Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quinta-feira, 13 DE Outubro 2016

 

CINCO jovens moçambicanos partem hoje para a China, onde vão aperfeiçoar as técnicas de kung fu e trocar experiência com praticantes profissionais daquela especialidade de artes marciais muito idolatrada no gigante asiático.

 

Trata-se de Calisto Matsimbe, Mohamed Aghas, Artur Ernesto, Dinis António e Momed Dirfah, que se despediram ontem numa cerimónia havida na sede da Comunidade Chinesa de Moçambique (CCM), que contou com a presença do ministro da Juventude e Desportos, Alberto Nkutumula, como convidado.

 

Na China, o quinteto vai permanecer um mês, numa viagem que se insere, por outro lado, no âmbito da difusão e massificação do kung fu em Moçambique.

 

Na cerimónia de despedida destes atletas, a Associação Wushu (Kung fu) de Maputo, fundada há dois anos e com cerca de 200 filiados, promoveu demonstrações das variantes desta submodalidade, com os praticantes a apresentarem vários números.

 

Na ocasião, o ministro da Juventude e Desportos louvou a iniciativa da associação em levar jovens moçambicanos à China para aperfeiçoar uma nobre modalidade para a consequente massificação no nosso país.

 

Apelou ao quinteto para ser exemplo na China, pois isso engrandece o nome de Moçambique. Vincou que o Governo faz a sua parte em prol do desporto, mas tem muitas limitações, garantindo que tudo fará para a continuidade do funcionamento da associação.

 

Lembrem-se sempre que na China irão representar Moçambique e todos estaremos de olhos em vocês. Tenham disciplina e ética!”, exortou o ministro.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:43
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A ESCOLA Secundária Nelson começou da melhor forma a defesa do título de campeão de “Basket Show” na cidade de Maputo, ao bater a Joaquim Chissano por 44-31, em jogo da ronda inaugural do certame.

 

Apesar de ter tido pela frente um adversário aguerrido, a equipa de Boane não se fez de rogada, tendo conseguido uma vantagem de 13 pontos nas contas finais, 44-31.

 

Em femininos, a campeã Josina Machel desiludiu ao perder com a Franscico Manyanga por retumbantes 19-32, na partida que abriu a 10.ª edição da prova na capital do  país.

 

A prova prossegue sábado, no pavilhão do Desportivo, com cinco partidas. A partir das 12.00 horas, a Matola bate-se com Malhazine e a Mandela joga com Manyanga, as 15.00horas, ambos em femininos.

 

Já em masculinos, Noroeste 1 defronta Armando Guebuza (12.35 horas), Matola bate-se com Solidariedade (13.15), e Josina mede forças com Bonifácio Gruveta (15.45).

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:21
 O que é? |  O que é? | favorito

 

TREINADORES de voleibol de nível 1 estão desde segunda-feira em formação na cidade de Nampula. O curso, que terá a duração de seis dias (termina sábado), é promovido pela Federação Moçambicana de Voleibol (FMV), em coordenação com a Associação Provincial da modalidade.

 

Participam no curso 39 técnicos das províncias de Nampula, Cabo Delgado (1), Niassa (1) e cidade Maputo (1). A formação é ministrada por um técnico de nacionalidade portuguesa, Rui Carvalho.

 

O mesmo curso terá lugar de 16 a 20 do corrente mês em Manica, com vista a alargar mais o número de técnicos com este nível no país.

 

Actualmente, existem no país 25 técnicos de nível 1 e que saíram do primeiro curso havido em 2011, na cidade de Maputo. Espera-se que, com a formação em curso, o número aumente de modo a que haja condições para a realização, no próximo ano, do curso de nível 2.

 

Esta é a primeira vez que Nampula recebe um curso desta categoria, para potenciar e dotar os técnicos nacionais de capacidades e qualidades técnicas e tácticas para melhorarem o desempenho das suas equipas.

 

Saliente-se que a realização do curso conta com o apoio do Comité Olímpico de Moçambique, através da Solidariedade Olímpica Internacional de Voleibol. 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:14
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O ESTRELA Vermelha, comandante isolado do Campeonato de Hóquei da Cidade de Maputo, defronta amanhã, a partir das 19.00 horas, a formação do Dom Bosco em jogo da 13.ª jornada.

 

Neste encontro, o Estrela é claro favorito a somar mais três pontos e a ficar a um passo de revalidar o título.

 

A seguir será a vez de o Desportivo “A” e o “B” medirem forças, às 20.00 horas, e, a fechar a ronda, Ferroviário e Académica jogam entre si na partida que se espera mais equilibrada.

 

 

PASSO DE GIGANTERUMO AO TÍTULO

 

 

Entretanto, na jornada anterior, o Estrela Vermelha ficou muito perto de conquistar mais um Campeonato de Hóquei em Patins da Cidade de Maputo ao vencer de forma categórica o Desportivo por 6-1, em jogo da 12.ª jornada.

 

Os “alaranjados”lideram a classificação com 27 pontos e bastarão mais duas vitórias nas próximas rondas para celebrarem a conquista do título. Na primeira parte, a equipa de Pedro Pimentel já vencia por 4-0, e praticamente resolveu um jogo em que muitos esperariam que os “alvi-negros” fossem dar luta. Não foi o que se viu. Os comandados de Jojó Pimentel andaram muito desligados em todo o encontro. Parecia que se cruzavam pela primeira vez para jogar, tal o tamanho de desentendimento existente entre eles. Por isso, o jogo foi de sentido único, com o Estrela sempre na mó de cima.

 

Noutros jogos, nota para a primeira vitória do Dom Bosco sobre a Académica, por 9-6. Realce ainda para a forma abnegada e arrojada como o Desportivo “B”, composto por juniores, bateu-se frente ao Ferroviário. Os “alvi-negros” estiveram a perder por apenas um golo, 3-2, chegando a pôr em causa o favoritismo dos “locomotivas”. Mas depois o cansaço e inexperiência vieram ao de cima e acabaram perdendo por 6-2. Porém,  mostraram que têm um futuro risonho pela frente.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:58
 O que é? |  O que é? | favorito

 

 

 

A ESCASSOS dias da realização da primeira “mão” (domingo) da final do apuramento ao Moçambola-2017, na zona centro, o Textáfrica de Chimoio e o Sporting da Beira reavivam os ânimos com a esperança de regressar, anos depois, ao maior convívio futebolístico nacional.

 

O Textáfrica, por sinal o primeiro campeão nacional de futebol, quer quebrar o jejum que dura há seis anos. Aliás, a sua presença no Campeonato Nacional deixou, há muitos anos, de ser regular, o que tem vulgarizado o seu estatuto como um dos clubes históricos do país.

 

Já o Sporting da Beira não consegue regressar ao Moçambola desde a sua primeira presença em 2011.

 

O técnico “fabril”, Abdul Omar, diz que só situações extrajogo podem colocar a sua equipa fora da rota do Moçambola porque, no seu entender, é a equipa mais organizada e sólida para lograr tal objectivo.

 

Abdul Omar justifica a sua posição com o facto de os “fabris” do planalto terem transitado da primeira fase de forma impecável, portanto sem derrota, dominando por completo uma série onde estava o rival e também histórico Têxtil, que igualmente procurava o caminho de regresso ao Moçambola, depois da sua última presença em 2014.

 

O Textáfrica ganhou três dos quatro jogos que corporizaram a fase de grupos, empatando um, conquistando desse modo a Série A, com 10 pontos, contra apenas quatro do rival Têxtil. Venceu os “fabris” da Manga nas duas voltas (2-1 e 2-0), bateu o Sporting de Quelimane, na primeira, por 2-0, empatou na segunda (0-0).

 

Estes resultados são, segundo o técnico, corolário de um processo que começa quando pegou na equipa a quatro jornadas do término do Campeonato Provincial de Manica, depois de perder a batalha na luta pela transição ao Moçambola à frente do Matchedje, isto na Poule de Apuramento da Zona Sul.

 

Se jogarmos o futebol de verdade, penso que o Textáfrica é sério candidato ao Moçambola. Ganhámos três jogos e, uma vez que já tínhamos assegurado a transição para a final, refrescámos ontem (terça-feira) a equipa com a utilização de jogadores mais jovens ou menos usados. Mesmo assim, empatámos, o que já é bom”, comentou.

 

Quanto ao adversário, Abdul Omar anotou que o Sporting, clube pelo qual curiosamente passou quando treinou a equipa em 2011, tem um conjunto jovem e flexível, e admite que a missão não será fácil. Frisou, porém, que se o jogo for limpo o Textáfrica vai ganhar com uma boa margem em Chimoio. Aproveitou a ocasião para se queixar das perseguições de que é alvo.    

         

Não irei à Beira porque prometeram matar-me. Fui assistir ao jogo entre o Sporting da Beira e o Ferroviário de Quelimane, e os adeptos e pessoas ligadas ao Sporting e Têxtil perguntaram o que ia lá fazer. Tive de ser escoltado para sair da Beira e prometeram matar-me se lá regressar. Aliás, foi o mesmo que aconteceu aqui em Chimoio quando ganhámos ao Têxtil por 2-0. Também saí do campo escoltado pela Polícia”, contou, salientando, contudo, que a final terá o sabor agradável porque estará à frente de um adversário cujo treinador foi curiosamente seu adjunto quando treinou os “leões” beirenses em 2011.

 

 

Já o treinador do Sporting da Beira, Rogério Chapo, disse que chegada a esta fase a expectativa dos “leões” é também de regressar ao Moçambola. E acredita nos seus jogadores, apesar das limitações no seu plantel.

 

Estamos focados para este desafio, apesar de termos apenas 18 jogadores. Mas é com eles que ganhámos o Campeonato Provincial e chegámos a esta fase. Por isso, conto com eles. Felizmente, a equipa está clinicamente bem e estamos a trabalhar afincadamente para batalha final”, anotou.

 

Refira-se que o Sporting da Beira venceu a Série B com sete pontos, mais um que a Universidade Pedagógica (UP) de Chimoio, fruto de duas vitórias, um empate e uma derrota. Bateu o Ferroviário de Quelimane (2-1) e perdeu pelo mesmo resultado com a UP de Chimoio, isto na primeira volta. Na segunda, derrotou a UP (1-0) e empatou com o Ferroviário de Quelimane (1-1).  

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:41
 O que é? |  O que é? | favorito
Outubro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
15
16
17
22
23
29
30
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO