Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 27 DE Janeiro 2015

 

AS duplas Délcio/Agostinho e Satira/Joaquina, em federados masculinos e femininos, respectivamente, sagraram-se na manhã de domingo campeãs nacionais de vólei de praia.

 

Délcio/Agostinho bateu Litos/Macamo por 2-0 com os parciais de 21/19 e 21/15, enquanto Satira/Joaquina derrotou Amélia/Rezia pelo mesmo resultado, mas com os parciais de 21/19 e 21/17.

 

A avaliar pelos parciais, margens mínimas, pode-se depreender que as finais foram muito disputadas na arena montada na Praia da Costa do Sol.

 

A prova foi novamente dominada pelos voleibolistas maputenses, numa competição onde marcaram presença atletas das províncias de Gaza, Manica e Nampula.

 

Nos jogos de apuramento do terceiro lugar as duplas Manuel/Samson, em masculinos, e Hortência/Celeste, em femininos, bateram respectivamente Costa/Sérgio e Lizy/Fauzia.

 

No que toca à premiação, os primeiros classificados foram agraciados com 15 mil meticais e equipamentos correspondentes a seis mil.

 

Os segundos classificados receberam dez mil meticais e equipamentos correspondentes a quatro mil, enquanto os terceiros foram ofertados cinco mil e mais equipamentos avaliados em três mil.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:53
 O que é? |  O que é? | favorito

DANILO Ragú, falecido há precisamente um ano num trágico acidente de viação na EN-1, foi homenageado sábado na cidade de Chókwè, província de Gaza, no encerramento do torneio de futebol infanto-juvenil que ostenta seu nome.

ragu.jpg

 

O torneio teve como vencedores o Slowear e o Desportivo do Limpopo, respectivamente no primeiro e segundo escalões.

 

Recorde-se que Danilo Ragú era deputado da Assembleia da República e encontrou a morte numa altura em que acabava de participar em mais uma edição daquela festa da pequenada e regressava à capital do país onde residia e trabalhava.

 

Com efeito, mais de 600 jovens da cidade do Chókwè, que desde Dezembro último vinham participando na chamada capital económica de Gaza, marcharam por diversas artérias da urbe evocando o nome de Danilo Ragú, seu ídolo e amigo da pequenada. 

 

Para além da pequenada, o enceramento da competição foi testemunhada por várias figuras ligadas ao desporto, política e outras áreas de actividades.

 

Na ocasião foram distinguidos os atletas que mais se evidenciaram na presente edição, designadamente os dois melhores jogadores, melhores marcadores, e guarda-redes menos batido.

 

A competição contou com um total de 16 equipas divididas em duas séries envolvendo cerca de 500 pessoas, entre atletas, treinadores e delegados.

 

De acordo com Benvindo Chirindza, presidente da Comissão Organizadora do Torneio Danilo Ragú, os jovens da cidade de Chókwè e outros amigos do patrono estão determinados a eternizar esta iniciativa, que contribui para um crescimento são das crianças e sua preparação para os desafios do futuro.

 

Nós como jovens sentimos que temos o dever e obrigação de continuar a promover este tipo de iniciativas como forma de imortalizar o nosso patrono, um legado que exige o envolvimento de todos”, disse Chirindza.

 

Segundo a nossa fonte, devido a problemas financeiros, contrariamente ao que vinha acontecendo nas edições anteriores, o presente torneio se circunscreveu apenas à participação de crianças da cidade de Chókwè.

 

Para a próxima edição, de acordo com garantias que nos foram dadas por Benvindo Chirindza, o Torneio Danilo Ragú irá incluir, pela primeira vez, quatro equipas femininas com integrantes de idades compreendidas entre 10 e 14 anos.

 

Sabe-se, por outro lado, que os melhores 25 atletas saídos desta última competição farão parte da selecção denominada “Danilo Ragú Eleven”, uma equipa a ser filiada no campeonato recreativo local.

 

VIRGÍLIO BAMBO

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:28
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A SELECÇÃO Nacional Sub-23 de Futebol inicia esta tarde a preparação tendo em vista o jogo diante do Uganda, a realizar-se no dia 21 de Fevereiro, a contar para as eliminatórias de qualificação para os Jogos Olímpicos-Rio de Janeiro 2016.

 

Os treinos decorrerão no campo da Liga Desportiva de Maputo e têm início previsto para as 15.00 horas. Será o único treino esta semana, sendo que à medida que se aproxima a data do jogo a preparação irá se intensificar. Na semana que antecede o embate com os ugadenses os “Mambinhas” treinarão de segunda à sexta-feira.

 

A equipa Sub-23 é orientado por João Chissano, técnico dos “Mambas”, que para o efeito convocou 34 jogadores para o início dos trabalhos, mas deverá contar com pouco mais de 20, já que os estrangeiros ainda não estão disponíveis.

 

De referir que de um universo de 34 atletas pré-convocados apenas 18 farão parte da convocatória final para o duelo com o Uganda, motivo pelo qual a equipa efectuará um trabalho minucioso de triagem até que se encontre os que estão em melhores condições.

 

Eis a lista dos 34 pré-convocados:

 

Costa do Sol: Salomão Mondlane, Daniel Mutambe, Elias Licuco, Rodrigues Chereque e César Machava

Maxaquene: Bernardino José, Tobias Davis e Momed Talapa

Estrela Vermelha: Cleyton Nunes e Helvêncio Mate

Desportivo de Nacala: Norberto Marcolino e Osvaldo Sunde

HCB: Germino Eduardo e Luis Miquissone

Ferroviário da Beira: Reinildo Mandava e Gildo Vilanculos

Ferroviário de Nacala: José Silva Jr

Ferroviário de Maputo: Edmilson Ngove; Alexandre Guambe e Eusébio Henriques

Liga Desportivo de Maputo: Leandro Caiado e Naftal Manjate

Desportivo de Maputo: Pedro Dimande, Dércio Matimbe e Hermínio Mussagy

Estrela Vermelha de Xai-Xai: Délio Matine e Júlio Pedro (Frank)

Sport Lisboa e Benfica: Clésio Baúque

União da Madeira: Edson Almeida

Dynamo de Dresden da Alemanha: Gelício Banze

BSV da Alemanha: Jeffrey Constantino

Atalanta FC da Itália: Faizal Bangal

Nacional da Madeira: Witti

 

Fonte:Jornal Noticias

 

publicado por Vaxko Zakarias às 11:22
 O que é? |  O que é? | favorito

 

ZAINADINE e Reginaldo, do Nacional da Madeira, foram os únicos moçambicanos no estrangeiro a conseguirem vitórias no fim-de-semana nos respectivos campeonatos.

 

A equipa madeirense foi a Moreira de Cónegos vencer o Moreirense por 3-2, numa partida bastante renhida e decidida em cima do minuto 90, com um golo de Rondon, que deu o triunfo aos “alvi-negros”.

 

Foi a terceira vitória consecutiva da equipa dos moçambicanos na Liga Portuguesa, o que confirma o bom momento dos madeirenses, que neste momento somam 21 pontos, em 12.º lugar, volvidas 18 jornadas.

 

SIMÃO PERDE NO EL-MADRIGAL

 

Na Espanha a vida tornou-se ainda mais difícil para o levante UD, onde evolui Simão Mathe Jr. A equipa valenciana perdeu diante do Villarreal por 1-0, atrasando-se ainda mais na corrida pela manutenção.

 

Com a derrota, Simão e companhia somam apenas 16 pontos em 20 jogos, o que lhe confere o modesto 19.º lugar.

 

O Levante está longe de fazer uma campanha com o brilharete que teve na época transacta. Apenas o Granada, que ocupa o último lugar, é que está pior que a equipa do internacional moçambicano.

 

MEXER GOLEADO

 

Cá se faz e cá se paga! - diz o velho ditado. O Rennes de Mexer foi goleado pelo Caen por concludentes 4-1, isto depois de a equipa do internacional moçambicano ter cilindrado este adversário na primeira volta da Liga francesa por 6-2, tendo, na ocasião, o central marcado dois golos.

 

A vingança foi servida a frio, é assim como se pode dizer. Perante os seus adeptos, o Rennes não foi capaz de evitar um resultado estrondoso que o fez cair na 10.ª posição, com 30 pontos, em 22 jogos na Ligue 1, que é actualmente liderada por Lyon com 48 pontos.

 

O resultado coloca a equipa do central moçambicano cada vez mais longe dos lugares que dão acesso às competições europeias.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:48
 O que é? |  O que é? | favorito

 

EMPRESÁRIOS, dirigentes e singulares aderiram em massa à iniciativa da Associação dos Veteranos de Moçambique (AVM), em colaboração com o Município da Matola, com vista à angariação de apoios em solidariedade para com as vítimas das cheias e dos afectados pelo incidente que ceifou, por envenenamento, vidas humanas em Chitima, província de Tete.

 

A iniciativa da AVM consistiu num jogo de futebol entre os veteranos da Selecção Nacional, os “Mambas”, e uma equipa do município da Matola, sábado, no campo da Liga Desportiva de Maputo, e serviu de pretexto para a colecta de apoios (donativos) a serem canalizados aos afectados pelas tragédias.

 

A intenção acabou sendo bem sucedida, pois foi muita gente que acorreu ao campo da Liga para deixar um e outro bem, destacando-se géneros alimentícios e vestuário.

 

A empresa CMC, representada pelo director de Administração e Finanças, Giuseppe Randazzo, bem como a Federação Moçambicana de Futebol (FMF), são algumas das instituições que deram maior contributo, com géneros alimentícios e bolas.

 

O vice-presidente da FMF para Administração e Finanças, Saíde Júnior, disse que o sofrimento das populações vitimadas não impede que as crianças brinquem, daí a razão da oferta, para além de alimentos, de 15 bolas para a pequenada.

 

Este é um gesto simbólico da FMF, em nome de todos os futebolistas do país, para minorar o sofrimento dos nossos compatriotas. Apesar deste sofrimento, as crianças têm o direito de brincar. Por isso trouxemos bolas”, elucidou.

 

 

O Município da Matola deu igualmente a sua colecta, que resultou da contribuição dos amigos da urbe, depois de uma mobilização levada a cabo localmente. Trata-se de quantidades enormes de bens alimentícios.

 

Falando sobre o assunto, o presidente da urbe, Calisto Cossa, destacou que a solidariedade foi sempre a marca dos moçambicanos para louvar a grande quantidade de apoios angariados localmente. 

 

Fomos batendo portas dos nossos amigos e conseguimos juntar estes apoios e acreditamos que chegarão ao destino”, disse Calisto Cossa.

 

O presidente da AVM, Bernardo Howana (Naldo), por seu turno, justificou que a iniciativa surgiu dos futebolistas e assegurou que vai escalar outros locais.

 

Sentámos e vimos que devíamos fazer alguma coisa em solidariedade para com as vítimas das cheias e de Chitima, e para dar azo à iniciativa coordenámos com o Município da Matola para a realização de um jogo entre as equipas de veteranos e da urbe. Convidámos empresários e sensibilizámos a todos interessados a se envolverem nessa acção humanitária. As pessoas ficaram receptivas e o que apelamos é que afluíssem para apoiar àqueles que estão neste sofrimento terrível. A nossa expectativa foi de que todo o moçambicano se aproximasse e desse um pouco do que tem e sentimos que a iniciativa foi correspondida”, frisou.

 

Naldo disse, adiante, que dentro de uma semana ou duas a Associação dos Veteranos fará, se tudo correr bem, uma acção semelhante na Manhiça.

 

Os que não puderam ter oportunidade de dar o donativo aqui poderão o fazer na Manhiça”, apelou.   

 

Salientar que os apoios angariados foram entregues no local ao Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC).

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:35
 O que é? |  O que é? | favorito
Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
24
25
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO