Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quinta-feira, 27 DE Julho 2017

 

O DUELO entre o campeão em título, o Ferroviário da Beira, e o vice, a União Desportiva do Songo, terminou empatado sem abertura do marcador em pleno Estádio 27 de Novembro, na vila do Songo.

 

O Ferroviário da Beira foi a equipa que mais brilhou. Praticou um futebol mais adulto e esclarecedor, tendo criado mais oportunidades de golo, apesar da UD também as ter tido.

 

Na primeira parte, os dois conjuntos embalaram-se à procura de golo, mas pecavam por centrar as jogadas no meio campo. Os sectores defensivos estiveram bem organizados o que não permitiu a violação das balizas por parte dos atacantes das duas equipas.

 

Mesmo assim, houve oportunidades para os dois lados e valeu a atenção dos dois guarda-redes que sempre souberam se impor entre os postes.

 

Na segunda parte, o cenário voltou a ser o mesmo e com alguma ascendência para os donos da casa, sobretudo nos últimos 10 minutos, pois depois de algumas mexidas de Chiquinho Conde, o ataque da UD Songo melhorou ligeiramente, enquanto o Ferroviário da Beira defendia-se com unhas e dentes para evitar o pior.

 

À arbitragem de Aníbal Armando foi boa.

 

FICHA TÉCNICA

 

ÁRBITRO: Aníbal Armando, coadjuvado por Zacarias Balói e Hilário Vilanculos. Dino Inácio foi quarto árbitro.

 

UD SONGO: Swin, Norberto, Cremildo, Kambala, Luís Miquissone, Tony, Mário Sinamunda, Gildo, Mano, Parkim e Banda

 

Jogaram ainda Uhuru, Osvaldo e Jojó.

 

FER. BEIRA: Willard, Hagy, Amorim, Mambucho, Aurio, Thomas Nyerenda, Fabrice, Andro, Maninho, Amarachi, Chelito

Alinharam ainda Babo, Dimaria e Gervásio.

 

ACÇÃO DISCIPLINAR: “Amarelo” para Amarachi Dimaria e Kambala.

 

BERNARDO CARLOS

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:20
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O país vai contar com oito novas quadras para a prática de ténis, projecto que foi formalizado terça-feira última entre o Fundo de Promoção Desportiva (FPD) e a Federação Moçambicana de Ténis (FMT), com a assinatura de um memorando de entendimento.

 

O espaço onde serão construídas as quadras está inserido na área do complexo desportivo do Zimpeto, com cerca de doze mil metros quadrados, onde futuramente será implantado o pavilhão multiuso de ponta.

 

Valige Tauabo, presidente da FMT, refere que as projecções iniciais apontavam para que a primeira pedra para a construção dos oito courts tivesse sido lançada ontem, terça-feira, mas houve muitas reformulações que serão aprovadas no FPD e só depois se fará o lançamento oficial da primeira pedra, que ainda não tem data marcada.

 

Arsénio Sarmento, director geral do FPD, refere que não haverá outra comparticipação efectiva mais do que a oferta do espaço e toda a capacidade técnica que tem a ver com a instalação de infra-estruturas desportivas, daí que se tenham definido metas no memorando que foi assinado.

 

De referir que o projecto será financiado pela Federação Internacional de Ténis (ITF).  

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 11:18
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O oitocentista moçambicano Jenito Acílio ocupou a quarta posição nos Jogos da Juventude em Atletismo (Sub-18), que decorrem nas Bahamas, com a sua melhor marca pessoal de 1.54.88 minuto.

 

Recorde-se que nas eliminatórias do Campeonato Mundial de Atletismo Sub-18, disputado no Quénia, no mês em curso, o atleta registou o tempo de 1.56.40 minuto, tendo sido eliminado nas meias-finais em Nairob com um tempo ainda melhor (1.53.40 minuto), terminando também na quarta posição.

 

Assim sendo, depois do desempenho conseguido no Quénia, Jenito espera honrar a nossa bandeira nas Bahamas.

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 10:19
 O que é? |  O que é? | favorito
Quarta-feira, 26 DE Julho 2017

 

As duplas nacionais de voleibol sénior masculinas e femininas estão em grupos difíceis no inédito Mundial, que inicia na quarta-feira em Viena (Áustria).

 

Em masculinos o combinado nacional está no Grupo “E”, juntamente com os campeões olímpicos (Brasil), Chile e a anfitriã Áustria. Já em femininos a Selecção Nacional está inserida no Grupo “H”, onde se juntam o Brasil (duas duplas) e Suíça.

 

O Campeonato Mundial de Voleibol de Praia, que irá decorrer de 26 de Julho a 6 de Agosto, em Viena (Áustria), será o primeiro de Moçambique, em seniores. O facto torna-se mais significante por acontecer em ambos os sexos e semanas depois que os Sub-21 também se estrearam num Mundial (Naijing), igualmente em ambos os sexos.

 

Deanof  Potompuanha

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 11:38
 O que é? |  O que é? | favorito
Terça-feira, 25 DE Julho 2017

 

O Estrela Vermelha goleou o Desportivo, por 7-2, em jogo da terceira jornada do campeonato de hóquei em patins da cidade de Maputo.


Esta vitória coloca o Estrela como líder isolado com 6 pontos e confirma a posição de principal concorrente ao título.


Já o Ferroviário obteve o primeiro triunfo na prova e logo com uma goleada sobre Académica: 6-3.


O Desportivo B também se estreou a vencer, levando a melhor sobre o Dom Bosco, por 5-4.


Classificação: Estrela, 6 pontos, Desportivo A, 3, Desportivo B, 3, Ferroviário, 3, Académica, 3 e Dom Bosco, 0.
 
Álvaro da Costa, Maputo
 
 
Fonte:Abola
publicado por Vaxko Zakarias às 13:04
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A Província de Manica sagrou-se, este domingo, vencedora absoluta do XIII Festival Nacional dos Jogos Desportivos Escolares Gaza-2017. E, juntando o útil ao agradável, foi igualmente proclamada organizadora da próxima edição, em 2019.


Pela segunda vez consecutiva, Manica sobe ao pódio como campeã, depois de o ter feito há dois anos, em Cabo Delgado, fazendo assim justo ao seu estatuto de celeiro desportivo do país, com a particularidade de, nos últimos tempos, não se circunscrever somente ao atletismo e ao voleibol, como também a outras modalidades, nomeadamente o basquetebol.


Realizado este ano sob o lema «Desporto Escolar, Conservando a Natureza», o Festival Gaza-2017, que teve jogos na cidade de Xai-Xai, capital provincial, e na vila da Macia, foi declarado encerrado este domingo pelo Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, que se congratulou, por um lado, pelo excelente nível de organização que caracterizou o evento; e, por outro, pela competitividade que foi apanágio dos 10 dias de provas.


No epílogo do festival, Manica sagrou-se campeã, em ambos os sexos, nas modalidades de atletismo e voleibol, e basquetebol masculino, para além de medalhas de prata e de bronze que ganhou e que acabaram, também, por ser determinantes para as contas finais a favor desta província.


No que diz respeito aos outros campeões, Maputo-província conquistou os títulos de andebol, em ambos os sexos; Maputo-cidade em basquetebol feminino; Nampula em futebol masculino e Niassa em futebol feminino.
 
ALEXANDRE ZANDAMELA, Maputo
 
 
Fonte:Abola
publicado por Vaxko Zakarias às 11:04
 O que é? |  O que é? | favorito
Segunda-feira, 24 DE Julho 2017

 

O PRIMEIRO-MINISTRO, Carlos Agostinho do Rosário, exortou ontem aos alunos que participaram dos Jogos Escolares em Gaza a continuarem a praticar o desporto nas escolas e noutros locais sem, no entanto, prescindir do mais importante, que são os estudos.

 

O governante falava na cidade de Xai-Xai no encerramento do XIII Festival dos Jogos Desportivos Escolares, que decorreram de 14 deste mês até ontem nesta urbe e na Macia.

 

Segundo o Primeiro-ministro, em Gaza testemunhou-se a revelação de grandes talentos em diferentes modalidades, que faz com que o Governo acredite que este evento é um viveiro de atletas de grande valor para os diferentes clubes e selecções nacionais.  “Por isso, caros estudantes, continuem a praticar o desporto na escola e nos vossos locais de residência sem, no entanto, prejudicar a vossa principal tarefa, que é estudar e adquirir conhecimentos para melhor contribuírem no desenvolvimento do nosso país”, apelou Carlos Agostinho do Rosário.

 

Aos clubes e às federações desportivas, o governante pediu a continuidade do trabalho de valorização dos talentos saídos destes eventos, criando oportunidades de treinamento e de inserção no desporto de alta competição.

 

É nossa esperança ver estes estudantes/atletas que se revelaram nestes Jogos a representarMoçambique nos próximos jogos da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa (CPLP) e noutros eventos internacionais”, vincou.

 

Para ele, deste festival todos saem a ganhar. “Fortalecemos a unidade nacional. Com a prática do desporto ganhamos um corpo são e mente sã. Neste sentido, é com muita satisfação que dizemos que neste festival não houve ganhadores nem perdedores, pois todos ganharam”, assinalou o primeiro-ministro.

 

Do Rosário sublinhou, por outro lado, o facto de durante os dez dias de convívio, os estudantes, não só terem demonstrado habilidades desportivas, mas também a oportunidade de trocar experiências das várias vivências socioculturais do nosso país e visitar locais históricos e turísticos da província de Gaza.

 

Nos XIII Jogos Desportivos Escolares participaram 1386 estudantes, assistidos por perto de 500 pessoas, entre pessoal de apoio, técnicos, dirigentes, entre outros.

 

Manica foi o vencedor absoluto, sendo que noutro extremo ficou a vizinha província de Sofala. Em 2019, o evento realizar-se-á na província de Manica.

 

Sérgio Macuácua

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:12
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O Desportivo de Maputo alcançou uma vitória importante para as suas contas, ao derrotar a Associação Desportiva do Chókwè no seu reduto por tangencial 1-0, aproximando-se, por isso, do pelotão da frente, o qual é liderado pelo Incomáti de Xinavane.

 

Resultados da (13.ª) Jornada

 

AD. Chókwè-Desportivo de Maputo (0-1)

Estrela Vermelha-Matchedje (2-3)

Fer. Gaza-Palmeiras de Homoíne (quarta-feira)

Ntumbuluko FC-Incomáti (0-2)

Esfa FC-SHM de Vilankulo (0-1)

Águias Especiais-Vulcano FC (0-0)

 

Próxima Jornada (14.ª)

 

Matchedje-Desportivo de Maputo

Palmeiras de Homoíne-Estrela Vermelha

Incomáti-Fer. Gaza

SHM de Vilankulo-Ntumbuluko FC

Vulcano FC-Esfa FC

Águias Especiais-AD. Chókwè

 

ZONA CENTRO

 

Resultados (12.ª) da Jornada  

 

Sporting de Quelimane-Pipeline da Maforga (4-1)

Atlético de Gondola-Estrela Vermelha (2-2)

Sporting da Beira-Fer. Quelimane (4-0)

Água Vumba-Têxtil do Púnguè (0-2)

 

Próxima Jornada (13.ª)

 

Fer. Quelimane-Sporting de Quelimane

Pipeline da Maforga-Atlético de Gondola

Têxtil do Púnguè-Sporting da Beira

UP Manica-Água Vumba

 

ZONA NORTE

 

Resultados da (13.ª) Jornada

 

Desportivo de Mueda-Fer. Lichinga (0-0)

Fer. Pemba-Angoche FC (1-0)

LD Monapo-LD. Pemba (0-0)

Sporting de Nampula-LD Cuamba (3-0)

 

Próxima Jornada (14.ª)

 

Fer. Lichinga-LD Monapo

Angoche FC-Desportivo de Mueda

Águias Especiais-Fer. Pemba

LD Pemba-Sporting de Nampula

 

Ibraimo Assamo

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 11:59
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O avançado Dayo António era pretendido para reforçar a Académica de Coimbra, de Portugal, mas a qualificação do Ferroviário da Beira aos quartos-de-final da Liga dos Campeões impede o jogador de deixar a equipa neste momento.

 

O jovem jogador é tido como preponderante para as pretensões dos locomotivas de Chiveve na prova africana.

 

A nossa Reportagem deu conta do interesse dos “estudantes” de Coimbra no jogador moçambicano do Ferroviário da Beira, numa altura em que este estava lesionado. Após a recuperação da lesão veio a boa nova para as bandas do Chiveve: o Ferroviário da Beira recebeu a informação da qualificação à fase seguinte da Liga dos Campeões Africanos, dada a sansão imposta pela FIFA à Federação Sudanesa de Futebol, ora levantada, mas sem consequência para a continuidade dos locomotivas na prova.

 

Sendo Dayo uma peça fundamental na manobra atacante dos locomotivas, agora treinados pelo português Rogério Gonçalves, a transferência do jogador deixaria uma grande lacuna na equipa e se considerou que, pelo menos por enquanto, o internacional moçambicano vai continuar a envergar a camisola do Ferroviário da Beira, com quem tem contrato por mais uma temporada.

 

O outro jogador que poderia seguir no mesmo pacote que Dayo para a Académica de Coimbra é Raúl, do Ferroviário de Nampula, com quem o jogador tem um vínculo, que se estende até ao final deste ano.

 

A nossa fonte assegurou-nos que o Ferroviário de Nampula não está disposto a negociar a possibilidade da transferência de Raúl neste momento, pelo que o jogador poderá sair no fim deste ano, uma vez que finda a época será um jogador livre.

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 11:07
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Um erro clamoroso de Victor, ao permitir que a bola atrasada por Salomão fosse “roubada” pelo avançado do Madagáscar, Bila, e desse origem ao primeiro golo da turma insular condicionou o desfecho da eliminatória, traindo todas as expectativas e o sonho de todo um país que já contava com a segunda eliminatória para o CAN-Interno, a ter lugar próximo ano no Quénia.

 

Todo o cenário negativo começou a desenhar-se logo nos primeiro minutos do jogo, com a turma moçambicana, que se supunha fosse tirar partido da “onda vermelha” que estava pronta para a apoiar, a manifestar-se claramente pressionada e a entregar a iniciativa do jogo ao seu adversário.

 

Abel Xavier acreditou piamente no “onze” que escalou semana passada, em Antananarivo, ao contrário do seu homólogo, Raux Auguste, que apresentou algumas modificações, mas mantendo o “esqueleto” na defesa e no sector intermediário. E podia perceber-se pelo aparente à vontade do treinador moçambicano em relação ao malgaxe, que vinha “correndo atrás do prejuízo”, com sói dizer-se. O tecnicismo dos extremos malgaxes voltou a estar em evidência, facto que retraiu ainda mais as mentes dos Mambas.

 

Do lado direito, onde estava Dino, as dificuldades para a turma moçambicana eram enormes, porque Bruno começou o jogo com mais preocupações defensivas do que, eventualmente, tentar algumas subidas pelo corredor esquerdo, procurando alimentar o ataque. Luís Miquissone, com veleidades já (re)conhecidas pelo lateral direito Toby, não tinha tarefa fácil para furar a defesa eu, diga-se, não chega a ser tão coesa como se pode pensar.

 

Estádio Nacional do Zimpeto

 

Assistência: cerca de 27.000 espectadores

 

Árbitro: Tirelo Mositwana, auxiliado por Mohemedi Monakwane e Kitso Sibanda.Quarto árbitro: Omphile Phuthego (todos do Botswana)

 

Comissário da CAF: Onias Felix Tangawarima (Zimbabwe)

Acção disciplinar: cartão amarelo para Leda e Njiva (Madagáscar)

Golos: 0-1(Bila, aos 60’): 0-2 (Tantely, aos 89’)

 

Moçambique, 0

 

Victor

Norberto (77’)

Mambucho

Salomão

Bruno

Loló

Kambala

Luís

Telinho (59’)

Sonito (70’)

Maninho

 

Suplentes utilizados

 

Raúl (59’)

Dayo (70’)

Isac (77’)

 

Suplentes não utilizados

 

Guirrugo

Amorim

Joaquim

Nuno

 

Treinador:Abel Xavier

 

Madagáscar, 2

 

Leda

Toby

Johny

Mário

Lanto

Baggio (67’)

Dino (83’)

Dax

Bourahim (80’)

Bila

Njiva (77’)

 

Suplentes utilizados

 

Nono (67’)

Tantely (83’)

Lantoniquina (77’)

 

Suplentes não utilizados

Ando

Zola

Rojo

Ndrantoarilala

 

Treinador: Raux Auguste

César Langa/Domingos Elias

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 10:39
 O que é? |  O que é? | favorito
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
16
22
23
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO