Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Segunda-feira, 14 DE Novembro 2016

 

A SELECÇÃO Nacional de Futebol perdeu, sábado à tarde, diante do Quénia por 1-0, em jogo amigável inserido na data-FIFA, disputado em Nairobi.

 

É certo que o jogo não contava para nada, mas uma vitória para os “Mambas” elevaria a motivação e confiança dos jogadores. Neste despique, a equipa nacional jogava também com o pensamento em contrariar a história. É que antes da realização deste jogo o saldo era negativo, três derrotas em três deslocações à Nairobi, capital queniana. Portanto, um triunfo abriria uma nova página na história de duelos entre moçambicanos e quenianos. Todavia, o combinado nacional voltou a falhar.

 

A vitória tangencial do Quénia começou a desenhar-se aos 16 minutos, quando Eric Johannafez marcou o golo que fez levantar as bancadas do Estádio Nyayo, com capacidade para 30 mil espectadores. 

 

Tal como tinha acontecido no jogo com o Togo, os “Mambas” voltaram a ficar em branco, apesar de algumas oportunidades de golo criadas. Os problemas de finalização voltaram a pairar e remetem mais uma vez a certeza de que é preciso trabalhar insistentemente para debelar esta lacuna.

 

Amanhã, a Selecção Nacional defronta a África do Sul em mais um jogo de carácter amigável, também enquadrado na data-FIFA. Espera-se pela vitória, até porque a equipa moçambicana joga em casa (Estádio Nacional do Zimpeto) e mesmo sabendo-se que os “Bafana-Bafana” são mais fortes.

 

A equipa sul-africana é esperada hoje, em Maputo, e deve realizar o habitual treino de adaptação ao relvado do Zimpeto.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:11
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O GRUPO Desportivo Iquebal (GDI) conquistou, na quinta-feira, a Taça Maputo em futsal, ao vencer a Petromoc por 2-1.

 

Os golos do GDI foram apontados por Manucho (bom regresso após lesão) e por Idelson.

 

Apesar da derrota, a Petromoc deu muito boa luta, tendo reagido bem ao primeiro golo sofrido. Awilo marcou para os “petrolíferos”.

 

Para chegar à final, o GDI, formação treinada por Juneid Ibrahimo, eliminou a ADDEEC nos penáltis, por 3-1, depois de um empate a quatro golos, enquanto os comandados de César Mussagy golearam o Estrela Vermelha por 5-1.

 

Após este título, o GDI prepara-se para atacar o título, mas ainda com a forte concorrência da Liga e da Petromoc.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:06
 O que é? |  O que é? | favorito

 

UM torneio amigável envolvendo tenistas nacionais e da vizinha Suazilândia tem lugar no final de semana nos “courts” do Jardim Tunduru, na cidade de Maputo.

 

Para além de intercâmbio, o torneio marca o relançamento dos suazis nas competições internacionais, depois da sua suspensão pela Confederação Africana de Ténis (CAT) devido ao não pagamento de quotas.

 

A propósito, a FMT esteve durante os últimos anos a apadrinhar o regresso da Suazilândia, isto na qualidade de secretária-geral da zona austral.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:43
 O que é? |  O que é? | favorito

 

ESTAVÁMOS a treinar desde Janeiro. Ao contrário das outras escolas, nós começámos a projectar os treinos no fim de cada prova para que em Janeiro iniciemos com a nossa preparação. Portanto, o segredo da nossa vitória assenta-se basicamente no trabalho”, afirmou Sérgio Júlio, treinador da equipa masculina da “Nelson Mandela”.

 

O treinador diz que já está a pensar em conquistar o “tetra” e que já tem jogadores com qualidade para renovar a equipa. “Apenas dois jogadores permanecerão e os outros sairão devido a idade”.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:39
 O que é? |  O que é? | favorito

 

É uma sensação muito boa, diria mesmo indescritível ser tricampeão. Penso que vencemos com todo o mérito”, disse Helton Tovela, poste e capitão da “Nelson Mandela”, a melhor unidade na final.

 

Helton disse estar muito feliz por ter sido o seu último jogo no Básquete Show.  “No próximo ano já não poderei jogar devido à idade, mas estou feliz por ter despedido da melhor maneira”, afirmou.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:36
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O QUE marcou a diferença foi a nossa atitude em campo. Nunca perdemos a concentração e a vontade de ganhar. Entrámos decididas e nunca confundimos o nosso foco, que passava por vencer”, Cleide Nguenwa, uma das jogadoras em destaque nas campeãs.

 

A basquetista de 16 anos conta que foi difícil conquistar o primeiro título, mas, ao mesmo tempo, muito saboroso. “Estou desde 2014 a participar no Básquete Show e tive hoje (sábado) o meu dia mais feliz. A forma determinada como vencemos o jogo valoriza o nosso trabalho”, defendeu.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:29
 O que é? |  O que é? | favorito

 

“OS vencedores estão de parabéns, mas quero dizer que todos que participaram neste evento  são vencedores. É uma iniciativa de louvar, pois, permite que as crianças estejam ocupadas com o desporto”, disse a vice-ministra da Juventude e Desportos, Ana Flávia Azinheira.

 

A dirigente incentivou o organizador da prova, no caso a mCel, a continuar a trabalhar com mais força para que se realizem muito mais edições. “Continuem a trabalhar da mesma forma. Evento einiciativa como estes são sempre bem-vindos”, comentou.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:23
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O AMBIENTE no seio do grupoda Escola Secundária Nelson Mandela é muito bom. Somos todos bastante unidos, algo que tornou-nos muito fortes dentro de campo”, disse CletoChissico no final do jogo.

 

Chissico considera que o adversário ofereceu muita resistência e que as suas jogadoras tiveram que se empenhar ao máximo para vencer. “O nosso adversário é muito forte. Mas, conforme disse, acho que a nossa forte união acabou sendo determinante, sobretudo naqueles momentos em que precisámos de manter a concentração”, comentou.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:19
 O que é? |  O que é? | favorito

 

ESTE é um evento que se pode considerar ser de Moçambique  e não só da mCel, dada a sua magnitude à escala nacional. Mais uma vez trouxe a alegria para todos que estiveram aqui (pavilhão do Desportivo)”, afirmou Cláudio Chiche, administrador comercial da empresa de telefonia móvel.

 

Disse ainda que o sucesso deste evento reflectiu-se na grande afluência ao pavilhão do Desportivo. “Este espaço foi pequeno para acolher tanta gente. O interesse é grande e penso que todos testemunharam a maturidade organizacional deste torneio”.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:15
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A MENSAGEM que trago é que é bom conciliar o desporto com os estudos. Os exames vão arrancar e é bom que se concentrem”, disse o Ministro  da Educação e Desenvolvimento Humano, Jorge Ferrão.

 

Ferrão felicitou a todos intervenientes, em particular a mCel, pela iniciativa. “É importante que haja iniciativas como esta. Estes eventos promovem um bom convívio nas escolas e torna-os num espaço para prática do desporto”, disse.

 

O dirigente afirmou ainda que a tarde de sábado será marcante, não só, porque decorreram as finais do prestigiado evento, mas também por este assinalar 10 anos desde a sua criação, o que fez desse dia ainda mais especial.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:08
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A ESCOLA Secundária Nelson Mandela conquistou, na tarde de sábado, o Torneio Básquete Show, em masculinos e femininos. Em masculinos, “Nelson Mandela” venceu a “Josina Machel” por 45-40, enquanto, em femininos, bateu a “Matola” por 41-34.

 

Foi na final de masculinos que “Nelson Mandela” sentiu mais dificuldades, visto que, embora tenha entrado bem, saiu no primeiro período a perder por 11-9, depois de ter estado a perder por 5-0.

 

O segundo período foi bem disputado. Muito equilíbrio. A vantagem de  22-21 para a “Josina” era o espelho do nível equiparado de básquete. As duas equipas saíram para o intervalo e a “Nelson Mandela” regressou mais solta, motivo pelo qual saiu a vencer no terceiro período por 32-27. HeltonTovela, capitão, esteve em grande com belas jogadas e manteve a mesma dinâmica no quarto e último períodos, tendo sido fundamental para o triunfo por 45-40.

 

De referir que a “Nelson Mandela” conquistou o terceiro título após triunfos em 2014 e 2015.

 

Quanto à final dos femininos, a “Matola” entrou a ganhar e esteve sempre na frente do marcador, tendo vencido o primeiro período (12-4), segundo (16-14) e terceiro (25-20), mas no último deixou o pássaro fugir.

 

Foi o primeiro título das meninas da “Nelson Mandela”, que tiveram em Cleide  Nguenwa uma das mais desinibidas em campo.

 

De referir que a música e dança também estiveram presentes e a festa do Básquete Show ficou mais completa com o pavilhão do Desportivo a rebentar pelas costuras, sob olhar atento do Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano, Jorge Ferrão, convidado especial para a assistir as finais.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:58
 O que é? |  O que é? | favorito
Novembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
15
19
20
26
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO