Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 27 DE Janeiro 2015

 

AS duplas Délcio/Agostinho e Satira/Joaquina, em federados masculinos e femininos, respectivamente, sagraram-se na manhã de domingo campeãs nacionais de vólei de praia.

 

Délcio/Agostinho bateu Litos/Macamo por 2-0 com os parciais de 21/19 e 21/15, enquanto Satira/Joaquina derrotou Amélia/Rezia pelo mesmo resultado, mas com os parciais de 21/19 e 21/17.

 

A avaliar pelos parciais, margens mínimas, pode-se depreender que as finais foram muito disputadas na arena montada na Praia da Costa do Sol.

 

A prova foi novamente dominada pelos voleibolistas maputenses, numa competição onde marcaram presença atletas das províncias de Gaza, Manica e Nampula.

 

Nos jogos de apuramento do terceiro lugar as duplas Manuel/Samson, em masculinos, e Hortência/Celeste, em femininos, bateram respectivamente Costa/Sérgio e Lizy/Fauzia.

 

No que toca à premiação, os primeiros classificados foram agraciados com 15 mil meticais e equipamentos correspondentes a seis mil.

 

Os segundos classificados receberam dez mil meticais e equipamentos correspondentes a quatro mil, enquanto os terceiros foram ofertados cinco mil e mais equipamentos avaliados em três mil.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:53
 O que é? |  O que é? | favorito

DANILO Ragú, falecido há precisamente um ano num trágico acidente de viação na EN-1, foi homenageado sábado na cidade de Chókwè, província de Gaza, no encerramento do torneio de futebol infanto-juvenil que ostenta seu nome.

ragu.jpg

 

O torneio teve como vencedores o Slowear e o Desportivo do Limpopo, respectivamente no primeiro e segundo escalões.

 

Recorde-se que Danilo Ragú era deputado da Assembleia da República e encontrou a morte numa altura em que acabava de participar em mais uma edição daquela festa da pequenada e regressava à capital do país onde residia e trabalhava.

 

Com efeito, mais de 600 jovens da cidade do Chókwè, que desde Dezembro último vinham participando na chamada capital económica de Gaza, marcharam por diversas artérias da urbe evocando o nome de Danilo Ragú, seu ídolo e amigo da pequenada. 

 

Para além da pequenada, o enceramento da competição foi testemunhada por várias figuras ligadas ao desporto, política e outras áreas de actividades.

 

Na ocasião foram distinguidos os atletas que mais se evidenciaram na presente edição, designadamente os dois melhores jogadores, melhores marcadores, e guarda-redes menos batido.

 

A competição contou com um total de 16 equipas divididas em duas séries envolvendo cerca de 500 pessoas, entre atletas, treinadores e delegados.

 

De acordo com Benvindo Chirindza, presidente da Comissão Organizadora do Torneio Danilo Ragú, os jovens da cidade de Chókwè e outros amigos do patrono estão determinados a eternizar esta iniciativa, que contribui para um crescimento são das crianças e sua preparação para os desafios do futuro.

 

Nós como jovens sentimos que temos o dever e obrigação de continuar a promover este tipo de iniciativas como forma de imortalizar o nosso patrono, um legado que exige o envolvimento de todos”, disse Chirindza.

 

Segundo a nossa fonte, devido a problemas financeiros, contrariamente ao que vinha acontecendo nas edições anteriores, o presente torneio se circunscreveu apenas à participação de crianças da cidade de Chókwè.

 

Para a próxima edição, de acordo com garantias que nos foram dadas por Benvindo Chirindza, o Torneio Danilo Ragú irá incluir, pela primeira vez, quatro equipas femininas com integrantes de idades compreendidas entre 10 e 14 anos.

 

Sabe-se, por outro lado, que os melhores 25 atletas saídos desta última competição farão parte da selecção denominada “Danilo Ragú Eleven”, uma equipa a ser filiada no campeonato recreativo local.

 

VIRGÍLIO BAMBO

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:28
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A SELECÇÃO Nacional Sub-23 de Futebol inicia esta tarde a preparação tendo em vista o jogo diante do Uganda, a realizar-se no dia 21 de Fevereiro, a contar para as eliminatórias de qualificação para os Jogos Olímpicos-Rio de Janeiro 2016.

 

Os treinos decorrerão no campo da Liga Desportiva de Maputo e têm início previsto para as 15.00 horas. Será o único treino esta semana, sendo que à medida que se aproxima a data do jogo a preparação irá se intensificar. Na semana que antecede o embate com os ugadenses os “Mambinhas” treinarão de segunda à sexta-feira.

 

A equipa Sub-23 é orientado por João Chissano, técnico dos “Mambas”, que para o efeito convocou 34 jogadores para o início dos trabalhos, mas deverá contar com pouco mais de 20, já que os estrangeiros ainda não estão disponíveis.

 

De referir que de um universo de 34 atletas pré-convocados apenas 18 farão parte da convocatória final para o duelo com o Uganda, motivo pelo qual a equipa efectuará um trabalho minucioso de triagem até que se encontre os que estão em melhores condições.

 

Eis a lista dos 34 pré-convocados:

 

Costa do Sol: Salomão Mondlane, Daniel Mutambe, Elias Licuco, Rodrigues Chereque e César Machava

Maxaquene: Bernardino José, Tobias Davis e Momed Talapa

Estrela Vermelha: Cleyton Nunes e Helvêncio Mate

Desportivo de Nacala: Norberto Marcolino e Osvaldo Sunde

HCB: Germino Eduardo e Luis Miquissone

Ferroviário da Beira: Reinildo Mandava e Gildo Vilanculos

Ferroviário de Nacala: José Silva Jr

Ferroviário de Maputo: Edmilson Ngove; Alexandre Guambe e Eusébio Henriques

Liga Desportivo de Maputo: Leandro Caiado e Naftal Manjate

Desportivo de Maputo: Pedro Dimande, Dércio Matimbe e Hermínio Mussagy

Estrela Vermelha de Xai-Xai: Délio Matine e Júlio Pedro (Frank)

Sport Lisboa e Benfica: Clésio Baúque

União da Madeira: Edson Almeida

Dynamo de Dresden da Alemanha: Gelício Banze

BSV da Alemanha: Jeffrey Constantino

Atalanta FC da Itália: Faizal Bangal

Nacional da Madeira: Witti

 

Fonte:Jornal Noticias

 

publicado por Vaxko Zakarias às 11:22
 O que é? |  O que é? | favorito

 

ZAINADINE e Reginaldo, do Nacional da Madeira, foram os únicos moçambicanos no estrangeiro a conseguirem vitórias no fim-de-semana nos respectivos campeonatos.

 

A equipa madeirense foi a Moreira de Cónegos vencer o Moreirense por 3-2, numa partida bastante renhida e decidida em cima do minuto 90, com um golo de Rondon, que deu o triunfo aos “alvi-negros”.

 

Foi a terceira vitória consecutiva da equipa dos moçambicanos na Liga Portuguesa, o que confirma o bom momento dos madeirenses, que neste momento somam 21 pontos, em 12.º lugar, volvidas 18 jornadas.

 

SIMÃO PERDE NO EL-MADRIGAL

 

Na Espanha a vida tornou-se ainda mais difícil para o levante UD, onde evolui Simão Mathe Jr. A equipa valenciana perdeu diante do Villarreal por 1-0, atrasando-se ainda mais na corrida pela manutenção.

 

Com a derrota, Simão e companhia somam apenas 16 pontos em 20 jogos, o que lhe confere o modesto 19.º lugar.

 

O Levante está longe de fazer uma campanha com o brilharete que teve na época transacta. Apenas o Granada, que ocupa o último lugar, é que está pior que a equipa do internacional moçambicano.

 

MEXER GOLEADO

 

Cá se faz e cá se paga! - diz o velho ditado. O Rennes de Mexer foi goleado pelo Caen por concludentes 4-1, isto depois de a equipa do internacional moçambicano ter cilindrado este adversário na primeira volta da Liga francesa por 6-2, tendo, na ocasião, o central marcado dois golos.

 

A vingança foi servida a frio, é assim como se pode dizer. Perante os seus adeptos, o Rennes não foi capaz de evitar um resultado estrondoso que o fez cair na 10.ª posição, com 30 pontos, em 22 jogos na Ligue 1, que é actualmente liderada por Lyon com 48 pontos.

 

O resultado coloca a equipa do central moçambicano cada vez mais longe dos lugares que dão acesso às competições europeias.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:48
 O que é? |  O que é? | favorito

 

EMPRESÁRIOS, dirigentes e singulares aderiram em massa à iniciativa da Associação dos Veteranos de Moçambique (AVM), em colaboração com o Município da Matola, com vista à angariação de apoios em solidariedade para com as vítimas das cheias e dos afectados pelo incidente que ceifou, por envenenamento, vidas humanas em Chitima, província de Tete.

 

A iniciativa da AVM consistiu num jogo de futebol entre os veteranos da Selecção Nacional, os “Mambas”, e uma equipa do município da Matola, sábado, no campo da Liga Desportiva de Maputo, e serviu de pretexto para a colecta de apoios (donativos) a serem canalizados aos afectados pelas tragédias.

 

A intenção acabou sendo bem sucedida, pois foi muita gente que acorreu ao campo da Liga para deixar um e outro bem, destacando-se géneros alimentícios e vestuário.

 

A empresa CMC, representada pelo director de Administração e Finanças, Giuseppe Randazzo, bem como a Federação Moçambicana de Futebol (FMF), são algumas das instituições que deram maior contributo, com géneros alimentícios e bolas.

 

O vice-presidente da FMF para Administração e Finanças, Saíde Júnior, disse que o sofrimento das populações vitimadas não impede que as crianças brinquem, daí a razão da oferta, para além de alimentos, de 15 bolas para a pequenada.

 

Este é um gesto simbólico da FMF, em nome de todos os futebolistas do país, para minorar o sofrimento dos nossos compatriotas. Apesar deste sofrimento, as crianças têm o direito de brincar. Por isso trouxemos bolas”, elucidou.

 

 

O Município da Matola deu igualmente a sua colecta, que resultou da contribuição dos amigos da urbe, depois de uma mobilização levada a cabo localmente. Trata-se de quantidades enormes de bens alimentícios.

 

Falando sobre o assunto, o presidente da urbe, Calisto Cossa, destacou que a solidariedade foi sempre a marca dos moçambicanos para louvar a grande quantidade de apoios angariados localmente. 

 

Fomos batendo portas dos nossos amigos e conseguimos juntar estes apoios e acreditamos que chegarão ao destino”, disse Calisto Cossa.

 

O presidente da AVM, Bernardo Howana (Naldo), por seu turno, justificou que a iniciativa surgiu dos futebolistas e assegurou que vai escalar outros locais.

 

Sentámos e vimos que devíamos fazer alguma coisa em solidariedade para com as vítimas das cheias e de Chitima, e para dar azo à iniciativa coordenámos com o Município da Matola para a realização de um jogo entre as equipas de veteranos e da urbe. Convidámos empresários e sensibilizámos a todos interessados a se envolverem nessa acção humanitária. As pessoas ficaram receptivas e o que apelamos é que afluíssem para apoiar àqueles que estão neste sofrimento terrível. A nossa expectativa foi de que todo o moçambicano se aproximasse e desse um pouco do que tem e sentimos que a iniciativa foi correspondida”, frisou.

 

Naldo disse, adiante, que dentro de uma semana ou duas a Associação dos Veteranos fará, se tudo correr bem, uma acção semelhante na Manhiça.

 

Os que não puderam ter oportunidade de dar o donativo aqui poderão o fazer na Manhiça”, apelou.   

 

Salientar que os apoios angariados foram entregues no local ao Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC).

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:35
 O que é? |  O que é? | favorito
Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
24
25
31
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO