Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 29 DE Julho 2016

 

Estamos a menos de semana e meia do arranque da 31ª edição dos Jogos Olímpicos, e tudo aponta que as condições estão criadas para que se assista a uma mega organização por parte dos anfitriões.

 

O embaixador do Brasil em Moçambique, Rodrigo Soares, garantiu que o governo brasileiro investiu um total de 11 milhões de dólares, para fazer com que este jogos fiquem na memória do mundo.

 

rodrido embaixador.jpg

 

Com uma vasta experiência na preparação e recepção de eventos de dimensão mundial (jogos Pan - Americanos em 2007, recepção a visita do Papa, jogos militares mundiais, e mais recentemente o campeonato do mundo de futebol), o Brasil mobilizou para preparação dos jogos perto de 45 mil voluntários.

 

Recentemente foram levantados problemas relativos a infra-estruturas, esta é a queixa feita pela delegação da Austrália que criticou problemas de "gás, electricidade e canalização", tendo, por isso, não aceite que "nenhum membro da sua equipa ocupasse o edifício afectado". Nas últimas semanas avolumaram-se as detenções de vários indivíduos acusados de estarem a orquestrar acções criminosas durante os jogos, entretanto desvalorizadas pelo diplomata brasileiro em Maputo, numa conversa com a imprensa.

 

Para Rodrigo Soares, num evento desta dimensão nem tudo pode sair a 100%, mas sustenta que os 32 condomínios e 3.604 apartamentos construídos de raiz e que compõem a vila olímpica são um legado para o povo brasileiro. Soares, afastou qualquer temor em relação a segurança durante os jogos olímpicos, aliás, referiu que foram mobilizados 87 mil profissionais de segurança, sendo 47 mil de segurança pública, defesa civil e ordenamento urbano e 41 mil das forcas armadas, referindo ainda que houve um incremento no investimento em acções de segurança para os Jogos Olímpicos Rio 2016 e pelo Ministério da Justiça.

 

 

Fonte:Opais

publicado por Vaxko Zakarias às 09:44
 O que é? |  O que é? | favorito
Quinta-feira, 28 DE Julho 2016

 

A família da patinagem pediu e as duas listas até então concorrentes fizeram-lhe a vontade com Carlos de Sousa (Dr. Cazé) a recuar, abrindo espaço para a reeleição de Nicolau Manjate para presidente da federação por mais quatro anos, pondo fim a um período de cerca de cinco meses de incertezas. No seu primeiro discurso como presidente Manjate prometeu fazer de tudo para massificar a modalidade e levá-la aos locais que mesmo tendo condições mínimas não a pratica e acredita que a patinagem em corrida vai às olimpíadas de patinagem em Nanjing.

 

Bastou mudar-se de local, da hora e do dia da semana – a Assembleia-Geral Extraordinária realizou-se no mesmo local onde Nicolau Manjate foi eleito para o primeiro mandato – para se chegar a consensos que vinham sendo tentados desde 27 de Fevereiro. E na sexta-feira de consensos, em que a única lista proposta (encabeçada por Nicolau Manjate) foi eleita em voto aberto pelos 10 elementos com direito a voto, só faltou mesmo o ex-candidato Carlos de Sousa (Dr.Cazé) para selar a reunificação duma família que depois de discordâncias e desencontros foi a tempo de buscar o que os unem – o gosto e vontade de contribuir pelo desenvolvimento da patinagem – e eliminar diferenças para o bem da modalidade. Aliás, o presidente da mesa, Lucas Chachine, elogiou esse facto ressalvando que “foi necessário falar com elementos das duas listas e quando se concluiu que o objectivo era o mesmo tudo ficou mais fácil para a formação desta lista que é de consenso da família do hóquei”.

 

Esta é apenas mais uma vitória porque há outra que merece destaque: a abertura que se deu para que dois novos membros se juntassem ao grupo dos fundadores para decidirem pela modalidade. Agora a cidade de Maputo e Quelimane passam a ter direito a voto um privilégio até então destinado aos oito membros fundadores em vida, nomeadamente Nicolau Manjate, Sidique Aly, António Laice, Sandro dos Santos, Gilberto Fruzamo, Pedro Tivane, Hugo de Sousa e Maria José.

 

Conheça o elenco da FMP

 

Mesa da Assembleia-Geral

Presidente: Lucas Chachine

Vice-presidente: Panachande Idrisse

Secretário: Amorim mBila

 

Direcção executiva

Presidente: Nicolau Manjate

Vice-presidente: Abdul Azize

Secretário-Geral: Sandro dos Santos

Tesoureiro: Gilberto Nfuzamo

Vogais: Bruno Pimentel, Rui Pereira e Luís Simão

 

Conselho Fiscal

Presidente: Carlos Laisse

Secretário: Bruno Couto

Vogal: Lavínia Macul

Conselho jurisdicional

Presidente: Arlindo Carimo

Vogal: Amílcar Manhique

Conselho de disciplina

Presidente: Joaquim Uamusse

Vogal: Mercê Mungoi

Comissão de árbitros

Presidente: Ricardo Gil

Vogais: Ernestino Gabriel e Justino Miguel

Comissão técnica

Secretário técnico: Pedro Pimentel

Vogais: Pedro Tivane, Afonso Gordandas e Henrique Gamito.

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 10:07
 O que é? |  O que é? | favorito
Terça-feira, 26 DE Julho 2016

 

A Selecção Nacional de Futsal vai efectuar, em terras lusas, nos dias 18 e 19 de Agosto, dois jogos de controlo com a Costa Rica e Portugal, respectivamente, inseridos no ciclo de preparação para o Mundial da Colômbia, que arranca em Setembro próximo. Entretanto, o seleccionador nacional, Naymo Abdul, divulga esta segunda-feira a pré-convocatória dos 25 seleccionados, no mesmo dia que arranca com os trabalhos de preparação.

 

Não será pelos jogos de controlo que a Selecção Nacional de Futsal se irá queixar caso os objectivos desportivos perseguidos na Colômbia não corram a contento nesta primeira participação de Moçambique num Campeonato Mundial da modalidade, marcado para 10 de Setembro a 1 de Outubro. Isso porque a Federação Moçambicana de Futebol tem em sua posse convites formulados por selecções de topo mundial, que vêem em Moçambique um adversário adequado para medir o pulsar dos seus conjuntos tendo em vista este compromisso planetário que já está à porta.

 

Satisfeita uma das grandes vontades do seleccionador nacional, Naymo Abdul, que diz respeito a jogos de preparação, Costa Rica e Portugal são os primeiros já confirmados. Aproveitando a sua estada em Portugal para o amigável com a equipa lusa, a Costa Rica (18 de Agosto) é a primeiro adversária de Moçambique. Vencedora do Campeonato de Futsal da Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (CONCACAF), a Costa Rica (19.ª no ranking da FIFA) é um adversário de peso, com um estilo de jogo táctico-técnico característico dos países hispano-americanos que se assemelha ao Brasil, adversário de Moçambique no Grupo "D". As duas nações já se defrontaram em 2011, na sétima edição do GrandPrix do Brasil, com a vitória a sorrir para os moçambicanos (4-2).

 

O segundo será com a selecção lusa (7.ª da FIFA) e onde actua o melhor do mundo, Ricardinho. O jogo está agendado para o dia 19 de Agosto, no Entroncamento, Rio Maior. Os dois adversários são apreciados pelo seleccionador nacional, que vinca ser importantíssimo para o seu conjunto defrontar nesta fase equipas deste gabarito.

 
 
Fonte:Desafio
publicado por Vaxko Zakarias às 10:36
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Apesar de não ter conseguido dobrar o número de atletas para a XXXI edição dos Jogos Olímpicos de Verão-Rio/2016, Moçambique festeja o facto de pela primeira vez participar no maior evento do planeta com quatro atletas por mérito desportivo.

 

A modalidade de canoagem, que será representada pela dupla moçambicana Joaquim Lobo/Mussa Tualbudine nos Jogos Olímpicos do Rio, no Brasil, afigura-se como a esperança de o país conquistar pelo menos uma medalha de ouro. Esta vontade foi manifestada por Valige Tauabo, chefe da Missão Moçambique para os Jogos, aquando da prestação do informe sobre os preparativos dos representantes moçambicanos naquele que é tido como o maior evento planetário.

 

O nosso primeiro objectivo foi alcançado, que era garantir o maior número de atletas para representar o país. A nossa segunda meta passa por assegurar a presença numa fase final na modalidade de canoagem. Agora, no que diz respeito às restantes modalidades gostaríamos de passar pelo menos as primeiras fases e ter uma boa prestação”, anotou o nosso interlocutor.

 

 

Fonte:Dsafio

publicado por Vaxko Zakarias às 10:27
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Depois do afastamento de Dário Monteiro da equipa, alegadamente por maus resultados, a Direcção da Liga Desportiva de Maputo desdobrou-se em esforços para encontrar um treinador nacional para assumir a equipa.

 

Na baila surgiram Nacir Armando, Daúde Razaque e Akil Marcelino, mas acabou por ser Ali Hassan, que foi adjunto de Dário, o eleito.

 

O técnico Ali Mahomed Hassane, que foi adjunto de Dário Monteiro, vai assumir a equipa de futebol da Liga Desportiva de Maputo até ao fim da presente temporada, segundo decidiu a Direcção da colectividade vencedora da Taça de Moçambique do ano transacto, na sequência do rompimento com Dário Monteiro, após a realização do jogo com a União Desportiva do Songo na décima sexta jornada, que se saldou em derrota por 1-0.

 

A partir desse desaire, mais um, a Liga, ainda na corrida pelo título, procurou um técnico nacional que pudesse ir de encontro aos seus objectivos – além do campeonato tem a Taça da Liga BNI no horizonte.

 

Depois de serem ponderadas várias situações e tendo em conta o momento da equipa e da época, a decisão acabou recaindo em Ali Hassan, que conhece melhor a equipa, tendo em conta o contacto que mantém com o grupo desde o início da temporada. Ali será coadjuvado por Nelinho, que até à semana passada desempenhava apenas as funções de treinador de guarda-redes.

 

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 10:19
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O Desportivo de Maputo arrancou uma vitória, ontem, diante duma equipa forte de Ferroviário da Beira, treinada por Nasir Salé, no prolongamento (73-71), após empate (69-69) nos 40 minutos.

 

Foi o primeiro grande jogo da Liga Nacional de Basquetebol, que arrancou no último sábado, no pavilhão de Maxaquene. O Ferroviário de Maputo e A Politécnica são os únicos invictos.

 

Depois da derrota no dia anterior, frente à aguerrida equipa d’A Politécnica (61-58), O Desportivo mostrou atitude na partida de ontem. Mais do que se deixar intimidar, mostrou a postura de campeão, afinal são os detentores do troféu nacional, e saíram a vencer no primeiro período por 20 pontos (25-5)! O Ferroviário da Beira reagiu, mas foi ao intervalo ainda em desvantagem (23-31). No terceiro período, o encontro terminou empatado (49-49). E o jogo terminaria empatado (66-66). No prolongamento Milton Caifaz resolveu (73-71). Ainda nos prolongamentos, o jogo também esteve empatado (71-71). Há segundos do fim, Nilton Caifaz Marcou um lancemntos, em dois possíveis (72-71). Ismael Nurmamad também teve a oportunidade de colocar a sua equipa em vantagem, mas falhou nos lançamentos livres e ainda permitiu o ressalto de Caifaz, que ainda teve direito de lamento livre, depois da falta. O atleta voltou a marcar (73-71) e decidiu o encontro.

 

1.ª Jornada (sábado)

 

Ferroviário de Maputo-CAME (88-51)

Costa do Sol-Ferroviário da Beira (60-90)

Desportivo-A Politécnica (58-61)

Maxaquene-Vaz Team Basket (62-63)

 

2.ª Jornada (ontem)

 

CAME-Costa do Sol (71-95)

Vaz Team Basket-Ferroviário de Maputo (51-92)

A Politécnica-Maxaquene (73-60)

Ferroviário da Beira-Desportivo (71-73)

 

Próximas jornadas

 

3.ª (amanhã)

 

Ferroviário-A Politécnica

CAME-Vaz Team

Maxaquene-Fer.Beira

Desportivo-Costa do Sol

4.ª (quarta-feira)

 

Fer. Beira-Fer. Maputo

A Politécnica-Vaz Team

Desportivo-CAME

Costa do Sol Maxaquene

 

5.ª (sexta-feira)

 

Vaz Team-Fer.Beira

CAME-A Politécnica

Fer. Maputo-Costa do Sol

Maxaquene-Desportivo

 

6.ª (sábado)

 

Costa do Sol-Vaz

Fer.Beira-A Politécnica

Desportivo-Fer.Maputo

Maxaquene-CAME

 

7.ª  (domingo)

 

CAME-Fer.Beira

A Politécnica-Costa do Sol

Vaz Team-Desportivo

Fer.Maputo-Maxaquene

 

CLASSIFICACÃO ACTUAL

 

                              J          V         D       CM-CS           P

 

1.º Fer.Maputo  2          2          0      180-143       04

2.º A Politécnica    2          2          0       134-118          04

3.º Desportivo       2          1          1       131-132          03

4.º Fer.Beira         2          1          1       161-133          03

5.º Costa do Sol    2          1          1       155-161          03

6.º Vaz Team         2          1          1       114-154          03

7.º Maxaquene      2          0          2       122-136          02

8.º CAME               2          0          2        122-183          02

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 10:11
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O internacional Reinildo está em busca de um lugar no plantel do Sport Lisboa e Benfica para a temporada 2016/17.

 

E 14 de Julho era, até ao fecho desta Reportagem, o dia mais importante deste jovem nessa sua primeira aventura internacional, por ter sido o da sua estreia com a camisola (67) dos “encarnados”, ainda que tenha sido num jogo de pré-época e numa altura em que os colossos não estavam presentes. Mais do que ter sido suplente utilizado nesse jogo contra o Vitória de Setúbal Reinildo teve o privilégio de, por causa do seu desempenho nos treinos, constar da lista dos 31 jogadores que desde semana passada cumpriram estágio de pré-temporada no Centro de Treinos da Federação Inglesa e agora se encontra na Áustria, onde ontem defrontou o Wolfsburgo, dependendo de si a luta por um lugar.

 

E ainda que a sua entrada directa na lista dos jogadores que Rui Vitória vai usá-los para atacar o tri-campeoanato não seja uma certeza, a avaliar pela concorrência, o facto é que Reinildo deve-se dar por feliz por, pelo menos, ter uma oportunidade de lutar por um lugar na versão 2016/17 do Benfica, facto que só acontece normalmente para quem merece alguma atenção. 

 

O esquerdino, que se transferiu para a Luz no início deste ano, chegou a Inglaterra (Birmingham) mas não foi a tempo de fazer o jogo efectuado quarta-feira – não foi convocado para defrontar o Sheffield Wednesday – nas terras de Sua Majestade, por ter chegado mais tarde ao estágio devido à demora na obtenção de visto de entrada. Cumpriu depois as restantes sessões de treino.

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 10:05
 O que é? |  O que é? | favorito
Sexta-feira, 22 DE Julho 2016

 

Dário Monteiro já não é treinador da Liga Desportiva de Maputo.

 

Não foram ainda revelados os contornos da cessão de funções do ex-internacional moçambicano como técnico da Liga mas, tudo indica que os resultados não bem conseguidos nas últimas jornadas terão precipitado esta decisão.

 

Saído do Desportivo de Maputo no início da presente temporada para ocupar a vaga aberta depois do saída do português Litos, Dário Monteiro deixa a Liga no sexto lugar do Moçambola, volvidas 16 jornadas com 25 pontos frutos de sete vitórias, quarto empates e cinco derrotas, última delas frente ao líder UD Songo na 16ª jornada. A equipa ainda se mantém na Taça da Liga BNI e já não se pode dizer o mesmo sobre a Taça de Moçambique onde foi afastada na fase preliminar pelo Maxaquene.

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 11:58
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O nulo registado no jogo entre o Ferroviário da Beira e a União Desportiva do Songo leva a decisão dos quartos-de-final da Taça de Moçambique para Songo, partida agendada para o dia 14 de Agosto próximo.

 

Num jogo que se esperava emotivo, o que de facto veio a se confirmar, as duas equipas procuram, embora cautelosos, visar sem sucesso a baliza contrária mas, os golos acabaram mesmo não surgindo.

 

O Ferroviário de Maputo foi ao municipal de Vilankulo vencer (0-1) a formação da casa, o ENH. Um resultado que permite aoslocomotivas da capital encarrarem a segunda “mão” com níveis motivacionais elevados uma vez jogar em casa e diante do seu público.

 

No jogo realizado em Chimoio, o Costa do Sol empatou a zero com o Textáfrica e deixa tudo em aberto para a segunda “mão” que será realizado no sintético dos canarinhos.

 

O Maxaquene está automaticamente qualificado para as meias-finais em virtude da desistência dos representantes da província de Nampula, a Academia Militar, alegadamente por não reunir condições financeiras para deslocação à Maputo onde era esperado para o jogo com os tricolores no Estádio Nacional do Zimpeto.

 

Quadro de resultados:

 

Ferroviário da Beira-União Desportiva do Songo (0-0)
ENH de Vilankulo-Ferroviário de Maputo (0-1)
Maxaquene-Academia Militar de Nampula*
Textáfrica do Chimoio-Costa do Sol (0-0)

 

* Desistiu da competição

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 11:54
 O que é? |  O que é? | favorito
Quarta-feira, 20 DE Julho 2016

 

Moçambique vai participar dos jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Brasil. O evento arranca dia 5 de Agosto e termina dia 21 do mesmo mês.

 

Aos Jogos, a delegação moçambicana parte no dia 24 deste mês e será composta por 15 elementos, entre os quais seis atletas, de modalidades de atletismo, canoagem, judo e natação. Os outros 9 pertencem ao pessoal de apoio.

 

O Chefe da missão moçambicana, Valige Tauabo, afirmou que a participação nestes jogos são necessários 11 milhões de meticais. Já Bendito Jonas, chefe do Gabinete Técnico, informou que no princípio a intenção era de levar 8 atletas, mas não foi possível, ao todo serão 6.

 

Desde 1980, Moçambique participa regularmente dos Jogos Olímpicos e já foi vencedor de uma medalha de ouro em Atletismo, nas Olimpíadas de Sidney, no ano 2000, através de Lurdes Mutola.

 

 

Fonte:Opais

publicado por Vaxko Zakarias às 09:07
 O que é? |  O que é? | favorito
Julho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
14
16
17
21
23
24
25
27
30
31
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO