Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 13 DE Janeiro 2016

 

O MAXAQUENE iniciou na manhã de ontem, no Estádio Nacional do Zimpeto, os trabalhos de preparação da época futebolística-2016 sem grandes novidades, numa altura em que os restantes clubes do Moçambola já exibem o músculo com alguns reforços de renome.

 

Os “tricolores” ainda não acertaram os números com alguns dos jogadores mais valiosos, com destaque para o nigeriano Luckman, cujo contrato cessou em Dezembro e subiu a fasquia para a renovação do mesmo. Luckman, com quem o Maxaquene continua a sonhar, está à procura da melhor proposta nalguns dos grandes clubes do Moçambola, tais como Ferroviário, Costa do Sol e Liga Desportiva.

 

Portanto, nenhum nome sonante consta das novas aquisições confirmadas ontem. Trata-se do guarda-redes Abrão (ex-Textáfrica), Dangalira (ex-Ferroviário de Maputo), Mauro (ex-HCB), Machaua (ex-Ferroviário de Nampula) e Eduardo (ex-Incomáti). O guarda-redes Guirrugo que estava emprestado ao ENH regressa às hostes “tricolores”.

 

O Maxaquene está em conversações com mais três jogadores cujos nomes não revelou. Mas, apesar de algumas perdas de vulto – saíram Nelsinho, Michael, Rachide, Mauro e Moniz, enquanto o guarda-redes Sozinho foi dispensado – os “tricolores” mantiveram grosso modo de jogadores que integraram o plantel do ano passado.

 

Trata-se dos guarda-redes malawiano Simplex, de castigo até Junho, e Basílio que ascendeu para a equipa sénior. No sector defensivo: Zabula, também de castigo até Junho, Butana, Mayunda, Nito, Bernardo, Nelson, Madonado e Bruno; no meio campo: Wisky, o nigeriano Ockan, Talapa, Fachi e Danilo; no ataque: Isac e Tobias.

 

Entretanto, o guarda-redes Simplex e o nigeriano Ockan não se apresentaram ontem. O “keeper” malawiano é esperado próxima semana, enquanto Ockan, com mais um ano de contrato, é aguardado hoje.

 

ESTÁGIO EM JOANESBURGO

 

O Maxaquene vai estagiar, a partir da próxima semana, em Joanesburgo, na vizinha África do Sul, depois de uma semana de trabalho de oxigenação para a recuperação física de jogadores. Os “tricolores” cumprirão um estágio de sensivelmente 12 dias para a definição do plantel.

 

Os trabalhos que ontem se iniciaram durarão sensivelmente mais de uma semana, tendo como palco o Estádio Nacional do Zimpeto, seguindo-se o estágio para o fortalecimento do grupo de trabalho.

 

A sessão de ontem foi caracterizada por um trabalho misto, com a exploração da componente física e dos aspectos técnico-táctico, com uma “peladinha”. Esta será a tónica dos trabalhos desta fase inicial, enquanto, durante o estágio, o Maxaquene vai para além de cultivar o espírito do grupo e aperfeiçoar as três componentes (físico-técnico-táctico), vai realizar alguns jogos de rodagem.

 

“CANARINHOS” SÓ PENSAM NO TÍTULO

 

ALGUNS dos reforços do Costa do Sol, entrevistados pelo Notícias, só pensam em títulos esta temporada, que lhes fogem desde 2007. Aliás, os “canarinhos” perderam algumas das suas “pedras” fulcrais, mas em contra partida reforçaram-se com jovens ambiciosos com quem contam para atingir os objectivos que a direcção traçou para este ano, com destaque para o Moçambola e a Taça de Moçambique.

 

É um clube com história– afirma Aguiar -

 

 

AGUIAR saiu da HCB para abraçar um nova experiência no Costa do Sol e espera fazer uma época positiva. “Aceitei vir para o Costa do Sol sem pensar duas vezes. É um clube com ambição de ganhar troféus e vou deixar tudo de mim em campo para que seja campeão,” comentou.

 

Aguiar, defesa central, conta jogar mais vezes na sua posição depois de na época passada ter sido opção no lado direito da defesa. “Vim para o Costa do Sol com o objectivo de relançar a minha carreira a defesa central. Vinha jogando a defesa direito e pretendo este ano recuperar o meu lugar e dar alegrias ao clube com bons jogos”, afirmou.

 

Dei um salto enorme - assegura Jonas

 

 

 

DEI um salto enorme na minha carreira. Do Ferroviário de Nacala, um clube que luta pela manutenção, saio para o Costa do Sol, um dos potenciais candidatos ao título. Estou muito feliz por isso”, afirma Jonas.

 

Jonas, ex-Ferroviário de Nacala, diz estar consciente de que as responsabilidades nos “canarinhos” são acrescidas. “Sei que num clube da dimensão do Costa do Sol, as exigências são bem maiores. Terei que me esforçar mais, até porque a concorrência por um lugar na baliza é mais apertada. Prometo dar tudo para continuar a ter a confiança do “mister” Sérgio Faife, que na época passada foi meu técnico no Ferroviário de Nacala”, frisou.

 

 

Venho para ser campeão - afirma Lalá

 

VENHO para ser campeão. Este foi uma das principais razões que me fizeram aceitar o convite para representar o Costa do Sol”, disse Lala.

 

O avançado do ex-Desportivo de Maputo afirma que a direcção “canarinha” apresentou um projecto ambicioso. “Além de ser um clube que luta para ser campeão, no Costa do Sol encontrei uma casa organizada, comandada por bons profissionais. Existem bases sólidas para que cresça como jogador e dê quem sabe o salto para Selecção Nacional”, arrematou.

 

Lala disse que tudo fará para ajudar os “canarinhos” a conquistarem títulos. “Fui contratado para fazer golos e é nesse aspecto que vou-me centrar. Vou trabalhar dia-a-dia para fazer golos”, sublinhou.

 

MUSTAFA

 

 

Volto para minha posição

 

MUSTAFA sente-se muito motivado pelo facto de estar num clube em que conta voltar a ocupar a posição de médio defensivo “trinco”, depois de ter jogado durante quatro épocas na Liga adaptado à defesa direito. “Estou feliz por ter assinado pelo Costa do Sol, o treinador conta comigo para jogar a trinco, minha posição de raiz. Sinto-me à vontade a actuar nesta zona e por isso conto evoluir e até jogar mais vezes”, avança Mustafa.

 

Mustafa afirma que quer continuar a conquistar títulos. “Na Liga fui feliz e no Costa do Sol estão criadas as condições para continuar na senda dos bons resultados. É um crónico candidato ao título e como tal, o objectivo é vencer todas as competições internas em que participa”, disse.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:55
 O que é? |  O que é? | favorito

 

O TREINADOR da Selecção Nacional de Futebol, Hélder Muianga (Mano-Mano), e o “capitão” Elias Pelembe (Dominguez) votaram em Messi para melhor futebolista do mundo.

 

Para Mano-Mano e Dominguez, o extremo português Cristiano Ronaldo foi a segunda opção.

 

No que diz respeito ao terceiro mais votado, o seleccionador nacional causou alguma surpresa ao votar no avançado polaco do Bayern de Munique, Lewandowski, deixando Neymar de fora das escolhas para o pódio. Dominguez elegeu Neymar como terceiro melhor jogador do mundo.

 

 

 

A dupla moçambicana deu assim o seu contributo para que Messi fosse eleito pela quinta vez consecutiva melhor jogador do planeta do futebol.

 

Refira-se que tem direito a voto na eleição do melhor futebolista do mundo, o seleccionador e o “capitão” de cada selecção do seu país.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:25
 O que é? |  O que é? | favorito

 

AS eleições para presidente da Federação Moçambicana de Patinagem (FMP) terão lugar no próximo mês de Fevereiro, segundo informou o presidente da Assembleia-Geral, Lucas Chachine.

 

As eleições vão decorrer ainda este ano. Será no próximo mês de Fevereiro”, assegurou Lucas Chachine, sem no entanto adiantar a data exacta.

 

De referir que o escrutínio já devia ter acontecido em Dezembro do ano passado, logo a seguir ao da Associação de Patinagem da Cidade de Maputo (APCM), que resultaram na escolha de Nelson Mondlane como novo “comandante” da patinagem na capital, mas por estar em cima da quadra festiva já não foi possível a sua efectivação.

 

Nicolau Manjate é o actual presidente da FMP, tendo cumprido o mandato de 2011-2015, sendo que está aberta a possibilidade de se recandidatar a mais um.

 

Entretanto, Nicolau Manjate, actual presidente da Federação Moçambicana de Patinagem (FMP), assumiu que vai se recandidatar a um segundo mandato.

 

Manjate manifestou a vontade de continuar ao leme da patinagem por mais quatro épocas (2016-2020), por entender que ainda é preciso dar continuidade a alguns projectos que ainda estão numa fase inicial.

 

Vou me recandidatar a presidente da Federação Moçambicana de Patinagem, pois entendo que fizemos um trabalho muito positivo nos primeiros quatro anos (2011-2015) e é preciso dar continuidade. Não podemos abandonar o barco neste momento. Eu em conjunto com o meu elenco temos metas a cumprir”, disse.

 

Caso seja reeleito o presidente da FMP avança as áreas primordiais que irá atacar. “Vamos claramente dar continuidade ao trabalho na formação. Pretendemos estender os escalões inferiores para outros pontos do país. No fundo queremos criar condições para a realização de um Campeonato Nacional. A cidade de Quelimane tem um número aceitável de praticantes e podemos contar com eles. Depois é preciso reactivar a modalidade em outras cidades, caso de Tete e Nampula”, avançou, acrescentando que “iremos consolidar a parceira com o Sport Lisboa e Benfica, implementar de forma oficial a prática de outros estilos de patinagem, como é o caso da corrida de patins e continuar a elevar a imagem da Selecção Nacional de hóquei em patins.

 

Até este momento Nicolau Manjate é o único candidato a ocupar a “cadeira” de dirigente máximo da modalidade no país.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 08:57
 O que é? |  O que é? | favorito
Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
15
16
17
23
24
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO