Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 19 DE Abril 2016

 

O FIM-DE-SEMANA dos moçambicanos que actuam no estrangeiro voltou a ser muito intenso e cheio de emoções.

 

O Bidvest Wits da África do Sul, equipa onde evolui Dominguez, não foi para além de um empate sem golos na recepção ao Free State Stars, em partida da 25ª ronda da PSL. Este resultado atrasa Dominguez e companhia na luta pelo título, visto que o Sundowns, líder da prova, aproveitou este deslize para ampliar a vantagem na classificação.

 

Com o nulo, o Bidvest passou a somar 52 pontos, encontrando-se em segundo lugar, com menos seis em relação ao Sundowns, quando o campeonato está a cinco jornadas do fim.

 

Hélder Pelembe, outro internacional moçambicano que actua na África do Sul ao serviço de Bloemfontein Celtic, empatou a uma bola frente à Universidade de Pretória, sua antiga equipa. A igualdade mantém o clube na 12ª posição, com 27 pontos.

 

Na França, o Rennes de Mexer foi goleado na recepção ao Guingamp, por 0-3, resultado que frustra as aspirações da turma do moçambicano de participar na Liga dos Campeões na próxima temporada. Não é caso para menos, pois com a derrota o Rennes caiu do quarto para o sétimo lugar, com 51 pontos, quando o campeonato francês está a quatro jornadas do seu término.

 

O actual sétimo lugar em que se encontra nem sequer garante a presença nas eliminatórias que dão acesso à Liga Europa.

 

Assim, Mexer e companhia são obrigados a vencer pelo menos três dos quatro jogos que restam.

 

SIMÃO VENCE E FOGE DO ÚLTIMO

 

Na Espanha, chegam boas notícias do Levante de Simão Mathe que derrotou, no fim-de-semana, o Espanyol, por 2-1, saindo do último para o penúltimo lugar. A equipa passou a somar 28 pontos, ao cabo de 33 jornadas, mas terá de fazer das tripas coração para se salvar da descida de divisão.

 

Em Portugal, o Nacional, onde milita Witiness Quembo, foi goleado na deslocação ao Estádio do Dragão, por 0-4, frente o FC Porto. Com a derrota, passou do sétimo para o nono lugar com 37 pontos, ou seja, desceu dois degraus.

 

Na Grécia, o Panetolikos, de Clésio, fechou o campeonato com um nulo na deslocação ao terreno do Iraklis e, consequentemente, terminou a competição no 11º lugar com 35 pontos.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:53
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A SELECÇÃO Nacional de Futebol de Sub-20 realizou ontem mais uma sessão de treino, no Estádio da Machava, depois de ter retomado, na passada quinta-feira, os trabalhos tendo em vista o jogo com as Maurícias, este sábado, em Port Louis, a contar para a segunda “mão” da primeira eliminatória de qualificação à fase final do CAN-2017, a acontecer na Zâmbia.

 

Os “Mambinhas”, que venceram em casa, por 1-0, retomaram os treinos após um interregno de sensivelmente duas semanas, sendo que o jogo da primeira “mão” foi no dia 2 do mês em curso. Os sub-20 têm agendadas para hoje, data prevista para o início do estágio, duas sessões, uma de manhã e outra à tarde, no Estádio Nacional do Zimpeto.

 

Voltam ao mesmo recinto amanhã para a última sessão em solo pátrio, estando a viagem para as Maurícias prevista para quinta-feira. Em Port Louis, os “Mambinhas” prevêem um treino na tarde do mesmo dia, a anteceder a sessão de adaptação, na sexta-feira.   

 

ENSAIO COM MATCHEDJE

 

O jogo com o Matchedje, na passada quinta-feira, foi o único ensaio que os sub-20 tiveram até este momento depois do encontro da primeira “mão”. Para o seleccionador nacional deste escalão, Arnaldo Ouana, o desafio, que terminou empatado a duas bolas, foi mais uma oportunidade para observar alguns jogadores juniores chamados para reforçar o grupo de trabalho.

 

Dos convocados para o jogo da primeira “mão”, apenas três atletas militam no Moçambola. Trata-se de Bruno, Cândido e Danilo, todos do Maxaquene, e Mussa, do Ferroviário da Beira.

 

Para o encontro decisivo, Arnaldo Ouana tem privilegiado os aspectos defensivos, nomeadamente exercícios visando a cobertura de linhas de passe, sem descurar a finalização e a componente psicológica, tendo em conta o controlo de ansiedade, que influenciou, de algum modo, a actuação da equipa no jogo da primeira “mão”. Aliás, a maior parte dos jogadores não tem experiência internacional.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:46
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O ÁRBITRO internacional moçambicano, Eduardo Mahumane (Dadinho), está presente no CAN de futsal-2016.

 

Eduardo Mahumane, mais conhecido por Dadinho nos meandros desportivos, foi um dos árbitros que dirigiram o jogo de cartaz da primeira jornada entre a Líbia e o Egipto, cujo resultado foi um empate a zero, tendo tido uma boa prestação.

 

É o melhor juiz nacional e já goza de muita experiência internacional, tendo já marcado presença no “Mundial” da Tailândia em 2012. 

 

O moçambicano tem algumas hipóteses de dirigir a final no próximo domingo, caso Moçambique não esteja presente.

 

IVO TAVARES, em Joanesburgo

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:24
 O que é? |  O que é? | favorito

 

"AINDA não estamos apurados para as meias-finais. Temos o jogo com a Zâmbia e não podemos facilitar. Porque se perdermos, e a África do Sul vencer a Tunísia por muitos golos, podemos deitar tudo a perder. Por isso, nada de euforias", afirmou Naymo Abdul, seleccionador nacional.

 

Naymo Abdul defende que a equipa nacional terá de melhorar ainda mais na componente defensiva e ser mais criativa no ataque. "Nos dois primeiros jogos cometemos alguns erros defensivos e no ataque não se podem voltar a repetir os falhanços clamorosos. Sobretudo no aspecto da finalização, o nosso lado mais forte, não estamos tão bem. Estamos a falhar muito em situações claras de golo. A este nível competitivo não podemos falhar tanto", disse.

 

Caso a equipa moçambicana se apure para as meias-finais terá como prováveis adversários o Egipto ou a Líbia, mas o técnico afirma não ter preferências. "O Egipto e a Líbia são duas equipas muito fortes. Têm a mesma forma de jogar. São muito boas tacticamente e também em termos técnicos. Vamos ter de trabalhar mais. Mas por enquanto quero pensar no jogo com a Zâmbia e só depois começaremos a preparar as meias-finais", frisou.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:22
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Em 2012, Moçambique e Zâmbia cruzaram-se nas eliminatórias para o “Mundial”. Tratou-se de uma prova muito equilibrada, tendo a equipa nacional eliminado os zambianos nos penáltis, por 5-4, em Lusaka. A turma moçambicana, treinada na altura pelo técnico brasileiro Roberval Ramos, tinha perdido em Maputo, por 3-1, e ido ganhar a Lusaka pelo mesmo resultado, o que levou a que a partida fosse decidida através da marcação de grandes penalidades.

 

 Quatro anos depois, as duas selecções voltam a encontrar-se com algumas mexidas nas equipas e com mais experiência a nível internacional. A julgar pelos jogos disputados neste CAN, o combinado nacional evoluiu substancialmente quando comparado com os  zambianos.

 

Este conjunto, treinado por um italiano, está perfeitamente ao nosso alcance. Aliás, a prestação das duas formações até ao momento evidencia o seu estado de forma. A goleada sofrida pela Zâmbia diante da África do Sul pôs a nu as lacunas defensivas desta formação e Moçambique, com um ataque eficaz e rápido, pode tirar proveito desta situação. Oxála Dino e Caló, que têm demonstrado frieza na finalização, dêem mais uma alegria aos milhões de moçambicanos, em particular aos que se farão presentes no recinto do Orlando, localizado no extenso bairro do Soweto onde existe um grande de número de moçambicanos que trabalham e residem neste país.

 

Portanto, Moçambique deverá contar com o precioso apoio do público para derrotar os zambianos. Noutra partida do grupo, a África do Sul e a Tunísia medem forças a partir das 18.00 horas, no Ellis Park Arena.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:13
 O que é? |  O que é? | favorito

 

 

É HOJE que a Selecção Nacional de futsal vai decidir a qualificação para as meias-finais do Campeonato Africano da modalidade, que decorre na África do Sul, quando a partir das 18.00 horas medir forças, no Orlando Indoor, com a Zâmbia, em jogo da terceira e última jornada do Grupo A.

 

À entrada para esta jornada, as contas de apuramento são bem favoráveis à equipa moçambicana que lidera o Grupo com seis pontos, seguindo-se a Zâmbia e a África do Sul com três e, em último, a Tunísia com zero.

 

 Além da vantagem pontual, Moçambique tem um saldo de golos superior, o que lhe permite encarar o jogo de hoje com alguma tranquilidade. Mas como nada ainda está decidido e porque o desporto é rico em surpresas, a turma nacional deve enfrentar o derradeiro embate com a mesma seriedade que caracterizou os encontros com a África do Sul e a Tunísia.

 

É importante que não se perca a concentração, até porque terminar no primeiro lugar irá evitar um confronto com o maior colosso do futsal africano, o Egipto, que, ao que tudo indica, deve terminar como líder do Grupo B. Um empate frente à Zâmbia é suficiente para chegar ao fim desta fase em primeiro lugar, no entanto, o objectivo é mesmo fazer o pleno, ou seja, vencer os três jogos, somando nove pontos.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:47
 O que é? |  O que é? | favorito
Abril 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
16
17
23
24
25
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO