Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 08 DE Abril 2016

 

A FEDERAÇÃO Moçambicana de Basquetebol (FMB) homenageia hoje, em Maputo, basquetebolistas e outras individualidades que, de diferentes formas, deram o seu contributo para engrandecer a modalidade desde a independência nacional.

 

A cerimónia de homenagem terá lugar no Centro de Conferências Joaquim Chissano, tendo o início previsto para as 18.00 horas. Aos laureados, entre homens e mulheres, serão oferecidos diplomas de honra e estatuetas.

 

Dentre os vários basquetebolistas a serem homenageados, o destaque vai para Aníbal Manave, Amade Mogne, João Chirindza (a título póstumo), Khaimane de Deus, Ilídio Caifaz, Ernesto Jr., entre outros.

 

No que toca a senhoras, serão agraciadas Esperança Sambo, Aurélia Manave, Clarisse Machanguana, Deolinda Ngulela, entre outras.

 

A iniciativa da FMB visa valorizar as antigas glórias da modalidade numa altura em que aquele organismo tem sido alvo de críticas, não só por má gestão, mas também pelo facto de pouco ou nada fazer em prol daqueles que deram a sua juventude pelo basquetebol nacional.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:32
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A REABILITAÇÃO e o apetrechamento em equipamento de trabalho da sede da Associação de Atletismo da Cidade de Maputo (AACM) é uma mais-valia para o desporto nacional, em particular o atletismo, defende o presidente da Federação Moçambicana da modalidade (FMA), Shafee Sidat.

 

A sede da AACM foi reinaugurada semana passada, depois de obras de reabilitação que duraram três meses. Para além da referida benefiação, que consistiu na pintura da infra-estrutura e no melhoramento do tecto, a sede daquele organismo foi equipada com material de trabalho, computadores, secretárias, cacifos para arquivos, entre outros materiais de escritório.

 

As obras foram levadas a cabo pela FMA no contexto do cumprimento das promessas eleitorais do seu presidente, Shafee Sidat. Para aquele responsável, os fazedores do desporto, em geral, e do atletismo, em particular, sentem-se valorizados com a infra-estrutura melhorada.

 

 Por outro lado, os técnicos afectos à AACM passaram a trabalhar num lugar que reúne  condições razoáveis, defende Sidat.

 

Esta é a sétima obra do género que foi inaugurada no país desde o ano passado, faltando neste momento três, nomeadamente as de Maputo-província, Nampula e Niassa.

 

Segundo Shafee Sidat, a sede da Associação do Niassa já está construída, faltando a marcação da data da sua inauguração por parte da Direcção Provincial da Juventude e Desporto daquele ponto do país. As restantes duas estão em obras de reabilitação (Nampula) e construção (Maputo-província), ainda na fase inicial.

 

As que já têm novas sedes são as associações de Gaza, Inhambane, Sofala, Manica, Tete e Zambézia.

 
 
Fonte:Jornal Noticias
 
publicado por Vaxko Zakarias às 12:22
 O que é? |  O que é? | favorito

 

 

A QUARTA jornada do Moçambola será marcada pelo duelo entre duas equipas dos extremos, ou seja, o líder, União Desportiva do Songo, com oito pontos, joga amanhã (15.00 horas) no Estádio Nacional do Zimpeto com o Desportivo, último classificado.

 

É um desafio que se espera interessante. O Desportivo procurar somar os primeiros pontos, depois de três derrotas consecutivas, frente aos candidatos ao título, pelo que tudo fará para levar de vencida a UDS, treinada por Artur Semedo.

 

A UDS chega a este embate moralizada com a goelada conseguida em casa na última ronda frente ao 1º de Maio, pelo que se desloca à capital do país com o objectivo de vencer para consolidar a liderança. Aliás, os “hidroelétricos” sabem que um empate ou derrota podem custar a liderança, pelo que amanhã todo o cuidado é pouco. O jogo marca o reencontro de Uzaras Momed e Artur Semedo, treinadores que têm um passado comum pelo Desportivo e outrora inimigos.

 

O encontro está marcado para as 15.00 horas de amanhã no Estádio Nacional Zimpeto.

 

Não menos importante é o encontro entre os Ferroviários de Maputo e de Nampula, no domingo, no Estádio da Machava. É um duelo que se espera emotivo entre duas equipas moralizadas com os resultados obtidos na terceira ronda.

 

O Ferroviário de Maputo nunca perdeu pontos e, por ironia do destino, apenas jogou com equipas da província de Nampula nesta edição do Moçambola. Na primeira ronda goelou o Desportivo de Nacala e na segunda bateu o Ferroviário daquela cidade, por 2-0.

 

Em Nacala, o Desportivo local recebe o Maxaquene, na tarde de domingo, num dos jogos mais aguardados da ronda. Nacala tem sido um dos terrenos mais difíceis do Moçambola, pelo que não se augura vida fácil para os “tricolores” naquela cidade portuária, onde normalmente os desafios do Moçambola têm registado lotação esgotada.

 

Em Quelimane, o 1.º de Maio recebe a Liga Desportiva de Maputo, em mais uma partida que envolve um candidato ao título. A Liga tem experimentado muitas dificuldades para sair com “vida” de Quelimane. 1.º de Maio é uma equipa aguerrida e quase imbatível na sua casa. Em Lichinga, o estreante Desportivo do Niassa recebe o Ferroviário de Nacala. Trata-se de um embate entre duas equipas com orgulho ferido depois das derrotas na ronda anterior. Mesmo sem muitos argumentos, o Desportivo do Niassa já provou que em sua casa será uma equipa difícil de vencer, que o diga a União Desportiva do Songo que foi travada com um nulo.

 

Um dos jogos mais interessantes será a recepção ao Costa do Sol pelo Chibuto. Os “guerreiros” têm sido uma equipa intransigente no seu reduto, e encontram o Costa do Sol numa fase conturbada, com problemas administrativos que desaguam no campo.

 

Atendendo e considerando o poderio ofensivo do Chibuto e as debilidades defensivas dos “canarinhos”, é caso para se dizer que a equipa de Gaza é favorita aos três pontos.

 

Amanhã, em Vilankulo, a surpreendente ENH recebe o Ferroviário da Beira. Desafio entre duas formações motivadas e que procurarão manter a senda vitoriosa na prova.

 

Em Tete, há um desafio entre duas equipas do mesmo “campeonato”, com o Chingale a receber o Estrela Vermelha. Qualquer das duas equipas aproveitará este tipo de jogos para angariar pontos rumo à manutenção.

 

Todos os jogos têm início às 15.00 horas.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:09
 O que é? |  O que é? | favorito

 

AS equipas do Desportivo de hóquei em patins, em iniciados e juvenis/juniores, estiveram em evidência no Torneio de Abertura ao sagrarem-se vencedores em ambos os escalões.

 

Em iniciados, o Desportivo terminou a prova em grande com uma goleada sobre a Koka Missava, por 6-0. No final da prova somou 15 pontos, mais dois que a Koka Missava, que por sinal era seu concorrente mais próximo.

 

Nos escalões de juvenis/juniores também não tiveram meias medidas, tendo goleado igualmente a Koka Missava, por 9-1, e terminado a prova como líder isolado, com 15 pontos, seguido do Estrela com 13.

 

Com esta dupla celebração, os “alvi-negros” mostraram que estão a trabalhar muito bem a nível da formação. Aliás, o clube das “águias” tem a tradição de ser o que melhor forma no país e os resultados estão à vista. 

 

Noutros dois jogos que encerraram a competição, o Ferroviário venceu o Estrela, por 5-2, em iniciados. Em juvenis/juniores, os “alaranjados” vingaram-se com uma vitória sobre os “locomotivas”, por 4-2.

 

TORNEIO DA MULHER

 

Refira-se que hoje, sexta-feira, inicia o Torneio da Mulher, alusivo ao Dia da Mulher Moçambicana, que ontem se assinalou. Será uma prova a seguir com particular atenção.  

 

Para a primeira jornada estão agendados os seguintes jogos: Desportivo-Estrela (19.00 horas) e Ferroviário-Académica (20.00 horas).

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:01
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A SELECÇÃO Nacional de futebol de Sub-20 interrompeu ontem a preparação que tinha reiniciado na terça-feira com vista ao jogo da segunda “mão” de qualificação para o CAN-2017, frente às Ilhas Maurícias, para permitir que os jogadores regressem aos seus clubes para atenderem aos seus compromissos que têm a ver com jogos agendados hoje e fim-de-semana, atendendo que são maioritariamente juniores.

 

Assim, a preparação dos “Mambinhas” para o jogo decisivo, previsto para o fim-de-semana de 21 e 22 do mês em curso, no Port Louis, retoma na segunda-feira, no Estádio da Machava, em princípio obedecendo treinos diários – à excepção de sábado e domingo –, que, porém, dependerão da disponibilidade dos campos. Os “Mambinhas” têm vindo a treinar no Estádio da Machava e campo do Ferroviário da Baixa, dependendo da agenda das equipas do Ferroviário, dentre elas a principal.  

 

O seleccionador nacional de Sub-20, Arnaldo Ouana, disse ontem que depois do jogo da primeira “mão”, realizado no último de sábado, no Estádio da Machava, no qual os “Mambinhas” venceram, por 1-0, era imperioso dar tempo de descanso aos jogadores para o arranque de uma preparação mais direccionada aos aspectos técnicos e tácticos, tendo em conta as ilações tiradas do embate.

 

Aliás, o técnico dos Sub-20 ficou satisfeito com o desempenho do grupo no jogo de sábado e acredita que, com mais trabalho técnico e táctico e fortalecimento dos métodos de jogo, aliada ao trabalho psicológico, os “Mambinhas” são capazes de fazer melhor do que fizeram na primeira “mão”.  

 

Para já, Arnaldo Ouana espera por uma resposta positiva da Direcção da Federação Moçambicana de Futebol, quanto à solicitação de um estágio de dois a três dias na vizinha África do Sul a caminho das Maurícias.

 

Falando concretamente do jogo de sábado, o técnico disse que apesar do tempo escasso de preparação e perante um grupo novo, sendo também novo à frente dos “Mambinhas”, os jogadores portaram-se bem. Disse que notou alguma ansiedade própria de inexperiência por parte de grande parte de jogadores que tiveram no jogo a sua primeira experiência internacional.

 

Como sempre disse, não nos conhecíamos bem e pouco a pouco vamos nos conhecendo. O que se viu é quilo que prometemos que queremos trazer para esta Selecção, que é boa circulação de bola, entrega, dedicação e atitude. Os jogadores souberam interpretar o jogo em vários momentos. Nalguns não porque a ansiedade tomou conta deles. É normal, são muito jovens, maior parte não têm experiência internacional e isso significa que precisamos de muito mais trabalho, nomeadamente jogos de rodagem e com adversários mais fortes”, frisou.

 

Questionado se o 1-0 tranquiliza a Selecção para o jogo da segunda “mão”, Arnaldo Ouana respondeu, obviamente, que não.

 

Mas anotou que é importante vencer por 1-0, do que propriamente ganhar por 2-1, 3-2 ou 3-1. Acredito que nas Maurícias iremos jogar melhor, porque teremos uma melhor preparação, e com certeza conseguiremos um ou mais golos”, prometeu.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:50
 O que é? |  O que é? | favorito
Abril 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
16
17
23
24
25
29
30
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO