conquistar alguma coisa para poder fazer história em Moçambique”. Este jogador “locomotiva” garante que será “lutador e a querer mais” para o jogo de domingo, não estão intimidados com a reacção da equipa liberiana no final do jogo de domingo passado. “Eles têm uma boa equipa. E na oportunidade que tivemos de jogar com eles, conseguimos tirar algumas ilações. Vimos que são fortes em alguns aspectos em termos de transição rápida e que usam mais o corpo físico, mas teremos que ter cuidado e passar por cima”, garante Gervásio.

 

Já Babo, diz que as expectativas são boas, apesar de saber que a equipa liberiana vai jogar em casa, mas “vamos encarar o jogo como normal, tal como foi aqui na Beira e acredito que vamos sair de lá vitorioso”, vaticina Babo. E acrescenta: “há condições para o Ferroviário da Beira passar, porque o grupo está motivado e com o trabalho que estamos a fazer, acredito que vamos passar”.

 

Recorde-se que no jogo da primeira mão, os “locomotivas” do Chiveve venceram por duas bolas sem resposta, com dois golos do capitão Maninho, que foi considerado o melhor jogador em campo. O jogo da segunda mão disputa-se no domingo, na capital da Libéria, Monróvia, mais concretamente no Antonitte Tubman Studium. A arbitragem será toda ela da Líbia e vai ser comandada por Ragab Omar Mohamed, auxiliado por  Amsaad Attia  e Al Jahawe Wahed.

 

 

Fonte:Opais

publicado por Vaxko Zakarias às 10:30
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Depois de vencer o Barrack Young Controllers da Libéria, por duas bolas sem resposta, no passado domingo, em partida da primeira mão da última eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos, o Ferroviário da Beira, campeão nacional, parte esta noite para Monróvia, capital da Libéria, para o jogo da segunda mão, próximo domingo. É à procura da glória, por parte da turma moçambicana, que quer fazer história nesta competição, entrando para a fase de grupos depois de mais uma década sem que nenhuma equipa moçambicana participe nessa fase ao nível de clubes.

 

O Ferroviário da Beira vai na sua máxima força, com convicções seguras de sair de Monróvia com um resultado que lhes possibilite passar à fase de grupos. E basta apenas um empate com ou sem golos, ou que perca, mas sem que seja por mais de três golos.

 

Entretanto, Aleixo Fumo, técnico principal dos “locomotivas” do Chiveve, está optimista quanto à obtenção de um bom resultado na capital liberiana. “Já afirmámos e reafirmamos que o nosso objectivo é a Liga dos Campeões. Não há nada que mude isso. Vamos lutar até as últimas consequências, para conseguir passar esta eliminatória”, garante o técnico dos campeões nacionais.

 

Ainda assim, Aleixo Fumo está cientes das dificuldades que vai encontrar, mas diz haver determinação dos jogadores. “Sentimos que nos espera uma tarefa muito árdua. Sabemos que teremos muitas dificuldades lá, mas a determinação está aí. Dissemos isso desde o início que queremos entrar na fase de grupos e tudo faremos para conseguir esse objectivo”, disse Fumo, que fala do que viu do adversário no jogo da primeira mão: “o adversário mostrou que dentro do seu meio pode nos criar muitos problemas, porque tem, sobretudo do, meio para frente, jogadores muito bons e estamos cientes que podemos encontrar outro tipo de dificuldades, que são habituais neste nosso continente, mas apesar dessas circunstâncias e situações todas, a nossa determinação e sair com um bom resultado.”

 

A equipa continua com alguns problemas, de jogadores que não poderão dar o seu contributo, tal como aconteceu no jogo da primeira mão, casos de Nelito, que ainda se debate com problemas de saúde, mas Aleixo Fumo garante que Hamarachi foi recuperado para o jogo de domingo, sendo que de todos os restantes, estão aptos para defrontarem o Barrack Young da Libéria.

 

 

Fonte:Opais

publicado por Vaxko Zakarias às 10:20
 O que é? |  O que é? | favorito
Segunda-feira, 06 DE Março 2017

 

Nem o percalço em Nacala, no arranque do Moçambola/2017, atira o grande objectivo do Ferroviário da Beira de estar na fase de grupos da prestigiada Liga dos Campeões Africanos.

 

Quem assim o diz é o técnico locomotiva, Aleixo Fumo, ouvido pelo desafio horas antes de chegar à cidade de Nampula ido de Nacala. Sobre o adversário, o técnico lamenta ter pouca informação do seu adversário, entretanto, não vai fazer qualquer preparação específica sobre o adversário deste domingo.

 

Infelizmente conhecemos muito pouco o nosso adversário mas o facto de vir da África Ocidental, uma região dominante no futebol africano, diz-nos muita coisa. Também merece o nosso respeito uma equipa que consegue eliminar o Stade Malien que, nas nossas previsões, seria o nosso adversário nesta próxima eliminatória. Sabemos que é um adversário que tem estado com alguma frequência nas competições da CAF, tanto na actual Liga dos Campeões como na Taça das Confederações. Apesar de não ter chegado muito longe, sabemos, por exemplo, que já eliminou igualmente o Asante Kotoko do Gana. Temos o grande objectivo de estar na fase de grupos da Liga dos Campeões, é muito prestigiante e queremos lutar e estar lá por merecer, vinca Aleixo Fumo.

 

Gilberto Guibunda/Arquivo

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 13:58
 O que é? |  O que é? | favorito

nelito.jpg

 

Vem do país da bola do ouro da FIFA de 1996, George Weah. Chega aos dezasseis-avos-de final depois de eliminar o histórico Stade Malien de Bamako.

 

O adversário do Ferroviário da Beira nesta eliminatória, o Barrack Young Controllers, chega ao Chiveve como um ilustre desconhecido do representante moçambicano, que recebe o seu adversário este domingo.

 

Os blues, como são conhecidos, cruzam o caminho do Ferroviário da Beira nos dezasseis-avos-de-final da Liga dos Campeões Africanos, depois de eliminar a renomada e poderosa formação maliana de Stade Malien de Bamako, lembre-se, vencedor em 2009 da supertaça africana em futebol, na final contra L’ES Sétif da Argélia.

 

Gilberto Guibunda/Arquivo

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 13:40
 O que é? |  O que é? | favorito
Segunda-feira, 21 DE Janeiro 2013

A EQUIPA do Maxaquene, que se prepara para a Liga dos Campeões Africanos, na qualidade de detentora do título do Moçambola-2013, defrontou e derrotou sábado, na vila da Namaacha, o Highlands da vizinha Suazilândia, por 4-0, em partida amigável.

 

Os “tricolores”, em estágio na Namaacha até o dia 28, procuram naquela vila fronteiriça ganhar forma para fazer face às Afrotaças, tendo na pré-eliminatória como adversário o Center Chiefs. Os tentos que ditaram a goleada “tricolor” sobre os suázis foram de Betinho e Filipe, que transitaram do plantel da época passada, e os recém-contratados Micas e Maurício, que o ano passado estavam na Liga Muçulmana.

 

 

Segundo o chefe do Departamento de Futebol, António Carvalho, o Maxaquene vai continuar a procurar mais jogos de rodagem com as equipas da Suazilândia até ao fim do estágio. Aliás, segundo Carvalho, houve contactos com várias equipas da terra de Mswati III.“Esperamos mais dois ou três jogos até ao fim-de-semana”, assegurou.

 

 

Carvalho disse, adiante, que estão em Namaacha 23 jogadores, todos já inscritos na Confederação Africana de Futebol (CAF). Acrescentou que o plantel está praticamente fechado, mas não descartou a possibilidade de o Maxaquene alargar o plantel para 25.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:38
 O que é? |  O que é? | favorito
Quinta-feira, 01 DE Dezembro 2011
LIGA Muçulmana

A LIGA Muçulmana e o Ferroviário de Maputo já estão inscritos nas competições africanas de futebol do próximo ano. A Liga, na qualidade de campeã nacional, participará na Liga dos Campeões Africanos, enquanto o Ferroviário, vencedor da Taça de Moçambique/mcel, marcará presença na Taça CAF. 

 

O prazo de inscrição dos clubes terminou ontem, no entanto a data-limite para o registo dos jogadores encerra no dia 31 de Dezembro pelo que a Liga e o Ferroviário têm ainda um mês para reforçarem os seus planteis tendo em vista a sua participação nas referidas competições.

 

Nos últimos anos, a prestação das equipas moçambicanas nas Afrotaças tem sido uma desilusão. Não têm conseguido ir além da primeira eliminatória. Já na época que findou recentemente, a Liga Muçulmana e o Maxaquene ficaram por terra logo à primeira.

 

 

A equipa “muçulmana” foi eliminada pelo Zesco United da Zâmbia com um agregado de 3-2, ao perder fora, na primeira “mão”, por 3-0, e depois em casa, ganhar, por 2-0, vitória, no entanto, insuficiente para anular a desvantagem. A Liga Muçulmana fazia assim uma estreia azarada nas competições africanas. No seu segundo ano, na mais importante competição africana de clubes, aguarda-se uma melhor prestação até porque maior parte dos seus jogadores está bem rodada em competições do género: Momed Hagi, Dário Khan, Maurício, Ítalo e Dário Monteiro são alguns dos jogadores bem experimentados a nível das provas internacionais. 

 

 

O Ferroviário tem uma caminhada bem mais extensa que a Liga nas provas da CAF. Na última vez que os “locomotivas” participaram foi em 2009, na Liga dos Campeões Africanos, foram afastados na primeira eliminatória pelo Super Sport United da África do Sul.

Mas é preciso frisar, que os “locomotivas” são os que melhor têm representado o país tendo em 1997 atingido a fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

 

Na Taça CAF, prova onde vai participar, guarda também boas recordações. Em 1992 chegou às meias-finais e teve duas presenças nos quartos-de-final, em 1995 e 2001.

 

 

Oxalá os vencedores da Taça de Moçambique retornem aos bons tempos na Taça CAF. Com uma equipa formada por muitos jogadores jovens de reconhecido talento: Clésio, Chico, Rachide, Tchitcho, Valdo, Butana, Imo e Sissoko, os “locomotivas” partem com esperança de ultrapassar o seu o primeiro adversário.

 

Refira-se que os representantes moçambicanos ficarão a saber dos seus adversários na segunda quinzena de Dezembro, sendo que a primeira eliminatória acontece em Fevereiro próximo.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:57
 O que é? |  O que é? | favorito
Terça-feira, 10 DE Maio 2011

 

ZESCO United, da Zâmbia

O ZESCO United, da Zâmbia, “carrasco” da Liga Muçulmana na Liga dos Campeões Africanos em Futebol, acaba de ser afastado da prova, caindo aos pés dos egípcios do Al Ahly, que nos últimos anos conquistaram vários títulos nesta competição continental de clubes.

 

 

Na segunda “mão” dos oitavos-de-final, disputada no pretérito fim-de-semana, o Zesco United perdeu por uma bola sem resposta, no Cairo.

Por seu turno, o TP Mazembe, da RD Congo, campeão em título, figura entre as sete equipas qualificadas para a última fase da Liga Africana dos Campeões de futebol.

 

Vencidos por 1-0 no jogo da primeira “mão”, os congoleses conseguiram inverter a tendência, ao impor-se em casa face ao Wydad Athletic Club, de Marrocos por duas bolas sem resposta.

 

Para além do Al Ahly e do TP Mazembe, também seguem em frente, para a fase de grupos, Enyimba (Nigéria), Raja (Marrocos), Al Hilal (Sudão), MC Alger (Argélia) e Espérance de Tunis (Tunísia).

 

A outra equipa será conhecida após o jogo da segunda “mão”, entre o Coton Sport de Garoua (Camarões) e ES Sétif (Argélia).

Os camaroneses obtiveram o adiamento do jogo devido à ausência de mais de três dos seus futebolistas, convocados para a selecção de juniores que esteve no Campeonato Africano das Nações (CAN), que decorreu na África do Sul.

Na primeira “mão”, disputada no fim-de-semana, Coton Sport venceu ES Sétif por 4-1.

 

Eis os resultados dos oitavos-de-final:

 

*TP Mazembe (RD Congo  ) 2-0 Wydad Athletic Club (Marrocos);

 

*Al Ahly (Egipto) 1-0 Zesco United (Zâmbia);

 

*MC Alger (Argélia) 3-2 Interclube (Angola);

 

ASC Jaraaf (Senegal) 0-1 *Espérance de Tunis (Tunísia);

 

*Enyimba (Nigéria) 1-0 Al Ittihad (Líbia);

 

*Raja Athletic Club (Marrocos) 1-1 Asec Mimosas (Costa do Marfim);

 

Club Africain (Tunísia) 1-1 *Al Hilal (Sudão).

 

*Equipas qualificadas.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:00
 O que é? |  O que é? | favorito
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO