Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quinta-feira, 09 DE Julho 2015

COCA.jpg

 

A SEXTA jornada do Torneio de Futebol sub-17, vulgo copa Coca-cola, ficou marcada por algumas surpresas e equilíbrio na capital do país.

 

A Escola Secundária Quisse Mavota, campeã em título, perdeu diante da frágil Comunitária Santo António da Malhangalene. A Noroeste I agravou a crise ao perder, por 2-0, diante da Noroeste II.

 

A Eduardo Mondlane continua invicta e líder da tabela depois de vencer a Josina Machel, por 3-0. A Eduardo Mondlane de Xitlhango foi goleada, por 3-0, pela Heróis Moçambicanos.

 

 Num jogo muito pobre, a Lhanguene Piloto, por 1-0, diante da Mateus Sansão Muthemba, último classificado da tabela classificativa.

 

Na província de Maputo, Infulene e Bonifácio Gruveta não foram para além de um nulo, o mesmo resultado verificado no jogo entre a Ana Mogas e Namaacha.

 

 Entretanto, a Matola aplicou uma goleada de 4-0 ao Instituto Industrial da Matola. A Gwaza Muthini cilindrou Colégio Aboobacar, por 5-0, e a Mahlampsene bateu o ISTEG, por 3-1.

 

Em Gaza, a Tavene, depois de ter derrapado na jornada anterior, recebeu e venceu a Patrice Lumumba, por 1-0. A Inhamissa derrotou a 1.o de Janeiro pelo mesmo resultado. A Chicumbane venceu a Joaquim Chissano, por 3-1. A Xai-Xai bateu a Chipenhe, por 3-0. A Julius Nyerere e Bungane empataram a duas bolas.

 

Na província de Inhambane, a 3 de Fevereiro bateu e convenceu o Instituto Industrial Comercial Eduardo Mondlane, por 5-1. A Acordos de Lusaka e Muelé empataram sem abertura de contagem.

 

A SOS derrotou a 1.o de Maio de Chicuque, por 3-2. A Tomás Ndunda perdeu com Emília Dausse, por 1-2. A Chambone e Morrumbene empataram sem golos.

 

Em Manica, a Soalpo venceu a Samora Machel, por 4-0. A Marra derrotou a 7 de Abril, por 1-0. A líder Eduardo Mondlane venceu a Paulo Samuel Kankhomba, por 2-1. A Macome sucumbiu diante da Vanduzi, por 3-5. A 16 de Junho derrotou a Vila Nova, 3-1.

 

Tete protagonizou a jornada mais produtiva com muitas goleadas pelo meio.

 

 A Chingodzi viu-se humilhada pela Tete, por 0-7. A Francisco Manyanga cilindrou a EPC de Canogola, por 8-1.

 

A SOS derrotou a João Somane, por 3-1. A Miniarte empatou sem golos diante do Instituto Industrial Comercial Mártires de Mwiryamu. O Instituto Industrial de Matundo e EPC Mateus Sansão Mutemba empataram a uma bola.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:10
 O que é? |  O que é? | favorito

lurdes e tenis.jpg

 

MAPUTO poderá acolher o circuito regional de ténis de sub-18 em Setembro, estando neste momento a equacionar a possibilidade depois de ter sido apresentada a proposta para o efeito pela Confederação Africana da modalidade (CAT), ao avaliar positivamente o nível de organização dos eventos que o país tem estado a registar nos últimos tempos.

 

A ideia foi reforçada na reunião da Zona IV, de que Moçambique faz parte, havida há dias em Gaberone, cuja principal agenda foi aumentar cada vez mais o número de torneios regionais de modo a permitir maior rodagem dos atletas dos países integrantes.

 

Aliás, a zona defende que não se deve continuar a esperar pelos circuitos regionais sob tutela da CAT e da federação internacional (ITF), mas sim haver empenho por parte dos países para que mais eventos aconteçam ao nível da região, para além de cada vez mais disseminação da modalidade.

 

Apenas Moçambique e Botswana são actualmente destacados a acolher eventos na região pela CAT e ITF e a zona quer que os eventos sejam alargados a outros países e que haja rotatividade.

 

EQUACIONA-SE TÉNIS SOCIAL

 

A Federação Moçambicana de Ténis (FMT) espera igualmente que o ténis social (padel ténis) seja introduzido no país. Para o efeito, a direcção da FMT participou recentemente num encontro na Espanha, a convite da sua congénere.

 

O “padel ténis” é uma forma continuada de praticar o ténis que nem todos os países estão a seguir. A Espanha promete apoiar Moçambique em infra-estruturas apropriadas e a FMT apresentou o seu projecto de construção de campos de ténis profissional de raiz, em parceria com o Governo, para possível apoio. Mas, tratando-se de ténis social, os espanhóis teriam que apoiar um tipo de infra-estrutura para o efeito, com algo acrescido que os campos normais.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:00
 O que é? |  O que é? | favorito

COMPETICAO.jpg

 

O TORNEIO interescolar de basquetebol na categoria de sub-16, Basket Show, arranca este fim-de-semana na cidade nortenha de Nampula, envolvendo seis equipas masculinas que deverão disputar a prova em oito semanas.

 

chiche.jpg

 

O facto foi dado a conhecer ontem pelo administrador comercial da Mcel, empresa patrocinadora, Cláudio Chiche, no acto do lançamento do Basket Show, versão 2015, a nona edição.

 

Aliás, uma das grandes novidades é que este ano a competição passará a ser disputada nas três regiões do país, sendo que no norte, no caso concreto Nampula, será a primeira a arrancar com a prova, no sábado. Segue-se a zona centro, concretamente a cidade da Beira, cuja competição terá início a 25 do mês corrente.

 

Finalmente, em Maputo a prova terá início a 08 de Setembro, portanto, logo depois dos Jogos Escolares. Segundo Chiche, há um acordo com o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano no sentido de o Basket Show não decorrer em simultâneo com a festa do desporto escolar que terá lugar em Pemba, Cabo Delgado, de 15 a 24 de Agosto.

 

Na cidade de Maputo decorrem neste momento as eliminatórias para a fase final. Dezanove equipas lutam por 12 vagas em masculinos, enquanto 15 lutam por oito lugares em femininos.

 

Cláudio Chiche anunciou, por outro lado, a integração do segundo patrocinador da competição a multinacional chinesa Huawei, vocacionada em soluções tecnológicas, fabrico de telemóveis e operadora de telefonia móvel.

 

Esta empresa irá trabalhar de mãos dadas com a Mcel, até então o patrocinador exclusivo da competição, na premiação das equipas e atletas com telemóveis de alta gama, segundo garantiu o administrador Cláudio Chiche.

 

Destaca-se, por outro lado, o regresso da Televisão de Moçambique (TVM) como canal oficial do evento.

 

É um prazer abraçar um evento nobre

 

huawei.jpg

 

É um prazer enorme ter a oportunidade de se juntar a um evento que encanta a juventude moçambicana, uma competição nobre como o Basket Show. Tudo faremos, na medida do possível, para abrilhantar o evento. Temos de salutar o trabalho desenvolvido pela Mcel nestes nove anos em que está com o Basket Show.

 

Nós encarramos este evento como uma oportunidade de os moçambicanos mostrarem a sua solidariedade e acreditamos que isso irá acontecer. É nossa esperança continuar a ver as facilidades que a Mcel tem criado nos ingressos, com a possibilidade de alguns espectadores levarem consigo material escolar para ter acesso aos jogos. Havemos de aproveitar o evento para organizar as feiras e palestras de saúde, onde iremos falar da malária e outras doenças que apoquentam os moçambicanos”, disse Allen Yao, director-financeiro da Huawei-Moçambique.

 

FAREMOS COBERTURA À ALTURA

 

 “É com imenso agrado que nós, TVM, regressámos como a televisão oficial do Basket Show. Comprometemo-nos a dar alegria aos jovens, não só atletas, mas aos assistentes. Aos parceiros prometemos dar maior visibilidade à vossa imagem. Aos telespectadores dizer que podem contar connosco, pois iremos fazer uma cobertura à altura da dimensão do evento”, afirmou Irina Cumbe, da TVM.

 

AGRADECER A HUAWEI E A TVM

 

O promotor do evento, João Dominguez, congratulou-se com a integração da Huawei no lote dos parceiros do Basket Show e o regresso da TVM como o canal oficial da competição.

 

É uma honra ter parceiros como a mcel e Huawei, mas é também gratificante ver a TVM a regressar à competição. Vamos todos fazer com que este competição seja a melhor e maior, pois tem tudo para o efeito”, disse João Dominguez.

 

Segundo Dominguez, o Basket Show irá decorrer em duas fases, sendo que na primeira as equipas estarão dividias em dois grupos (no caso de Nampula e Sofala) de três cada, apurando-se para a etapa seguinte os dois melhores classificados.

 

A segunda fase será a eliminar, começando nas meias-finais. Na cidade de Maputo teremos três grupos de quatro equipas cada, passando para a fase seguinte oito formações que terão de disputar os “quartos”.

 

Em todas as três zonas a prova terá a duração de oito semanas.

 

EIS AS ESCOLAS APURADAS POR ZONA

 

NAMPULA:Escolas Secundárias de Napepine, Namicopo, Muatala, Nampula, 12 de Outubro e Instituto Criança.

 

BEIRA:Escolas Secundárias da Ponta-Gêa, Samora Machel, Estrela Manhã, Santos Inocentes, América Board e Catedral.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:07
 O que é? |  O que é? | favorito

TACA-in.jpg

 

TEM lugar ao princípio desta noite, em Maputo, o sorteio dos quartos-de-final da Taça de Moçambique/Mcel, a segunda maior prova futebolística nacional.

 

O apuramento à fase nacional completou-se no fim-de-semana, com o Textáfrica a preencher a última vaga na zona centro, depois da vitória sobre o HCB, por 5-4, resultado conseguido na lotaria de grandes penalidades, depois do empate sem abertura de contagem ao fim do tempo regulamentar e do prolongamento.

 

Assim sendo, os “fabris” do planalto juntaram-se aos Ferroviários da Beira e de Quelimane, completando o trio que vai representar a zona centro nos “quartos”.

 

Os outros apurados são a campeã Liga Desportiva, Desportivo de Maputo, Maxaquene e Chibuto, na zona sul, que é a região que, pela sua natureza, leva maior número de equipas para esta fase. O apurado da zona norte é o Ferroviário de Nampula.

 

Entretanto, o sorteio será precedido de uma conferência de imprensa onde os dirigentes e treinadores de cada uma das equipas intervenientes irão tecer declarações a respeito da prova.

 

Salientar que é a partir desta fase que as equipas intervenientes passam a receber premiação monetária disponibilizada pela empresa patrocinadora da prova, neste caso a Mcel.  

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:56
 O que é? |  O que é? | favorito

QUADRANGULAR.jpg

 

A CIDADE de Maputo acolhe, a partir de amanhã até domingo, no Estádio Nacional do Zimpeto, um torneio internacional de boxe no quadro das comemorações dos 40 anos da Independência Nacional que se assinalaram a 25 de Junho.

 

O torneio irá servir igualmente de preparação para os Jogos Africanos Brazzaville-2015, que terão lugar em Setembro, nos quais Moçambique espera amealhar medalhas.

 

As provas que decorrerão em ambos os sexos contarão com a presença de Moçambique, Suazilândia e Zâmbia, países que também aproveitarão a competição para limar as arrestas rumo à grande festa do desporto continental.

 

Provas similares terão lugar nalguns países da Zona IV, sendo que em princípio o nosso país será um dos convidados.

 

Amanhã os combates terão início às 18.00 horas, sendo que no sábado as lutas serão travadas a partir das 17.00 horas. No domingo, dia reservado às finais, os combates terão início as 15.00 horas.

 

A delegação da Zâmbia já está a caminho de Maputo e deverá chegar hoje à capital do país, o mesmo acontecendo com a Suazilândia. Os participantes terão como “quartel-general” a Vila Olímpica.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:33
 O que é? |  O que é? | favorito
Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
18
19
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO