Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Segunda-feira, 20 DE Janeiro 2014

A TENISTA Cláudia Sumaia ficou em sétimo lugar no torneio regional de juniores realizado recentemente no Botswana e que serviu de qualificação ao Campeonato Africano da categoria, a decorrer em Abril, no Quénia.

 

 

A melhor tenista da actualidade não foi para além dos quartos-de-final nas eliminatórias de qualificação disputadas em Gaberone, mais venceu o jogo para a atribuição do sétimo lugar frente a uma atleta do país anfitrião.  

 

 

Esta é a segunda vez que Cláudia Sumaia consegue o passaporte para a maior prova continental da categoria, depois de ter marcado presença no “Africano” de 2011, em Cairo, no Egipto. 

 

 

A tenista está a observar uma preparação especial, nos “courts” do Jardim Tunduru, em Maputo, com vista a obter um lugar de destaque no evento continental.Da participação moçambicana no “regional”, destaca-se a ainda a presença na final de pares de sub-12 da dupla constituída pelos irmãos Armando e Jaime Sigaúque. Infelizmente, o “Africano” do Quénia não envolve a categoria de sub-12.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:36
 O que é? |  O que é? | favorito

O INTERNACIONAL moçambicano Jumisse, que nos últimos anos militou em alguns clubes europeus, nomeadamente em Portugal e Roménia, assinou por um ano com o 1º de Agosto de Angola, equipa da primeira divisão.

 

A contratação do meio-campista da Selecção Nacional aconteceu numa altura em que já não tinha o vínculo com o clube romeno, Vaslui, o qual representou nas duas últimas épocas, depois de ter passado por clubes da II divisão portuguesa, nomeadamente Portimonense e Leixões.

 

Jumisse terá assim uma nova experiência que poderá projectá-lo ao nível do futebol africano, sendo que o 1º de Agosto é um dos grandes clubes do continente e que tem participado nas Afrotaças.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:24
 O que é? |  O que é? | favorito

MAIS de 20 técnicos beneficiaram há dias, de capacitação especialmente dedicada a treinadores do Moçambola, que neste momento estão envolvidos nos trabalhos de pré-época.A capacitação, orientada por Roger Schouwenaar e Bert Zuurman, da Real Confederação Holandesa de Futebol (KNVB), em parceria com a PROSPORT e a Federação Moçambicana de Futebol (FMF), decorria desde o dia 13, na cidade de Maputo, e envolveu ambos os sexos em sessões intensivas de teoria e prática.

 

Um dos principais objectivos do curso foi dotar os treinadores de conhecimentos específicos em matéria de preparação de uma época desportiva, com destaque para temas tais como: funções da equipa; princípios e preparação de treino; passos metodológicos de treinos para diferentes grupos etários e análise de jogo.

 

 

Para o técnico Mussá Osman, afecto ao Clube do Chibuto, o curso foi benéfico sobretudo para os que participaram pela primeira vez. Por seu turno, Virgínia Macaringue disse que saiu a ganhar, visto que aprendeu coisas que nunca tinha ouvido falar e, estando em fase terminal da sua carreira como jogadora de futebol, poderá rumar para a função de treinadora.

 

 

O encerramento contou com a presença de parceiros, com destaque para o Instituto Nacional de Desporto (INADE). No seguimento deste curso, outra capacitação terá lugar de hoje até sexta-feira, desta vez para técnicos que trabalham com as camadas de formação.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:17
 O que é? |  O que é? | favorito

TEM lugar no próximo dia 5 de Fevereiro, diversas competições desportivas com destaque à 1ª edição de Corta-Mato da Matola, ciclismo, natação e a final do torneio de futebol que neste momento decorre em diversos bairros da urbe, provas que se enquadram nas comemorações dos 43 anos da elevação daquela autarquia à categoria de cidade que se assinala naquela data.

 

 

O corta-mato vai decorrer nas instalações do Centro Emissor da Rádio Moçambique na Matola e envolverá federados, populares, veteranos e alunos das diferentes escolas da urbe. Em federados teremos os seguintes escalões: seniores, juniores, juvenis e iniciados.Na prova prevê-se a participação de centenas de corredores, sendo que para os federados o percurso será de 10 quilómetros, cinco para populares e veteranos, e nas restantes categorias a distância a percorrer será de um quilómetro.

 

 

Os corredores podem participar em representação de clubes, escolas, grupos associativos ou a título individual, em ambos os sexos.Os vencedores da prova, que é organizada pela Associação Clube de Atletismo da Matola, em parceria com o município da Matola e com apoio técnico da Associação Provincial de Atletismo de Maputo terão direito a troféus e a prémios monetários.

 

 

O primeiro em federados seniores arrecadará 20 mil meticais, o segundo terá 10 mil e cinco para o terceiro. Os populares e veteranos terão nove, oito e sete mil, respectivamente para o primeiro, segundo e terceiro classificados.Nas camadas de formação, o prémio máximo será de cinco, seguido de três e dois mil, respectivamente para o primeiro, segundo e terceiro lugares.

 

 

Em ciclismo terá lugar o Torneio Condomínio Janelas do Rio, prova que se prevê que junte mais de cinquenta ciclistas de diferentes categorias e escalões.

 

Será a terceira edição da corrida que para os federados será de 20 quilómetros, 10 para populares e veteranos e cinco para os BMX (categoria infantil).

 

 

À semelhança das edições anteriores, a corrida terá lugar na pista à volta do Condomínio Janelas do Rio, localizado no bairro Tchumene I.Troféus e medalhas serão os prémios para os vencedores da corrida que vai acontecer a 5 de Fevereiro.

 

 

Em natação, realizar-se-á na mesma data, provas envolvendo crianças do município da Matola e alguns clubes da cidade de Maputo que participarão a título de convidados. Trata-se de Golfinhos, Tubarões e Desportivo de Maputo. As provas terão lugar no Centro Cultural do Banco de Moçambique.

 

 

Já em futebol decorrem torneios de futebol na categoria de sub-17, competições que terão a sua ponta final a 5 de Fevereiro. As provas em alusão vão apurar os oito representantes dos três postos administrativos que compõem aquele município, que disputarão os quartos-de-final e sucessivamente “meias” e a grande final que terá lugar no aniversário da cidade.

 

 

Competições similares são comuns sempre que se comemora o dia da Matola, sendo que esta edição envolve mais de 100 equipas, que jogam num sistema de todos-contra-todos numa única volta, em cada um dos bairros.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:06
 O que é? |  O que é? | favorito

OS “Mambas” despediram-se, na noite de ontem, do CAN-Interno, em Cape Town, de forma vergonhosa ao perder no último minuto de compensação frente ao Mali, em partida da última jornada do Grupo A.

 

Foi humilhante e vergonhoso como saímos desta prova. Depois de terem estado a vencer, tal como aconteceu em todos os encontros que realizaram, os “Mambas” perderam, por 2-1, com o tento da vitória dos malianos a ser oferecido por João Mazive, que incompreensivelmente agarrou um contrário na área, no último minuto de compensação, provocando um penalte que ditou a sentença do encontro. Aliás, ditou a terceira derrota de Moçambique, quando tudo indicava, que desta vez, sairia com pelo menos um ponto conquistado. O jogo começa com o Mali a pressionar. Logo aos 20 segundos, os malianos descem rapidamente pela esquerda.

 

Há um cruzamento para o coração da área onde aparece Traoré a desviar o esférico para o fundo das redes. Mas o árbitro entendeu que o avançado do Mali cometera falta antes do remate fatal e anula aquele que seria o primeiro golo do encontro. Os “Mambas” ainda não se tinham encontrado no terreno, quando novamente Traoré apareceu em posição privilegiada a atirar forte. Soarito, já batido, foi substituído por Chico, que sobre a linha fatal desviou para longe, isto aos nove minutos.

 

A pouco e pouco a Selecção Nacional foi equilibrando o desafio. Passou a atacar em bloco e jogava ao primeiro toque para evitar contacto físico, uma vez que os malianos são muito fortes nesse aspecto. E aos 38 minutos, numa jogada rápida pela esquerda, Mário cruzou para a entrada de primeira de Josemar, que rematou forte e seco. A bola antes de entrar ainda bateu no poste mais distante do guarda-redes Diakite. O público festejou efusivamente, uma vez que no outro campo a África do Sul também já perdia e a derrota dos malianos poderia safar os sul-africanos de uma eliminação precoce. O Mali reagiu prontamente.

 

Foi ao ataque, mas não conseguiu restabelecer a igualdade antes do intervalo. Ciente das dificuldades que poderia encontrar no segundo tempo, o Mali entrou a matar. Logo aos dois minutos chegou à igualdade por intermédio de Didibe, que na área, livre de qualquer marcação, atirou para o poste mais distante de Soarito. Mais um erro crasso da defensiva moçambicana. A história repetia-se, pois em todos os jogos Moçambique foi o primeiro a marcar, mas depois perdeu a concentração e acabou saindo derrotado. Ontem foi mesmíssima coisa.

 

Aos seis minutos, Traoré voltou a encontrar espaço para um remate fortíssimo correspondido por uma defesa de cinco estrelas de Soarito, que com uma palmada desviou o esférico pela linha do fundo, por cima do travessão. O Mali começava a acelerar e os “Mambas” sentiam-se sufocados. Já eram raras as vezes que conseguiam sair do seu meio campo com a bola jogável. E como resultado, os homens mais recuados preferiam lançamentos em profundidade à procura dum companheiro lá na frente. Maninho era o único jogador mais adiantado e nalgumas vezes sentia-se desapoiado.

 

A MORTE DO ARTISTA!

 

O jogo foi correndo à outra velocidade por parte do Mali. O tempo ia passando e Moçambique aguentava o pressing. Tudo indicava que o empate estava assegurado. Mas, os que pensaram assim enganaram-se redondamente, porque outro galo cantou e o artista morreu subitamente. Estava-se no último minuto dos três que o árbitro tinha dado de compensação. João Mazive incompreensivelmente agarra um adversário da área, quando este nem tinha hipóteses de chegar à bola e ainda por cima estava ainda Chico na dobra. O árbitro sem hesitação apontou para a marca de grande penalidade.

 

Sinceramente ninguém entendeu a atitude do defesa moçambicano. Até os malianos, que se beneficiaram do lance não acreditaram no que estavam a ver. Mas era real. João Mazive tinha cometido talvez um dos piores erros da sua carreira futebolística. O Mali, tal como lhe competia não perdoou a deixa. Idrisse Trapré, que entrara na segunda parte, atirou para um lado e levou Soarito para o outro. Era fim dum sonho de sair deste CAN-Interno com, pelo menos, um ponto conquistado. Foi um fim triste para todos os moçambicanos. O árbitro do encontro esteve muito bem. Eis a forma como jogou Moçambique: Soarito; João Mazive, D´rio Khan, Chico, Dito, Diogo, Manuelito (Imo), Kito, Josemar, Mário (Alvarito) e Maninho.

 

ÁFRICA DO SUL FICOU EM TERRA

 

A ÁFRICA DO SUL, que comandava o Grupo A até à entrada da última jornada de ontem, foi surpreendentemente afastada deste CAN-Interno, ao perder frente à Nigéria, por 3-1. Assim, passam para a fase seguinte o Mali, em primeiro lugar, e a Nigéria, em segundo, enquanto África do Sul e Moçambique arrumam as botas e cada um regressa para a sua casa. Este afastamento, na própria casa, está a criar grande agitação aqui na África do Sul. Já se fala na possível “chicotada” psicológica.

 

GIL CARVALHO, em Cape Town

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:42
 O que é? |  O que é? | favorito
Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
18
19
25
26
27
31
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO