Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 25 DE Abril 2014

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 A VIOLÊNCIA nos recintos desportivos, que neste início da temporada futebolística de 2014 está a ganhar proporções alarmantes, particularmente na zona norte do país, foi objecto de uma acesa discussão e de consequentes recomendações severas na 7.ª Reunião Nacional dos Chefes do Departamento do Desporto, a acontecer entre quarta e hoje na cidade de Inhambane.

 

 

Este facto decorre das cenas de vandalismo vividas recentemente nas províncias de Cabo Delgado e Niassa, onde foram vítimas da incontida selvajaria dos adeptos alguns treinadores e árbitros, tendo-se chegado, inclusive, ao cúmulo de destruir as suas propriedades.

 

 

Na discussão do Regulamento de Segurança nos Recintos e Espectáculos Desportivos, aprovado em Julho do ano transacto pelo Conselho de Ministros, constatou-se que os organizadores das competições (federações, ligas, associações e clubes) ainda não comprimiram com o estabelecido na lei, que impõe, nomeadamente, a criação de regulamentos específicos, sob pena de ficarem interditos de organizar qualquer espectáculo desportivo.

 

 

Para tanto, os participantes no encontro recomendaram a necessidade urgente de se efectuar a divulgação do regulamento à escala nacional, junto dos fazedores do desporto e dos adeptos, através de uma acção concertada com a PRM, tendo em conta que a corporação nacional não somente é parte integrante do processo como também elemento-chave na prevenção e combate à violência. Igualmente, apelou-se para a adopção de medidas educativas, por via dos órgãos de Comunicação Social, criando-se assim uma frente comum que nos leve ao sucesso desta operação.

 

 

O encontro, que decorre sob o lema “Jovens e Desportistas na preservação da paz e unidade nacional”, deteve-se também nos projectos de massificação do desporto infanto-juvenil, como são os casos da “Juventude Ocupada, Juventude Saudável” e “Ginásio ao Ar Livre”. Em relação a este último, direccionado para o acesso dos cidadãos à prática da cultura física e do desporto, o Director-geral do INADE, António Munguambe, anunciou que já se encontra no país o material-modelo para a montagem do primeiro ginásio, devendo as províncias interessadas neste projecto-piloto apresentarem as suas candidaturas até ao dia 10 de Maio.

 

 

No concernente às infra-estruturas desportivas, para além da apreciação do curso das obras de conclusão do Complexo Desportivo de Pemba e do Centro de Excelência de Gondola, este último prestes a ser inaugurado, foi anunciado o início de uma grande campanha de construção nos distritos de campos de futebol de relva sintética e de pavilhões multiuso, como forma de minorar a problemática da falta de instalações desportivas com que o país se de debate. Mas, adjacente a este assunto, levantou-se a questão da manutenção e gestão desses recintos, dado ser um calcanhar de Aquiles em todas as províncias.

 

 

A 7.ª Reunião Nacional dos Chefes de Departamento do Desporto foi aberta pelo Secretário Permanente do Governo de Inhambane, Fernando Campine, que, na sua alocução, referiu-se ao trabalho em curso na província com vista à consolidação e expansão do parque desportivo, de modo a absorver ainda mais a crescente quantidade de jovens talentos que despontam em várias modalidades.

 

 

Por seu turno, a Directora Nacional do Desporto, Amélia Cabral Chavana, chamou a atenção para o facto de a meta estar próxima (fim do mandato), daí o chefe do departamento do desporto assumiruma importância extraordinariamente sublimenesta acção. “É verdade que o chefe do departamento do desporto tem à sua frente o director provincial, a quem responde em primeira instância, mas o chefe do departamento do desporto é o verdadeiro ponta-de-lança na sua direcção e mesmo a nível da província.

 

 

Segundo ela, não se pode conceber, por exemplo, que o chefe do departamento do desporto não conheça a legislação que regulamenta a actividade desportiva no país, não esteja a par dos campeonatos que se desenrolam na sua província, dos campeões que se produzem, das infra-estruturas existentes e que nem sequer ele próprio seja conhecido no seio dos desportistas.

 

 

Por isso, se na verdade somos pontas-de-lança, então, temos de marcar golos. Temos de ser vitoriosos. Temos de fazer com que as nossas direcções sejam actuantes e realmente liderem o desporto na província. Temos, acima de tudo, de fazer com que o desporto na nossa província esteja em primeiro lugar e seja um ponto de convergência de moçambicanos dos mais variados estratos sociais. Temos de ser verdadeiros artífices na dinamização da juventude, aproveitando o seu potencial, o seu talento e a sua natural disposição para a prática desportiva”, concluiu.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

 

publicado por Vaxko Zakarias às 09:54
 O que é? |  O que é? | favorito

AS cidades de Maputo e Beira são o centro das atenções na sexta jornada do Moçambola-2014. Costa do Sol-Ferroviário de Nampula é o mais aguardado da ronda.

 

Na Beira, o vice-campeão, Ferroviário, recebe o campeão, Liga Muçulmana.O Costa do Sol tentará, na tarde de amanhã (15.00 horas), buscar o ar da sua graça, vencendo o Ferroviário de Nampula para manter-se na corrida ao título.

 

Para o efeito, a perfeição pode não ser suficiente, pois pela frente estão uns “locomotivas” de Nampula que continuam invictos na prova e mais do que isso ainda não perderam qualquer ponto até aqui, pelo que são líderes isolados, com 15 pontos.

 

A margem de erro é bastante diminuta para a equipa de Matchiki-Tchiki, daí que todo o cuidado é pouco. Uma derrota até pode forçar uma grande ira dos adeptos, que certamente irão pedir a “cabeça” do técnico.

 

É nesta conjuntura pouco famosa que os “canarinhos” recebem o Ferroviário de Nampula que vem bastante moralizado, sobretudo pela goleada imposta ao seu homónimo de Maputo, na ronda transacta, por 3-0. O último confronto entre as duas formações saldou-se numa vitória da equipa do norte, por 1-0, em Maputo.

 

Ainda na capital do país, o Ferroviário de Maputo, na ressaca da goleada sofrida em Nampula, no último domingo, recebe o Estrela da Beira. À partida, os “locomotivas” são de longe favoritos à conquista dos três pontos, mas a derrota em Nampula pode ter deixado a equipa com baixos índices de confiança.

 

Na Beira há um aliciante Ferroviário-Liga Muçulmana, outra partida aguardada com enorme expectativa, que é de resultado imprevisível, apesar de os “locomotivas” de Chiveve não terem tido a garra dos últimos dois anos neste arranque do campeonato.

 

Os “muçulmanos” vêm de um resultado bem conseguido frente ao Ferroviário de Quelimane e querem vencer no Chiveve para continuarem no pelotão da frente.

 

Em Quelimane, o Ferroviário local recebe o Maxaquene, actual segundo classificado. Na ressaca da pesada goleada sofrida em Maputo, os “locomotivas” de Nacir Armando pretendem reconciliar-se com os seus adeptos, pelo que não se antevê vida fácil para um Maxaquene que tem vindo a fazer uma boa campanha, secundada por esclarecedores 4-0 impostos ao Desportivo de Nacala, no domingo.

 

O aflito Chibuto recebe o Têxtil de Púnguè, numa partida, diga-se, de duas equipas do mesmo “campeonato”. As duas equipas vêm de um empate, coincidentemente na Beira, pelo que no duelo de domingo as duas formações deverão “atirar-se” à busca dos três pontos, sob o risco de comprometerem as suas aspirações na prova.O Chibuto, uma das sensações das duas últimas temporadas, ainda não venceu, volvidas cinco rondas.

 

Em Nacala, o Desportivo local terá pela frente o Desportivo de Maputo. Os “canarinhos”, à semelhança do Chibuto, ainda não venceram, pelo que os seus exigentes adeptos olham para esta partida como uma oportunidade ímpar para o efeito.

 

 Mas pela frente terão uns “alvi-negros” que desde que venceram na ronda inaugural andam à procura do segundo triunfo no Moçambola.

O Ferroviário de Pemba, uma das muitas equipas que ainda não venceram nesta prova, recebe a aguerrida HCB, em jogo que se espera seja um ponto de viragem para o representante de Cabo Delgado.

 

À excepção do Costa do Sol-Ferroviário de Nampula, que tem lugar amanhã, todos os desafios serão disputados no domingo, a partir das 15.00 horas.

 

 

CALENDÁRIO DE JOGOS

 

AMANHÃ

 

Campo do Costa do Sol

 

15.00h: Costa do Sol-Fer. Nampula

 

DOMINGO

 

Estádio da Machava

 

15.00h: Fer. Maputo-Estrela da Beira

 

Campo do Ferroviário da Beira

 

15.00h: Fer. Beira-Liga Muçulmana

 

 

Campo Municipal de Chibuto

 

15.00h: Chibuto-Têxtil de Púnguè

 

Campo do Sporting de Quelimane

 

15.00h: Fer. Quelimane-Maxaquene

 

Campo da Bela Vista em Nacala

 

15.00h: Desp. Nacala-Desp. Maputo

 

Estádio Municipal de Pemba

 

15.00h: Fer. Pemba-HCB

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:37
 O que é? |  O que é? | favorito

O SUNDOWNS, do internacional moçambicano Domiguez, joga amanhã a cartada decisiva rumo ao sexto título da sua história, quando a partir das 20.15 horas receber o SuperSport no dérbi de Pretória.

 

Embate decisivo para os “canarinhos” que lideram com 61 pontos (mais um jogo que o Kaizer Chiefs, actual segundo classificado com 56 pontos) quando faltam apenas duas jornadas para o fim do campeonato.

 

Uma vitória frente ao SuperSport deixa a equipa de Dominguez a apenas uma vitória do título. Mas se o Chiefs não vencer nesta ronda (joga na quarta-feira) o campeonato fica resolvido com o triunfo dos “canarinhos” amanhã.

 

O Orlando Pirates, de Hélder Pelembe, só joga na quarta-feira com Bidvets Wits em virtude de estar envolvido nas competições da CAF. O Ajax Cape Town, de Telinho (lesionado), desloca-se domingo a Mangaung onde irá medir forças com Bloemfontein Celtic, a partida das 15.00 horas.

 

MIRO E JOSIMAR RECEBEM BENFICA

 

O Bravos de Maquis, equipa onde actuam os internacionais Miro e Josimar, defronta amanhã à tarde o Benfica de Luanda, em partida da nona ronda do Girabola. Depois do nulo, semana passada, a turma dos moçambicanos pretende vencer para aproximar-se da frente.

 

O 1.º de Agosto de Jumisse (Daúto Faquirá foi corrido domingo) defronta o Recreativo de Libolo. Os “militares” continuam a fazer uma campanha muito aquém das expectativas.

 

 

“MADEIRENSES” BATEM-SE COM SPORTING

 

Em Portugal, o Nacional, onde actua o trio moçambicano Mexer, Zainadine e Reginaldo, bate-se com o poderoso Sporting, em jogo da 29.ª jornada da Liga Portuguesa.

 

Quer os nacionalistas, quer os “leões” já lograram os seus objectivos principais da temporada, por isso o jogo será para o cumprimento do calendário. Aliás, a equipa da Madeira reservou este jogo para os festejos do apuramento a Liga Europa conseguido no último domingo e no dia anterior, o Sporting tinha garantido o apuramento a “Champions”.

 

SIMÃO NO CAMINHO DO ELCHE

 

O Levante, de Simão Mathe Jr., defronta amanhã o Elche em partida da 35.ª jornada da La Liga Espanhola. Com a manutenção já garantida, o actual 11.º classificado procura melhorar a sua situação na tabela, e, quiçá, chegar aos lugares europeus. O moçambicano cumpre a sua segunda temporada ao serviço da equipa da cidade de Valência.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:08
 O que é? |  O que é? | favorito
Abril 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
15
18
19
20
26
27
28
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO