Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 18 DE Janeiro 2011
Estadio do Zimpeto
O GOVERNO moçambicano recebeu ontem, do Governo chinês, o Estádio Nacional do Zimpeto, o maior empreendimento desportivo construído no período pós-independência , com capacidade para 42 mil espectadores. DESPORTO
 
 
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 09:07
 O que é? |  O que é? | favorito
Segunda-feira, 17 DE Janeiro 2011

Depois de vários adiamentos parace que é desta que o Estádio Nacional do Zimpeto será entregue ao Governo. estadio Nacional do Zimpeto

Segundo informação de uma fonte ligada à organização dos jogos “Africanos de 2011”, em Maputo, a cerimónia da entrega oficial do referido estádio, pelo empreiteiro chinês, terá lugar esta tarde, às 15h00, no Zimpeto.

 

.

 

A imprensa fez-se presente em peso para testemunhar o acto de entrega do estádio ao Executivo, que esteve representado pelos ministros da Juventude e Desportos, Pedrito Caetano, (acompanhado pelo seu vice, Carlos Sousa) e das Obras Públicas e Habitação, Cadmiel Muthemba.

 

Entretanto, não houve, no local, uma explicação plausível dos motivos que terão ditado, efectivamente, a não entrega ao Governo do maior complexo desportivo do país.

Muito obrigado pela vossa comparência. queria também agradecer a presença do ministro das Obras Públicas e Habitação mas, infelizmente, a entrega do Estádio Nacional não vai ser realizada devido a alguns imprevistos. mas acredito que dentro de pouco tempo estaremos juntos para testemunhar a entrega do Estádio Nacional do Zimpeto”, afirmou Pedrito Caetano que, perante a insistência dos jornalistas, disse…nada!

 

Fonte:O Pais

publicado por Vaxko Zakarias às 14:15
 O que é? |  O que é? | favorito
Quarta-feira, 03 DE Novembro 2010

 

Semana passada, foi concluída a colocação da relva natural, no Estádio Nacional de Zimpeto, marcando assim o ponto final dos trabalhados considerados “pesados”. O tapete verde foi adquirido na vizinha África do Sul e foi colocado por uma empresa moçambicana, em duas semanas, conforme foi previsto no respectivo acordo.


Segundo José Pereira, responsável pelo empreendimento da parte moçambicana, neste momento, está no terreno uma equipa de inspectores do Ministério do Comércio da China, uma instituição que responde pelo financiamento do governo chinês, em África.

 

Conforme explicou Pereira, os referidos inspectores chineses estão a realizar uma avaliação geral ao Estádio Nacional, nas suas variadas vertentes de funcionamento, casos de canalização, electrificação, sistema audio-visual, segurança em caso de emergência, entre outros items.

 

Este trabalho vai decorrer até 15 de Novembro e, depois, o mesmo grupo de trabalho vai dizer se, efectivamente, a obra está em perfeitas condições para o seu uso ou há algo por corrigir.

 

Muito provavelmente poder-se-á dar nota positiva, desta vez, já que, na pré-triagem feita há alguns meses, apenas foi registada uma pequena fuga de água, tendo os técnicos pela área resolvido o “assunto” de imediato.

 

Assim, após este trabalho de inspecção dos chineses, o Estádio será entregue, provisioriamente, à parte moçambicana, ao que vai seguir-se uma nova inspecção, desta feita, dirigida pela FIFA.


Tal como na primeira, nesta segunda a instituição máxima do futebol mundial vai testar os sistema de segurança, iluminação, comunicação e, caso  se confirme a sua plena operacionalidade, o Estádio Nacional será considerado instituição desportiva aprovada para acolher oficialmente jogos internacionais.

 

Só depois desta inspecção é que se seguirá a entrega definitiva da obra ao governo moçambicano, estando a inauguração marcada para 11 de Dezembro, com o jogo Moçambique vs Tanzania.

 

O nosso interlocutor disse, na mesma ocasião, que terminados os trabalhos dentro do Estádio seguirão outros à volta do mesmo, inseridos no mesmo projecto, nomeadamente, a arborização e arrelvamente na zona reservada ao parqueamento e o melhoramento das vias de acesso.

 

Falando especificamente no arrelvamente da área do parqueamento, Pereira defendeu que a acção tem em vista evitar o levantamento de poeira, permitindo a circulação de ar puro independentemente do tempo que fizer.


Entretanto, à medida em que as obras vão terminando, o número de operários moçambicanos contratados vai diminuindo drasticamente.

 

Neste momento, apenas 19 moçambicanos ainda trabalham na obra, contra cerca de 70 chineses. Deste total de trabalhadores, alguns vão ficar até à entrega definitiva da obra, enquanto outros irão permanecer por mais algum tempo para garantir a manutenção de certos trabalhos antes que estes sejam feitos internamente.

Anexo ao Estádio Nacional ainda serão construídos uma piscina olímpica, campo polivalente, campo de futebol para treinos.

 

Fonte:O Pais

publicado por Vaxko Zakarias às 08:32
 O que é? |  O que é? | favorito
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
14
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
Posts mais comentados
blogs SAPO