Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Segunda-feira, 14 DE Novembro 2016

 

A SELECÇÃO Nacional de Futebol perdeu, sábado à tarde, diante do Quénia por 1-0, em jogo amigável inserido na data-FIFA, disputado em Nairobi.

 

É certo que o jogo não contava para nada, mas uma vitória para os “Mambas” elevaria a motivação e confiança dos jogadores. Neste despique, a equipa nacional jogava também com o pensamento em contrariar a história. É que antes da realização deste jogo o saldo era negativo, três derrotas em três deslocações à Nairobi, capital queniana. Portanto, um triunfo abriria uma nova página na história de duelos entre moçambicanos e quenianos. Todavia, o combinado nacional voltou a falhar.

 

A vitória tangencial do Quénia começou a desenhar-se aos 16 minutos, quando Eric Johannafez marcou o golo que fez levantar as bancadas do Estádio Nyayo, com capacidade para 30 mil espectadores. 

 

Tal como tinha acontecido no jogo com o Togo, os “Mambas” voltaram a ficar em branco, apesar de algumas oportunidades de golo criadas. Os problemas de finalização voltaram a pairar e remetem mais uma vez a certeza de que é preciso trabalhar insistentemente para debelar esta lacuna.

 

Amanhã, a Selecção Nacional defronta a África do Sul em mais um jogo de carácter amigável, também enquadrado na data-FIFA. Espera-se pela vitória, até porque a equipa moçambicana joga em casa (Estádio Nacional do Zimpeto) e mesmo sabendo-se que os “Bafana-Bafana” são mais fortes.

 

A equipa sul-africana é esperada hoje, em Maputo, e deve realizar o habitual treino de adaptação ao relvado do Zimpeto.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:11
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O GRUPO Desportivo Iquebal (GDI) conquistou, na quinta-feira, a Taça Maputo em futsal, ao vencer a Petromoc por 2-1.

 

Os golos do GDI foram apontados por Manucho (bom regresso após lesão) e por Idelson.

 

Apesar da derrota, a Petromoc deu muito boa luta, tendo reagido bem ao primeiro golo sofrido. Awilo marcou para os “petrolíferos”.

 

Para chegar à final, o GDI, formação treinada por Juneid Ibrahimo, eliminou a ADDEEC nos penáltis, por 3-1, depois de um empate a quatro golos, enquanto os comandados de César Mussagy golearam o Estrela Vermelha por 5-1.

 

Após este título, o GDI prepara-se para atacar o título, mas ainda com a forte concorrência da Liga e da Petromoc.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:06
 O que é? |  O que é? | favorito

 

UM torneio amigável envolvendo tenistas nacionais e da vizinha Suazilândia tem lugar no final de semana nos “courts” do Jardim Tunduru, na cidade de Maputo.

 

Para além de intercâmbio, o torneio marca o relançamento dos suazis nas competições internacionais, depois da sua suspensão pela Confederação Africana de Ténis (CAT) devido ao não pagamento de quotas.

 

A propósito, a FMT esteve durante os últimos anos a apadrinhar o regresso da Suazilândia, isto na qualidade de secretária-geral da zona austral.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:43
 O que é? |  O que é? | favorito

 

ESTAVÁMOS a treinar desde Janeiro. Ao contrário das outras escolas, nós começámos a projectar os treinos no fim de cada prova para que em Janeiro iniciemos com a nossa preparação. Portanto, o segredo da nossa vitória assenta-se basicamente no trabalho”, afirmou Sérgio Júlio, treinador da equipa masculina da “Nelson Mandela”.

 

O treinador diz que já está a pensar em conquistar o “tetra” e que já tem jogadores com qualidade para renovar a equipa. “Apenas dois jogadores permanecerão e os outros sairão devido a idade”.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:39
 O que é? |  O que é? | favorito

 

É uma sensação muito boa, diria mesmo indescritível ser tricampeão. Penso que vencemos com todo o mérito”, disse Helton Tovela, poste e capitão da “Nelson Mandela”, a melhor unidade na final.

 

Helton disse estar muito feliz por ter sido o seu último jogo no Básquete Show.  “No próximo ano já não poderei jogar devido à idade, mas estou feliz por ter despedido da melhor maneira”, afirmou.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:36
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O QUE marcou a diferença foi a nossa atitude em campo. Nunca perdemos a concentração e a vontade de ganhar. Entrámos decididas e nunca confundimos o nosso foco, que passava por vencer”, Cleide Nguenwa, uma das jogadoras em destaque nas campeãs.

 

A basquetista de 16 anos conta que foi difícil conquistar o primeiro título, mas, ao mesmo tempo, muito saboroso. “Estou desde 2014 a participar no Básquete Show e tive hoje (sábado) o meu dia mais feliz. A forma determinada como vencemos o jogo valoriza o nosso trabalho”, defendeu.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:29
 O que é? |  O que é? | favorito

 

“OS vencedores estão de parabéns, mas quero dizer que todos que participaram neste evento  são vencedores. É uma iniciativa de louvar, pois, permite que as crianças estejam ocupadas com o desporto”, disse a vice-ministra da Juventude e Desportos, Ana Flávia Azinheira.

 

A dirigente incentivou o organizador da prova, no caso a mCel, a continuar a trabalhar com mais força para que se realizem muito mais edições. “Continuem a trabalhar da mesma forma. Evento einiciativa como estes são sempre bem-vindos”, comentou.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:23
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O AMBIENTE no seio do grupoda Escola Secundária Nelson Mandela é muito bom. Somos todos bastante unidos, algo que tornou-nos muito fortes dentro de campo”, disse CletoChissico no final do jogo.

 

Chissico considera que o adversário ofereceu muita resistência e que as suas jogadoras tiveram que se empenhar ao máximo para vencer. “O nosso adversário é muito forte. Mas, conforme disse, acho que a nossa forte união acabou sendo determinante, sobretudo naqueles momentos em que precisámos de manter a concentração”, comentou.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:19
 O que é? |  O que é? | favorito

 

ESTE é um evento que se pode considerar ser de Moçambique  e não só da mCel, dada a sua magnitude à escala nacional. Mais uma vez trouxe a alegria para todos que estiveram aqui (pavilhão do Desportivo)”, afirmou Cláudio Chiche, administrador comercial da empresa de telefonia móvel.

 

Disse ainda que o sucesso deste evento reflectiu-se na grande afluência ao pavilhão do Desportivo. “Este espaço foi pequeno para acolher tanta gente. O interesse é grande e penso que todos testemunharam a maturidade organizacional deste torneio”.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:15
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A MENSAGEM que trago é que é bom conciliar o desporto com os estudos. Os exames vão arrancar e é bom que se concentrem”, disse o Ministro  da Educação e Desenvolvimento Humano, Jorge Ferrão.

 

Ferrão felicitou a todos intervenientes, em particular a mCel, pela iniciativa. “É importante que haja iniciativas como esta. Estes eventos promovem um bom convívio nas escolas e torna-os num espaço para prática do desporto”, disse.

 

O dirigente afirmou ainda que a tarde de sábado será marcante, não só, porque decorreram as finais do prestigiado evento, mas também por este assinalar 10 anos desde a sua criação, o que fez desse dia ainda mais especial.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:08
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A ESCOLA Secundária Nelson Mandela conquistou, na tarde de sábado, o Torneio Básquete Show, em masculinos e femininos. Em masculinos, “Nelson Mandela” venceu a “Josina Machel” por 45-40, enquanto, em femininos, bateu a “Matola” por 41-34.

 

Foi na final de masculinos que “Nelson Mandela” sentiu mais dificuldades, visto que, embora tenha entrado bem, saiu no primeiro período a perder por 11-9, depois de ter estado a perder por 5-0.

 

O segundo período foi bem disputado. Muito equilíbrio. A vantagem de  22-21 para a “Josina” era o espelho do nível equiparado de básquete. As duas equipas saíram para o intervalo e a “Nelson Mandela” regressou mais solta, motivo pelo qual saiu a vencer no terceiro período por 32-27. HeltonTovela, capitão, esteve em grande com belas jogadas e manteve a mesma dinâmica no quarto e último períodos, tendo sido fundamental para o triunfo por 45-40.

 

De referir que a “Nelson Mandela” conquistou o terceiro título após triunfos em 2014 e 2015.

 

Quanto à final dos femininos, a “Matola” entrou a ganhar e esteve sempre na frente do marcador, tendo vencido o primeiro período (12-4), segundo (16-14) e terceiro (25-20), mas no último deixou o pássaro fugir.

 

Foi o primeiro título das meninas da “Nelson Mandela”, que tiveram em Cleide  Nguenwa uma das mais desinibidas em campo.

 

De referir que a música e dança também estiveram presentes e a festa do Básquete Show ficou mais completa com o pavilhão do Desportivo a rebentar pelas costuras, sob olhar atento do Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano, Jorge Ferrão, convidado especial para a assistir as finais.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:58
 O que é? |  O que é? | favorito
Novembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
15
19
20
26
27
28
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO