Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 03 DE Junho 2014

DESPORTIVO e Ferroviário travam esta noite, a partir das 20.00 horas, no Pavilhão do Estrela Vermelha, um desafio que se advinha bem acalorado e que marca o início da segunda volta do Campeonato de Hóquei da Cidade de Maputo.

 

Este desafio, para além de colocar frente-a-frente as duas formações com maior projecção na modalidade,  tem o condão de juntar os líderes da prova. É que à entrada para esta ronda (4ª) Ferroviário e Desportivo estão empatados com sete pontos, embora a primeira equipa esteja em vantagem no “goal-average”.

 

Na primeira volta este despique resultou num empate a seis bolas. A noite de hóquei abre às 19.00 horas com o embate entre o Estrela Vermelha e a Académica. Apesar de terem assegurado três reforços de peso: Kiko, Maninho (ex-Ferroviário) e Siga (ex-Desportivo), os “alaranjados” perderam no confronto com os principais concorrentes Desportivo (2-1) e Ferroviário (9-5) e procuram frente aos “estudantes” regressar aos triunfos.  

 

Entretanto, na última jornada o Desportivo goleou Académica por 8-3, enquanto o Ferroviário venceu o Estrela por 9-5, num dia em que Mafamba, avançado “locomotiva”, brilhou, ao apontar cinco golos.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:41
 O que é? |  O que é? | favorito

NO final do “clássico” entre os vizinhos e arquirrivais Maxaquene e Desportivo de Maputo Chiquinho Conde não conseguia esconder a sua mágoa, por uma vez mais ter perdido o desafio no qual os seus pupilos jogaram bem, pecando nos momentos capitais.

 

Doutro lado, Antero Cambaco era um homem feliz pelo jogo feito pela sua equipa, e acima de tudo pelo resultado favorável que deixa os “alvi-negros” mais aliviados.

 

 

DESPERDIÇÁMOS MUITO – considera Chiquinho Conde, Maxaquene

 

PENSO que fizemos um bom jogo. Tivemos tudo para dar a volta ao texto, mas desperdiçámos as oportunidades criadas. Na primeira parte tivemos um remate ao poste e depois veio aquela decisão de os médios interiores não atacarem o portador da bola e o jogador do Desportivo fez um grande remate que ainda tabelou no nosso jogador, traindo Simplex. Na segunda parte tirámos Calima, que já tinha cartão amarelo, para não correr o risco de expulsão. Alargámos o sector ofensivo, mas nem sempre fomos esclarecidos, o que nos foi bastante penalizador”.

 

 

FIZEMOS BOM JOGO - refere Antero Cambaco, Desportivo

 

 

FOI um jogo bem conseguido da nossa parte. Sabíamos que pela frente teríamos um adversário difícil, por isso trabalhámos muito no aspecto psicológico. Os jogadores bateram-se bem ante um Maxaquene que lutava para alterar o cenário de resultados pouco conseguidos. Isso dificultou-nos muito. Doravante vamos continuar a trabalhar da mesma forma, valorizando o que tem vindo a ser feito desde o início da temporada”.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:29
 O que é? |  O que é? | favorito

O TÉCNICO do Ferroviário de Maputo, Horácio Martins, estava entristecido pelo desfecho na final com os “locomotivas” da capital. O técnico atribuiu a derrota à pretensa má actuação de um dos árbitros da partida, sem contudo mencionar o seu nome.

 

Aliás, não quis tecer comentários sobre o jogo, afirmando secamente que: “perguntem o árbitro, ele é que sabe”.Enquanto isso, o seu adjunto, Gerson Novela, parabenizou o Ferroviário da Beira e classificou-o de justo vencedor.

 

Nós não estivemos melhor concentrados como noutros dias e quando acontece este tipo de situações a equipa fracassa. É isso o que aconteceu e acabámos perdendo o jogo”, frisou. 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:24
 O que é? |  O que é? | favorito

O ESPANHOL Luís Hernandez, treinador do Ferroviário da Beira, reconheceu a grandeza do seu homónimo de Maputo, que, segundo a sua opinião, fez um grande jogo, foi um digno finalista e uma grande equipa.

 

Nós fizemos o nosso melhor. Hoje defendemo-nos bem e acho que esta foi a chave da nossa vitória. A nossa equipa esteve unida e melhor neste torneio, que começámos mal e terminamos fazendo um grande jogo”, comentou.

 

Quanto às competições africanas o técnico disse que este era um momento de descansar e desfrutar do título.Agora vamos desfrutar do nosso trabalho e da nossa felicidade, depois pensaremos no futuro”, anotou.

 

Questionado sobre qual teria sido a sorte dos beirenses sem os reforços norte-americanos, Hernandez respondeu que “eles foram sempre uma mais-valia, acabaram compensando o nosso problema de limitação do plantel.

 

Agora temos que pensar no nosso problema de falta de disponibilidade de jogadores devido aos compromissos profissionais. Temos jogadores mais jovens que se estrearam como seniores neste campeonato e pautaram-se bem. É com eles que continuaremos a trabalhar pensando no futuro”, sintetizou.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:02
 O que é? |  O que é? | favorito
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
15
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO