Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 18 DE Novembro 2016

 

QUERO dizer aos clubes que ainda não estão licenciados que levem isto a peito, pois este é um processo irreversível. É obrigatório. Não se percebe como é que apenas cinco clubes licenciaram-se dentre os vários que temos por todo o país”, disse o presidente da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), Alberto Simango Júnior.

 

Simango Júnior recorda que este processo arrancou em 2010 e volvidos seis anos muito poucos se mostraram interessados em verem a sua situação regularizada. “Isto é preocupante. É necessário que os clubes levem a peito e tomem este processo como prioritário nas suas actividades”, afirmou.

 

O presidente da FMF lembrou que os clubes não licenciados não podem participar em provas internacionais (CAF e FIFA). “Não há nenhum que participará nas provas da CAF sem ter feito o licenciamento. Assumam o licenciamento como prioritário e que é para o bem de todos. É para o bem do nosso futebol”, sentenciou. 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:14
 O que é? |  O que é? | favorito

 

DECIDIMOS encerrar a época de licenciamento para 2016 e no próximo ano se dará início a um novo processo. Apenas cinco clubes estão neste momento legais e são estes que irão participar nas provas de forma legal e credível”, disse o presidente da CLC, Rui Tadeu.

 

Rui Tadeu aconselhou aos clubes que ainda não estão licenciados para olharem para este processo com seriedade. “Estamos abertos a licenciar outros clubes em 2017 e espero que levem este processo de licenciamento como algo obrigatório, sob risco de sofrerem graves penalizações”, disse, ajuntando que é intenção alargar esta campanha a uma escala nacional.

 

Pretendemos que os clubes de todo o país, sejam do Moçambola, dos provinciais ou dos campeonatos locais, licenciem-se para quando chegarem ao Moçambola ou às Afrotaças possam estar em condições de participar sem nenhum tipo de impedimento”, frisou.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:03
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O COSTA do Sol e a União Desportiva do Songo juntaram-se ao Ferroviário da Beira, Estrela Vermelha e Liga Desportiva de Maputo no grupo dos clubes licenciados.

 

O Costa do Sol, representado pelo presidente, Amosse Chicualacuala, e UD do Songo, pelo secretário-geral-adjunto, receberam, na quarta-feira, as respectivas licenças definitivas, que lhes permitirão participar de forma legal nas competições na época desportiva-2017. 

 

De acordo com a Comissão de Licenciamento de Clubes (CLC), presidida por Rui Tadeu, ambas as colectividades apresentaram os requisitos necessários. São requisitos básicos para o licenciamento: infra-estruturas em condições, possuir escalões de formação e gabinete técnico, estrutura administrativa, jogadores com contratos e contabilidade organizada.

 

De acordo com a CLC estão ainda em situação irregular os outros 11 clubes que participarão no Moçambola, nomeadamente 1.º de Maio de Quelimane, Desportivo de Nacala, Chingale, Ferroviário de Maputo, Maxaquene, Ferroviário de Nampula, Clube do Chibuto, ENH de Vilankulo, Ferroviário de Nacala, UP de Lichinga, Textáfrica de Chimoio e AD de Macuácua, sendo que estes três últimos ascenderam à principal liga do futebol moçambicano este ano.

 

Sublinhe-se que estes 11 clubes que ainda não submeteram os respectivos processos de regularização deverão incorrer em infracções disciplinares, como o não reconhecimento definitivo pela CLC, que por sua vez comunicará à Federação Moçambicana de Futebol para agir conforme as normas e o regulamento em vigor, sendo que a medida mais pesada pode passar por ficarem afastados das competições internas, sendo que ao nível internacional nenhum clube em situação irregular poderá participar. Neste capítulo, os representantes moçambicanos nas provas internas estão à vontade, visto que Ferroviário da Beira, campeão nacional, e União Desportiva do Songo, vencedor da Taça de Moçambique, têm a sua situação regularizada e como tal poderão defender as cores nacionais na Liga dos Campeões Africanos e Taça CAF, respectivamente.

 

O processo de licenciamento obrigatório no nosso país começou a 24 de Março de 2010 e terminou a 15 de Agosto do presente ano. Findo esse período, a CLC ainda concedeu licenças provisórias até 30 de Setembro, de modo a tratarem da legalização, mas mesmo assim houve clubes que nem sequer manifestaram interesse.

 

Refira-se que o licenciamento é obrigatório e foi implementado pela FIFA de modo a tornar o futebol mais profissional.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:58
 O que é? |  O que é? | favorito

 

JOSÉ COSTA foi ontem eleito presidente da União Desportiva de Songo no culminar da assembleia convocada para o efeito pelo clube. O novo timoneiro da colectividade toma posse hoje para um mandato de quatro anos.

 

O novo presidente da UD Songo, que encabeçou a única lista, depois da desqualificação de uma outra liderada por Luís Canhemba, por ter dado entrada fora do tempo previsto para o fecho das candidaturas, foi eleito por unanimidade com um total de 79 votos e um nulo dos 80 membros que compõem a assembleia.

 

Entrevistado pela nossa Reportagem logo após o anúncio dos resultados, José Costa, que lançou o clube (antes HCB) para o Moçambola, em 2009, após vencer a “poule” de apuramento da zona centro, em 2008, disse que a prioridade é neste momento a programação para a participação da UD Songo nas Afrotaças, cujas eliminatórias arrancam na primeira semana de Fevereiro de 2017.

 

Já temos meio caminho para as inscrições do clube nos jogos internacionais uma vez que conseguimos há dias submeter o nosso licenciamento na Federação Moçambicana de Futebol e brevemente vamos legalizar a inscrição”, sublinhou José Costa.

 

Relativamente à preparação do Estádio 27 de Novembro para a recepção de jogos internacionais, José Costa assegurou que tudo será efectuado à altura para permitir que as Afrotaças tenham lugar em Songo.

 

Este Estádio foi desenhado e construído durante o meu mandato quando nos qualificamos para o Moçambola de 2009, agora vamos trabalhar duramente e contra relógio para melhorar o recinto, atendendo às exigências da CAF com vista à recepção de jogos internacionais em casa”, disse Costa.

 

Aquele dirigente desportivo afirmou, por outro lado, que estão neste momento sendo desenhados outros programas urgentes que vão desde a contratação do corpo técnico, jogadores e estágios de preparação para as Afrotaças.

 

Vamos hoje manter um encontro com o corpo técnico, liderado por Artur Semedo, para alinhavar algumas questões e, se conseguirmos um consenso, vamos mantê-lo, porque não temos problemas com ninguém”, anotou.

 

O presidente da UD Songo apontou que serão agendados para os próximos dias encontros com a comissão que dirigiu a colectividade depois do afastamento do antigo presidente, porque não é seu objectivo marginalizá-los, até porque, segundo realçou, muito contribuiu para o clube.

 

Vamos pedir nesses encontros para que não se afastem da colectividade, pois penso eu que algo podemos aprender com eles assim como podem de nós também aprender. Em suma, vamos todos para uma causa que é a massificação do desporto e melhorar a prestação do clube nas competições quer nacionais assim como internacionais”, frisou José Costa.

 

O nosso entrevistado referiu, por outro lado, que a equipa conta até ao momento com apenas cinco jogadores devidamente inscritos, com destaque para Luís Miquissone, o melhor marcador do Moçambola-2016, e artilheiro-mor do clube.

 

Por isso, o encontro de hoje vai definir tudo sobre o futuro do corpo técnico assim como do rol de jogadores que a colectividade precisa para a sua melhor apresentação nos jogos que se aproximam. Vamos também desenhar o programa de preparação da equipa, os estágios pré-competitivos e o lugar onde vão ocorrer”, frisou Costa. 

 

Com um elenco constituído por 18 pessoas, a nova direcção da União Desportiva de Songo vai dar continuidade dos programas traçados pela comissão executiva, que acaba de cessar as suas funções.

 

Vamos igualmente introduzir algumas melhorias na colectividade para mantermos uma dinâmica e performance, para além de uma postura mais activa rumo à prestação positiva dos objectivos traçados pela colectividade”, concluiu José Costa.

 

BERNARDO CARLOS

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:55
 O que é? |  O que é? | favorito

 

 

 

ACÁCIO Victor é o novo presidente da Comissão Nacional de Árbitros de Futebol (CNAF). O novo homem forte da arbitragem nacional foi quarta-feira apresentado e tomou posse, numa cerimónia realizada na sede da Federação Moçambicana de Futebol.

 

Acácio Victor vem colmatar um lugar que estava em aberto após a morte, no dia 5 de Junho passado, do ex-presidente José Ferreira, mais conhecido nas lides futebolísticas como Garrincha.

 

Na mesma cerimónia foram apresentados e tomaram igualmente posse o vice-presidente da CNAF, José Cacachal, e ainda o vogal, Alfredo Sitoe.

 

Na tomada de posse, o novo presidente da CNAF prometeu trabalhar para melhorar a qualidade da arbitragem.

 

Na verdade já estamos a trabalhar para melhorar a credibilização da nossa arbitragem. Fala-se muito da corrupção no meio da arbitragem, mas por vezes os árbitros erram mesmo devido a lacunas técnicas. Precisamos de combater essas falhas através de acções de formação e sessões de “refreshment”.  

  

Ainda sobre o “fenómeno” corrupção que enferma o futebol nacional, Acácio Victor disse que o problema está do lado dos que aliciam os árbitros. “O problema não está só nos árbitros, mas também naqueles que aliciam os árbitros”, comentou.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:34
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O ESTRELA Vermelha, líder invencível do Campeonato de Hóquei da Cidade de Maputo, recebe hoje, a partir das 21:00 horas, o Desportivo, em jogo da quinta e última jornada.

 

Será um teste de “fogo” para os “alaranjados” que pretendem terminar a fase de grupos em primeiro lugar, enquanto os “alvi-negros” ainda espreitam o primeiro lugar. A abrir a jornada, Académica e Desportivo “B” batem-se a partir das 19:00 horas, para de seguida Ferroviário jogar com Dom Bosco.

 

Os primeiros quatro classificados apuram-se para as meias-finais que serão disputadas na próxima terça-feira no pavilhão do Desportivo.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:21
 O que é? |  O que é? | favorito
Novembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
15
19
20
26
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO