Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 19 DE Setembro 2017

 

A UNIÃO Desportiva do Songo deu um passo importantíssimo para a conquista do Campeonato Nacional de Futebol, o Moçambola-2017, depois de vencer, na tarde de ontem, no seu reduto, o Costa do Sol por 2-1, naquele que era o jogo mais importante da 27ª jornada.

 

Com este triunfo, os “hidroeléctricos” passam a somar 59 pontos, portanto mais oito que os “canarinhos” que desta forma terão deitado tudo abaixo no que concerne à luta pelo título.

 

Quem continua aflito nesta prova é o Maxaquene. Com a derrota ontem em Nacala, diante do Ferroviário local, ainda pode descer de divisão. O Textáfrica, por sua vez, tenta sair do sufoco. Na tarde de ontem recebeu e venceu o outro aflito, o Chingale, por 2-1.

 

A Associação Desportiva de Macuácua, mesmo já despromovido, foi a Nampula derrotar o Ferroviário local, por 1-0, o mesmo resultado com que o 1º de Maio bateu a Universidade Pedagógica do Niassa.

 

O Desportivo de Nacala viajou para Maputo, onde venceu a Liga Desportiva, por 1-0.

 

Entretanto, esta ronda teve um encontro adiado entre os Ferroviários de Maputo e da Beira, em virtude dos representantes de Sofala se encontrarem a disputar a Liga dos Campeões Africanos.

 

Na próxima ronda já pode haver campeão. Se a União Desportiva do Songo vencer o Textáfrica e o Costa do Sol perder diante do Chibuto, o primeiro festeja o título.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:53
 O que é? |  O que é? | favorito

 

 

 

O MATCHEDJE reduziu de cinco para três pontos a distância que o separa do Incomáti na liderança da prova da zona sul do Campeonato Nacional de Futebol da Divisão de Honra, quando faltam apenas duas jornadas do fim do certame.

 

Os “militares” golearam as Águias Especiais por 3-0, numa ronda (20.ª) em que os “açucareiros” foram travados em Vilankulo pela SHM com um empate sem golos. Assim, o Incomáti comanda com 45 pontos, enquanto o Matchedje soma 42, sendo deste modo as únicas equipas com possibilidades de transitar para o Moçambola-2018.

 

Na próxima ronda, o Incomáti e Matchedje recebem Vulcano e ESFA, respectivamente, em partidas em que são, a prior, favoritos. Uma vitória dos “açucareiros” neste jogo coloca-os praticamente em vantagem definitiva sobre os “militares”, atendendo que nos jogos entre si registou-se empates (0-0, em Xinavane, e 1-1, em Maputo).

 

Enquanto isso, o Ferroviário de Gaza isolou-se no terceiro posto, o qual partilhava com a SHM, graças à vitória caseira sobre AD Chókwè, por 1-0. Os “militares” contabilizam 35 pontos, mais um que a turma de Vilankulo.

 

Já o Desportivo perdeu em Boane, com a ESFA, também por 1-0, mas mantém-se no quinto posto, com 30 pontos. Nos restantes encontros, o Palmeiras de Homoíne bateu, em Maputo, o Vulcano pela mesma contagem de 1-0. O mesmo resultado foi conseguido pelo Estrela Vermelha, na Moamba, frente ao Ntumbuluko.

 

SP. NAMPULA AGUARDA CONFIRMAÇÃO

DESPORTIVO DE MUEDA DESPROMOVIDO 

 

A desqualificação do Desportivo de Mueda da prova nortenha, por ter atingido o limite de faltas de comparência (três), abre espaço para a revisão da classificação, numa altura em que o Sporting de Nampula lidera com 38 pontos, contra 27 e 25 das Ligas Desportivas de Pemba e de Monapo, respectivamente.

 

Mesmo com a retirada de pontos registados nos jogos com o Desportivo de Mueda, como mandam as regras de futebol em casos de género, os “leões” nampulenses gozam de uma vantagem suficiente para não sofrer qualquer abalo, aguardando apenas pela confirmação no Moçambola-2018.

 

O Sporting de Nampula perdeu na jornada de despedida (18.ª), no último fim-de-semana, com Ferroviário de Pemba, por 1-0, mas detém 11 pontos de avanço em relação à Liga de Pemba. Os “leões” foram ainda a equipa mais regular e que sofreu menos derrotas (duas) ao longo da prova já finda.

 

Entretanto, apenas um caso ficou por resolver de todos assuntos pendentes na prova nortenha. Trata-se do caso de violência protagonizada contra a equipa de arbitragem no jogo entre a Liga de Monapo e o Sporting de Nampula. A Federação Moçambicana de Futebol (FMF), organizadora do Campeonato Nacional da Divisão de Honra, deverá trazer os resultados deste assunto ainda esta semana, depois de ter considerado improcedente o protesto levantado pela Liga Desportiva de Pemba contra o seu homónimo de Cuamba, alegando uso irregular de um atleta. O protesto levantado pela mesma formação contra o Desportivo de Mueda, alegando utilização do seu jogador pela equipa de Cabo Delgado, ficou sem efeito com a desqualificação desta.

 

Salientar que a Liga de Pemba se despediu da prova nortenha derrotando, em casa, o Clube de Angoche, numa ronda em que as Águias Especiais de Lichinga faltaram à comparência ao jogo com a Liga de Cuamba, no reduto deste. As Águias alegaram avaria da viatura que lhes levava a Cuamba, um “truque” muito recorrido por algumas das equipas participantes na prova.

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 11:25
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A Selecção Nacional Feminina de Futebol despediu-se do Torneio Feminino da COSAFA que decorre em Bulawayo, Zimbabwe com uma vitória diante da sua similar das Maurícias por 3-0, terminado a fase de grupos com quatro pontos, os mesmos que a Suzailândia segunda classificada do no grupo C. Lúcia Moçambique que conta com quatro golos na competição marcou o primeiro golo aos 18 minutos sendo que os restantes foram apontados Ninica e Betinha nos minutos 48 e 58 respectivamente.

 

Betinha Alfredo autora do último golo para Moçambique foi eleita a melhor jogadora em campo tendo recebido das mãos do presidente da Federação Moçambicana de Futebol, Alberto Simango Jr. o troféu de “women of the match”. Um momento efusivamente festejado pela delegação moçambicana. 

 

Por sua vez, Alberto Simango enalteceu o feito alcançado pela equipa de todos nós referindo que este é apenas o primeiro sinal positivo que a equipa dá depois de quase três anos de ausência em competições.

 

“Este é um sinal que mostra que estamos no bom caminho e que dias melhores virão. O nosso objectivo passa por incutir nas jogadores o sentido de pertença ao defenderem as cores da nossa bandeira e de ganhar jogos”,destacou Simango.

 

Moçambique foi a equipa que conseguiu fazer os resultados possíveis que se podem esperar de um jogo de futebol. As treinadas de Felizarda Lemos e Claúdio Macapa, estrearam com uma derrota diante do Quénia (5-2), empataram por duas bolas diante da Suazilândia e por fim venceram as Maurícias. As representantes do país insular foram a equipa que mais golos sofreram no torneio (17), terminado sem pontos no Grupo C.

 

Depois de dois anos de ausência em competições internacionais, Moçambique regressa ao palco das acções após ver levantada a suspensão imposta pela Confederação Africana de Futebol (CAF). Recorde-se que em 2013 a nossa selecção esteve impedida de participar em todas as competições internacionais em virtude de ter averbado uma falta de comparência num jogo que deveria ter acontecido no Quénia referente às eliminatórias do CAN da Argélia.

 

Grupo B

 

Maurícias vs Moçambique: 3-0 (L. Moçambique 18’; Cuta 48’; Betinha 58’ ) –LuveveStadium

Quénia (Achieng 90’) vsSuazilândia 1-0BarboufieldsSatdium

 

Meias-finais

 

Dia 21/09/2017

 

Zâmbia vs África do Sul (13h:00) – Barboufields Satdium

Quénia vs Zimbabwe      (15:00)  – Barboufields Satdium

 

Disputa do terceiro e quarto classificado

 

DIA 23/09/2017

 

Entre os perdedores nas meias-finais (13h:00) – Barboufields Satdium

 

Final

 

DIA 24/09/2017 (15h:00) – Barboufields Satdium

 

classificação

 

Grupo A  

                            

 J               V             E              D             GM           GS             Pts

 

Zâmbia               3              2              1              0              14           05           7

Zimbabwe         3              1              2              0              08           4             5

Malawi              3              1              1              1              12           12           4

Madagáscar      3              0              0              03             04           17           0

 

Grupo B   

          

                             J              V             E              D             GM        GS          Pts

 

Quénia                3              3              0              0              17           2              9

Suazilândia        3              1              1              1              5              3              4

Moçambique      3              1              1              1              7              7              4

Maurícias           3              0              0              3              0              17            0

 

Grupo C  

 

                       J              V             E              D             GM         GS            Pts

 

África do Sul   3              2              1              0          7              2              7

Botswana        3              1              1              1          4              5              4

Namíbia          3              1              0              2           6              5              3

Lesotho          3              1              0              2            2              4              3

 

Raimundo Zandamela, em Bulawayo

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 10:46
 O que é? |  O que é? | favorito
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
16
17
23
24
25
26
30
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO