Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 04 DE Dezembro 2013

 

 

 

O FERROVIÁRIO encerrou a época de hóquei em patins em clima de festa ao conquistar a Taça Maputo em hóquei em patins após golear a Académica, por 16-0, em jogo da quinta e penúltima jornada.


Os “locomotivas” fizeram 15 pontos, fruto de cinco vitórias em igual número de jogos. Quando falta uma jornada para o final, pode-se dizer, desde já, que esta foi uma competição atípica, na medida em que o Desportivo, habitual candidato a vencer todas as provas em que participa, foi vulgarizado por equipas a priori de menor dimensão, casos do Estrela Vermelha e Académica. Os “alvi-negros” estiveram no seu pior momento, tendo até somado, quatro derrotas, sendo que a última foi diante do Estrela, por 6-4.


A má forma da equipa “alvi-negra” foi agudizada pela ausência de jogadores importantes, casos de Siga e Nuno Tavares. Sem culpa por esta desorganização do seu arqui-rival, o Ferroviário, reforçado com o regresso de Maninho, ganhou o troféu sem a habitual pressão.


Esta prova fica igualmente marcada pela boa prestação de três jovens talentos que estiveram no Mundial do Grupo “A”-Angola 2013, nomeadamente Kevin Pimentel e Momed Buanar (Dino), ambos do Desportivo, que com mais espaço para jogar deixaram boas indicações, e ainda de Félix Gomes (Felzinho) do Estrela Vermelha.


DUELO SEM “CHAMA”


Esta noite encerra a época, com um Desportivo-Ferroviário, a partir das 20.00 horas, mas sem o mesmo grau de interesse, já que o troféu não sairá das mãos dos “locomotivas”. No entanto, a rivalidade estará presente.


A abrir, Académica joga, às 19.00 horas, com o Estrela Vermelha. Os “alaranjados” foram a grande surpresa desta prova, tendo já assegurado o segundo lugar.



Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:21
 O que é? |  O que é? | favorito

O QUARTETO formado pela A Politécnica, Liga Muçulmana, Universidade Pedagógica e Costa do Sol acerta, esta noite, o calendário do Campeonato de Basquetebol da Cidade de Maputo, em seniores femininos.

 

Às 19.30 horas, no pavilhão da A Politécnica, a equipa da casa mede forças com a Liga Muçulmana, em partida em atraso da segunda jornada. Meia hora antes, a Universidade Pedagógica bate-se com o Costa do Sol no campo do Ferroviário. Os jogos são referentes à sexta jornada do certame.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:17
 O que é? |  O que é? | favorito

A SELECÇÃO Nacional de Futebol devia ter defrontado a Suazilândia, na tarde de ontem, em mais um jogo de preparação para o CAN-Interno (CHAN), prova que decorrerá na África do Sul de 11 de Janeiro a 1 de Fevereiro próximo.


No entanto, o encontro acabou por ser cancelado pela Federação de Futebol da Suazilândia devido a não cedência de jogadores à selecção daquele país vizinho por parte dos clubes. A informação foi prestada pelo secretário-geral da Federação Moçambicana de Futebol (LMF), Filipe Johane. “O jogo entre Moçambique e Suazilândia foi cancelado porque os clubes da suázis não cederam jogadores à selecção”, explicou.


Entretanto, o dirigente confirmou a partida de domingo frente ao Zimbabwe em mais um teste dos “Mambas”, quando falta pouco de mais de um mês para o início do CHAN-2014.

Enquanto isso, o combinando nacional prossegue o seu estágio em Nelspruit, cidade sul-africana, com sessões diárias focalizadas para a vertente táctico-técnica. 


Treinam às ordens de João Chissano, seleccionador nacional, 27 jogadores, sendo que quatro não viajarão à capital zimbabweana, Harare. O técnico já manifestou a vontade de levar 23 atletas. Os quatro que ficarão de fora da convocatória final serão conhecidos na sexta-feira.



 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:07
 O que é? |  O que é? | favorito

 

 

 

MOÇAMBIQUE teve um desempenho muito aquém do esperado no Campeonato Africano de Natação na categoria de juniores, em ambos os sexos, que teve lugar no último fim-de-semana na capital zambiana, Lusaka.


 

Dos catorze atletas convocados para esta missão, apenas seis nadadores conseguiram chegar à final, sendo que nenhum deles conseguiu subir ao pódio.


 

Com efeito, nos 50 metros livres, Shakil Fakir quedou-se em sétimo lugar na final com uma modesta marca de 27 segundos e 45 centésimos. Jalik Tavares foi quem esteve próximo de conquistar uma medalha, tendo caído em quarto lugar na final dos 50 metros livres, com o tempo de 28 segundos e 10 centésimos.


 

Nos 100 metros costas, Castro Júnior ficou em sexto lugar, com o tempo de um minuto e nove segundos. Nos 100 metros livres, Gisela Cossa classificou-se em sétimo lugar. Nos 100 metros costas, a mesma atleta ocupou o modesto oitavo lugar. Eurico Cuna não foi além do sétimo lugar nos 100 metros costas.


 

Na especialidade de estafeta, a Selecção Nacional ficou em quinto lugar, falhando, desta forma, a última oportunidade de sair medalhado do “Africano”.


 

NADADORES QUE ESTIVERAM EM LUSAKA:


 

Gisela Cossa, Layla Taquidir, Jéssica Taquidir, Sassa Francisco, Jalik Tavares e Eurico Cuna, Emídio Cuna, Denílson da Costa, Denise Mabassa, Jannat Bique, Castro Júnior, Allan Bique, Shakil Fakir e Jéssica Francisco.Eduardo dos Santos e Eleutério Malate foram os técnicos que estiveram à frente da Selecção.



Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:02
 O que é? |  O que é? | favorito

O CONSELHO de Disciplina da Liga Moçambicana de Futebol (CDLMF) decidiu instaurar um processo de inquérito com vista a averiguar os factos relativos à denúncia levantada pela direcção do Vilankulo FC, na qual revela a utilização irregular de um jogador do Matchedje em jogo da 22ª jornada do Moçambola, tendo os “marlins” perdido, por 1-0.


 O caso foi despoletado pelo presidente do Vilankulo, Yassin Amugi condimentado nos seguintes factos. O dirigente alega que o “militares” utilizaram o mesmo jogador, mas com dois nomes diferentes; Gervásio Cachena defrontou o Estrela Vermelha da Beira, na 20ª jornada, e depois o mesmo atleta, jogando com a camisola n° 25, surgiu na ficha de jogo com o Vilankulo com o nome de Milagre Jorge na 22ª.


Depois de analisar a denúncia o Conselho de Disciplina da LMF, reunido em sessão extraordinária do dia 27 de Novembro, decidiu abrir um inquérito, tendo nomeado como instrutores do processo: Samuel Miambo e Mário Mambo.


Caso o Vilankulo FC ganhe a causa passará a somar mais três pontos do tal jogo com o Matchedje, ficando com 29 pontos, os mesmos do Têxtil do Púnguè. Estando os “marlins” em vantagem no “goal-average” (diferença de golos marcados e sofridos), oito negativos contra dez dos “fabris” da Manga, que assim seriam despromovidos.




Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:59
 O que é? |  O que é? | favorito

O FERROVIÁRIO da Beira será o único representante moçambicano na Taça dos Clubes Campeões Africanos de basquetebol em seniores masculinos, prova a ter lugar de 12 a 21 de Dezembro em curso na cidade tunisina de Sousse.



 

Os “locomotivas” do Chiveve garantiram presença na mais prestigiada prova do Continente Africano, a nível de clubes, graças a uma repescagem por ter sido o terceiro classificado nas eliminatórias da Zona VI, torneio realizado recentemente em Lusaka, capital zambiana, sendo que as formações angolanas do Recreativo de Libolo e 1º de Agosto, primeiro e segundo classificados, respectivamente, selaram o apuramento directo para a fase final da Taça dos Clubes Campeões.


 

Os campeões nacionais partem com destino à Tunísia, no próximo fim-de-semana, devendo escalar Joanesburgo (África do Sul) e Addis-Abeba (Etiópia).


 

Nesta que é a 28ª edição da Taça de Clubes Campeões Africanos participarão 12 equipas divididas em dois grupos de seis cada. Transitam para os quartos-de-final os quatro primeiros classificados de cada grupo.


 

Nos “quartos”, os semifinalistas serão encontrados através do sistema, ou seja, o primeiro do Grupo A joga com o quarto do B, enquanto que o segundo medirá forças com o terceiro e vice-versa.As selecções que não qualificarem-se para os “quartos” vão disputar do nono ao décimo e segundo lugares.



 

As equipas angolanas do Recreativo de Libolo e 1º de Agosto são as principais candidatas ao título continental. Aliás, o historial recente faz com que a balança penda para o lado das formações daquele país da costa atlântica.O Ferroviário da Beira participa pela primeira vez na fase de grupos deste evento continental.


 

Refira-se que nos seniores femininos, o Inter de Luanda sagrou-se campeã africana ao bater na final as compatriotas do 1º de Agosto, por 61-60, numa competição que decorreu em Marrocos. As angolanas sucederam no trono a Liga Muçulmana, que este ano pautou, inesperadamente, pela ausência na prova.




Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:48
 O que é? |  O que é? | favorito
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO