Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Segunda-feira, 25 DE Janeiro 2016

 

Já é oficial: O grupo Desportivo de Maputo (GDM) vai às urnas no próximo dia 20 de Fevereiro do ano em curso, para a eleição dos novos corpos gerentes que irão conduzir os destinos do clube nos próximos quatro anos.

 

Este dado nos foi avançado pelo presidente da mesa da assembleia, Manuel Braga, que nos revelou igualmente que para além da eleição dos novos corpos gerentes a assembleia-geral ordinária terá os seguintes pontos de agenda: a apreciação e apresentação do relatório de actividades e a apresentação e aprovação do relatório de contas do elenco presidido por Michel Grispos.

 

Questionado sobre quais as listas que avançam na corrida para eleições dos novos gestores do histórico clube alvi-negro, Manuel Braga garantiu ao desafio que apenas uma lista é de consenso da família alvi-negra. Neste caso a de Danilo Correia, que actualmente preside a comissão de gestão que para além de ter minimizado a crise instalada no seio da colectividade, está a garantir a preparação da equipa sénior de futebol para a presente época que se avizinha assim como também das restantes modalidades que o clube movimenta.

 

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 13:43
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A Federação Moçambicana de Futebol (FMF) vai apresentar hoje à tarde o homem eleito para desempenhar as funções de seleccionador nacional, em substituição do interino Boris Pucic, o croata. Na FMF ninguém assume o nome do técnico, mas é um facto que Abel Xavier – um dos nomes mais badalados para orientar os Mambas – desembarcou sábado de manhã, em Maputo, na companhia do seu agente.
 
 

Hoje é o dia da grande decisão no que toca ao encerramento do dossier “seleccionador nacional”, na medida em que quando forem 16.00 horas a Federação Moçambicana de Futebol apresentará, na sua sede, em Maputo, o homem que vai orientar os Mambas, que em princípio vai ser mesmo Abel Xavier.

 

MAS QUAL É A SURPRESA?

 

Dizemos que em princípio o novo seleccionador nacional vai ser Abel Xavier porque ontem, na tentativa de colhermos mais dados junto de fontes da FMF, a informação recebida abriu espaço para dúvidas, uma vez que tanto o secretário-geral, Filipe Johane, como o presidente de Direcção, Alberto Simamngo Jr., não confirmam que Abel Xavier é o homem a ser apresentado.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:28
 O que é? |  O que é? | favorito

 

JOSEMAR está de regresso ao Costa do Sol, após passagem pela Liga Desportiva de Maputo e mais recentemente pelos angolanos dos Bravos dos Maquis. Fanuel, central, que no ano passado representou o Estrela Vermelha, também volta a vestir a camisola do Desportivo de Maputo.

 

Trata-se de mais duas mexidas de “peso” neste mercado de transferência do futebol nacional quando se aproxima o arranque do Moçambola-2016.

 

Josemar é a contratação mais sonante da equipa “canarinha”, que já tinha apresentado dez reforços, sendo de destacar Aguiar (ex-HCB), Mustafá (ex-Liga) e Lalá (ex-Desportivo de Maputo).

 

Já a direcção “alvi-negra” assegura num espaço de menos de uma semana, o segundo “central” depois da contratação de Dário Khan (ex-Costa do Sol). Pelo que a zona central do Desportivo estará bem servida com dois atletas experientes e possantes.

 

PARRUQUE NO CHINGALE

 

O mercado de transferência também está agitado na zona norte e o Chingale, que regressa ao Moçambola, reforçou-se com o meio campista Danito Parruque. O experiente médio, campeão pelo Ferroviário de Maputo-2009, representava o Estrela Vermelha de Maputo e é a contratação mais relevante na equipa treinada por Abdul Omar.

 

LUCKMAN INTEGRA ESTÁGIO

 

 

Finalmente e depois de longas jornadas de negociações, o Maxaquene chegou a acordo com o Luckman para renovação de contrato. O avançado nigeriano integrou sábado o estágio que a equipa “tricolor” efectua em Joanesburgo, África do Sul, dando mostras que continua de pedra e cal na turma comandada por Chiquinho Conde. A direcção, liderada por Ernesto Júnior, ganha um reforço que já deu mostras na época passada de ser uma mais-valia. Aliás, o “striker” é para já o reforço mais sonante dos “tricolores” que já tinha “acertado” oguarda-redes Abrão (ex-Textáfrica), Dangalira (ex-Ferroviário de Maputo), Mauro (ex-HCB), Machaua (ex-Ferroviário de Nampula) e Eduardo (ex-Incomáti). O guarda-redes Guirrugo que estava emprestado ao ENH também é reforço para baliza.

 

GERALDO NA LIGA

 

O jovem médio Geraldo, que despontou no Desportivo em 2014, e depois se transferiu para a Liga, onde nem sequer jogou, tendo logo sido transferido para o Sp. Braga, regressa ao país para relançar a sua carreira na Liga. A equipa vencedora da Taça de Moçambique ganha mais um reforço de qualidade, depois de ter assegurado as contratações de Ussama, Daínho e Elias (todos ex-Costa do Sol) e Mário Sinamunda (ex-Ferroviário da Beira).

 

“ALVI-NEGROS” EM PESO NO SONGO

 

A União Desportiva do Songo (UDS) assegurou mais um reforço proveniente do Desportivo de Maputo. Trata-se de Sataca Júnior, médio que esteve em destaque na época passada. Este é o sexto reforço vindo dos “alvi-negros” depois do guarda-redes Wilson, dos defesas Jorge e Hermínio, do médio Clemente e do avançado Lanito.

 

A UDS já trabalha e apresentará o plantel no dia 3 de Fevereiro, sendo que a direcção ainda procura um ponta-de-lança.

 
 
 
Fonte:Jornal Noticias
 
publicado por Vaxko Zakarias às 13:09
 O que é? |  O que é? | favorito

 

CAOS e incapacidade da Polícia da República de Moçambique (PRM) para conter os ânimos dos adeptos estragou a festa da rapaziada, isto no decurso da final masculina do Torneio de Futebol Infanto-Juvenil (Bebec), ao nível da cidade de Maputo, na tarde de sábado, no campo do Aeroporto B.

 

No palco estavam as formações dos bairros Polana Caniço e George Dimitrov, a primeira que ainda procura entrar na história deste que é o grande evento que movimenta e junta a rapaziada durante as férias escolares. George Dimitrov quer, por seu turno, elevar o número de títulos já conseguidos (dois).

 

As duas equipas, por sinal com muita rivalidade e grande número de adeptos, demonstraram a vontade de fazer o espectáculo, que acabou sendo manchado por distúrbios. O jogo terminou empatado a 2-2 ao fim do tempo regulamentar e no prolongamento e a decisão do vencedor, que teria de ser encontrado na marcação de grandes penalidades, acabou sendo adiada pela incessante confusão gerada pela tentativa, de ambas partes, de influenciar a actuação da equipa de arbitragem.

 

A comissão técnica da Associação Bebec vai reunir-se esta tarde para decidir sobre qual será o passo a dar. Mas, tudo indica que o jogo será repetido brevemente num campo neutro.

 

“Vamos decidir, primeiro, se o jogo vai continuar ou não. Se sim, donde vai começar, ou seja, se iniciará de zero ou das grandes penalidades. Mas todas as decisões serão tomadas consoante o regulamento de futebol, ou seja, da FIFA, e o nosso. No entanto, este caso é omisso no nosso regulamento. Porém, todos casos omissos são da inteira responsabilidade da comissão técnica”, disse o Chefe do departamento técnico da Associação Bebec, David Mandlate.  

 

Salientar que antes da final masculina realizou-se a feminina, tendo a formação do bairro Unidade 7 ganho a do Nsalene, por 4-3, na marcação de grandes penalidades, depois do empate a um golo no fim dos 50 minutos regulamentares e 10 de prolongamento.

 

PRENÚNCIO DA CONSFUSÃO VEIO DAS HOSTES DO POLANA CANIÇO   

 

O prenúncio da confusão já havia sido manifestado, sobretudo pelos adeptos do Polana Caniço, que queriam, a todo custo, ver o seu bairro a carregar pela primeira vez a taça. Da única bancada onde estavam concentrados esses adeptos ouviam-se, para além de cânticos, transportando tamanha imoralidade, palavras como estas: “é desta vez ou nunca, estamos cansados de ser aldrabados”. Para além da pressão sobre o árbitro e interferência sobre as suas decisões, os adeptos do Polana Caniço tentaram várias vezes invadir o campo, enquanto o jogo decorria para contestar as decisões do juiz.

 

A Polícia, em número reduzido, teve dificuldades em conter os ânimos dos adeptos. Aguentou até onde pôde, mas a situação agravou-se durante a marcação de grandes penalidades, quando ficaram dúvidas sobre o penalte, por sinal o primeiro, batido por Bobone, jogador do George Dimitrov. A bola foi ao travessão e houve incerteza se a mesma teria caído dentro da baliza e posteriormente se projectado para fora. O movimento da bola foi rápidotão  e não se percebeu se o árbitro da partida, Miguel Manhate, validou o golo, mas, no momento, os adeptos do Polana Caniço jubilavam, por, no seu entender, George Dimitrov ter falhado o alvo.

 

Incertos de que teria ou não validado o golo e acompanhando o jubilar fervescente dos adeptos do Polana Caniço, os apoiantes de George Dimitrov invadiram o campo para fazer vincar que a bola entrou.

 

Sem o árbitro se manifestar e face à contínua intervenção da Polícia para conter os ânimos, as grandes penalidades prosseguiram, até que circulou a informação de que o árbitro tinha validado o primeiro penalte. Outra informação dava indicação de que inicialmente o árbitro não considerou que a bola tivesse atravessado a linha de golo, mas o fez depois da pressão de adeptos de George Dimitrov. Portanto, a confusão agravou-se quando era a vez da Polana Caniço marcar o terceiro penalte - George Dimitrov estava em vantagem – que os adeptos da primeira formação, apercebendo-se de que o árbitro tinha, em última análise, validado o golo, invadiram o campo em massa e forçaram a sua equipa a abandonar as quatro linhas. Enquanto isso, procurava-se provar, por via de imagens, se o primeiro penalte havia sido convertido com êxito ou não por George Dimitrov.

 

E a confusão tomava completamente o rectângulo do jogo. Com toda fúria, os adeptos reivindicavam junto do árbitro a provável injustiça que já vinham propalando nas vésperas do início da partida. A Polícia tentava a todo custo repor a ordem, mas foi incapaz, e mesmo reforçada com mais elementos, mas sem totalizar mais de 10, a confusão alastrou-se e o ambiente ficou turvo. A vontade de lançar alguns tiros não faltou, mas, perante a pequenada, que, na inocência e vontade de jogar e fazer a festa, acabou tolerando o intolerável, a Polícia manteve o zelo.

 

Aliás, tiro houve sim quando os adeptos de Polana Caniço foram importunar o primeiro fiscal de linha, David António, contestando mais uma decisão da arbitragem. Consta-nos que alguns dos adeptos de Polana Caniço teriam, ainda no decurso do jogo, arrancado algemas à Polícia, quando este tentava imobilizar um dos mentores da confusão.

 

AFINAL ÁRBITRO VALIDOU GOLO

 

A possibilidade de abordar o árbitro da partida pela Imprensa foi nula devido à insegurança que se instalou no recinto. A nossa Reportagem conversou com o chefe do departamento técnico da Associação Bebec, David Mandlate, e este disse que o juiz da partida validou o golo de início.

 

Segundo Mandlate, a informação segundo a qual o árbitro validou o golo depois da pressão dos adeptos de George Dimitrov é da autoria dos adeptos da Polana Caniço. Mandlate disse, por outro lado, que a decisão sobre a remarcação do jogo e tudo quando aconteceu no sábado será feita esta tarde após a reunião técnica da comissão gestora da competição.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:02
 O que é? |  O que é? | favorito
Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
15
16
17
23
24
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO