Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 19 DE Maio 2015

laher1.jpg

 

Convicção de Laher Maciel, que a partir dos meados deste mês atravessa o Atlântico para o contacto com o profissionalismo no automobilismo. O Circuito Internacional de Zuera, na província castelhana e aragonês Saragoça, na Espanha, é o primeiro palco em que o piloto do ATCM vai correr, antes da formação, ainda este ano, na Academia da FIA. 

 

Desde tenra idade que Laher Payot Maciel mostrou paixão pelos motores e que estes seriam a sua profissão. No seu primeiro contacto com o kart, Laher mostrou garra e ambição em progredir e, como o próprio piloto diz, mesmo ciente das odisseias do desporto motorizado, a meta traçada é a Fórmula 1 (F1).

 

Hoje, aos 15 anos, o piloto que pertence ao Automóvel & Touring Clube de Moçambique (ATCM) já ganhou tudo o que internamente devia ganhar. E é um dado adquirido que vai atravessar o Atlântico para correr em grandes pistas do automobilismo internacional.

 

De malas aviadas para Espanha, onde vai participar no Campeonato Europeu da Fórmula 4 (F4), no Circuito Internacional de Zuera, com os mais destacados pilotos mundiais da sua categoria, Laher não sabe dirigir o seu kart de outra maneira que não seja arriscada, e sabe que cada piloto tem limite e o seu está um pouco acima dos seus concorrentes.

 

O piloto que o jornal desafio lhe fez as honras para esta sua nova aventura, tal como o seu ídolo Ayrton Senna, faz da disciplina o seu lema, da dedicação uma bandeira e da paixão pelo kart um exemplo.

 

Fonte:Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 12:25
 O que é? |  O que é? | favorito

MEDALHADOS.gif

 

 

ESTAMOS orgulhosos pela vossa prestação nas provas internacionais. Fizeram a nossa Bandeira levantar-se em outros lugares do mundo da melhor forma possível.

 

Esperamos que continuem assim”, disse ontem Alberto Nkutumula, Ministro da Juventude e Desportos, na saudação aos atletas de natação, boxe e judo, medalhados nos “Africanos” realizados recentemente.

 

Nkutumula afirmou que o Governo acompanhou com muita atenção a participação dos atletas e frisou que as medalhas conquistadas pertencem a todos os moçambicanos. “O Governo está convosco. Queremos que continuem a honrar a nossa Bandeira para que ninguém duvide que estas vitórias não sejam fruto do acaso. São do vosso desempenho. Estas medalhas pertencem a cada um dos moçambicanos que foram representar lá fora”.

 

O ministro da Juventude e Desportos apelou aos atletas para que continuem a trabalhar com a mesma força. “Quero que continuem firmes. Nós vamos dar sempre o apoio que estiver ao nosso alcance para atingirem o sucesso. Para mais conquistas a nível africano e mundial”, afirmou, ajuntando que discorda daqueles que dizem que o desporto nacional atravessa um mau momento.

 

O desporto moçambicano não está mal, se estivesse mal não teríamos medalhas. Neste mandato queremos que vocês sejam os melhores do mundo, mas para isso é preciso que acreditem em vós”, avançou.

 

Reagindo aos pronunciamentos do presidente da FMN, Fernando Miguel, e do representante do judo, que disseram ter havido algumas dificuldades de logística durante as competições, esclareceu: “dificuldades sempre haverão. Elas fazem parte do nosso dia-a-dia. Temos que estar preparados para as enfrentar. Quem não estiver preparado nunca vai atingir o sucesso”.

 

Refira-se que ao todo foram conquistadas 81 medalhas, sendo que a natação contribuiu com a maior fatia (43) no “Africano” da Zona VI, em Luanda, Angola, este mês.

 

O boxe conseguiu 10 medalhas no Torneio de Pretória também a nível da Zona VI.

 

Já o judo arrecadou 12 medalhas na mesma competição realizada em Março na Suazilândia e ainda este mês conquistou 14 num torneio na África do Sul e ainda duas no “Africano” no Gabão na categoria de katas.  

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:41
 O que é? |  O que é? | favorito

CAMPEAO-2.gif

 

O DESPORTIVO sagrou-se sábado campeão de basquetebol sénior masculino da cidade de Maputo, ao vencer o Ferroviário por 70-63, no segundo jogo da final dos “play-off”.

 

Com esta vitória o Desportivo fez a festa sem ter que precisar de realizar um terceiro desafio, visto que na sexta-feira tinha ganho por 48-39, num pobre espectáculo de basquetebol.

 

O jogo de sábado foi bem melhor. Os índices de finalização melhoraram substancialmente, para o gáudio dos espectadores que ocorreram ao campo do Ferroviário, palco que teve nas bancadas um espectador especial, o Ministro da Juventude e Desportos, Alberto Nkutumula.

 

A equipa “alvi-negra” entrou melhor com três lançamentos triplos certeiros que viriam a ser um tónico motivador para o resto do encontro. No primeiro período saiu a vencer (17-8). Se por um lado os jogadores das “águias” evidenciavam-se, casos de David Canivete, Pio Matos Jr., por outro Ermelindo Novela, que se esperava fosse o municiador do ataque dos “locomotivas”, jogou abaixo das suas capacidades. 

 

Ao intervalo essas diferenças ficavam reflectidas no resultado de 38-22 a favor dos comandados de Bernardo Matsimbe.

 

No terceiro período os treinados de Horácio Martins “acordaram” e conseguiram reduzir para seis os pontos de desvantagem (47-41). O jogo ganhava interesse. Sabia-se que os últimos minutos seriam jogados de forma intensa. O certo é que as “águias” conseguiram assegurar a vantagem e até aumentá-la em mais um ponto, já que fixaram o resultado final em vantagem de sete pontos (70-63).

 

O Desportivo conquista o primeiro título da temporada e ganha um incentivo para atacar o “Nacional”, cujo detentor é o Ferroviário.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:34
 O que é? |  O que é? | favorito

ENGANADOR.gif

 

O HCB venceu, mas sem convencer, o Costa do Sol por 2-0. Foi necessário algum empurrão do juiz da partida, Aureliano Mabote, que assinalou uma grande penalidade muito duvidosa a favor dos “hidroeléctricos”.

 

O lance que originou o duvidoso penalte aconteceu aos 16 minutos da contenda, num passe de Luís para Orlando, tendo este último perdido a velocidade em luta com Gerson, quedando-se de seguida sem que tenha sofrido falta. O árbitro, nas costas dos intervenientes no lance, mandou marcar a grande penalidade, com o auxiliar a ficar indiferente. Porque o árbitro consentiu o seu erro, nem sequer mostrou cartolina amarela e muito menos fez advertência ao alegado infractor. Chamado a cobrar, o pequeno Luís atirou certeiro.

 

O Costa do Sol não cruzou os braços e acreditou na possibilidade de inverter o resultado, tendo remetido o adversário à sua zona mais recuada para defender com unhas e garras o magro resultado.

 

A primeira parte terminou com um sufoco enorme ao HCB e não se esperava bom desempenho da equipa da casa na etapa complementar. Fechou-se com a perspectiva de assegurar o resultado favorito e começou a “queimar tempo” e a simular lesões. Com este cenário, os “canarinhos” lançaram mãos à obra com o objectivo de alterar o marcador. Mas, diga-se em abono da verdade, que a experiência de Swini, guarda-redes do HCB, valeu bastante para evitar o desaire dos caseiros.

 

Contra a corrente do jogo surgiu o segundo golo do HCB, outra vez por intermédio de Luís, que se tem notabilizado em grande forma como o salvador da equipa “hidroeléctrica”, aos 81 minutos.

 

Daí para a frente vimos o HCB a conter a bola e o Costa do Sol a correr na tentativa de diminuir a desvantagem, o que não aconteceu devido à compacta muralha formada pelo técnico Artur Semedo. O jogo acabou e, apesar da vitória, a tristeza era notória nos jogadores, Direcção e técnicos.

 

 FICHA TÉCNICA

 

ÁRBITRO:Aureliano Mabote, auxiliado por Domingos Machava e Adão Tchucane. Quarto árbitro: César Colar

 

HCB: Swini; Rodjer, Mucuapele, Rogério, Aguiar, Payó, Cremildo, Cris, Banda, Luís e Orlando. Jogaram ainda Stélio, Kambala e Mauro.

 

COSTA DO SOL: Soarito; João, Dário, Gerson, Dito, Chimango, Mfiki, Ruben, Daínho, Parkim e Rodrigues. Alinharam ainda Paulo e Nando.

 

ACÇÃO DISCIPLINAR: Cartão vermelho directo a Nando por derrube a Luís.

 

BERNARDO CARLOS

 

RESULTADOS CLASSIFICAÇÃO ACTUAL

 

1.° de Maio de Quelimane-ENH de Vilankulo                          ( 2-1 )

HCB do Songo-Costa do Sol                                                 (2-0 )

Desportivo de Maputo-Ferroviário da Beira                           (0-0 )

Desportivo de Nacala-Ferroviário de Maputo                        (2-1)

Chibuto FC-Ferroviário de Nacala                                         ( 0-1)

Liga Desportiva-Maxaquene                                               (0-1)

Ferroviário de Nampula-Ferroviário de Quelimane                (1-0)

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:28
 O que é? |  O que é? | favorito
  Equipas J V E D P
1 Maxaquene 10 7 1 2 22
2 Liga Desportiva 10 5 4 1 19
3 F. de Maputo 9 4 3 2 15
4 Costa do Sol 9 4 3 2 15
5 F. de Nacala 9 4 1 4 13
6 D. Nacala 9 3 3 3 12
7 F. de Nampula 9 3 2 4 11
8 D. Maputo 9 3 2 4 11
9 HCB Songo 9 3 1 5 10
10 1º de  Maio 9 2 4 3 10
11 F. de Beira 9 3 1 5 10
12 Clube de Chibuto 9 2 3 4 9
13 F. de Quelimane 9 2 3 4 9
14 ENH de Vilankulo 9 2 3 4 9

 

PRÓXIMA JORNADA: 1.° de Maio-HCB; Costa do Sol-Desportivo; Ferroviário da Beira-Desportivo de Nacala; Ferroviário de Maputo-Chibuto FC; Ferroviário de Nacala-Liga; Maxaquene-Ferroviário de Nampula e ENH-Ferroviário de Quelimane.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:24
 O que é? |  O que é? | favorito

INAUGURACAO.gif

 

A CIDADE de Xai-Xai conta desde o último sábado com um ginásio ao ar livre, no quadro do projecto governamental de construção no país deste tipo de infra-estruturas, que são o mais recente conceito de circuitos de manutenção física, onde pessoas de várias faixas etárias podem exercitar-se sem qualquer custo em plena harmonia com a natureza e num ambiente social enriquecedor.

 

A ideia da criação de ginásios ao ar livre é do INADE, que numa primeira fase conta com a parceria da LACATONI e Electricidade de Moçambique. O projecto tem um forte cariz social, visando associar o desporto à saúde para o desenvolvimento da comunidade.

 

O ginásio de Xai-Xai (Gaza) é o quinto no país, depois de os restantes terem sido montados em Tete e Inhambane no ano passado; Quelimane e Pemba, nas províncias da Zambézia e Cabo Delgado, respectivamente, no mês passado.

 

O ginásio ao ar livre tem uma forte componente de marketing social, por visar satisfazer necessidades pouco atendidas actualmente. Faz reduzir os custos dos sistemas de saúde, aumenta a produtividade e melhora o ambiente físico social.

 

Os promotores do projecto “Ginásios ao Ar Livre” defendem que “os benefícios para a saúde geralmente são obtidos através de pelo menos 30 minutos de actividade física cumulativa moderada todos os dias. Este nível de actividade pode ser atingido diariamente através de actividades físicas agradáveis e de movimentos do corpo no dia-a-dia, tais como caminhar para o local de trabalho, subir escadas, jardinagem, dançar e muitos outros desportos recreativos”.

 

Os ginásios ao ar livre são constituídos por nove equipamentos individuais fixos, de tubo galvanizado e lacado com robustez certificada, tendo cada a descrição e instruções de utilização do exercício respectivo.

 

As partes móveis da infra-estrutura funcionam com rolamentos, o que facilita o movimento, sendo estes, em caso de necessidade, de fácil substituição e fácil manutenção.

 

O sistema de fixação é de embutir directo em betão, o que minimiza possíveis actos de vandalismo. Todos os equipamentos possuem certificado de qualidade e têm a assistência especializada da LACATONI, seleccionada como parceiro tecnológico do projecto.

 

GINASIO_0155.gif

 

O INADE, em parceria com os conselhos municipais, pretende pôr à disposição, em espaços públicos pré-seleccionados, um equipamento composto por uma bateria de nove máquinas para exercícios físicos diferenciados para utilização pública a título gratuito.

 

É importante praticar desporto, seja qual for a faixa etária”, destacou na ocasião António Munguambe, director do INADE.

 

Ernesto Chambisse, presidente do Conselho Municipal de Xai-Xai, apelou aos munícipes para a boa utilização e conservação da infra-estrutura.

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:40
 O que é? |  O que é? | favorito
Maio 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
16
17
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO