Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 31 DE Agosto 2016

 

OS convocados para a “operação” Maurícias que actuam no estrangeiro já se encontraram em Maputo e integraram os trabalhos da Selecção Nacional que ontem arrancaram no Zimpeto, tendo em vista o desafio da sexta e última jornada do Grupo F de qualificação para o CAN-2017, no Gabão.

 

Com efeito, estão à disposição do seleccionador nacional, Abel Xaiver, Mexer, que joga na França; Dominguez, na África do Sul; Jumisse, em Angola; Bhéu, Witi e Reinildo, em Portugal; Faisal Bangal, na Itália; e o estreante Boné Uaferro, na Alemanha.

 

O embate diante dos mauricianos está marcado para 19.30 horas de sábado e pode valer o segundo lugar para o combinado nacional (já arredado da luta pela qualificação), sendo, para o efeito, obrigado a vencer e esperar que os ruandeses não ganhem ao Gana.

 

Com quatro pontos, os “Mambas” ocupam o último lugar, num grupo liderado pelo já apurado Gana, com 13 pontos, seguido da dupla Ruanda e Maurícias, com seis.

 

EIS A LISTA DO CONVOCADOS

 

União Desportiva do Songo: Cremildo, Kambala e Luís Miquissone; Ferroviário de Nampula: Pinto, Salomão e Raul; Ferroviário de Maputo: Jeitoso e Gito; Maxaquene: Guirrugo e Bruno; Liga Desportiva de Maputo: Sonito e Elias; Costa do Sol: Nelson; Ferroviário da Beira: Gildo; Estrela Vermelha de Maputo: Lóló.

 

Bidvest Wits da África do Sul: Dominguez; Rennes da França: Mexer; Benfica de Portugal: Reinildo; 1.º de Agosto de Angola: Jumisse; Reginaldo (sem clube); Nacional da Madeira de Portugal: Witiness e Bhéu; Atalanta da Itália: Faisal Bangal; Fortuna da Alemanha: Boné Uaferro.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:55
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A SELECÇÃO Nacional feminina de Basquetebol de sub-18 venceu, ontem, o Uganda, por 76-48, na terceira e última jornada do Grupo B, e apurou-se para os quartos-de-final do Campeonato Africano que decorre no Cairo, Egipto.

 

A turma moçambicana terminou no segundo lugar e vai defrontar nos quartos-de-final o vencedor do jogo entre Madagáscar e Argélia, que amanhã medem forças entre si pelo terceiro classificado no Grupo A.  

 

As partidas dos quartos-de-final realizam-se na sexta-feira.A equipa nacional tem por objectivo atacar o título, após ter conquistado a medalha de bronze na última edição.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:50
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A ELIMINAÇÃO precoce das selecções nacionais de futebol de formação das competições africanas é motivo de constantes lamentações, e o cenário desolador desde que os “Mambinhas” de sub-17 lograram qualificar-se para o CAN-1998, nas Ilhas Seychelles, exige uma estratégia de trabalho diferente para mudar a situação.

 

Depois do afastamento, em Junho último, dos sub-20, da corrida para o CAN-2017, a vez foi dos sub-17, recentemente. Os sub-20 ainda tiveram a sorte de chegar à segunda eliminatória, na qual foram afastados pelo Lesotho, o que não aconteceu com os sub-17, vergonhosamente afastados na estreia pelas Ilhas Comores, com um agregado de 5-1.

 

Em entrevista à nossa Reportagem, o seleccionador nacional dos sub-17, Nasser Amade, disse que só com organização e trabalho permanente os “Mambinhas” poderão lograr sucesso nas competições africanas. Revelou que a nova estratégia, curiosamente aprovada pela direcção da FMF, e na base de qual serão orientados os trabalhos das selecções de formação, tem em vista a criação de um banco de dados dos potenciais atletas que serão identificados em todo o país. Esses talentos deverão ser encaminhados à Academia Mário Esteves Coluna, que será preparada para atender a demanda, e, se possível, colocá-los em centros de alto rendimento no estrangeiro.

 

Aliás, alguns dos países da região, incluindo as Ilhas Comores, já trabalham dessa forma na formação. Nelinho contou que grande parte dos jogadores da selecção das Ilhas Comores está nas academias francesas e tem um acompanhamento permanente dos respectivos técnicos, para além de que as Ilhas Comores já dispõem de uma academia de outro nível, com instalações invejáveis e campos (2) de treinos, onde estiveram hospedados para esta eliminatória.

 

Alguns desses jogadores juntaram-se em Joanesburgo, onde tiveram um pré-estágio antes de virem jogar em Maputo. Teremos de mudar de estratégia e nos organizarmos mais se almejarmos sucesso. Não podemos continuar a brincar porque os outros estão a levar a formação a sério, e corremos o risco de ficar atrás de alguns países da região que nunca foram referência no futebol. Aliás, é o que está a acontecer”, lamentou o antigo trinco dos “Mambas”.

 

SALVADOR NHANTUMBO

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:37
 O que é? |  O que é? | favorito

 

CHIQUINHO Conde já não é treinador do Maxaquene, uma decisão que foi tomada na noite de segunda-feira pela direcção do clube “tricolor”, alegadamente por ingerência do técnico nos assuntos de carácter administrativo.

 

Segundo a direcção da colectividade, a relação com o técnico ficou incompatível nos últimos tempos, dado que Chiquinho Conde, nas suas intervenções públicas, falava mais de assuntos que não lhe dizem respeito, nomeadamente os administrativos e logísticos, ao invés dos desportivos.

 

A dada altura, o técnico confundia dirigentes com os sócios do clube. Advertimo-lo várias vezes para evitar o envolvimento em assuntos fora da sua alçada, mas insistentemente não nos acatava”, sublinha a direcção.

 

Acrescenta que Chiquinho devia preocupar-se com questões técnicas e tácticos dos jogos, não com assuntos de natureza administrativa. Ajunta que o despedimento nada tem a ver com os resultados desportivos, embora reconheça que são pouco satisfatórios.

 

Chiquinho deixa o Maxaquene na sétima posição no Moçambola, com 32 pontos. Na Taça de

Moçambique e na Taça da Liga BNI, a equipa está nas meias-finais.

 

Pela frente, o técnico, que estava desde Janeiro de 2014 no Maxaquene, tinha mais dois anos e meio de contrato.A direcção “tricolor” promete anunciar brevemente o nome do novo técnico.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:30
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A GOLEADA frente às Ilhas Comores levantou vozes discordantes sobre a estratégia desenhada pela equipa técnica para este embate, no qual o adversário passeou a sua classe e marcou golos a seu bel-prazer.

 

Depois de marcar um golo nas Comores, reduzindo a desvantagem para 1-2, os “Mambinhas” foram simplesmente triturados em casa, com a derrota por 0-3. Perder por 1-5 não é dignificante, sobretudo quando a equipa admite uma goleada em casa.

 

O técnico dos “Mambinhas” reconheceu a mediocridade na actuação da turma moçambicana, salientando que o desempenho e o resultado registado nas Comores elevaram os níveis de confiança e conferiram favoritismo à turma da casa, que só precisava de marcar um golo e não sofrer para transitar.

 

Merecíamos outra sorte pelo jogo que fizemos nas Comores. Não temos maus jogadores, para além de que o guarda-redes que alinhou nas Comores é o mesmo que desta vez nos surpreendeu pela negativa. Jogámos mal em todos os sectores, talvez a ansiedade e nervosismo tivessem tomado conta dos jogadores, por ser a primeira vez que jogavam pela Selecção Nacional e diante do seu público. Tivemos ainda o azar da lesão do nosso melhor jogador em campo, o médio-ofensivo Jerry. Portanto, estivemos mal em todos os aspectos”, lamentou.

 

Aliás, comparando os dois jogos, Nelinho disse que a disparidade entre as situações de cada um leva à conclusão de que algo estava mal.

 

Sofremos, nas Comores, o primeiro golo a três minutos do fim da primeira parte e o segundo aos 16 da segunda. Tivemos mais oportunidades e concretizámos uma. Aqui sofremos logo aos 14 minutos e o nosso desempenho agravou-se na segunda parte. Penso que o factor psicológico pesou muito nos jogadores, tentámos controlar, mas também não tínhamos muitas opções no banco, isto porque a dada altura a CAF decidiu alterar o limite das idades para 2000/2001, quando antes o limite era para jogadores nascidos em 1999”, comentou.

 

Já vínhamos trabalhando com jogadores que nasceram em 1999, porque é com esta faixa etária que inicialmente devíamos participar nos Jogos da CPLP, que tiveram lugar em Julho último, em Cabo Verde. Porém, a organização alterou, já faltando um mês para os Jogos, o limite das idades para 2000/2001. Tivemos, por isso, de dispensar alguns jogadores e montarmos uma nova equipa. De um total de 25, seleccionámos 18 para os Jogos da CPLP e o mesmo grupo foi submetido a exames médicos, por indicação da CAF, para o apuramento real das idades, devido à frequência de falsificação das idades nas selecções de sub-17”, contou.    

 

O seleccionador dos sub-17 realçou que a participação nos Jogos da CPLP foi decisiva quanto à preparação da equipa, sendo que serviu de rodagem para os jogadores.

 

Fizemos quatro jogos na CPLP, dos quais ganhámos apenas um, frente a Timor-Leste (3-2), para o apuramento do penúltimo e último lugares. Perdemos com Cabo Verde (0-2), Brasil (2-4) e São Tomé (2-4). Esses jogos foram cruciais para a nossa preparação, porque nenhum desses jogadores tinha experiência internacional e numa altura em que tínhamos pela frente a eliminatória com as Comores”, observou.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:07
 O que é? |  O que é? | favorito
Terça-feira, 30 DE Agosto 2016

 

A Selecção Nacional de basquetebol feminino de Moçambique na categoria de sub-18 esmagou a sua congénere da Tunísia por 55-35, em jogo da segunda jornada do Grupo-B do Campeonato Africano das Nações que decorre na Tunísia desde a passada sexta-feira, no Cairo, capital do Egipto.

 

Com este resultado, Moçambique alcançou o primeiro triunfo na competição, depois de na jornada inaugural, na tarde de sábado, ter perdido diante do Mali por 65-42.

 

No jogo de ontem, a equipa de Leonel Manhique sentiu muitas dificuldades na primeira parte, fase em que, inclusive, foi ao intervalo a perder por 22-23.

 

Mas na segunda parte, as jovens moçambicanas continuaram em crescendo, contrastando com as tunisinas que, aliás, apenas conseguiram ganhar o primeiro período por 14-9, visto que no segundo, Moçambique já venceu o parcial por 13-9.

 

No terceiro período, o “cinco”nacional voltou a marcar 13 pontos, mas sofrendo menos dois (7) que os 10 minutos anteriores, o que fez com que à entrada do último quarto já estivesse em vantagem, com o parcial em 35-30.

 

No quarto e último período do jogo, a Tunísia marcou apenas seis pontos, contra 20 de Moçambique que, assim, ganhou o jogo por 55-36.

 

Hoje, a equipa regista um repouso e termina a primeira fase amanhã, as 15h30, defrontando Uganda, equipa que no sábado foi derrotada pela Tunísia por 65-26.

 

Devendo terminar em segundo lugar no Grupo-B, as moçambicanas vão enfrentar a Argélia ou Madagáscar, nos quartos-de-final, equipas que, em princípio, uma delas deverá terminar em terceiro lugar no Grupo-A, atrás do anfitrião Egipto ou Angola, conjuntos de longe melhor cotadas que aquelas.

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 11:49
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Carlos Agostinho do Rosário, Primeiro-ministro, enalteceu as qualidades de Edmilsa Governo e encorajou a atleta a aplicar-se a fundo para elevar a bandeira do país nos XV Jogos Paraolímpicos, a terem lugar de 7 a 18 de Setembro próximo na cidade brasileira do Rio de Janeiro.

 

Do Rosário, que falava durante a despedida da delegação moçambicana àquele evento, apelou para que durante as provas Edmilsa pense nos 25 milhões de habitantes e saiba que que “queremos que eleve bem alto o nome do nosso país. Que troque experiências, melhore o seu desempenho, faça amizades e traga medalhas. Você é capaz disso. Mostre o melhor de si”.

 

Por seu turno Edmilsa Governo, que vai competir nos 100, 200 e 400 T12, agradeceu o apoio prestado pelo Governo e pediu para que “orem muito por mim, darei o meu máximo. O primeiro objectivo é melhorar os meus recordes africanos e depois ocupar um dos lugares do pódio, sobretudo nos 400 não importa  a medalha, quero o pódio. Vou lá trabalhar, estou confiante e espero trazer bons resultados”,afirmou.

 

A delegação moçambicana aos Jogos Paraolímpicos deixa o país esta quinta-feira, 1 de Setembro, e é constituída por cinco elementos, nomeadamente Edmilsa Governo terá como guia Filipe Chaimite, o treinador é Narciso Fakir, Fárida Gulano é chefe da missão e vai na companhia de Renato Paulo.

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 11:25
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Já são conhecidos os 14 jogadores que integram a lista definitiva da Selecção Nacional de futsal que amanhã, terça-feira, ruma ao Brasil, onde Moçambique vai cumprir o último estágio de preparação para o Mundial da Colômbia, a decorrer de 10 de Setembro a 1 de Outubro. 

 

O seleccionador nacional de futsal, Naymo Abdul, já tem os 14 jogadores eleitos com os quais vão lutar por um lugar no sol no campeonato mundial da modalidade que arranca dentro de 12 dias na Colômbia.

 

Naymo que falou ao desafio no último treino realizado no solo moçambicano antes de, seguir ao Brasil para estágio, que inclui dois jogos controlo com as Ilhas Salomão, garante que o grupo está unido e pronto para o grande desafio que tem pela frente.

 

GDI E Petromoc dominam convocatória

 

Dos 14 jogadores eleitos pelo seleccionador nacional, as equipas do Grupo Desportivo do Iquebal e a Petromoc, ambas da cidade de Maputo contribuem com maior número de jogadores na equipa nacional. São na maioria, a equipa dorsal da selecçãonacional que disputou o CAN-2016 em Joanesburgo.

 

– É a espinha dorsal da selecção. Incluímos duas estreias que são jogadores com enorme talento. Em suma é uma seleção experiente que dá garantias para o que traçamos como objectivos,justifica Naymo.

 

Eis a lista final:

GDI: Nelson, Manucho, Dino, Caló e Magú;

Petomoc: Carlão, Favito, Zira e Edson;

Liga Muçulmana de Chimoio: Lamarques e Calton;

Estrela Verm. Maputo: Dany;

Liga Desp. Maputo: Mário;

Belenenses Portugal: Ricardinho.

 

Gilberto Guibunda/Luís Muinga

 

Fonte:Jornal Noticias

 

publicado por Vaxko Zakarias às 10:59
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A NATA do desporto nacional esteve congregada numa sala nobre de um dos hotéis da cidade de Maputo para render homenagem a Augusto Matine, um dos melhores futebolistas nacionais, que mais contribuiu para o engrandecimento da modalidade no país, enquanto jogador e treinador, sendo que actualmente continua a prestar uma preciosa colaboração como dirigente, estando ligado ao Gabinete Técnico da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), organismo que lhe homenageou.

 

Altas figuras do desporto nacional, nomeadamente o Ministro da Juventude e Desporto, Alberto Nkutumula, e o presidente da FMF, Alberto Simango Jr., elogiaram o ex-craque do Clube Central de Maputo, Benfica, Estrela da Amadora, V. Setúbal, D. Aves e da selecção portuguesa.   

 

FIGURA BRILHANTE

 

 

HOJE (sexta-feira), de forma bastante evidente, sentimo-nos honrados nesta cerimónia, e engrandecidos por fazer parte de um evento que ostenta e simboliza a dimensão de uma das figuras mais brilhantes do desporto moçambicano: o mestre Augusto Matine, para quem vai a merecida vénia e a devida salva de palmas”, elogios rasgados do Ministro da Juventude e Desporto, Alberto Nkutumula, a Augusto Matine.

 

 Nkutumula acrescentou que “homenagear desportistas de craveira, como a do mestre Augusto Matine, induz sempre um sentimento de arrebatamento, um arrebatamento que nos eleva para um momento de honra e alegria, apenas desfrutado por aqueles que têm a humildade necessária para reconhecer os feitos de figuras emblemáticas do nosso desporto e da sociedade em geral”.

 

DEU A VIDA PELO FUTEBOL

 

 

ESTA cerimónia enquadra-se na estratégia da Federação Moçambicana de Futebol (FMF) para resgatar o “calor” da tribo dos jogadores de futebol que deixaram a sua marca de forma indelével. Há muitos jogadores que praticaram futebol de forma zelosa, cujo talento não precisa ser explicado. Augusto Matine é sem dúvida um deles”, afirmou Alberto Simango Jr., presidente da FMF.

 

Disse ainda que o tributo ao ex-futebolista surge em tempo oportuno e é mais do que merecida. 

 

Homenagear Matine é uma decisão acertadíssima, pois é um homem que deu a sua vida pela modalidade tanto no território nacional como no estrangeiro. É uma figura intransponível, que fez muito enquanto jogador, treinador e dirigente. Um homem convicto dos seus princípios e que lutou sempre para ganhar”.

 

Para Simango Jr., o país só aprendeu com Matine. “Do Matine só aprendemos o que é bom. Aprendemos que é preciso treinar, aprender e ter talento. Ele seguiu todas essas etapas. Quero deixar claro que não estamos a fazer nenhum favor a Matine. Ele fez muito pelo país, onde ele estivesse, enquanto jogador, seleccionador dos “Mambas” e dos “Mambinhas” transmitiu conhecimento aos mais jovens no sentido de fazerem bem as coisas. Portanto, este é um reconhecimento merecido pelos seus feitos”, avançou.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:29
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O FERROVIÁRIO, em masculino, e o Desportivo, em femininos, ambos de Maputo, renovaram, na tarde de sábado, os títulos de campeões nacionais de atletismo de pista, evento que teve lugar no Parque dos Continuadores.

 

Para os “locomotivas”, este foi o terceiro título consecutivo, uma vitória que começou a ser desenhada logo na primeira jornada, que teve lugar na sexta-feira, onde saíram com 11 pontos de vantagem (43-32) sobre o Matchedje, que viria a ficar em segundo lugar, com um total de 73, menos dois que o campeão.

 

O Ferroviário da Beira ficou em terceiro lugar, com 43 pontos, graças ao bom desempenho de Kudzanai Alberto. A UP Maputo, comandada por Alberto Mamba, ficou em quarto, com 42 pontos. Mahotas ocupou a quinta posição, com nove pontos, sendo que o “lanterna vermelha” foi o Niassa, que obteve apenas três.

 

Em femininos, o Desportivo foi esmagador, com o quarteto constituído por Sílvia Panguana, Ofélia Milambo, Ilda e Júlia Cossa, a ganhar nas estafetas e nas provas de velocidade, somando 66 pontos na geral. Sílvia ganhou tudo, terminando o evento com o segundo título consecutivo. O Ferroviário de Maputo, o grande rival, ficou uma vez mais no segundo posto, com 42 pontos, e o Matchedje completou o pódio com 23.

 

Entretanto, os “Nacionais” foram marcados por algumas melhorias das marcas nas provas técnicas, com Filipe Chaimita a destacar-se, ao conseguir 66,16 metros no lançamento de dardo bem distante dos cerca de 52 metros que Domingos Doliz vinha fazendo nos últimos anos. No peso, Chaimita conseguiu igualmente uma marca que merece realce: 12,32 metros. Aliás, este jovem foi quem mais contribuiu para o Matchedje ser segundo, pois ainda ganhou 200 metros (22.08) à frente do seu colega Dinis Mavie, que por seu turno, venceu nos 100 (11.01).

 

Outro destaque de masculinos vai para Creve Machava, que esteve melhor nos 400 planos (47.51) e barreiras (53.82) e Mamba vencedor dos 1500 (3.53.91) e 800 (1.51.05).

 

Em femininos, individualmente destaca-se Salomé Mugabe pelo recorde no lançamento de disco, em que fixou o novo máximo em 15.55 metros, melhor que os 14.98 que fez há dois anos. Para além disso, venceu no disco (39.68 metros), mas quem venceu maior número de provas foi Sílvia, designadamente 100 (10.75), 200 (25.55), 110 (12.75) e 400 barreiras (64.29).

 

Filipe Chaimita e Salomé Mugabe foram considerados os melhores atletas do evento.Refira-se que os “Nacionais” não eram organizados no renovado Parque dos Continuadores desde 2010.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:24
 O que é? |  O que é? | favorito
Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
20
21
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO