Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Segunda-feira, 08 DE Fevereiro 2016

 

O TREINADOR da Liga Desportiva apontou a falta de ritmo como o maior culpado para a derrota diante do Ferroviário.

 

Apesar de ter sido um golo consentido do que conseguido, o Ferroviário foi melhor porque tem bons índices competitivos. Aliás, a diferença entre a Liga e o Ferroviário foi mesmo em termos competitivos. Nós acusamos falta de ritmo, o nosso adversário teve estágio e nós não.

 

Tivemos quatro semanas a trabalhar sem jogos nos pés. Vamos melhorar o que está mal. Está a nos faltar-nos a competitividade e é difícil conseguirmos isso a estas alturas, porque as equipas estão a se preparar consoante a sua programação. Se não conseguimos internamente, vamos tentar fora. Este jogo acabou servindo para tirar ilações sobre os nossos jogadores. Temos jogadores com ideias antigas e que precisam de ser incutidas novas”. 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:18
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O TÉCNICO do Ferroviário de Maputo, Carlos Manuel (Caló), destacou a coesão entre a velha guarda e os novos ingressos na equipa como sendo a chave da vitória frente à Liga.

 

Acabamos ganhando porque tivemos a melhor oportunidade. É bom começarmos a ganhar, depois de termos terminado a época também a ganhar. Foi um jogo difícil, mas fomos felizes naquela oportunidade. Estivemos também bem estruturados, sobretudo do ponto de vista defensivo. Por isso, a vitória assenta no que foi a nossa produção de jogo e moraliza-nos o facto de termos começado ganhando”, comentou.

 

Quanto ao estágio da equipa e os compromissos que se avizinham, o técnico disse que “estamos na pré-época, por isso que há ainda muito por fazer, mas estamos felizes, porque conseguimos unir os velhos e os novos jogadores. Temos as Afrotaças e as provas internas e sinto que esta equipa tem estrutura para isso, apesar de ter que reestruturar a nossa programação de preparação com a desistência do Mochud Chiefs de Gaberone, que seria o nosso adversário na pré-eliminatória da Liga dos Campeões Africanos. É muito tempo que nos separa da primeira eliminatória e algo deve ser feito para compensar esse tempo”, lamentou. 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:14
 O que é? |  O que é? | favorito

 

 

 

O FERROVIÁRIO de Maputo transitou da pré-eliminatória da Liga dos Campeões Africanos na sequência da desistência do Mochudi Chiefs de Gaberone.

 

A informação foi avançada ainda na tarde de sábado, logo após o embate entre o Ferroviário e a Liga Desportiva, pelo presidente da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), Alberto Simango Jr.

 

A FMF recebeu no dia 3, através de um email, a informação da Confederação Africana de Futebol (CAF) informando que o adversário do Ferroviário tinha desistido da prova. Nós canalizamos o email ao clube. Entretanto, segundo o regulamento da prova, o Ferroviário terá de ser ressarcido em caso de ter feito gastos na preparação do jogo”, explicou.

 

No entanto, o presidente do Ferroviário, Sancho Quepiço Jr., disse no sábado que o clube não seria ressarcido, porque ainda não havia feito gastos de vulto, mas apenas constituindo uma equipa para trabalhar na preparação do jogo.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:02
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O duelo entre o campeão e o vencedor da taça teve o seu brilho e interesse no prolongamento, período durante o qual as duas equipas largaram todos os seus receios e complexos se lançando totalmente para o jogo. E o Ferroviário foi o mais notável nesta fase, para não dizer que dominou os 30 minutos correspondentes, apesar de ter partilhado oportunidades de golo com o adversário.

 

Este período começa com um livre directo batido pelo especialista Diogo, mas desviado ligeiramente da trajectória da baliza pela barreira para fora das quatro linhas. E foi o mesmo a chamar os reflexos de Joaquim, depois de tirar vários oponentes do caminho, isso aos três minutos. 

 

Explorando todo o espaço e jogando com muita agressividade ofensiva, o Ferroviário acabou acertando por Timbe, naquele remate repentino, ao receber uma bola devolvida pela defensiva aos 12 minutos.

 

A fase inicial do prolongamento terminou e o Ferroviário continuou a mandar. Mas a Liga reagiu na derradeira etapa, quando os “locomotivas” já jogavam em contra-ataque e geriam o tempo. Liberty, reagindo ao centro rasteiro de Kito pela esquerda, atirou para uma defesa de “tirar chapéu” de Germano. Foi a poucos metros da baliza e o “keeper” defendeu com classe para o desespero da Liga Desportiva.

 

A equipa de arbitragem, liderada por Samuel Chirindza, fez um bom trabalho.

 

FICHA TÉCNICA

 

FERROVIÁRIO DE MAPUTO: Germano; Elísio, Calima, Jeitoso e Edmilson; Timbe, Jair, Carlitos (Sassy) e Diogo; Gito (Lewis) e Luís (Manucho).

 

LIGA DESPORTIVA: Joaquim; Béu, Geraldo (Andro), Gildo e Eusébio; Ussama, Kito, Liberty e Elias I; Telinho (Osvaldo) e Mário (Elías II).

 

DISCIPLINA: Cartolinas amarelas para Calima, Elísio, Jair e Luís (Fer. Maputo).

 

SALVADOR NHANTUMBO

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:37
 O que é? |  O que é? | favorito

 

Um autêntico “tiro de canhão” lançado a meio do meio-campo da Liga Desportiva encontrou o “keeper” Joaquim desprevenido. Tão rápido, Timbe só acenou a cabeça quando viu a bola se anichar no fundo das malhas. Joaquim ficou entre defender com os punhos ou segurar o esférico que vinha com muita força em sua direcção. Foi pela segunda opção e a bola, que carregava “fogo”, se escapuliu para o gáudio dos “locomotivas”. Isto porque o golo aconteceu quase no fim da primeira parte do período do prolongamento (aos 12 minutos), portanto numa fase em que se jogava por tudo ou nada. Aliás, o Ferroviário ainda soube gerir o resultado e o tempo, fazendo um jogo de contenção e actuando de forma desmedida nos restantes minutos da contenda.

 

Contudo, o jogo teve vários momentos: uma primeira parte a “feijões”, porquanto nenhuma das equipas conseguiam explorar devidamente o seu jogo. Notaram-se “lacunas” próprias de plantés ainda na fase de pré-época, portanto com problemas de ritmo e a procura do seu fio de jogo. Nessa etapa o jogo se resumiu a alguns lances de bola parada vindos de ambos os lados, mas sem êxito e tentativas por parte da Liga de acertar a baliza com remates de fora da grande área. Aliás, a Liga Desportiva acabou levando, ao fim desta fase, vantagem em termos de produção de jogo. Pois conseguiu articular algumas jogadas com o ex-canarinho Ussama a se notabilizar com iniciativas de ataque a partir do miolo, onde tinha o apoio incondicional de Liberty.

 

Foi assim que a Liga conseguiu abrir as linhas de passe que permitiram as suas jogadas fluíssem para a zona de rigor onde estavam posicionados Telinho e o “ex-locomotiva” beirense Mário. Mas a dupla não conseguia penetrar na muralha defensiva dos “locomotivas” da capital e os poucos remates não surtiram o efeito desejado, para além de que o guarda-redes Germano esteve muito seguro. O ala direito Kito encetou alguns centros geométricos, mas que encontravam a resposta de Calima e Jeitoso, que faziam a dupla de centrais “locomotivas”.

 

Por seu turno, o Ferroviário se precipitou nas suas iniciativas, ou seja, não acertava nas articulações e, como consequência, falhava nos passes. Portanto, não tinha a mesma progressão da Liga. Diogo e Jair tentaram dar cobro à situação, com tentativas de rasgos à diagonal a partir dos extremos (se trocando), mas se perdiam no esforço de fazer a diferença. Assim, as bolas pouco chegavam em condições de alimentar o ataque com precisão. As jogadas não saíam com perfeição, daí que o artilheiro Luís esteve nesse período a deambular, enquanto Gito (ex-HCB), que actuava pelas suas costas, tentava mostrar serviço indo buscar as jogadas para agilizar o ataque e com alguma confiança e mestria.

 

Na segunda parte houve melhorias em termos de produção de jogo e alternância ofensiva constante. Aliás, a Liga entrou com a substituição de Mário por Elias II (ex-Ferroviário de Nacala) na tentativa de galvanizar o seu ataque. Mas encontrou um Ferroviário já astuto e decidido. Na defensiva, para além do “patrão” Calima, estava o extraordinário Edmilson do qual nada escapava. Anulou várias jogadas de ataque da Liga Desportiva pelo corredor esquerdo.

 

O esquerdino Diogo ganhou, a partir desse período, uma nova dinâmica ofensiva e arrancava encostado em linha, pelo flanco esquerdo, para depois cruzar o meio-campo a fazer colocações surpreendentes para a zona de tiro. Fê-lo com perfeição aos 71 minutos, quando foi à linha de fundo cruzar atrasado para Luís atirar contra a base do poste.

 

Minutos depois o mesmo Diogo fez duas assistências, primeiro para Luís marcar em posição irregular. Nessa altura, o ataque “locomotiva” estava fogoso, porque já contava com os préstimos de Lewis que entrou para o lugar do talentoso Gito. Este foi o segundo a ser solicitado pelo esquerdino e perdeu a oportunidade de “matar” o jogo quando, na tentativa de evitar um contrário para depois atirar, ficou sem a bola já no interior da pequena área. O jogo terminou assim com o nulo.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:23
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O FERROVIÁRIO de Maputo conquistou ao fim da tarde de sábado a Supertaça Mário Coluna, prova que envolve o campeão nacional e o vencedor da Taça de Moçambique/mCel em futebol, derrotando a Liga Desportiva de Maputo por 1-0.

 

O golo solitário dos “locomutivas” foi de autoria do meio-campista Timbe que, do meio da rua, desferiu um portentoso remate que não coube nas mãos do guarda-redes Joaquim.

 

Com este feito o Ferroviário de Maputo iniciou o ano com pé-direito, já que a Supertaça é a primeira prova oficial e que, por sinal, marca a abertura da época futebolística no país.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:17
 O que é? |  O que é? | favorito
Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
20
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO