Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 25 DE Julho 2014

CREVE Machava, atleta moçambicano, qualificou-se quarta-feira para as meias-finais dos 400 metros barreiras no Campeonato Mundial de Juniores, ao ficar em quarto na sua série.

 

Machava fez a distância com o tempo de 52,40 segundos, uma série que acabou sendo ganha pelo chinês Guozhong Wang com a marca de 51,92.

O barreirista fez o 11.º melhor tempo numa lista de 64 participantes de oito séries.Salientar que o Mundial de Juniores decorre no Estado de Eugene, nos Estados Unidos da América.

 

 


Fonte:Jornal Noticias

 

publicado por Vaxko Zakarias às 13:44
 O que é? |  O que é? | favorito

MÁRIO Rodrigues, internacional pela selecção moçambicana de hóquei em patins, vai representar na próxima época os franceses do RAC Saint Brieuc.

 

Marinho, como é conhecido nos meandros desportivos, representou na última temporada o Sporting, tendo apontado 12 golos. O avançado muda-se agora para um clube que tem como objectivo ser campeão. 

 

Refira-se que Marinho já participou em dois campeonatos do mundo, San Juan 2011 e Angola 2013, representando a camisola de Moçambique, tendo marcado em cada uma das edições 12 e seis golos, respectivamente.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:33
 O que é? |  O que é? | favorito

DESPORTIVO e Ferroviário protagonizam hoje, a partir das 20.00 horas, no Pavilhão do Estrela Vermelha, o jogo mais aliciante da terceira jornada do Torneio da Federação de Hóquei em Patins.

 

Perspectiva-se uma partida muito bem disputada não só pela rivalidade entre os dois conjuntos, mas porque está em causa o segundo lugar. À entrada para este desafio Desportivo e Ferroviário têm três pontos cada. Em jogo está igualmente a luta pelo troféu, sendo que quem sair derrotado fica fora dessa corrida.

 

No primeiro embate da ronda o Estrela Vermelha, líder isolado com seis pontos, pode aproveitar para aumentar a vantagem, visto que recebe, às 19.00 horas, a Académica, um oponente teoricamente acessível. 

 

Os “estudantes” ainda não pontuaram, embora se registe uma melhoria em relação às outras competições em que estiveram envolvidos.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:27
 O que é? |  O que é? | favorito

PROSSEGUE esta noite a disputa da nona jornada do Campeonato de Futsal da Cidade de Maputo, ronda que começou na quarta-feira. Hoje o destaque vai para o desafio entre o Nassela’s e o Iquebal, agendado para as 21.45 horas, no Pavilhão da Comunidade Maometana.

 

Nassela’s encara este duelo como uma oportunidade para recuperar a liderança perdida semana passada para a Petromoc, mas sabe que pela frente não terá um adversário fácil, pois o Iquebal é o actual detentor do trofeu.

 

Entretanto, a Petromoc joga horas antes, às 18.30 horas, com a frágil equipa do Centro Infantil Universo. Os “petrolíferos” são claramente favoritos à conquista dos três pontos em disputa, portanto deverão manter a liderança do campeonato.

 

Às 19.45 horas o Al Mahid mede forças com a Auto Avenida, equipa que tem vindo a fazer uma campanha com muitos altos e baixos.No arranque da jornada, quarta-feira, a Liga Desportiva “B” bateu o Ministério das Finanças por 1-0, e a Liga Desportiva “A” derrotou a Addecc por 3-2.

 

Em Sub-20 roda também a nona jornada este fim-de-semana, com a particularidade de todos os jogos terem lugar na tarde de amanhã. Às 14.00 horas a Liga Desportiva defronta o Estrela Vermelha, uma hora mais tarde a Auto Avenida bate-se com Kidson e às 16.00 horas Nassela’s mede forças com Addecc.

 

 

 


Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:19
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A DELEGAÇÃO moçambicana aos IX Jogos da CPLP, que se realizam de 26 de Julho a 2 de Agosto em Luanda, Angola, parte esta manhã com a promessa de trazer mais medalhas.

 

Moçambique parte com uma delegação de 125 pessoas, 75 das quais atletas, e as restantes técnicos, dirigentes e pessoal de apoio. A cerimónia de abertura do evento está marcada para amanhã.

 

Nas vésperas do arranque do evento a palavra de ordem é de que estes Jogos marquem o início de uma nova etapa em termos de desempenho, que passa por ombrear com os tradicionais favoritos, nomeadamente Portugal e Brasil, respectivamente vencedor e segundo classificado da última edição. Aliás, Angola terá, entanto que anfitriã, uma palavra a dizer e torna-se num dos principais adversários de Moçambique, que é detentor do terceiro lugar.

 

Portanto, o desafio torna-se maior, o que exige das selecções nacionais maior responsabilidade. Os técnicos e atletas consideram que a preparação correspondeu às expectativas e que as condições oferecidas pelo Governo permitem sonhar mais alto.

 

O desafio colocado aos atletas pela Missão Moçambique, responsável pela preparação das selecções nacionais que irão desfilar nas modalidades de futebol e basquetebol masculino, atletismo convencional e adaptado em masculinos e femininos, andebol feminino, voléi de praia masculino e feminino, ténis e judo masculino e feminino, é a melhoria quantitativa (mais medalhas) e qualitativa (boa exibição)

 

Entretanto, a Selecção Nacional de Futebol de Sub-17 estreia-se hoje frente a Angola. Os “Mambinhas” foram os primeiros a viajarem para Luanda quarta-feira, em virtude de o torneio de futebol arrancar cedo (hoje), isso para permitir que defrontem a Angola no dia do encerramento, em jogo da segunda “mão” da segunda eliminatória de qualificação ao CAN-2015. 

 

 

 

 


Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:05
 O que é? |  O que é? | favorito

DEPOIS de ultrapassar a Namíbia, a selecção de Sub-17 venceu Angola sábado por 2-1, em partida de qualificação para CAN-2015. A vitória alimenta boas expectativas para o Torneio da CPLP. O técnico dos “Mambinhas”, Dário Monteiro, tece boas perspectivas para o torneio que se inicia sexta-feira, a anteceder a abertura do evento.

 

De acordo com Monteiro, estes jogos e os de qualificação para o CAN acabam aliando o útil ao agradável, pois conferem mais rodagem e isso garante alguma crença em relação aos objectivos almejados no Torneio da CPLP. 

 

Nós temos estado a trabalhar com o intuito de enfrentar da melhor maneira as duas frentes, tanto a qualificação para o Campeonato Africano, bem como para os Jogos da CPLP. Felizmente, digo porque a competição é muito importante nessas andanças e os jogos de qualificação acabam servindo de rodagem para o Torneio da CPLP e este servirá igualmente de preparação para o jogo da segunda “mão”, explicou.

 

Questionado sobre como foi possível, em pouco tempo (sensivelmente seis meses), ter uma selecção de Sub-17 promissora, Dário Monteiro falou de muito trabalho e vontade de aprender manifestada pela rapaziada.

 

Temos aqui meninos de 15/16 anos e com talento. Estamos a tentar transmitir subsídios físicos, técnicos e tácticos no sentido de, no futuro, colhermos frutos. Acho que já plantámos, agora vamos regando e cuidando da planta que nós semeámos para que ela dê frutos no futuro”, elucidou.

 

Indagado se já é possível trabalhar a tempo inteiro com as selecções de iniciação, em particular os Sub-17, o ex-“Mamba” confessou que é complicado juntar a rapaziada com regularidade, porque os atletas estudam em períodos diferentes. “Mas é possível trabalhar, mas exige muito sacrifício dos próprios jogadores, dos seus professores de Educação Física, que são mais lesados pois os rapazes estão mais tempo na Selecção Nacional, mas vamos tentando fazer o nosso trabalho. Tenho contrato de um ano com a Federação Moçambicana de Futebol e durante este período vou fazer o meu trabalho, que é procurar talentos, dar os subsídios técnicos e tácticos, os fundamentos básicos. São meninos com 14, 15 e 16 anos e precisam de fundamentos básicos para a prática da modalidade”, reiterou.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:59
 O que é? |  O que é? | favorito

O SELECCIONADOR de natação, Frederico dos Santos (Russo), nutre algum optimismo quanto à prestação da selecção, apesar de que vai enfrentar uma nova experiência, que é competir em águas abertas. Esta é uma novidade introduzida pela organização dos IX Jogos e que exige um treinamento específico.

 

Frederico dos Santos acredita que, fora de Portugal e Brasil, com muita experiência neste tipo de competições, Moçambique está em altura de ombrear e até se impor perante as restantes selecções. Para o efeito, o combinado nacional optou pela preparação em água doce (na piscina), por causa da fraca densidade da água do mar.

 

A água salgada é muito mais leve, então optámos por fazer 90 por cento do trabalho na Piscina Olímpica do Zimpeto e fomos ao mar para a adaptação por causa da ondulação. Em termos de expectativas nós vamos às escuras, não fosse esta a primeira experiência. Não sabemos o que os outros trazem, eu penso que também terão a primeira experiência neste tipo de provas. Porém, tirando Portugal e Brasil, que possivelmente podem ter atletas mais experientes nas competições em águas abertas, em relação aos restantes países nós podemos-lhes fazer frente com maior facilidade”, ressalvou. 

 

Segundo o regulamento da prova, os participantes vão fazer um circuito em quadrado, com 250 metros por cada lado. Portanto, o circuito será feito em cinco voltas, num perímetro de 1000 metros.

 

O facto de constarem, na selecção, atletas que já participaram na Travessia Maputo-Catembe à nado é encorajador, apesar de, em termos de distância, ser uma prova comparativamente insignificante.

 

Nós temos dois atletas que estiveram como experiência a última travessia, nomeadamente Ricardo Santos e Sassa Francisco. Os restantes são os irmãos Allan e Jannat Bique. Mas acho que a participação na travessia não é tão relevante, visto que tem um percurso de apenas dois quilómetros e em Angola faremos cinco mil. Em suma, penso que com o trabalho feito podemos conseguir um bom resultado”, afiançou.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:53
 O que é? |  O que é? | favorito

O BASQUETEBOL masculino também promete melhorias, mesmo reconhecendo as potencialidades sobretudo de Portugal, Brasil e Angola, que se apresentam como favoritos.

 

Arsénio Muhate, técnico-adjunto, disse que Moçambique tem uma boa selecção e é um país que, apesar de dificuldades, trabalha com muito afinco para conseguir bons resultados. Por isso, realçou que Moçambique vai a Angola para lutar de igual para igual, sem temer a ninguém, e acredita que é possível surpreender aos tidos como favoritos e atingir lugares cimeiros.

 

Brasil, Portugal e Angola são países com melhor “ranking”, mas não devemos nos desvalorizar, temos que acreditar que somos capazes e é essa motivação que nos leva a acreditar que podemos chegar longe”, destacou.

 

Quanto à preparação, Muhate afirmou que, apesar de meio turbulenta, a selecção conseguiu, na medida do possível, trabalhar e acredita que o trabalho feito pode resultar num bom desempenho.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:50
 O que é? |  O que é? | favorito

Melhorar em masculinos   

 

 

O TÉNIS é das modalidades que procura se afirmar nos Jogos da CPLP. Nas vésperas de mais um torneio, o treinador da selecção, João Lobo, afirma que as expectativas em relação à presente edição são boas e o desejo é melhorar, sobretudo em masculinos, escalão no qual Moçambique não tem conseguido bons resultados.

 

Recordar que o ténis ficou em terceiro lugar, em femininos, em Portugal, e é o melhor resultado já conseguido por Moçambique ao nível da modalidade nos Jogos da CPLP.

 

Enquanto isso, o melhor resultado conseguido em masculinos foi o quinto lugar e João Lobo sente-se confortável pelo facto de ter uma equipa muito jovem e que conta com jogadores que têm vindo a registar bons resultados em torneios da região. Trata-se dos irmãos Armindo Nhavene Júnior e Bruno Nhavene.

 

É a primeira vez que vão à CPLP, mas eles estão muito rodados em torneios regionais. Mas estou mais esperançado no mais novo (Bruno Nhavene), que é um dos melhores jogadores de África em Sub-12, depois de conquistar os circuitos regionais realizados em Maputo e no Botswana. Vamos ver a capacidade dele neste evento”, anotou.

publicado por Vaxko Zakarias às 12:45
 O que é? |  O que é? | favorito

A LIGA Nacional de Futebol Feminino (LNFF) recebeu na tarde de ontem, em Maputo, um apoio de 150 caixas de água mineral oferecidas pelo Grupo Selfer Limitada, proprietária da empresa Águas Montemor.

 

Neste lote cada uma das oito equipas que tomarão parte da prova que se inicia a 30 de Agosto próximo receberá 16 caixas. A Montemor disponibilizou igualmente uma quantia de 18 mil meticais destinada ao transporte do donativo para os clubes de fora de Maputo.

 

É um gesto importante e gostaríamos que outras empresas e instituições dessem o mesmo exemplo. Este é dos primeiros apoios em géneros e nós estamos abertos a todo o tipo de apoio. Ainda temos muitos desafios pela frente com vista a termos um campeonato sem sobressaltos. Estamos a 55 por cento da meta”, disse Augusto Jamine, presidente da LNFF.

 

Refira-se que para além da Montemor, a LNFF já conseguiu apoios do Fundo de Promoção Desportiva e da Hidroeléctrica de Cahora Bassa.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:40
 O que é? |  O que é? | favorito

O COSTAdo Sol obteve na tarde da última quarta-feira uma vitória tangencial de uma bola sem resposta frente ao HCB, no Songo, em jogo a contar para a primeira “mão” dos quartos-de-final da Taça de Moçambique/mCel.Os “canarinhos” entraram sem exercer pressão, saindo com a bola bem controlada desde o seu reduto defensivo até ao ataque em lances curtos, enquanto a defesa era comandada por Dário Khan.

 

 

O HCB, que vinha de uma vitória folgada no último jogo do Moçambola frente ao Estrela Vermelha da Beira, fez-se ao jogo pouco agressivo, talvez devido ao cansaço. Era notória a fadiga nos jogadores, situação bem aproveitada pelo Costa do Sol, que apesar de ter ganho jogou claramente pelo empate, no entanto na segunda parte passou a acreditar que era possível vencer e aos 69 minutos o seu atrevimento foi justificado com um tento apontado por Manuelito II na sequência de um canto superiormente executado por Dito.

 

 

Em desvantagem, o HCB despertou, correu atrás do prejuízo, mas denotou falta de argumentos para quebrar a muralha defensiva contrária. Era de longe que procurava chegar ao tento da igualdade. Eurico testou os reflexos de Gervásio, depois foi a vez de Mucuapele tentar a sua sorte. Os últimos minutos foram sufocantes para a turma “canarinha”, que se encolheu na sua grande área.A arbitragem de António Hamilton, auxiliado por Estrela Gonçalves, Vasco Xavier e César Colar, merece nota positiva.

 

 

FICHA TÉCNICA

 

HCB: Samito; Gervásio, Mucuapele, Caló, Tony, Cambala, Payol (Dangalira), Joca (Babo), Luís, Nichola) Orphee) e Eurico.

COSTA DO SOL:Gervásio; João Mazive, Dário Khan, Campira, Dito, Manuelito l, Alvarito, Manuelito ll, (Manucho), Moses (James), Paulo e Parkim (Elias).

DISCIPLINA: Amarelos para Payó (HCB); Parkim, Dito, Moses e Gervásio (Costa do Sol).    

  

BERNARDO CARLOS

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:33
 O que é? |  O que é? | favorito

A DÉCIMA sexta jornada do Moçambola reserva à líder da prova, Liga Desportiva de Maputo (antes Liga Muçulmana), um teste hercúleo a esse estatuto, quando domingo, a partir das 15.00 horas, defrontar, fora de portas, o Costa do Sol.

 

A deslocação ao reduto dos “canarinhos” será uma das missões mais espinhosas da Liga, e torna-se ainda mais complicado, pois mede forças com um Costa do Sol super-motivado depois de na quarta-feira ter ido vencer o HCB em partida da Taça de Moçambique/mCel.

 

A tarde de domingo promete ter emoções fortes também no Estádio da Machava, palco que acolhe à mesma hora o desafio entre Ferroviário de Maputo e Maxaquene. Este “clássico” do futebol moçambicano será jogado sem o mesmo interesse de outros tempos, na medida em que ambos os contendores estão a realizar um campeonato bastante irregular. Os “locomotivas”, em situação mesmo aflita, precisam dos três pontos, sob risco de caírem nos lugares de despromoção.

 

Em Chibuto espera-se um dia de festa e casa cheia, com a equipa local a receber o Desportivo. Há memória de partidas de tirar o fôlego entre estas duas formações e este não deve fugir à regra.

 

Na Beira batem-se os vizinhos Estrela Vermelha e Têxtil do Púnguè, num duelo pela manutenção. Mais para o norte o Desportivo de Nacala recebe o Ferroviário da Beira, enquanto Ferroviário de Quelimane bate-se com o HCB.A jornada abre amanhã, com o Ferroviário de Pemba a enfrentar o seu homónimo de Nampula.

 

Os nampulenses ocupam o segundo lugar e querem seguramente manter vivas as hipóteses de se aproximarem da Liga. No entanto, não se antevê vida fácil diante de uma formação que mesmo sendo última classificada já demonstrou que pode agigantar-se nos jogos em casa.

 

 

CALENDÁRIO DA 16 JORNADA

 

AMANHÃ

 

Campo Municipal de Pemba

 

15.00h – Fer.Pemba-Fer.Nampula

 

DOMINGO

 

Campo do Costa do Sol

 

15.00h – Costa do Sol-Liga

 

Estádio da Machava

 

15.00h – Fer.Maputo-Maxaquene

 

Campo da Bela Vista

 

15.00h – Desp.Nacala-Fer.Beira

 

Campo Sport.Quelimane

 

15.00h – Fer.Quelimane-HCB

 

Campo do Chibuto FC

 

15.00h – Chibuto-Desportivo

 

Campo Fer. Manga

 

15.00h – Têxtil do Púnguè-Estrela V. Beira

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:07
 O que é? |  O que é? | favorito
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
19
20
26
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO