Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 08 DE Julho 2015

open judo.png

 

A SELECÇÃO Nacional de judo conquistou dez medalhas, das quais nove ouro, no Open de Cape Town que terminou sábado.

 

Yanick Martins, na categoria de + 90 kg cadete, foi o que contribuiu com mais medalhas de ouro, quatro ao todo. Marlon Acácio destacou-se nos – 81 kg ao arrebatar três medalhas de ouro, enquanto Kevin Loforte, - 66 kg, amealhou duas nos juniores. Artur Júnior, - 60 kg, ficou com o bronze na classe de cadetes.

 

A participação da equipa nacional, que se fez representar por este quatro judocas, deixou excelentes indicações para o “Africano” da modalidade que decorrerá no Egipto de 20 a 30 de Julho.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:55
 O que é? |  O que é? | favorito

garcia.png

 

A SELECÇÃO Nacional de Basquetebol sénior masculina inicia hoje a sua preparação tendo em vista a participação no Afrobaske, na Tunísia, em Agosto, e Jogos Africanos, no Congo-Brazaville, em Setembro.

 

Os treinos decorrerão, numa primeira fase, em Maputo e complementam-se com dois estágios na Espanha e Turquia. 

 

A preparação começa logo de forma intensa com treinos bidiários até ao dia 18, data prevista para a partida para o estágio pré-competitivo em Valladolid, Espanha, local que serviu de base para os trabalhos com vista à participação nos Jogos Africanos - Maputo 2011 e Afrobasket –Costa do Marfim-2013.

 

Portanto, a equipa que volta a ser liderada pelo espanhol Inak Garcia, ele que regressa após ter causado boa impressão nas duas vezes que dirigiu a equipa nacional, sobretudo nos Jogos Africanos de Maputo quando levou os moçambicanos à conquista da medalha de prata.

 

O treino na cidade espanhola de Valladolid durará cerca de 10 dias, enquanto em Ankara, Turquia, a permanência será de duas semanas.

 

Segundo o presidente da Federação Moçambicana de Basquetebol, Francisco Mabjaia, as condições estão criadas para que o combinado nacional possa cumprir com o programa de preparação e acredita que se assim fôr as metas traçadas para ambas as provas serão cumpridas. “Se conseguirmos pôr em prática o plano de preparação, acredito que os nossos objectivos serão alcançados. As condições para que façamos o estágio estão criadas”, assegurou.

 

De acordo com o dirigente, o objectivo no Afrobasket é a qualificação para os quartos-de-final, sendo que nos Jogos Africanos a fasquia é colocada bem mais acima, visto que passa por igualar a prestação do evento realizado em Maputo há quatro anos, ou seja conquistar a medalha de prata ou até arrebatar a de ouro.

 

No encontro, que serviu também para a apresentação de Inak Garcia, cujo regresso à Selecção já havia sido há muito tempo anunciado, o presidente da FMB não escondeu a sua satisfação por poder contar outra vez com o técnico espanhol que já é uma referência no basquetebol moçambicano. “Inak Garcia é um treinador já bem conhecido em Moçambique. Liderou a equipa nos Jogos Africanos em 2011. É já um conhecedor da realidade do nosso basquetebol. Nesta sua nova caminhada, Inak Garcia será coadjuvado por Horácio Martins e César Mulhui, eles que conduziram a equipa nas eliminatórias de apuramento aos Jogos Africanos e Afrobasket.

 

No sentido de emprestar maior qualidade ao colectivo nacional, Mabjaia diz estar em curso um trabalho de identificação de jogadores, filhos de moçambicanos, que actuem no Continente Europeu. “Estamos a tentar identificar jogadores, filhos de moçambicanos, que joguem fora do país. Caso sejam uma mais-valia vamos convocá-los. Estamos a fazer contactos na Europa e logo que tivermos nomes concretos vamos anunciar. Pedimos a vocês órgãos de comunicação que nos ajudem nesse sentido”, arrematou.

 

 

CONSIDERO-ME PARTE DE MOÇAMBIQUE

 

Será a terceira vez que Inak Garcia orientará a equipa nacional. Na prática será a quarta vez que o jovem técnico dirige uma colectividade moçambicana, se se atender que dirigiu o Maxaquene em 2011 e foi campeão nacional. Portanto, o espanhol já conta com uma larga experiência no básquete moçambicano e sente-se como um peixe na água.

 

Fico feliz por voltar a Moçambique, aliás considero-me parte dele. Estou satisfeito por ver que as condições estão criadas para a Selecção se preparar para ambas as competições”, comentou.

 

O espanhol afiança que a equipa irá dar tudo para cumprir as metas traçadas. “Para nós é uma grande responsabilidade representar o país. Iremos dar tudo, o máximo de nós para cumprir com as metas marcadas pela Federação”, avançou.

 

Falando sobre o grau de dificuldade, aponta o Afrobasket como aquela prova em que as equipas procuraram se reforçar para estarem na máxima força. “Estaremos num grupo forte e depois cruzaremos com equipas também de enorme potencial. Mas numa prova como esta não há equipas fracas. Agora que fique claro que o nosso objectivo é ficar nos oito primeiros lugares e vamos lutar para tal”, frisou, acrescentando que nos Jogos Africanos as equipas não aparecem tão fortes e por isso as hipóteses são maiores. “Nos Jogos Africanos temos que estar na máxima força. As equipas adversárias não se apresentam tão reforçadas. Acredito até na medalha de ouro. Talvez esteja a colocar a fasquia muito acima, mas vamos jogar pela melhor qualificação possível”, afirmou, lembrando que desta vez a Selecção não terá o apoio do público como aconteceu em Maputo 2011.  

 

Eis a lista dos 22 atletas pré-convocados

 

FER. MAPUTO: Octávio Magoliço, Ermelindo Novela, Custódio Muchate, Edson Monjane, Elton Ubisse, Samora Mucavel, Luís de Barros e Manuel Uamusse.

DESPORTIVO: Pio Matos, Amarildo Matos, Augusto Matos, Paulo Sambo, David Canivete e Nelson Jossias.

FER.BEIRA: Ismael Nurmamad, Fernando Mandlate e Armando Baptista.

COSTA DO SOL: Baggio Chimonzo, Aurélio Chiziane e Elton Mazive.

MAXAQUENE: Hugo Martins.

UP: Yuri Chambale.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:35
 O que é? |  O que é? | favorito

escolares sofala.png

 

O DISTRITO do Dondo sagrou-se vencedor da nona edição do Festival Provincial dos Jogos Desportivos Escolares de Sofala que decorreram na cidade da Beira, ao arrecadar maior número de troféus durante o evento que teve a duração de quatro dias.

 

Em três modalidades, nomeadamente andebol, voleibol e xadrez, o distrito do Dondo esteve em primeiro lugar em ambos os sexos.

 

Noutras modalidades a sorte sorriu para os anfitriões que quase dividiram as medalhas com o vencedor ficando deste modo na segunda posição do certame.

 

A cidade da Beira dominou as modalidades de futebol, basquetebol, ginástica, em ambos os sexos.

 

O distrito de Marínguè ficou na última posição, mas teve direito a uma taça por ser a equipa “fair-play” da competição.

 

Falando no encerramento do encontro, o director provincial de Educação e Cultura de Sofala, Pedro Mbiza, em representação da governadora, Maria Helena Taipo, revelou que o evento decorreu num ambiente de verdadeira festa, tendo servido igualmente para a troca de experiência entre os atletas de diferentes pontos da região.

 

Mbiza disse ainda que o evento reforçou o conhecimento dos valores éticos, solidariedade, unidade nacional, trabalho em equipa, auto-estima, o princípio de que perder não é um fracasso e que o desporto não é nenhuma guerra e os adversários não são inimigos.

 

Exortou aos técnicos a trabalharem com seriedade na fase de preparação das selecções desportivas que irão representar a província no Festival Nacional Desportivos Escolares a realizar-se no próximo mês, em Pemba, Cabo Delgado.

 

Estamos satisfeitos pela maneira como decorreu este evento que foi num ambiente de verdadeira festa. Agora queremos felicitar e encorajar a todos os atletas em particular aqueles que foram seleccionados para representar a nossa província na fase nacional para se empenhar cada vez mais durante este período para representar com dignidade a província de Sofala, em Cabo Delgado”, referiu o director de Educação e Cultura de Sofala.

 

A nona edição dos Jogos Desportivos Escolares de Sofala terminou com a seguinte classificação geral: Dondo em primeiro lugar, seguido pelo distrito da Beira, depois Gorongosa, Nhamatanda, Chibabava, Marromeu, Caia, Cheringoma, Machanga, Búzi, Chemba, Muanza e Marínguè.

 

LAITON SIFA

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:58
 O que é? |  O que é? | favorito

nacir.png

 

NACIR Armando já não é treinador do Ferroviário de Quelimane, na sequência dos maus resultados que a equipa vem averbando no Moçambola e a eliminação precoce na Taça da Liga, ao pés do 1.º de Maio.

 

O presidente do Clube Ferroviário de Quelimane, Agostinho Conde, convocou ontem a Imprensa para anunciar a rescisão que considerou amigável do contrato de trabalho que ligava o técnico e os “locomotivas”.

 

O presidente dos “locomotivas” afirmou em breves declarações à Imprensa que Nacir Armando não cumpriu parte significativa dos acordos que constam do seu contrato de trabalho, nomeadamente resultados que levassem a equipa a estar nos melhores cinco classificados da prova.

 

A derrota em casa frente ao 1º de Maio, no último fim-de-semana, referente à Liga BNI complicou ainda mais as coisas.

 

Com efeito, a equipa será orientada internamente por Alamo Suleimane que desempenha as funções de treinador-adjunto.

 

 Na hora da despedida, Nacir Armado disse que não era seu desejo deixar a equipa neste momento, mas, dadas as circunstâncias, teve que se resignar das suas funções. Afirmou que a equipa está bem do ponto de vista físico e psicológico, esperando que se mantenha no Moçambola.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:09
 O que é? |  O que é? | favorito

 

estrela.png

 

O ESTRELA Vermelha assaltou o comando no Campeonato de Futebol da Cidade de Maputo ao vencer, no pretérito fim-de-semana, o Ferroviário das Mahotas, por 2-1, em partida inserida na 11.ª jornada, na qual o seu rival Matchedje foi travado com empate pela Académica (1-1).

 

Aliás, foi graças a este empate que acabou sendo decidido o verdadeiro líder da prova, depois de longas jornadas de partilha do comando entre os “alaranjados” e “militares”. As duas equipas estavam, até à última ronda, igualadas a 22 pontos. Portanto, foi necessário o deslize de um destes que são vistos como os únicos candidatos à conquista do título.

 

Entretanto, a 11.ª jornada, na qual o terceiro classificado, Ferroviário B, ficou de fora, resumiu-se em duas vitórias e igual número de empates. O outro vencedor foi o 1º de Maio, que, com o triunfo sobre o Vulcano (1-0), se aproximou dos lugares do pódio.

 

Enquanto isso, Águias Especiais e a Academia Mano-Mano não foram para além do 2-2, resultado que não mudou em nada a sua situação na tabela classificativa.   

 

FERROVIÁRIO  ASSALTA COMANDO EM GAZA

 

O Ferroviário  de Xai -Xai  "assaltou" a liderança  do Campeonato Provincial de Gaza, destronando a Associação Desportiva do Chókwè (ADC)  mercê da vitória tangencial de uma bola a zero na visita que os "locomotivas" da capital provincial fizeram à ADC, no pretérito final de semana.

 

Com esta vitória, o Ferroviário de Xai-Xai passa a somar 33 pontos, seguido da ADC com 31 pontos.

 

Nos restantes jogos desta que que foi a décima quarta ronda, o 3 de Fevereiro venceu o Clube de Bilene, por 3-0,  enquanto Patrice Lumumba sucumbiu no seu reduto frente ao Teka Mahala, por 4-1.

 

O Clube de Chidenguele e o Estrela Vermelha de Xai-Xai não foram para além de um empate sem abertura de contagem, tendo a formação de Macuácua arrancado uma vitória preciosa na viagem que fez ao terreno do Ferroviário de Mabalane, por 3-1. 

 

SPORTING À FRENTE EM SOFALA

 

O Sporting da Beira assegurou no último domingo a liderança, de forma isolada, ao vencer o histórico Têxtil do Púnguè, por 3-1, em jogo do arranque da segunda volta do Campeonato Provincial de Sofala.

 

Assim, a turma “leonina” passa a somar 24 pontos, mais três em relação ao Têxtil do Púnguè que se mantiveram com os mesmos 21 com que entrou para a jornada.

 

Ainda a contar para mesma ronda, o Estrela Vermelha da Beira sucumbiu, por 2-3, diante do FC da Beira. O Ferroviário “B” bateu o FC Nhamatanda, por 2-0, enquanto as Águias do Dondo empatavam, sem abertura de contagem, com Matchedje da Beira.

 

Com este triunfo, os “locomotivas” isolam-se também no terceiro lugar agora com 18 pontos, mais três em relação à turma alaranjada com quem partilhavam a posição.

 

A primeira jornada da segunda volta foi marcada por uma mancha, a falta de comparência averbada a Agri-Sena de Marromeu, que não se deslocou à Beira para defrontar a Pipeline.

 

BENFICA DE MONAPO EMPATA MAS NÃO CAI

 

A Liga Desportiva de Monapo, ao receber e vencer a turma do Angoche Clube de Desportos, diminuiu para três pontos a diferença pontual com o actual líder do Campeonato Provincial de futebol de Nampula, o Nampulense-2015, beneficiando-se do empate do Benfica também de Monapo, que vai na frente com 21 pontos, em partidas que contavam para a terceira jornada da segunda volta da prova.

 

Com efeito, o Benfica de Monapo, que ainda continua invicto nesta prova, sentiu muitas dificuldades na sua deslocação à cidade de Nampula, onde defrontou o seu homónimo e que lhe impôs um empate a um golo.

 

Noutras partidas, a Transalte de Nacala-à-Velha recebeu e venceu a vizinha formação da Associação Desportiva de Nacala-Porto, por 1-0, o mesmo resultado verificado na partida que envolveu as turmas da Liga Desportiva de Monapo e Angoche Clube de Desportos com a vitória a sorrir para a primeira equipa.

 

O embate entre o Clube de Desportos de Onhipitti e a Casa Issufo FC não se realizou por falta de comparência da segunda equipa que não se fez deslocar à Ilha de Moçambique, onde deveria disputar este jogo que contava para a terceira jornada da segunda volta do “Nampulense”.

 

Assim, na tabela classificativa, o Benfica, da vila autárquica de Monapo, mantém a sua invencibilidade na prova, somando, à entrada da quarta jornada da segunda volta, 21 pontos, seguido pela Liga Desportiva do mesmo município com 18 pontos, que destronou deste lugar o Angoche Clube de Desportos que agora ocupa o terceiro lugar com 16 pontos.

 

Apesar da derrota, a Associação Desportiva de Nacala mantém o quarto lugar com 13 pontos, seguindo-se a dupla Benfica de Nampula e Clube de Desportos de Onhipitti, ambos com dez pontos e a “lanterna vermelha” é a Casa Issufo Futebol Clube.

 

A próxima jornada, a quarta da segunda volta que se realiza no próximo sábado, contempla as partidas Liga Desportiva de Monapo-Casa Issufo FC, Associação Desportiva de Nacala-Clube de Desportos de Onhipitti e Benfica de Nampula-Transalte de Nacala-à-Velha. Já no domingo o líder Benfica de Monapo recebe o Angoche Clube de Desportos.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:57
 O que é? |  O que é? | favorito

laher1.jpg

 

O PILOTO moçambicano, Laher Maciel, encontra-se desde domingo na Bélgica, onde participará na segunda fase da Academia da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e que consiste numa série de competições entre os melhores seleccionados do mundo nas diversas categorias de karting, nas idades que variam dos 13 aos 17 anos.

 

Laher Maciel (15 anos) faz parte de 51 pilotos que participarão nas classificativas para a final, sob olhar de clubes internacionais de renome que pesquisam talentos.

 

O jovem piloto segue para mais um teste ao fim do qual serão avaliadas as suas potenciais qualidades que poderão lhe colocar na rota para a alta-competição. Aliás, a sua escolha pela FIA faz parte do projecto de prospeção de talentos, depois de uma apreciação preliminar favorável deste que é actualmente campeão da classe Max Júnior.

 

Laher Maciel participa hoje dos treinos cronometrados, em Eindoven, a anteceder a apresentação na Academia e o treino de adaptação à pista nos dois dias seguintes. Participará nas classificativas no dia 11, sendo que o dia seguinte será reservado para repescagem e a final.

 

Recordar que a primeira fase da Academia foi em Junho último, em Zuera, na Espanha.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:39
 O que é? |  O que é? | favorito

andebol.png

 

MALHANGALENE e Matchedje entraram a golear na Taça Maputo de Andebol, em seniores masculinos e femininos, respectivamente.

 

O triunfo do Matchedje foi daqueles muito pouco habituais seja em que desporto for. As “militares” atropelaram VBD Sports, por 42-4.

 

Por seu turno, a turma da Malhangalene despachou a Sansão Muthemba, por 30-17.

 

Os jogos Maxaquene-Escola Naútica e Costa do Sol-Matolinhas, em masculinos, e Costa do Sol-Escola Naútica, em femininos, não se realizaram devido a não inscrição dos jogadores dos “náuticos” e Matolinhas. Estes jogos, em atraso, realizam-se no próximo fim-de-semana.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:32
 O que é? |  O que é? | favorito

gestores.png

 

O PRESIDENTE da República, Filipe Nyusi, manifestou a sua indignação perante o estado de degradação em que se encontram as principais infra-estruturas desportivas na cidade de Lichinga, dizendo mesmo que ia tentar perceber melhor o que realmente está a acontecer.

 

A inquietação do Chefe do Estado foi tornada pública num encontro que manteve segunda-feira com os desportistas daquela região do país no âmbito da visita de trabalho que vinha realizando à província do Niassa.

 

Na ocasião, os desportistas acusaram o Conselho Municipal local de não estar a gerir devidamente o estádio municipal, por exemplo, onde os residentes já tiveram muitas alegrias principalmente aquando da passagem do Futebol Clube de Lichinga pelo Campeonato Nacional de Futebol, o Moçambola, em que a equipa deu muita conta do recado, chegando mesmo a ocupar os lugares cimeiros da prova.

 

As outras infra-estruturas que estão a degradar-se cada vez mais são a pista de atletismo construída aquando da realização dos Jogos Escolares e o pavilhão que acolhia jogos de basquetebol.

 

Sobre esta última, uma das atletas que usou da palavra disse mesmo que o pavilhão estava a ser vandalizado. Pediu então ao Chefe do Estado que intercedesse no sentido de ser construído um novo recinto para a prática do basquetebol no Niassa, onde, conforme suas palavras, já nasceram verdadeiras estrelas da modalidade, como os irmãos Manave; Anibal e Aurélia.

 

Outra preocupação apresentada pelos desportistas do Niassa ao Presidente da República está relacionada com os patrocinadores.

 

Os desportistas do Niassa acham que o empresariado local não apoia o desporto, razão pela qual muitos dos talentos que nascem acabam por não prosseguir com as suas carreiras por falta de incentivos.

 

Em resposta, o Presidente da República começou por dizer que ia inteirar-se junto do Governo provincial e do Conselho Municipal sobre o que realmente está a acontecer com as infra-estruturas desportivas na província do Niassa, particularmente na cidade de Lichinga.

 

Não entendemos como é que o Conselho Municipal não tem sensibilidade pelo menos para manter o estádio”, afirmou o Presidente da República.

 

Acrescentou que ia tentar perceber também como é que o Fundo de Promoção Desportiva funciona.

 

No seu entender, o Fundo devia priorizar as regiões onde há mais dificuldades.

 

Por outro lado, o estadista moçambicano afirmou que não gostaria que a província do Niassa se sentisse vítima, mas que se sentisse igual às outras províncias do país.

 

A propósito da intervenção do empresariado, o Presidente da República explicou aos desportistas do Niassa que não era correcto pensarem que é obrigatório as empresas apoiarem o desporto, pelo que encorajou-os  ao associativismo.

 

Temos que sair da caixa. Não há obrigatoriedade de as empresas apoiarem o desporto porque elas já pagam impostos ao Estado. Outra coisa é que muitos clubes falham porque gerem mal os seus recursos”, apontou o Chefe do Estado.

 

ELISEU BENTO

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:16
 O que é? |  O que é? | favorito
Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
18
19
25
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO