Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 23 DE Janeiro 2015

 

O TORNEIO de futebol infanto-juvenil ao nível da província de Maputo, vulgo BEBEC, entra hoje na fase decisiva, com a disputa das meias-finais em ambos os sexos, partidas que terão lugar no Estádio da Machava, a partir das 13.30 horas.

 

Em masculinos, teremos o Mussumbuluco A  a defrontar o 1.º de Maio, na primeira meia-final, a partir das 13.00 horas. Às 14.30 horas, o Khongolote bate-se com Matola H, no jogo mais esperado desta fase da competição.

 

Já em femininos, Tsalala mede forças com o Vale de Infulene, por sinal equipa que joga em casa. Noutra partida, T3 defronta Liberdade.

 

Refira-se que esta prova termina a 31 do mês em curso, sendo que a final será disputada no Estádio da Machava. No mesmo dia será realizado o jogo de atribuição do terceiro lugar.

 

Na primeira fase desta competição, os semi-finalistas estiveram distribuídos em duas séries que apuraram duas equipas cada para as “meias”. Da Série A saíram Mussumbuluco A e Matola H e da Série B apuraram-se Khongolote e 1.º de Maio, em masculinos.Em femininos apuraram-se Tsalala e Liberdade, na Série A, e T3 e Vale de Infulene, na Série B.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:48
 O que é? |  O que é? | favorito

A DIRECÇÃO da Federação Moçambicana de Voleibol (FMV) estará reunida amanhã em Assembleia-Geral Ordinária para, entre muitos pontos, analisar e proceder a aprovação dos novos estatutos.

 

O estatuto que se adeque à actual lei do desporto no país, um dos aspectos há muito discutido, será finalmente implementado.

 

Na cerimónia será feita a habitual apreciação dos relatórios de contas e de actividades de 2014, bem como a aprovação do orçamento e plano de actividades para 2015. A FMV é presidida actualmente por Kalid Cassamo.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:31
 O que é? |  O que é? | favorito

 

DOIS recordes nacionais, um de categoria e outro absoluto, foram batidos na jornada inaugural dos Campeonatos Nacionais de Verão de piscina curta, que se iniciaram quarta-feira na Piscina Raimundo Franisse, junto à associação da modalidade na cidade de Maputo.

 

 

Os máximos foram registados nas provas de 50 metros costas juniores masculinos e estafetas 4x200 seniores femininos e são da autoria de Edmilson da Costa, do Tubarões, e do clube do mesmo nome, respectivamente.

 

 

Edmilson da Costa fixou o novo recorde de categoria com o tempo de 20,65 segundos. A anterior marca era de 29,90 segundos, cravada em 2013, por Shakil Fakir, também nadador do Tubarões. Já em estafetas, Tubarões estabeleceu o recorde absoluto em 9.33,00 minutos, superando os anteriores 9.53,00 do Golfinhos, também registados em 2013.

 

 

Mais duas jornadas tiveram lugar ontem. A segunda ronda movimentou as provas de 100 metros bruços, 200 costas e estilos. A terceira cingiu-se, por seu turno, às provas de 200 metros bruços e mariposa. Até ao fim da tarde, no decurso da terceira ronda, não haviam sido registados mais recordes.

 

 

Até ao fim da segunda jornada, o Golfinhos liderava o medalheiro com 9 ouros, seguido do Tubarões (6), Ferroviário da Beira e Desportivo (2 cada) e Ferroviário de Maputo (1). 

 

 

O dia de hoje está reservado a uma jornada (quarta) e movimentará as provas de 100 metros costas, 800 livres e 4x50 estilos, nos diversos escalões.Referir que os “Nacionais” terminam no domingo, ao fim da sétima jornada.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:14
 O que é? |  O que é? | favorito

TENHO DE CONTRIBUIR PARA O SUCESSO – segundo Germano (ex-Fer. Nampula)

 

 

NUMA primeira fase tenho de trabalhar para merecer a titularidade na baliza do Ferroviário. Devo dar o meu máximo e contribuir para o sucesso do clube, pois merece coisas melhores. Com estes reforços que temos prometemos fazer o melhor daquilo que aconteceu no ano passado. Para mim, pessoalmente, este é mais um trampolim para a minha carreira que pretendo que seja feita no estrangeiro”.

 

A EQUIPA É BASTANTE FORTE – aponta Muandro (ex-Liga Desportiva)

 

 

ESTOU no Ferroviário a procurar de dar continuidade a senda gloriosa que venho tendo nos últimos anos. Vamos tentar formar um grupo do trabalho muito coeso para ganhar jogos e títulos. Temos uma equipa forte e capaz de fazer melhor do que o ano passado. Para isso é preciso trabalharmos sempre unidos e com o mesmo propósito”.

 

TRABALHAR PARA GANHAR –  segundo Jair (ex-Desportivo)

 

 

O meu objectivo é trabalhar, e trabalhar muito. As vitórias vão aparecer. Queremos ganhar. Estou a me integrar no plantel do Ferroviário e estes primeiros dias estão a ser muito bons. Com a equipa que temos é possível chegarmos longe. Resta-nos formar um bom conjunto, o que é muito importante no futebol”.

 

OS reforços do Ferroviário de Maputo para 2015 afirmam que querem apagar a má imagem deixada pelo clube no ano passado, que só sobreviveu por instinto no primeiro escalão do futebol nacional.

Estes afirma que com o novo grupo de trabalho é possível colocar o Ferroviário onde merece e acima de tudo regressar aos títulos que andam distantes daquele emblema.

 

TEMOS QUE DEVOLVER OS TÍTULOS AO CLUBE – afirma Calima (ex-Maxaquene)

 

 

A MINHA aposta é devolver o Ferroviário de Maputo onde merece. O clube tem de voltar aos títulos e acredito que isso é possível, pois o grupo de trabalho é forte e unido. Estou confiante e sei que todos na equipa pensam nisso. A classificação do Ferroviário no ano passado nos arrepia, é vergonhosa e precisamos de esquecê-la”.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:50
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A EQUIPA da Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH), que se vai estrear no Moçambola-2015 em representação da província de Inhambane, está desde quarta-feira na capital do país para realizar alguns jogos de preparação com equipas do primeiro plano do futebol nacional.

 

 

Segundo garantiu o timoneiro dos “hidrocarbonetos”, Eurico da Conceição, antes de seguir à cidade sul-africana de Joanesburgo para dar continuidade a preparação da época, a equipa defrontou ontem o Desportivo do Maputo e deverá jogar sábado com o Maxaquene.

 

 

Na terra do “Rand”, a equipa de Vilankulo vai permanecer cerca de 12 dias, sendo que além de treinos bidiários vai realizar quatro jogos amigáveis com equipas sul-africanas.

 

Eurico da Conceição que juntamente com seu adjunto, Artur Romão, receberam voto de confiança para conduzir a equipa no Moçambola, depois do êxito de qualificação para a prova máxima do desporto-rei no seu primeiro ano de existência, ambiciona ter 29 jogadores no plantel.

 

 “Já identifiquei jogadores que acho que podem levar o clube aos objectivos pretendidos, nomeadamente lutar por uma melhor classificação possível. Podem contar connosco, não seremos bombos da festa, vamos ombrear de igual para igual com os chamados candidatos naturais aos títulos”, garantiu Eurico da Conceição.

 

Para continuar a fazer de Vilankulo local de “massacre” aos adversários, Eurico da Conceição foi buscar Betinho, Abílio e Busch (ex-Maxaquene); César Bento (ex-Desportivo de Maputo); Eurico (ex-HCB); Dionísio e Tawinha (ex-Ferroviário de Quelimane); Cândido (ex-Desportivo de Nacala); Ali Kadre (ex-Têxtil do Púnguè); Balaca (ex-Estrela Vermelha), mais dois estrangeiros, sendo um malawiano e outro congolês.

 

Deste lote de caras novas na equipa de Inhambane, juntam-se aos que fizeram parte da equipa no ano passado, nomeadamente Sergito, Gonçalves, Pires, Chimbomane, Mwinhe, Hilário, Abdul, Paulino, Onésio, Valdo entre outros.

 

Entretanto, grande parte dos jogadores que na abertura da temporada foram convidados a tentarem a sua sorte foram dispensados pela equipa técnica, incluindo alguns que já tinham contratos assinados com a direcção.

 

São os casos, por exemplo, de Charles, defesa central e antigo capitão do Vilankulo que depois de assinar por duas épocas foi tido como inapto pela equipa técnica. Na mesma situação, está o guarda-redes Valério que igualmente foi dispensado.

 

Alguns atletas que treinaram connosco não sei como chegaram aqui. Na avaliação que fizemos no terreno, dos cerca de 50 atletas que tínhamos aqui no início, purificamos muitos e achamos que estes 29 estão em condições de representar condignamente a equipa”, esclareceu o técnico principal da colectividade.

 

 

VICTORINO XAVIER

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:36
 O que é? |  O que é? | favorito
tags:
Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
24
25
31
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO