Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quinta-feira, 11 DE Fevereiro 2016

 

O Ferroviário de Nampula desembarcou ontem na África do Sul para também realizar um estágio, baseado em jogos de controlo, estando por definir o programa.

 

Os “locomotivas” da capital do norte, tal como o Maxaquene e Ferroviário da Beira (já fizeram os seus estágios) e União Desportiva do Songo (neste momento em estágio) montou a sua base de preparação em Joanesburgo.

 

O grosso das formações moçambicanas tem o país vizinho como local preferencial, pelo facto de poderem realizar jogos-treino com equipas locais bem mais rodadas, já que a época já vai a meio, e também pelas excelentes condições de treino e logísticas.

 

O mais importante é que já temos garantida a realização de jogos na África do Sul. Esperamos que com este estágio tenhamos efectivamente uma boa preparação para conferir ritmo competitivo com vista à obtenção de bons resultados na disputa do Moçambola deste ano”, disse Luís Munguambe.

 

O Ferroviário de Nampula ainda não definiu o seu principal plantel para a presente época. Sobre esse ponto Munguambe explicou que a definição da equipa só será feita depois do estágio na África do Sul.

 

Acrescentou que depois do regresso do estágio a Direcção do clube vai apresentar oficialmente aos sócios, adeptos e ao público, em geral, o plantel, provavelmente entre 20 e 21 deste mês.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:45
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O FERROVIÁRIO da Beira foi derrotado pelo Orlando Pirates por 3-1, num jogo que marcou a despedida dos “locomotivas” do estágio efectuado em Joanesburgo, inserido na preparação para época futebolística nacional.

 

A equipa beirense deixou na manhã de ontem a África do Sul e hoje deve prosseguir a preparação no seu campo.

 

Durante o estágio que realizou em terras sul-africanas os “locomotivas” efectuaram três jogos. Os outros foi diante do Le Koan e Academy, uma equipa da 2.º Divisão, tenho goleado por 6-2 e depois perdido com o Jomo Cosmos por 3-1.

 

A componente física foi um dos focos principais da equipa treinada por Wedson Nyierenda, com os jogadores a serem submetidos a treinos intensos no ginásio.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:38
 O que é? |  O que é? | favorito

 

OS Campeonatos Nacionais de Natação de Verão de piscina longa (50 metros), recentemente disputados na Piscina Olímpica do Zimpeto, produziram 16 recordes, cinco dos quais absolutos e os restantes de categoria. Destes recordes 10 são individuais e os restantes colectivos (estafetas).

 

O Golfinhos de Maputo, por sinal campeão absoluto, destacou-se com 11 recordes individuais e quatro colectivos. O campeão de seniores, por sinal o melhor nadador masculino dos últimos “Nacionais”, Igor Mogne, esteve em evidência, com três recordes absolutos em 50 metros bruços, 800 e 1500 livres. Mogne estabeleceu em 50 bruços o novo recorde em 32,00 segundos. O anterior estava fixado em 32,13 segundos por Ivo Chilaúle (ex-Golfinhos). Já em 800 livres o novo máximo está fixado em 08.39,00 minutos, sendo que o anterior era 08.42,86 e pertencia a ele. Por último, fixou em 1500 metros livres 16.53,00 minutos, contra os anteriores 20.35,10 dele. 

 

Com este feito Mogne acabou sendo o nadador mais produtivo dos campeonatos. Outro recorde absoluto individual pertence à júnior Gisela Cossa, também dos Golfinhos, que fixou o novo máximo em 21.17,70 minutos nos 1500 metros livres. O anterior era 24.58,22 e de Carla Rodrigues (ex-Ferroviário de Maputo). Gisela Cossa ainda bateu um recorde de categoria em 800 metros livres com a marca de 10.50,60 minutos, contra os anteriores 11.01,18 de Jéssica Vieira (ex-Golfinhos).

 

Aliás, Ignor Mogne e Gisela Cossa foram os únicos recordistas absolutos em singulares, sendo que o quinto recorde absoluto foi em estafetas e também da autoria de Golfinhos. O campeão nacional fixou o novo máximo nos 4x200 metros livres seniores masculinos com o tempo de 08.56,23 minutos, contra os seus anteriores 09.10,36. 

 

 

Os restantes recordistas, portanto, de categoria, são Érico Cuna, Hugo Dias, ambos do Golfinhos, Sumeia Damão, do Ferroviário de Maputo, e Dilza da Bete, do Ferroviário da Beira. Érico Cuna fez 05.27,90 minutos, contra 05.41,54 de Eduardo Gonçalves (ex-Golfinhos) nos 400 metros estilos. Já Hugo Dias bateu o recorde em 200 metros bruços em juvenis com o tempo de 02.57,32 minutos, contra 02.57,51 de Victor Serraventoso (ex-Desportivo). A sénior Sumeia Damão fixou, por seu turno, dois novos recordes nos 800 e 1500 metros livres, com os tempos de 11.17,46 e 21.47,36 minutos, respectivamente. As anteriores marcas estavam fixadas em 12.00,81 minutos e 22.57,74 e pertenciam, respectivamente, a Marisa Gregório (ex-Desportivo) e Janete Antunes (ex-Ferroviário de Maputo).

 

Por último, a iniciada Dilza da Bete fez 13.19,74 minutos nos 800 metros livres, superando os anteriores 13.41,72 de Jannat Bique (ex-individual).

 
 
 
Fonte:Jornal Noticias
 
publicado por Vaxko Zakarias às 13:12
 O que é? |  O que é? | favorito

 

VINTE nadadores nacionais, entre grandes vedetas, integram a convocatória para o Campeonato Africano de Natação da Zona IV (CANA), que se realizará nas Maurícias em Abril.

 

Para além da conquista de medalhas, é objectivo da participação moçambicana no evento, que junta atletas da zona austral de África, o alcance de mínimos para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que terão lugar em Agosto.

 

Esta é a razão da presença, na pré-selecção, dos melhores nadadores da actualidade e que se apresentam como fortes concorrentes aos mínimos “B” nas diversas categorias e especialidades.

 

São eles Igor Mogne (Golfinhos), bicampeão de seniores e recordista absoluto nos últimos Campeonatos Nacionais, a residir em Portugal; Jéssica Cossa (Golfinhos), que nada na Rússia; Jannah Sonnenschein (Golfinhos), a beneficiar de bolsa olímpica nos Estados Unidos da América; e Denilson da Costa (Tubarões), uma grande revelação intramuros. Aliás, é neste grupo que estão depositadas as esperanças com vista ao alcance dos mínimos. E a sua participação no CANA é ponto de partida para esse desiderato, que deve ser concretizado dentro dos próximos quatro meses.

 

bique.jpg

 

Os restantes pré-convocados integram o grupo de revelações que ocuparam lugares de destaque nos últimos “Nacionais”. Trata-se, em masculinos, de Érico Cuna, Hugo Dias e Justino Pale (todos do Golfinhos), campeões nacionais de juniores, juvenis e infantis, respectivamente; Ahllan Bique (Tubarões), vice-campeão de juniores; Alan Tamele (Ferroviário da Beira), vice-campeão de juvenis; Edilson Paco (Golfinhos), vice-campeão de infantis; Manuel António (Golfinhos) e Valentim da Costa (Tubarões). 

 

Em femininos constam os nomes de Gisela Cossa (Golfinhos) e Layla Taquidir (Ferroviário da Beira), respectivamente campeã e vice-campeã de juniores; Domingas Munhameze (Ferroviário de Maputo) e Farah Semá (Golfinhos), respectivamente campeã e vice-campeã de juvenis; Alícia Mateus e Fidélcia Cumbe (Golfinhos), campeã e vice-campeã de infantis; e Dilza Bete, campeã de iniciados.

 

Vão participar no Campeonato Africano das Maurícias nadadores de Moçambique, Suazilândia, África do Sul, Botswana, Lesotho, Namíbia, Zimbabwe, Malawi, Zâmbia, Tanzania, Angola, Madagáscar e Seychelles.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:44
 O que é? |  O que é? | favorito

 

MARLON Acácio (-81kg), Edson Madeira (-73kg), Bruno Luzia (-69kg) e Neuso Sigaúque (-66kg) são os quatro judocas que estão na luta pela qualificação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

 

Para obter uma melhor preparação o quarteto deve iniciar um estágio competitivo no dia 15 do mês em curso (próxima segunda-feira) no Centro de Alto Rendimento de Budapeste, Hungria, onde prevêem participar em várias competições de qualificação para o maior evento desportivo do mundo.

 

O estágio em Budapeste, capital húngara, considerada uma das cidades de maior tradição no judo, é tida como importantíssima para os judocas ganharem mais força, técnica e andamento para os torneios de qualificação, que arrancam já no próximo mês e terminam em Maio. É durante este período que os atletas terão que imprimir todo o seu potencial para somarem o maior número de pontos possível.

 

De acordo com o secretário-geral da Federação Moçambicana de Judo, Nilton Mujovo, o estágio em Budapeste surge no âmbito das boas relações que o país tem com a Federação Internacional. “Temos uma forte parceria. Foi graças a essas boas relações que criaram condições logísticas para os nossos melhores judocas efectuarem o estágio na Hungria. Já contactámos o Governo e o Comité Olímpico, nossos maiores parceiros, para também darem o seu apoio e acreditamos que em breve teremos uma resposta positiva, até porque é preciso capitalizar o apoio dos parceiros internacionais”, disse.

 

De referir que Marlon Acácio, por ser o judoca melhor classificado, é o único que beneficia da bolsa olímpica e o que, em princípio, mesmo não obtendo a qualificação directa, será repescado para esta prova, tal como aconteceu nos anos anteriores com Edson Madeira e Neuso Sigaúque (este último esteve nas Olimpíadas de Londres-2012).

 

MARLON EM SEGUNDO

 

 

marlon.jpg

 

Marlon Acácio ganhou confiança para os torneios olímpicos que se seguem, ao conquistar no fim-de-semana a medalha de prata num campeonato realizado na África do Sul, denominado “Ranking Event”.

 

A prova não serviu para pontuar para os Jogos Olímpicos, mas serviu para testar o nível do atleta rumo à próxima competição, que será disputada na Alemanha, em Dusserdorf, já no dia 20 do mês em curso.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:15
 O que é? |  O que é? | favorito
Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
20
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO