Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quinta-feira, 03 DE Agosto 2017

 

O MINISTRO da Juventude e Desporto (MJD), Alberto Nkutumula, disse ontem, em Maputo, na abertura da conferência sobre a gestão de instalações e infra-estruturas que o pelouro que dirige co-organiza com a Universidade Eduardo Mondlane (UEM) que espera que o evento abra uma nova página no rol de procedimentos que até à data temos vindo a ser observado na intrincada tarefa de gerir o património desportivo.

 

Segundo Nkutumula, o evento representa um frutuoso processo de contactos encetados pelo seu ministério junto das diferentes instituições nacionais de ensino superior, visando colher a sensibilidade do meio académico sobre os melhores caminhos, rumo ao aperfeiçoamento da gestão do parque imobiliário desportivo.

 

Da parceria com a UEM, testemunhamos a realização desta conferência, como resultado de uma das várias iniciativas inovadoras, destinadas a encontrar alternativas consistentes e resposta estratégica à problemática da gestão das instalações e infra-estruturas desportivas.

 

Como principal propósito da realização deste evento, visamos aqui proporcionar um momento de reflexão teórico-metodológica e de produção de conhecimento, com base em critérios científicos e, assim, lograrmos o processo de gestão adequado às nossas instalações e Infra-estruturas desportivas, desde o seu marco conceptual até à fase de sua manutenção”, sublinhou.

 

Continuou, dizendo que a expectativa é que o encontro venha a ser uma plataforma de contribuição para a definição de estratégias e políticas de planificação, construção, e gestão, assente na interacção entre as diferentes entidades intervenientes nas áreas ligadas às infra-estruturas desportivas e académicas.

 

A prática desportiva é um direito social garantido pela Constituição e o seu fomento é, em primeira instância, da alçada do Estado, preocupado com a formação de uma sociedade saudável, com cultura desportiva, um dos alicerces para a promoção e manutenção dos bons hábitos e qualidade de vida. Esta conferência é de capital importância para a disseminação de ideias que dela emanarão, através dos diversos meios e suportes, incluindo a publicação de uma brochura a ser disponibilizada aos diferentes níveis de interesse”, salientou.

 

UM DESAFIO CIENTÍFICO

 

Para o reitor da UEM, Orlando Quilambo, a conferência que ontem arrancou é um agregador de várias fontes do saber, com quadros de diversas instituições académicas e desportivas nacionais. Segundo o reitor, a gestão de infra-estruturas desportivas é um desafio científico e a UEM como instituição de ensino tem uma grande responsabilidade histórica na área científica e na gestão desportiva, daí que tenha fundado em 2010 a Escola Superior de Ciências de Desporto (ESCID) para responder aos desafios desta área.

 

A gestão de infra-estruturas é um dos desafios mais candentes da actualidade ao nível nacional. A UEM estará, despois desta conferência, mais preparada para cumprir cabalmente com as suas responsabilidades, por isso esperámos que esta seja uma plataforma de reflexão teórica do desenvolvimento e gestão, e que seja um factor de pesquisa aplicada sobre o desporto”, sublinhou, recordando que o sucesso deste evento será determinado pelo empenho e trabalho de cada participante.

 

Entretanto, a conferência termina às 17:00 horas. Para hoje estão agendados três temas e uma mesa-redonda, nomeadamente, os desafios económicos dos intervenientes no processo de construção e manutenção de infra-estruturas desportivas; o papel de gestor de instalações desportivas e modelo de arena desportiva.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:34
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Elton Ubisse, que na última época esteve ao serviço de Ferroviário de Maputo, foi determinante na noite de hoje, para que o Ferroviário da Beira erguesse o troféu nacional, duas épocas depois. No quinto jogo do "play-off" da final,  os  "locomotivas" do Chiveve venceram por 69-58, depois de uma derrota ontem, segunda-feira, que igualara a eliminatória.

 

Com 27 pontos, Ubisse foi o "cestinha" de uma partida em que a sua equipa esteve sempre em vantagem: (15-18), (28-30), (36-56), (58-69).

 

Canivete foi quem abriu as hostilidades, com dois lançamentos livres (0-2). O Ferroviário de Maputo cometeu dois "turnovers" e cedeu um afundanço de Canivete (2-4). Milagre mandou parar o jogo. Os campeões nacionais continuavam com dificuldades e viram Nurmamade a lançar uma "bomba" (2-7).

 

Com a entrada de Baggio, os campeões nacionais reduziram significativamente (10-13). Mas foi o Ferroviário da Beira a vencer o primeiro período (15-18), numa primeira etapa em que Elton Ubisse foi bastante eficaz, assinalando quatro dos cinco lançamentos consecutivos à média distância.

 

No segundo período, houve mais disputa e rotação, mas sem lançamentos convertidos. Ainda assim, o Ferroviário de Maputo conseguiu passar para a frente, com um triplo de Álvaro Maso (20-18), à entrada da metade do período. Contudo, pela primeira vez, o encontro esteve empatado (28-28), por meio de um triplo de Elvas "Stam" Honwana, faltando dois minutos e 29 segundos para o intervalo. Ivan Machava depois deu vantagem à sua equipa (28-30). E foi assim que as duas formações foram ao intervalo.

 

 

O terceiro período começa mesmo com um triplo "limpinho" de Stam (28-33). Os "locomotivas" do Chiveve criaram rapidamente a maior diferença pontual do jogo, até aquele momento (28-41). O público ficou eufórico. Não se imaginaria que a vantagem pudesse chegar aos 16 pontos (29-44). E pode ser naquele instante que o jogo ficou definido.

 

Com um público insuportável, o Ferroviário de Maputo não conseguia fazer o seu jogo. Milagre Macome chegou a tirar Custódio Muchate, para a entrada de Carlos Chirindza, que se estreava neste "play-off" da final, mas os anfitriões não desaceleraram (28-48). Elton Ubisse esteve mais uma vez inspirado e puxou a sua equipa a terminar o terceiro período com uma confortável vantagem de 20 pontos (36-56). Nurmamade era um desequilibrador sem oposição à altura.

 

Só havia 10 minutos para o Ferroviário de Maputo tentar buscar os 20 pontos e revalidar o título, daí que defendeu a todo campo, desde o início da última etapa. Nasir Salé viu os seus pupilos ansiosos em resolver o encontro e pediu um desconto de tempo, quando ainda tinha sete minutos e 17 segundos pela frente. Mas o Ferroviário de Maputo reduzira para 15 pontos (41-56). Alguma tensão tomou conta do pavilhão.

 

A pressão alta dos "locomotivas" da capital estava a surtir efeito (43-56). O jogo entrou para uma fase bastante emocionante. Com três minutos e 36 segundos (51-62). O marcador oscilava, mas com uma clara aproximação do Ferroviário de Maputo (56-62), a dois minutos e 37 segundos. Nasir Salé não se fez de rogado e pediu um desconto de tempo. Os seus pupilos perceberam o que ele pretendia e conseguiram 10 pontos de vantagem (56-66) a um minuto e 29 segundos do título.

 

No pavilhão já se cantava vitória e ninguém conseguia permanecer sentado. "Ferro, Ferro, Ferro..." é o que se ouvia na nova catedral. Custódio Muchate é desqualificado a um minuto e oito segundos do fim. Loucura no pavilhão. Stam ainda fez dois lançamentos livres com sucesso. Com 15 segundos para o fim (59-69) os técnicos abraçaram-se, numa clara demonstração de "fair-play", confirmando uma clara vitória (58-69) dos anfitriões.

 

Sem os lesionados Pio Matos e o espanhol Sérgio, o Ferroviário de Maputo teve que se contentar com os 100 mil meticais, troféu e medalhas, bem como os títulos de Melhor Marcador e Melhor Triplista de Álvaro Maso.

 

Na qualidade de campeão, o Ferroviário da Beira ficou com 200 mil meticais. Os seus atletas, Ismael Nurmamade e Octávio Magoliço, foram MVP e Melhor Ressaltador, respectivamente.

 

Deanof Potompuanha/António Gombe

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 10:19
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O professor Dr. João Tique defende que a prática desportiva deve deixar de ser vista exclusivamente sob um prisma competitivo para converter-se num fenómeno que abarca pessoas de todas as idades que fazem do exercício físico um elemento importante das suas vidas e impulsionadas pelos mais diversos motivos.

 

O académico falava na manhã desta quarta-feira, na abertura da Conferência Sobre Gestão de Instalações e Infra-Estruturas Desportivas, que decorre até amanhã na Universidade Eduardo Mondlane, em Maputo.

 

Falando para uma plateia de académicos, desportistas, estudantes e jornalistas, Tique disse ainda que ao se abandonar a ideia da prática desportiva como um propósito competitivo, as pessoas terão motivação para praticá-la, tendo como propósito a melhoria da sua saúde.

 

Segundo aquele académico, deve ser prioridade garantir que tanto nas zonas urbanas assim como nas zonas rurais não se prive o direito de pelo menos haver um grande campo de futebol, uma piscina e outros espaços para a prática desportiva.

 

Tique dissertou ainda sobre a manutenção física dos espaços para a prática desportiva, bem como a destruição dos campos desportivos e as implicações que isso pode vir a ter.

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 10:14
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A cidade de Maputo é palco desde segunda-feira do Campeonato Africano de Xadrez Sub-16, que servirá para o apuramento aos "Mundiais" da modalidade, a terem lugar na Índia, em Setembro próximo.

 

A prova será disputada entre os países que fazem parte da Zona Austral, dos quais só confirmaram a presença, além de Moçambique, quatro países, nomeadamente Angola, Botswana, África do Sul e Zâmbia.

 

As equipas que participam na prova devem ser formadas no máximo por cinco elementos, dentre os quais dois devem ser femininos.

 

De salientar que o campeonato termina este sábado e só será apurada uma selecção para os "Mundiais"

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 10:04
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O Grupo Desportivo Iquebal e a Liga Desportiva, continuam líderes do Campeonato de Futsal da Cidade de Maputo, ambos com 18 pontos, após vitórias na oitava jornada.

 

O Iquebal derrotou o Atlético, por 5-0. Por seu torno, a Liga Desportiva venceu a Papelaria Rex, por 4-2. No entanto, a oitava jornada completa-se esta semana, com o jogo MCN-Gespero.

 

Na linha vermelha da classificação actual está o MCN, com 3 pontos, e o Gespero, sem nenhum ponto.

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 09:58
 O que é? |  O que é? | favorito
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
19
20
21
26
27
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO