Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 23 DE Agosto 2016

 

O TENISTA Bruno Nhavene renovou a bolsa com a Federação Internacional da modalidade (ITF) para continuar a estagiar por mais um ano no centro de alto-rendimento, em Marrocos.

 

O pequeno tenista, que se encontra actualmente em Maputo, deverá regressar a Marrocos em meados do próximo mês, onde juntar-se-á aos demais talentos seleccionados ao nível das várias regiões do mundo.

 

Bruno Nhavene beneficiou pela primeira vez da bolsa da ITF em Abril do ano passado, após a sua participação no Campeonato Africano, na Tunísia, em Março. O tenista moçambicano foi confirmado como um dos talentos a ter em conta ao registar a melhor pontuação entre alguns atletas da região austral que participaram no evento.

 

Aliás, a sua performance vem-se evidenciando desde 2014, quando conquistou o circuito regional de sub-12 da África Austral, cuja primeira etapa teve lugar em Maputo e a segunda, em Gaberone, no Botswana.

 

Daí para a frente, Bruno Nhavene, agora na categoria de sub-14, tem participado em vários torneios regionais, tendo por duas vezes consecutivas se qualificado para o Campeonato Africano de juniores.

 

Falando sobre a bolsa atribuída ao pequeno atleta, o secretário-geral da FMT, Jonas Alberto, disse que foi com júbilo que a instituição recebeu, há dias, uma carta-convite para o atleta regressar a Marrocos.

 

Isto revela que ele tem estado a progredir e esta nova oportunidade pode ser decisiva para o seu futuro no ténis”, anotou Jonas Alberto.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:32
 O que é? |  O que é? | favorito

 

MOÇAMBIQUE disse, sábado, adeus aos Jogos Olímpicos-Rio 2016 com uma participação modesta na canoagem, que culminou com um 11.º lugar obtido pela dupla Joaquim Lobo e Mussa Talbaduine na prova de “sprint” em pares C2-1000 metros.

 

Remando em águas brasileiras, a dupla de canoístas procurava a melhor classificação possível, que passava por ser 9.o  ou 11.o  classificado. Talvez acusando o cansaço por ter participado nas provas preliminares e nas meias-finais, na sexta-feira, Lobo e Talbuduine realizaram a pior prestação, já que terminaram o percurso com o tempo de 4,38, 73 minutos, bem acima dos 4, 14, 0 e 4, 23, 96 minutos que haviam alcançado em participações anteriores.

 

Apesar da eliminação e de ter terminado na 11.ª posição, num grupo de 15 canoístas, a dupla moçambicana acabou sendo a que melhor prestação teve, na medida em que foi na canoagem que o país se orgulhou pelo facto de ter transitado para as meias-finais. Pena que nas “meias”, o par nacional tenha terminado na oitava e última posição, respectivamente. Mas seja como for, fez melhor que o barreiristas Kurt Couto, nadadores Janna Sonneischein e Igor Mogne e o judoca Marlon Acácio, todos eliminados na pré-eliminatória.

 

Moçambique deixa os Jogos Olímpicos que terminaram no domingo (madrugada de ontem em Moçambique), muito longe de sonhar com uma medalha.

 

Recorde-se que Lurdes Mutola é a única atleta nacional que já conquistou medalhas nas olimpíadas, de bronze em Atlanta-1996 e de ouro em Sidney-2000.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:28
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O FERROVIÁRIO atrasou-se ainda mais na corrida pelo título de hóquei em patins ao perder diante do Estrela Vermelha, por 2-1, em jogo da sexta jornada.

 

Os “locomotivas” somam nove pontos e estão a seis do Estrela Vermelha, segundo classificado, e a nove do Desportivo, líder isolado.

 

Já o Estrela pressionou o Desportivo na luta pelo título. Kiko marcou os dois golos dos “alaranjados” e Mafamba apontou o tento solitário dos “locomotivas”.

 

O Desportivo goleou Dom Bosco, por 10-1, somando a sexta vitória consecutiva. A partida mais produtiva da ronda e mais emotiva foi entre Académica e Desportivo “B” com a primeira equipa a vencer, por 9-7.

 

CLASSIFICAÇÃO ACTUAL: Desportivo 18; Estrela 15; Ferroviário 9; Académica 9; Desportivo B 3 e Dom Bosco 0.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:24
 O que é? |  O que é? | favorito

 

À SEGUNDA foi de vez para Mexer, na França. Depois da derrota na primeira jornada na deslocação ao Nice para a primeira jornada da Liga Francesa, o Rennes de Mexer derrotou no último fim-de-semana o Nancy, por 2-0.

 

Com o triunfo, o Rennes somou os três primeiros pontos na Ligue 1, numa ronda em que o campeão em título PSG voltou a ganhar, somando seis pontos na liderança.

 

Em Portugal, o Nacional da Madeira, de Witness e Bhéu Januário, perdeu na deslocação a Arouca, por 2-0. Apesar da Liga Portuguesa estar já na segunda jornada, o Nacional fez apenas o seu primeiro jogo, dado que o da ronda inaugural adiou devido aos incêndios no Funchal.

 

Na Grécia, onde evolui Clésio, no Panetholikos, a Liga ainda não começou.

 

JUMISSE TREME MAS NÃO CAI

 

No clássico da 22.ª jornada da Liga Angolana (Girabola), o 1.º de Agosto de Jumisse não foi para além de um nulo frente ao Recreativo de Libolo. Com este empate entre os dois primeiros classificados, tudo continua na mesma no topo, com os “militares” a conservar uma vantagem de três pontos, 46-43 a oito jornadas do fim.

 

Ainda em Angola, o Interclube de Luanda, de Miro, bateu o Desportivo de Huíla, por 1-0, mantendo-se na quarta posição com 35 pontos.

 

Na África do Sul, o campeonato inicia esta noite (19.30 horas), com Dominguez a entrar em acção pelo Bidvest Wits frente ao Kaizer Chiefs. Jogo difícil para a turma do moçambicano e companhia diante de um dos principais candidatos ao título.

 

O Bidvest, recorde-se, é vice-campeão, tendo ficado atrás do campeão Sundowns, na época transacta. Amanhã entra em acção Hélder Pelembe pelo Bloemfontein Celtic, que mede forças com o Martzburgo United. O jogo tem início às 19.30 horas.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:21
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A SELECÇÃO Nacional de futebol de sub-17 foi sábado vulgarizada pela sua congénere das Ilhas Comores, ao perder em pleno Estádio da Machava, por 3-0, em partida inserida na segunda “mão” da primeira eliminatória de qualificação ao CAN-2017, cuja fase final terá lugar em Madagáscar.

 

Os “Mambinhas”, que tinham a missão de fazer vincar o seu poderio em casa, depois de perderem em Moroni, por 2-1, portanto um resultado superável, nada fizeram senão assistir o adversário a passear a sua classe.

 

Os “Mambinhas” deixaram a nu as dificuldades de todo o tamanho diante de um adversário que, a prior, era tido como acessível, tendo em conta o percurso dos dois países ao nível deste tipo de competições. Mas a história ditou o contrário, pois as Comores demonstraram outra postura e uma certa maturidade comparativa ao combinado nacional.

 

Os “Mambinhas” de sub-17 ficaram deste modo fora da corrida para o CAN-2017. Aconteceu o mesmo com a selecção de sub-20, que foi afastada pelo Lesotho já na segunda eliminatória.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:17
 O que é? |  O que é? | favorito

 

ARRANCAM esta manhã, no Estádio Nacional do Zimpeto, os Campeonatos Nacionais de Atletismo de pista, nas categorias de seniores, juniores e juvenis em ambos os sexos.

 

As provas prolongar-se-ão até 27, contando com a participação de pouco mais de 100 atletas, sendo que hoje entraram em acção os juvenis. A partir das 9.00 horas, teremos o triplo salto, salto em altura, em cumprimento, lançamento de dardo, peso e corrida dos 100 a 1500 metros, em ambos os sexos.

 

À semelhança do ano passado, os “Nacionais” terão representantes de todas as províncias, que no mínimo deverão se fazer representar por quatro atletas.

 

Os juniores entram em acção amanhã e quinta-feira, sendo que sexta e sábado estão reservados aos de seniores.

 

Nestes dois escalões teremos as seguintes disciplinas: 100, 200, 400 (livres e barreiras), 800, 1000, 15000, 3000 (obstáculo), 5000 e 10.000 metros, para além de provas técnicas como lançamentos do peso, disco, dardo, saltos em altura e em cumprimento, triplo salto e estafetas 4x100 e 4x400 metros.

 

Esta competição estava inicialmente marcada para o mês passado, mas por razões logísticas foi sucessivamente adiada. Refira-se que o Ferroviário de Maputo é campeão absoluto, sendo que o Matchedje e o Desportivo, também da capital, ocuparam o segundo e terceiro lugares, respectivamente.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:04
 O que é? |  O que é? | favorito
Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
20
21
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO