Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Segunda-feira, 18 DE Janeiro 2016

 

 

A PISCINA Olímpica do Zimpeto acolhe esta manhã o Torneio de Escolas e “Masters”, um evento promovido pela Associação de Natação da Cidade de Maputo.

 

No que diz respeito às escolas de natação, é objectivo do torneio dar aos alunos a oportunidade de aprender as habilidades de competição bem como a possibilidade de os técnicos avaliarem o trabalho de formação que desenvolvem, para além de promover e proporcionar o convívio entre os alunos das diferentes escolas de natação da capital.

 

No torneio serão movimentadas provas envolvendo pré-iniciados, iniciados, infantis e juvenis e escalões mistos. Os nadadores participarão agrupados por séries, de acordo com o escalão etário e sexo, bem como poderão participar em todas as provas do programa referente ao seu escalão.

 

No que respeita a “Masters”, o evento abre espaço para aqueles que pretendem, através da modalidade, melhorar a sua condição física (os não federados) e todos interessados em representação das escolas de natação e clubes desportivos. Nesta categoria, que envolve os não federados, tanto os masculinos como os femininos, estarão integrados num escalão único.

 

Haverá ainda o movimento dedicado à recreação para idades de juniores e seniores.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:53
 O que é? |  O que é? | favorito

 

JOGAM-SE esta manhã e logo à tarde, no campo do Aeroporto “B”, as meias-finais da XXVII edição do Torneio de Futebol Infanto-Juvenil, vulgo Bebec, ao nível da cidade de Maputo.

 

As meias-finais de hoje, que não contam com o campeão em título (FPLM), em masculinos, têm a prerrogativa de poder trazer um campeão inédito, em virtude da presença de algumas revelações.

 

Mas está confirmado que a final masculina será entre um dos já detentores do título e uma equipa revelação. Isto porque George Dimitrov, que contabiliza dois títulos, terá pela frente Inhagóia, que almeja o segundo título, a partir das 9.00 horas.

 

George Dimitrov foi o responsável pelo afastamento vergonhoso do campeão FPLM, ao aplicar-lhe a goleada de 7-0. Já o Inhagóia afastou, com muitas dificuldades, Malhangalene, por 1-0.

 

A outra meia-final será entre equipas de bairros que aparecem pela primeira vez nesta fase. O Polana-Caniço, que procura o primeiro título, discutirá o acesso à final com Munhuana a partir das 15.00 horas.

 

Para chegarem a esta fase Polana-Caniço eliminou Mavalane por 8-7, na marcação de grandes penalidades, enquanto Munhuana goleou Mahotas por 4-1.

 

Tal como em masculinos, as meias-finais de femininos contam com a presença de algumas revelações. Trata-se de Nsalene e Unidade 7. Nsalene mede forças com o campeão em título, Polana-Cimento, a partir das 14.00 horas. A Unidade 7 defronta, por sua vez, Aeroporto, às 8.00 horas.

 

Para chegarem a esta fase Nsalene e Unidade 7 eliminaram Polana-Caniço e Laulane pelo mesmo resultado de 1-0. Enquanto isso, Polana-Cimento e Aeroporto afastaram Inhagóia e Malhangalene, respectivamente por 1-0 e 3-0.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:37
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A POLITÉCNICA e Costa do Sol lideram o Torneio de Abertura de Basquetebol em seniores masculinos e femininos, respectivamente, rodadas que já foram três jornadas.

 

A Politécnica, com cinco pontos, mais um que o Ferroviário, conservou a vantagem, mesmo tendo perdido com o Maxaquene por 74-59. No entanto, ficou pressionado, já que os “locomotivas” venceram o Costa do Sol, por 76-45, e estão em boa posição para ascender à liderança, já que têm um jogo a menos.

 

Em femininos o Costa do Sol entrou para 2016 com uma vitória expressiva sobre o Desportivo, 69-25, mantendo-se intacto no comando. As “canarinhas” ficaram ainda mais folgadas, visto que beneficiaram da derrota da A Politécnica, segunda classificada, diante do Maxaquene, por 76-45.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:10
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A Autoridade Tributária de Nampula (AT) e Aliança de Maputo sagraram-se campeões nacionais de voleibol em seniores masculinos e femininos, respectivamente.

 

Para conquistarem o referido título, a Autoridade Tributária venceu, ontem, a Académica "B" por , 3-0, com os parciais de 25-20/25-19 e 25-14, mesmo resultado alcançado na partida de quinta-feira entre Aliança e UP de Maputo , mas com os parciais de 25-10/25-16 e 25-11. Portanto foi de forma algo folgada que as duas equipas alcançaram o primeiro lugar da competição que decorria no pavilhão do Desportivo desde domingo.   A AT, que recentemente sagrou-se pela quarta vez consecutiva campeã africana da zona austral, passeou a sua classe diante uma Académica que não teve argumentos para impedir um desaire expressivo.

 

O primeiro "set" ainda arrancou com algum equilíbrio com as duas equipas empatadas a três pontos, mas cedo AT disparou no marcador chegando a estar a ganhar por 19-11. Nuvunga, Belton, Firmino e Luís Miguel pareciam ter molas nos pés dado a sua elevação junto a rede. Muitos saíram das mãos deste quarteto. Contudo, antes dos "nampulenses" selarem a vitória no primeiro "set" houve uma reacção dos "estudantes", sobretudo aquando da entrada de Bonomar que contribui grandemente para que a sua equipa marcasse quatro pontos consecutivo, contudo sem evitar uma derrota por 25-20. O início do segundo "set" foi uma cópia do primeiro com a Académica a dar luta até ao décimo ponto, mas depois a cometer muitas falhas, com principal enfoque para o passe. A defender também entraram numa desorganização total.

 

 

Ficava a impressão que tinham já atirado a toalha ao chão dado as facilidades que davam. Foi com alguma naturalidade que Délcio Soares num remate tenso deu a vitória a AT por 25-19. A equipa treinada por José Efran entrou muito motivada no terceiro “set” face a um adversário já completamente derrotado. O público até pedia que os menos utilizados da equipa de Jossub Jabai entrassem em campo para pelo menos terem uns segundos nesta final que acabou sendo de sentido único.

 

A AT venceu o último set de forma mais folgada, 25-14. Além do título, a AT ficou com os troféus de melhor servidor, rematador e MVP (todos entregues a Aldevino Nuvunga) e melhor bloqueador (Belton). O melhor passador foi Aldo da Aliança, enquanto Manuel Vitorino da  foi eleito melhor defesa. Nos femininos, campeã Aliança, juntou a sua vitrine o troféu de melhor ressaltadora entregue a Vanessa. Juliana da UP de Nampula foi a MVP e ainda eleita melhor defesa. Elisa da Polana foi eleita melhor passadora, Maló da Académica a melhor bloqueadora e Calucha da UP de Nampula a servidora. Nos escalões de formação o título foi para as seguintes equipas. UP de Nampula (juniore

 

s masculinos); Polana (juniores femininos); Hulene Sports (juvenis masculinos) e Polana (juvenis femininos).

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:54
 O que é? |  O que é? | favorito

 

HÁ muitos anos que a preferência das equipas moçambicanas, sobretudo as que participam na prova máxima do futebol nacional, o Moçambola, tem sido de realizar estágios em países vizinhos, sendo África do Sul e Suazilândia os destinos mais frequentes.

 

A preparação para a época 2016 não foge à regra, na medida em que o Maxaquene seguiu ontem para África do Sul e o campeão nacional, Ferroviário de Maputo, atravessará a fronteira na quarta, à “caça” de entrosamento e ritmo competitivo.

 

O Maxaquene está desde ontem na cidade de Joanesburgo. Naquela cidade vizinha a equipa “tricolor” efectuará um estágio de duas semanas, onde a componente física será a mais privilegiada, uma vez que no início da época, e depois de um período de férias de cerca de dois meses, é preciso queimar as calorias. Além da componente física, Chiquinho Conde procura criar entrosamento entre os jogadores, sobretudo os reforços, que precisarão de algum tempo, como é natural, para assimilarem os processos de treino e de jogo. Para uma melhor percepção da evolução da integração dos jogadores dentro do sistema de jogo a equipa tricolor fará alguns jogos de controlo, não estando ainda definidos os adversários.

 

 

À semelhança do Maxaquene, os “locomotivas” irão, na Suazilândia, afinar a “máquina”, sabendo que o seu tempo de preparação até ao primeiro jogo oficial é muito mais curto. É que na condição de campeão, o Ferroviário disputará na primeira semana de Fevereiro (dia 7 ou 8) a Supertaça, diante da Liga Desportiva de Maputo, e no fim-de-semana seguinte entra em acção na pré-eliminatória da Liga dos Campeões Africanos defrontado o Mochudi Chiefs do Botswana.

 

Carlos Manuel (Caló) terá que acelerar com os treinos para que os seus jogadores estejam em condições de disputar os referidos compromissos. Na cidade suázi de Mhlume os campeões nacionais têm agendados cinco jogos diante de equipas locais. Serão cinco oportunidades que Caló terá para ir corrigindo as lacunas num espaço de 10 dias, tempo que a formação nacional permanecerá naquele país vizinho.

 

Com viagem definida para Joanesburgo, a 6 de Fevereiro, está o Ferroviário da Beira. É o terceiro ano que os beirenses estagiam na capital económica da África do Sul e, diga-se, os resultados têm sido satisfatórios, visto que nas competições internas têm dado conta do recado, com duas Taças de Moçambique conquistadas em anos anteriores, tendo no transacto sido finalistas vencidos.  

 

A Liga Desportiva de Maputo também pode estagiar fora, algo que deve ser confirmado na próxima semana. O Costa do Sol e Desportivo de Maputo já confirmaram que farão toda a preparação em território nacional.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:21
 O que é? |  O que é? | favorito

 

FALECEU na noite de sábado, em Nampula, a pugilista moçambicana Rosa Maria Manuel, vítima de doença prolongada.

 

Nascida a 19 de Outubro de 1988, Rosa Manuel, como era carinhosamente tratada no ambiente do pugilismo nacional, iniciou a sua carreira desportiva em 2004, na Academia Bebe Issufo, em Nampula, onde viveu até à sua morte.

 

Aliás, dados em nosso poder indicam que a malograda foi a primeira mulher moçambicana a engrenar no boxe, tendo ao longo da sua carreira conquistado nove medalhas, sendo cinco de ouro, uma de prata e três de bronze.

 

Na sua carreira, Rosa Manuel envergou a Selecção Nacional por duas ocasiões, uma das quais na deslocação à Namíbia, para além de ter estado nos Jogos Africanos de Maputo, em 2011, embora não tivesse combatido pelo facto de não ter havido boxe feminino.

 

Entretanto, em 2008 frequentou, com sucesso, o curso de professorado, tendo em 2009 começado a leccionar na Escola Primaria de Napipine de Nampula.

 

Portanto, neste momento de dor a Redacção Desportiva deste Jornal apresenta à família enlutada, em particular, e aos desportistas, em geral, as mais sentidas condolências.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:09
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O COSTA do Sol, já consagrado campeão da Liga Nacional de Futebol Feminino,  fechou ontem a sua participação com um triunfo de 4-1, em casa, sobre a União Desportiva de Lichinga, na 14.ª e última jornada.

 

As “canarinhas” tiveram um percurso convincente, vencendo 13 jogos e apenas um empate a uma bola diante do Muelé de Inhambane, terminando a prova com 40 pontos.

 

Como já era previsível, o Costa do Sol dominou todo o encontro, tirando a UD de Lichinga qualquer hipótese de discutir o jogo. As “canarinhas” ganharam por quatro bolas, mas poderiam ter marcado muitos mais golos, pois desperdiçaram inúmeras oportunidades. Aos 24 minutos a equipa treinada por Ismael Agi fez o primeiro golo por intermédio de Amélia na sequência de um livre directo. No entanto  este foi um golo inexistente, já que a bola após bater na trave não chega a entrar como julgou a  árbitra do encontro. Um erro crasso da juíza. Antes desse lance polémico  a turma “canarinha” já tinha estado por três vezes perto de marcar por Talita, Sarita e Song. 0 4x3x3 funcionava na perfeição, com Inês e Sarita a fluírem bem pelas alas. Foi numa dessas rápidas jogadas que ampliou o resultado para 2-0, com Talita a não perdoar na cara de Tucha. Estavam jogados 37 minutos.

 

O Costa do Sol, com um resultado tranquilizador, foi para a segunda parte à procura da goleada. A sua atitude ofensiva foi materializada em golo aos 62 minutos. Ninica, que tinha entrado para o lugar de Song, fez o 3-0 através de um remate fortíssimo. A festa das “canarinhas” não ficou por aí, já que sete minutos depois Inês atirou para o 4-0.

 

A turma treinada por Jissafone Bonomar ficou completamente arrumada e rendida à superioridade evidente das “canarinhas”. Mas, aproveitando algum relaxamento das campeãs, as meninas de Lichinga chegaram, na marcação de um penalte, ao golo de honra a castigar falta de Amélia sobre Cina aos 90 minutos. Chamada a converter, Natalina não perdoou.

 

FICHA TÉCNICA

 

ÁRBITRA: Ema Novo, auxiliada por Olinda Augusto e Elina Marques. Quarto árbitro: Simão Guambe.

 

COSTA DO SOL:  Susu; Pequena, Amélia, Marta e Aurora; Sarita (Fidélia) Goia, Amália (Célia) e Inês; Song (Ninica) e Talita.

 

UD DE LICHINGA: Tucha; Nazária (Agnes), Célia (Mariamo), Cina, Quitéria, Nélia, Delice, Elisa (Elsa) Virgínia; Paulina e Natalina.

 

Disiciplina: Amarelo para Talita e Amélia.

 

IVO TAVARES

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:54
 O que é? |  O que é? | favorito
Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
15
16
17
23
24
30
31
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO