Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 20 DE Maio 2014

O INTERNACIONAL moçambicano, ao serviço do Orlando Pirates, conquistou o NedBank Cup (Taça da África do Sul), a segunda maior prova futebolística daquele país vizinho na sua edição-2013/2014.

 

Na final, que teve lugar sábado, o Pirates derrotou o Bidvest Wits por 3-1, e Hélder Pelembe entrou aos 79 minutos.O Pirates apagou desta forma a má imagem deixada no campeonato, prova na qual terminou em quarto lugar.Depois de Dominguez ter ajudado o Mamelodi Sundowns a sagrar-se campeão do país vizinho, agora é Hélder Pelembe que ganha um troféu, títulos que apimentam o bom desempenho individual dos atletas moçambicanos.

 

 

SIMÃO TERMINA EM DÉCIMO LUGAR

 

 

Na Espanha, o moçambicano Simão Mathe viu o seu Levante terminar a La Liga com derrota frente ao Málaga, por uma bola sem reposta. A equipa do trinco moçambicano termina o campeonato em 10.º lugar, com 48 pontos, fora dos lugares europeus. A Liga Espanhola foi vencida pelo Atlético Madrid depois de empatar a uma bola em casa do “colosso” Barcelona.

 

 

JUMISSE REERGUE-SE

 

 

Em Angola, o 1.º de Agosto de Jumisse venceu por 2-0 ao Benfica de Luanda no “derby” da capital do país da costa atlântica.

Com este resultado, o 1.º de Agosto, que entrou muito mal para o campeonato, recuperou alguns degraus e já é sétimo classificado, com 16 pontos. Ainda no Girabola, o Bravos de Maquis onde evoluem Miro, Josimar e Sonito (todos na Selecção) não foi para além de um empate na deslocação à Luanda, onde mediu forças com o Petro.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:31
 O que é? |  O que é? | favorito

 

A SELECÇÃO Nacional de futebol está desde hoje no Algarve, em Portugal, onde no dia 23 de Maio, próxima sexta-feira, efectua diante de Marrocos, um jogo de preparação, tendo em vista o encontro frente ao Sudão do Sul, dentro de pouco menos de duas semanas, a contar para a segunda “mão” da pré-eliminatória de acesso ao CAN-2015.

 

 

Os “Mambas” deixaram o país num ambiente de festa, visto que ainda está muito fresca a goleada imposta ao Sudão do Sul, por 5-0. Como há muito não se via, a equipa nacional proporcionou ao povo moçambicano um momento de muita festa que tomou conta do Estádio Nacional do Zimpeto no final do jogo e depois pelas artérias da capital do país.

 

 

Agora, em solo português, a Selecção tem programado vários treinos antes e depois do jogo com Marrocos, por sinal, selecção anfitriã do CAN-2015, que aproveitará para rodar os seus jogadores.

 

Caso os “Mambas” passem à eliminatória seguinte terão como adversário o Zimbabwe ou a Tanzânia. Para já os tanzanianos estão à frente da eliminatória após triunfo na primeira “mão”, por 1-0.

 

 

 DEMOS TUDO EM CAMPO - JOSEMAR

 


  

 “DEMOS tudo que tínhamos. Precisávamos de uma vitória que nos desse tranquilidade para o jogo da segunda “mão”. Penso que o objectivo foi alcançado e agora temos que nos concentrar para o próximo jogo”, afirmou, Josemar, autor do primeiro golo.

 

 

O médio acrescenta que esta vitória, diante do Sudão do Sul, transmite mais confiança à equipa para os próximos encontros. “É sempre bom ganhar. Dá confiança e motivação ao grupo. A aliar a estes dois aspectos temos a vantagem de já conhecermos o adversário, algo que até então não era possível”.

 

 

 

O MAIS IMPORTANTE SÃO AS VITÓRIAS DO COLECTIVO -  ISAC

 

 

 

 O médio ofensivo do Maxaquene, que atravessa um bom momento de forma, afirma que só um “incidente de dimensão nuclear” pode afastar os “Mambas” da próxima eliminatória. “Depois desta vitória creio que temos mais de meio caminho andado para estarmos na próxima eliminatória. Só algo sobrenatural pode fazer com que não passemos à próxima eliminatória”.

 

 

 

 

 

NÃO NOS PODEMOS EMBANDEIRAR EM ARCO - DOMINGUEZ

 

 

 

 

 

 

O craque dos “Mambas” é de opinião que o jogo da segunda “mão” deve ser abordado com a mesma seriedade. “Ainda não acabou. Temos mais um jogo e é necessário não perder essa realidade de vista. Temos que entrar em campo (Sudão) com a mesma determinação e seriedade”.   

 

 

 

 

 

RESULTADOS COMPLETOS

 

Sábado

 

Malawi-Tchade (2-0)
São Tomé e Príncipe-Benin (0-2)
Namíbia-Congo (1-0)
Mauritânia-Guiné-Equatorial (1-0)

 

Domingo


Rep.Centro Africana-Guiné Bissau (0-0)
Suazilândia-Serra Leoa (1-1)
Moçambique-Sudão do Sul (5-0)
Madagáscar-Uganda (2-1)
Burundi-Botswana (0-0)
Tanzânia-Zimbabwe (1-0)
Libéria-Lesotho (1-0)
Quénia-Comores (1-0)
Líbia-Ruanda (0-0)

 

 

Fonte:Jornal Noticias

 

publicado por Vaxko Zakarias às 12:11
 O que é? |  O que é? | favorito

CHIQUINHO Conde era um homem bastante angustiado no final do jogo frente ao Desportivo no qual a sua equipa, Maxaquene, fora derrotada e viu-se eliminada da Taça de Moçambique muito precocemente.

 

O técnico quase que deixava cair lágrimas no “flash interview”, tendo atirado as culpas à arbitragem, por alegadamente ter prejudicado a sua equipa, embora não deixe de apontar o dedo aos seus pupilos.

 

Não sei por que é que os árbitros acordam de manhã e vão apitar só para prejudicarem a quem trabalha. Em lances duvidosos sempre o árbitro decidiu contra nós, mesmo numa situação em que as normas recomendassem que fossemos nós os beneficiados. Isso enfurece-me e também aos adeptos, o que depois culmina com distúrbios. Parece-me que Chiquinho Conde não pode ganhar nada neste país, não sei o que fiz para estas pessoas, mas não me deixam ganhar”, disse bastante agastado.

 

 Acrescentou que “tenho sido o primeiro a dar os parabéns quando perco com mérito do adversário. Mas sou de opinião que se é penalte é para se apitar, mas hoje (sábado) não aconteceu isso”, vincou.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

 

publicado por Vaxko Zakarias às 11:39
 O que é? |  O que é? | favorito

A DUPLA moçambicana Bruno Nhavene/Jaime Sigaúque sagrou-se vencedora da prova de pares de sub-12 na segunda e última etapa do Circuito Regional de ténis júnior, que terminou fim-de-semana, em Gaberone, capital do Botswana.

 

Moçambique, representado por quatro tenistas, esteve em destaque neste evento ao participar em três finais das quatro possíveis, nomeadamente em singulares e pares rapazes de sub-12 e pares raparigas de sub-14.

 

Bruno Nhavene não teve a mesma sorte na final de singulares de sub-12, ao perder na com o sul-africano Van Schalkwyk pelos parciais de 6/1 e 6/2, depois de conquistar a medalha de ouro na primeira etapa realizada há sensivelmente uma semana, em Maputo. Nhavene conquistou o torneio disputado na capital derrotando, na final, Tsholofelo Tsiang, do Botswana, por 7/5, 4/6 e 6/2.

 

 

Marieta Nhamitambo, por seu turno, da categoria de sub-14, ficou nas meias-finais, em Gaberone, tendo perdido curiosamente com a tswana Tsegofatso Tisang, por 4/6, 6/4 e 6/3, depois da medalha de prata conquistada em Maputo. Nhamitambo saiu derrotada na final de Maputo por Marang Makolo, também do Botswana, curiosamente vencedora do torneio de Gaberone.

 

 

Entretanto, a dupla moçambicana Marieta Nhamitambo/Nicole Dias terminou sem êxito a disputa da final de pares de sub-14. Salientar que Nicole Dias participou também na prova de singulares da categoria, tendo sido afastada nos quartos-de-final pela namibiana Gina Moolman, por 6/1 e 6/0.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:32
 O que é? |  O que é? | favorito

HÁ “clássico” esta noite opondo os vizinhos Desportivo e Maxaquene naquele que é o jogo mais aguardado da quinta jornada da Liga Moçambicana de Basquetebol (LMB) que decorre desde semana passada na capital do país.

 

Depois do interregno, ontem, para conferir descanso aos atletas, dois rivais marcaram encontro para 18:00 horas no pavilhão dos “tricolores”, sendo aguardado com enorme expectativa pelas duas equipas que entraram em falso para a competição.

 

Ambos com seis pontos, em oito possíveis, o Desportivo ocupa o quarto lugar, enquanto o Maxaquene está em sexto. A seguir a este desafio (20:00horas) o Costa do Sol, a grande sensação neste arranque do certame, mede forças com o campeão nacional, Ferroviário da Beira. Ambos os contendores somam sete pontos.

 

As 14:00 horas, o líder Ferroviário de Maputo (oito pontos, quatro jogos, outras tantas vitórias) bate-se com a Universidade Pedagógica, uma equipa que já deu avisos claros nesta competição, derrotando um dos candidatos ao título, o Desportivo.

 

As 16:00 horas, a Soprotecção de Quelimane terá pela frente o Ferroviário de Nampula, partida que coloca frente-a-frente os dois últimos classificados.

 

Refira-se que a primeira fase desta competição termina na quinta-feira. A segunda (meias-finais) arranca sábado, opondo o primeiro classificado ao quarto e o segundo ao terceiro lugar da fase de grupos.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:25
 O que é? |  O que é? | favorito
Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO