Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quinta-feira, 24 DE Novembro 2016

 

KPA e USIU Flames, ambas do Quénia, 1.º de Agosto, de Angola, e First Bank, da Nigéria, foram as primeiras equipas a desembarcarem no Aeroporto Internacional de Maputo para, a partir de sábado, participarem na Taça dos Campeões Africanos de basquetebol em seniores femininos-2016.

 

O KPA foi o primeiro a pisar o território nacional, juntamente com os oficiais da FIBA-África, tendo chegado na terça-feira, enquanto USIU Flames, o 1.º de Agosto, o First Bank, estas duas últimas equipas, por sinal, das mais sérias candidatas ao título, chegaram ontem.

 

A capital do país começa a ganhar o “fervor” de um palco que durante uma semana vai receber a mais prestigiada competição de África a nível de clubes. O ambiente deve nos próximos dias ficar ainda mais “quente”, na medida em que são esperadas hoje e amanhã as restantes sete equipas que confirmaram presença na prova.

 

A POLITÉCNICA CONHECE DECISÃO AMANHÃ

 

Enquanto isso, amanhã, no final do dia, durante a reunião técnica, ficar-se-á a saber se A Politécnica participará na Taça dos Campeões. Neste momento as universitárias aguardam por uma eventual desistência de uma equipa ou então que uma manifeste interesse em participar, porque, ao que se sabe, a FIBA-África, organizadora do evento, pretende que a prova seja composta por um número par, sendo que neste momento estão confirmadas 10 equipas.

 

Entretanto, o Ferroviário de Maputo, campeão nacional, e único representante nacional confirmado, vai treinando de forma intensa e se adaptando ao renovado piso do pavilhão do Maxaquene. Leonel Manhique e Inãk Garcia vão ensaiando vários processos de jogo, bem como aperfeiçoando a técnica das suas comandadas.

 

SORTEIO É HOJE

 

Hoje realiza-se o sorteio para o emparelhamento das equipas, que estarão divididas em dois grupos de cinco cada. O 1.º de Agosto e o Interclube, ambas de Angola, campeã e vice-campeã, devem assumir o papel de cabeças-de-série, não podendo, por isso, defrontarem-se na fase de grupos.

 

Eis as equipas participantes no sorteio: Ferroviário de Maputo, anfitrião, Inter Clube de Luanda (Angola), 1.º de Agosto (Angola), GS Petroliers (Algéria), KPA (Kenya), First Bank (Nigéria), USIU Flames (Kenya), Etoile Filante (Togo), MB2ALL (Madagáscar), Etoile Filante de Togo e INSS da República Democrática do Congo.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:57
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O MINISTRO da Juventude e Desporto (MJD), Alberto Nkutumula, enalteceu para a importância de zelar pelo combate do “dopoing” para protecção do atleta, considerando ser este o interveniente-mor na actividade desportiva.

 

O dirigente proferiu estas palavras ontem na abertura do 1.º Seminário de Consulta das Partes Interessadas: “Anti-doping com Valor Chave no Desporto Moçambicano”, um evento promovido pelo MJD em parceria com a Agência Nacional de Anti-dopagem (AMOCAD) e UNESCO e que juntará até amanhã vários desportistas, entre dirigentes, técnicos e atletas.

 

Tomando esta posição de luta contra o “doping”, o nosso país pretende, acima de tudo, proteger o maior valor que o desporto possui, o atleta. Sem a devida preocupação pela saúde do atleta a este plano jamais garantiremos o seu bem-estar físico e psicológico nas competições, onde deve evoluir no espírito de “fair-play”, da honestidade desportiva a todos níveis”, afirmou.

 

 Enaltecendo ainda o papel do atleta, disse que este encontro, que tem como objectivo promover um debate abrangente sobre o estado real dos valores “anti-doping”, frisou que esta classe não pode ser vista como propriedade. “Os atletas não devem ser encarados como propriedade do clube, da associação, federação, Comité Olímpico ou Paralímpico, pois quando são seleccionados, configuram a plêiade dos filhos da nação em representação do desporto nacional, o melhor que temos”, disse, ajuntado que “eles são os guardiões da bandeira que defendem, de Moçambique, independentemente de a competição ser nos Jogos Olímpicos, da Commonwealth, Lusofonia, da região ou diversos campeonatos continentais e internacionais”.

 

Em relação às perspectivas neste seminário, Alberto Nkutumula disse esperar que a intervenção dos diferentes actores sirva para conduzir a uma plataforma de estratégias comuns sobre a melhor forma de implementação de políticas e acções de educação, prevenção e combate ao “doping”.  

 

Esperamos que no fim deste exercício a AMOCAD seja, realmente, capaz de fazer das contribuições de todos os intervenientes a alquimia que tornará dourado o nosso plano de actividades e as devidas estratégias de acção, ao que recomendamos que continuem a ser forjados como resultado da interdisciplinaridade que se pretende nas acções de orientação e de práctica do nosso desporto quer a nível nacional ou internacional”, afirmou.

 

A terminar a sua intervenção, o titular da pasta da Juventude e Desporto felicitou a UNESCO pela contribuição no combate ao “doping”. “Importa reconhecer a prestigiosa contribuição da UNESCO, nosso principal parceiro na realização deste evento. Com efeito, através do seu Fundo para a Eliminação do “Doping” em Moçambique, a UNESCO não poupou esforços para que todos nós pudéssemos estar aqui reunidos, reflectindo e exercitando para o bem do desporto e dos desportistas nacionais”, arrematou.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:32
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O TÉCNICO João Figueiredo não aceitou renovar com o Maxaquene, alegando motivos profissionais, e tudo indica que o novo timoneiro “tricolor” será Lucas Barrarijo, ex-Clube do Chibuto.

 

Apesar de estar afastado do comando técnico, João Figueiredo deve continuar a exercer outras funções no clube, segundo avançou Samuel Maibasse, vice-presidente da colectividade “tricolor”.

 

O lugar em aberto para o treinador principal deverá ser ocupado por Lucas Barrarijo, que na época passada conduziu o Clube do Chibuto a um surpreendente quarto lugar. Embora não haja informações oficiais da direcção, é forte a possibilidade de Barrarijo ser anunciado nos próximos dias como novo treinador dos Maxaquene.

 

O Maxaquene realizou uma época de 2016 para esquecer, tendo deixado escapar dois troféus na final da Taça de Moçambique e Liga/BNI, para além do total fracasso no Moçambola, onde ocupou o sétimo lugar.

 

Os “tricolores” procuram refazer o plantel não só a nível do corpo técnico, mas no grupo todo, visto que perderam dois jogadores importantes, Isac (Costa do Sol) e Lukman (União Desportiva do Songo).

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:15
 O que é? |  O que é? | favorito

 

TRÊS candidatos confirmaram a participação nas eleições na Federação Moçambicana de Xadrez (FMX), agendados para o dia 3 de Dezembro.

 

Trata-se de Selma Simango, que concorre para o segundo mandato entanto que actual presidente federativo; Domingos Langa e Pedro Chambule, ambos com interesse de regressar à presidência daquela instituição desportiva.  

 

A sensivelmente três dias do enceramento das candidaturas - o prazo de entrega fecha sábado – o trio desdobra-se à busca de simpatias das associações provinciais. Para já, Pedro Chambule é o único que já submeteu a candidatura à mesa da assembleia-geral, na terça-feira, enquanto Langa e Simango o prometem fazer amanhã.   

 

Ao que tudo indica, estas serão as eleições mais renhidas dos últimos tempos, pois colocarão na corrida algumas das figuras com conhecimento profundo sobre o xadrez e que estiveram sempre ligadas ao dirigismo da modalidade.

 

 

São os casos de Domingos Langa, que regressa à corrida para o cargo de presidente depois de sensivelmente 15 anos; e Pedro Chambule, que volta a candidatar-se depois de ter dirigido a FMX durante oitos ano.

 

Domingos Langa, que dirigiu a FMX de 1998 a 2001, numa altura que figurava o ciclo não olímpico (mandato de três anos), disse que a sua candidatura resulta de um convite endereçado sobretudo pelos xadrezistas nacionais, que pretendem que traga àquela instituição desportiva a sua experiência no comando da Academia de Xadrez de Matola.

 

Langa, que era tido como candidato à direcção do Maxaquene, afirmou que teve de renunciar da candidatura para a presidência do clube “tricolor” para atender ao que apelidou de “causa nacional”. 

 

 

Pedro Chambule, por seu turno, que presidiu a FMX de 2005 a 2012, explicou que a sua candidatura é a pedido de algumas associações que pretendem que volte a liderar os destinos da modalidade, tendo em conta a experiência por si acumulada durante os oito anos de direcção.

 

Enquanto isso, Selma Simango, que de tesoureira durante o mandato de Chambule se projectou para o cargo de presidente da FMX, anotou que a sua candidatura tem a prerrogativa de contar com o apoio da direcção cessante, que pretende dar continuidade aos projectos já iniciados, porque sente que ainda pode contribuir mais em prol do xadrez e assegurar que a modalidade siga o melhor rumo para a sua expansão e consolidação ao nível nacional.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:07
 O que é? |  O que é? | favorito

 

OS Campeonatos Nacionais de futebol de juniores e juvenis da presente edicção terão lugar em Inhambane (Maxixe) e cidade de Maputo, segundo deliberou a Federação Moçambicana da modalidade.

 

Os dois “Nacionais” decorrerão em simultâneo, respectivamente de 10 a 18 de Dezembro, sendo que os clubes deverão confirmar a sua participação até a próxima segunda-feira, 28 de Novembro.

 

O sorteio das provas acontecerá curiosamente no mesmo dia do arranque das competições, pela manhã, nas sedes das respectivas associações provinciais (Inhambane e Cidade de Maputo).

 

A FMF definiu um número limite de inscrições por cada província em cada uma das provas. Assim sendo, para os “Nacionais” de juniores, Maputo Cidade deverá inscrever três equipas, à semelhança da província anfitriã (Inhambane); Sofala, Manica e Zambézia (duas); Tete, Nampula, Niassa, Cabo Delgado, Maputo Província e Gaza (uma).

 

Em juvenis, Maputo Cidade (quatro), Sofala (duas) e as restantes províncias uma.

 

Salientar que os encargos de transporte, alojamento e alimentação são da responsabilidade dos clubes ou equipas participantes.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:34
 O que é? |  O que é? | favorito
Novembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
15
19
20
26
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO