Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Segunda-feira, 18 DE Janeiro 2016

 

A Autoridade Tributária de Nampula (AT) e Aliança de Maputo sagraram-se campeões nacionais de voleibol em seniores masculinos e femininos, respectivamente.

 

Para conquistarem o referido título, a Autoridade Tributária venceu, ontem, a Académica "B" por , 3-0, com os parciais de 25-20/25-19 e 25-14, mesmo resultado alcançado na partida de quinta-feira entre Aliança e UP de Maputo , mas com os parciais de 25-10/25-16 e 25-11. Portanto foi de forma algo folgada que as duas equipas alcançaram o primeiro lugar da competição que decorria no pavilhão do Desportivo desde domingo.   A AT, que recentemente sagrou-se pela quarta vez consecutiva campeã africana da zona austral, passeou a sua classe diante uma Académica que não teve argumentos para impedir um desaire expressivo.

 

O primeiro "set" ainda arrancou com algum equilíbrio com as duas equipas empatadas a três pontos, mas cedo AT disparou no marcador chegando a estar a ganhar por 19-11. Nuvunga, Belton, Firmino e Luís Miguel pareciam ter molas nos pés dado a sua elevação junto a rede. Muitos saíram das mãos deste quarteto. Contudo, antes dos "nampulenses" selarem a vitória no primeiro "set" houve uma reacção dos "estudantes", sobretudo aquando da entrada de Bonomar que contribui grandemente para que a sua equipa marcasse quatro pontos consecutivo, contudo sem evitar uma derrota por 25-20. O início do segundo "set" foi uma cópia do primeiro com a Académica a dar luta até ao décimo ponto, mas depois a cometer muitas falhas, com principal enfoque para o passe. A defender também entraram numa desorganização total.

 

 

Ficava a impressão que tinham já atirado a toalha ao chão dado as facilidades que davam. Foi com alguma naturalidade que Délcio Soares num remate tenso deu a vitória a AT por 25-19. A equipa treinada por José Efran entrou muito motivada no terceiro “set” face a um adversário já completamente derrotado. O público até pedia que os menos utilizados da equipa de Jossub Jabai entrassem em campo para pelo menos terem uns segundos nesta final que acabou sendo de sentido único.

 

A AT venceu o último set de forma mais folgada, 25-14. Além do título, a AT ficou com os troféus de melhor servidor, rematador e MVP (todos entregues a Aldevino Nuvunga) e melhor bloqueador (Belton). O melhor passador foi Aldo da Aliança, enquanto Manuel Vitorino da  foi eleito melhor defesa. Nos femininos, campeã Aliança, juntou a sua vitrine o troféu de melhor ressaltadora entregue a Vanessa. Juliana da UP de Nampula foi a MVP e ainda eleita melhor defesa. Elisa da Polana foi eleita melhor passadora, Maló da Académica a melhor bloqueadora e Calucha da UP de Nampula a servidora. Nos escalões de formação o título foi para as seguintes equipas. UP de Nampula (juniore

 

s masculinos); Polana (juniores femininos); Hulene Sports (juvenis masculinos) e Polana (juvenis femininos).

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:54
 O que é? |  O que é? | favorito
Terça-feira, 27 DE Janeiro 2015

 

AS duplas Délcio/Agostinho e Satira/Joaquina, em federados masculinos e femininos, respectivamente, sagraram-se na manhã de domingo campeãs nacionais de vólei de praia.

 

Délcio/Agostinho bateu Litos/Macamo por 2-0 com os parciais de 21/19 e 21/15, enquanto Satira/Joaquina derrotou Amélia/Rezia pelo mesmo resultado, mas com os parciais de 21/19 e 21/17.

 

A avaliar pelos parciais, margens mínimas, pode-se depreender que as finais foram muito disputadas na arena montada na Praia da Costa do Sol.

 

A prova foi novamente dominada pelos voleibolistas maputenses, numa competição onde marcaram presença atletas das províncias de Gaza, Manica e Nampula.

 

Nos jogos de apuramento do terceiro lugar as duplas Manuel/Samson, em masculinos, e Hortência/Celeste, em femininos, bateram respectivamente Costa/Sérgio e Lizy/Fauzia.

 

No que toca à premiação, os primeiros classificados foram agraciados com 15 mil meticais e equipamentos correspondentes a seis mil.

 

Os segundos classificados receberam dez mil meticais e equipamentos correspondentes a quatro mil, enquanto os terceiros foram ofertados cinco mil e mais equipamentos avaliados em três mil.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:53
 O que é? |  O que é? | favorito
Sexta-feira, 15 DE Agosto 2014

ACADÉMICA lidera isolado o Campeonato Nacional de Voleibol em seniores femininos com nove pontos, fruto de três vitórias em igual número de jogos realizados. Em partida da terceira jornada, as “estudantes” venceram a UP de Nampula, por 3-1.A Star Forever, segundo lugar com sete pontos, venceu a Hulene Sports, por 3-0, mesmo resultado alcançado pela Aliança no triunfo sobre o Atlético do Chiveve.

 

 

Refira-se que no final da fase de grupos, os primeiros classificados disputarão a final.Em seniores masculinos, Aliança continua a dominar o Grupo “A” agora com seis pontos depois de bater a Maputo Ket’s “K”, por 3-0. ISPG ficou de fora devido ao número impar de equipas.

 

 

O Grupo B é comandado pela Maputo Jet’s “Z” com nove pontos. Na terceira jornada, a Jet’s bateu a mcel, por 3-1. Em segundo está a mcel, seguido pela Hulene Sports que superou de forma convincente a equipa anfitriã da Escola Secundária de Xai-Xai, por 3-0.

 

 

A Académica “M” vai demonstrando total superioridade no Grupo C, liderando com seis pontos à frente do Clube do Bilene.O Grupo D é liderado pelo Atlético do Chiveve com seis pontos, depois de ter batido Académica “B” e por falta de comparência da Autoridade Tributária de Nampula.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:12
 O que é? |  O que é? | favorito
Quinta-feira, 14 DE Agosto 2014

ARRANCARAM segunda-feira os “Nacionais” de Voleibol, em Xai-Xai, com os candidatos ao título em seniores masculinos e femininos a demonstrarem toda a sua força.

 

 

No Grupo “A”, a Aliança venceu o ISPG, por 3-0, assumindo assim o trono. Maputo Jet’s “K”, que tinha ficado de fora na primeira jornada, efectuou a segunda jornada, batendo o ISPG, por 3-1.

 

No Grupo “B”, a Mcel e Maputo Jet’s/FPLM “Z” ganharam a Escola Secundária de Xai-Xai e Hulene Sports, respectivamente, pelo mesmo resultado de 3-0, em jogo da primeira jornada. Na ronda seguinte, disputada terça-feira, a Jet’s bateu a Escola de Xai-Xai, por 3-0, enquanto a Mcel superou a Hulene Sports, por 3-1.

 

 

Pela mesma marca, a Académica “M” derrotou o Clube de Bilene, por 3-0, em jogo do Grupo “C”.  A outra equipa que devia fazer-se presente, a Autoridade Tributária de Nampula “B”, não deverá marcar presença.

 

 

No Grupo “D”, o Atlético de Chiveve exibiu domínio, tendo batido a Académica “B”, por 3-0, tendo apenas se realizado uma partida devido à ausência da Autoridade Tributária de Nampula, campeã em título, por motivos ainda não clarificados.

 

 

Depois das primeiras duas jornadas, sem surpresas, começaram a ficar já definidas as equipas que avançaram para os quartos-de-final.

Em seniores femininos, Académica e UP de Nampula lideram com seis pontos ao serem os únicos a vencer nas duas primeiras jornadas.

Académica venceu Hulene Sports e Aliança, ambos por 3-0, mesmos resultados obtidos pela UP de Nampula que bateu Atlético do Chiveve e Hulene Sports.

 

 

Com três pontos, está Aliança que venceu a Star Forever, por 3-2, na primeira jornada. Star Forever também soma os mesmos pontos fruto do triunfo sobre o Atlético do Chiveve, por 3-0.     

 

 

Hulene Sports e Atlético do Chiveve ocupam o último lugar.Em femininos, a prova é disputada num sistema de todos contra todos, sendo que o primeiro e segundo classificados disputarão uma finalíssima para se apurar o campeão.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:23
 O que é? |  O que é? | favorito
Sexta-feira, 20 DE Julho 2012

ACADÉMICA M e Maputo Jet’s, duas das equipas candidatas a conquistarem o “Nacional” de seniores femininos protagonizam esta tarde, a partir das 16:00 horas, no ginásio n° 2 da Escola Secundária Francisco Manyanga, a partida mais importante da quarta jornada do Grupo A.

 

Trata-se de um dos “derby’s” mais apetecíveis da cidade de Maputo, pois estarão frente-a-frente equipas rivais e que habitualmente proporcionam brilhantes e acesos despiques.Noutra partida pontuável para o mesmo grupo, Aliança mede forças com UP às 16:00 horas.

 

Em seniores masculinos, as atenções estão focalizadas no embate entre Autoridade Tributária de Nampula e Académica B a ter lugar a partir das 16:00 horas no ginásio n° 1, em jogo do Grupo B. Os nampulenses estão em boa forma e vão mostrando que não é por acaso que conquistaram o título no ano passado. Esta tarde terão o mais sério teste da fase de grupos se se atender que defrontam um dos melhores colectivos da cidade de Maputo.

 

A seguir será a vez da Académica M e Ferroviário da Beira esgrimirem forças em jogo do mesmo grupo.No grupo A, Ozeu de Chimoio e Escola Secundária de Xai-Xai, já sem grandes probabilidades de avançar à próxima fase, jogam a partir das 14:30 horas no Ginásio n° 1 na partida que abre a ronda de hoje.A jornada fecha com uma partida que promete ser renhida. A partir das 19:30 horas estarão frente-a-frente Mcel A e Maputo Jet’s/FPLM Z.

 

 

RESULTADOS DE MASCULINOS


GRUPO A: Maputo Jet’s/FPLM Z-ES Xai-Xai (3-0) e Mcel A-Hotso (1-3)

 

GRUPO B: Hulene-Académica B (0-3) e Académica M-Autoridade Tributária (2-3).

 

FEMININOS


GRUPO A: Maputo Jet’s-Hotso (3-1) e Académica M-UP (3-2)

 

GRUPO B: Académica B-Metalúrgica (0-3) e GRAAL-BCI (não se realizou).

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:56
 O que é? |  O que é? | favorito
Terça-feira, 24 DE Janeiro 2012
Delcio

A dupla Delcio/Justino revalidaram no ultimo domingo o titulo de campeão de voleibol de prai derrotando Litos/Macamo por 2-1, com parciais de 21/19-18/21 e 15/7.

No final da prova os vencedores tiveram como prémio oferecido pela mcel 30 mil meticais e 20 mil meticais pelo segundo lugar.Em feminino a dupla Amelia/Guigui conquistaram o titulo no embate com as ex-campeãs Amelia/Rezia por 2-1,com parciais de 24/22-12/21 e 15/11.

Os terceiros classificados Tomas/Gonçalves em masculinos  e Satira/Maria em femininos receberam o prémio de 10 mil meticais para alem de troféus.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:56
 O que é? |  O que é? | favorito
Quinta-feira, 24 DE Novembro 2011

O DEPLORÁVEL relacionamento entre a Associação de Voleibol da Cidade do Maputo (AVCM) e a Federação da modalidade (FMV) está longe de ter o seu fim. Muito pelo contrário, a débil relação aguçou-se depois que a Associação tomou conhecimento que a Federação tinha entregue à província de Sofala a organização do Campeonato Nacional em detrimento da cidade do Maputo.

 

Segundo o presidente da AVCM, Mohomed Vala, não faz sentido que a capital do país vá ficar cinco anos sem acolher um “Nacional” e que a cidade da Beira volte a receber a competição depois de ter sediado em 2007. Vamos ficar cinco anos sem ver o “Nacional” no sul. Em 2008 realizou-se em Nampula, 2009 em Quelimane e no ano passado ficou outra vez no centro, desta feita em Manica. É muito estranho o que está a acontecer. 

 


Mas o que mais deixa Mohomed Vala revoltado é o facto de a Federação, presidida por Camilo Antão, ter tirado a organização da prova à cidade do Maputo quando tinha sido indicada. A Federação num comunicado por nós recebido, do dia 20 de Outubro, informa que FMV em colaboração com Associação de Voleibol da Cidade do Maputo organiza os Campeonatos Nacionais de juvenis, juniores e seniores masculinos e femininos. No entanto, no dia 13 de Novembro, deu a conhecer, num outro comunicado, que a prova iria decorrer na Beira.

 

 

Debruçando-se sobre as razões que levaram a FMV a alterar o palco do “Nacional”, Mohomed Vala, diz que a direcção de Camilo Antão tomou uma atitude impensada e até vergonhosa ao pedir que Associação assinasse um termo de compromisso comprometendo-se a acatar com todas as despesas.

 

Camilo Antao

A organização de um Campeonato Nacional é da responsabilidade da Federação e não das associações. Por isso é insensato da parte da Federação pedir-nos que fizéssemos um termo de compromisso responsabilizando-nos da organização do “Nacional” o que não faz sentido. Podíamos, com muito gosto, colaborar com a Federação.

 

 

O presidente afirma que a Associação de Sofala aceitou arcar com as despesas de alojamento, entre outros gastos motivo pelo qual ganhou a concorrência, o que no seu entender é injusto, porque segundo ele a responsabilidade deve ser da Federação.  

 

Mohomed Vala afirma que a AVCM vai estar alheio à realização do “Nacional” e que se fosse por vontade nenhuma equipa da capital do país participará na prova como forma de protesto.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 14:15
 O que é? |  O que é? | favorito
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
Posts mais comentados
blogs SAPO