Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Segunda-feira, 19 DE Agosto 2013

O CLUBE do Chibuto não precisou de fazer nenhum esforço para derrotar o Matchedje, no terreno deste, por 2-0, levando os "militares" cada vez mais para as proximidades do abismo.



 Assumindo algum favoritismo, em razão da sua posição na tabela classificativa, o Clube do Chibuto começa a partida exercendo uma forte pressão sobre a defesa do Matchedje, denunciando, desde logo, as carências de índole diversa, na zona mais recuada dos comandados de Alcides Chambale, com particular ênfase para o central Abdul, já que Zola, na zona central, era a unidade que apresentava algum inconformismo, encarregando-se de vigiar a movimentação dos dianteiros contrários, com destaque para Stanly, por se tratar de unidade fixa na manobra ofensiva montada por Vítor Pontes.



Esta postura ofensiva do conjunto forasteiro teve seus frutos ainda aos cinco minutos, com o golo apontado por Stanly, após se envolver num confronto com o guarda-redes Valério, permitindo que a bola rolasse caprichosamente para o fundo da baliza, num lance em que Abdul, próximo de fazer um corte, eximiu-se desta responsabilidade, deixando que as malhas se encarregassem de interromper o percurso do esférico.



O Matchedje tentou equilibrar, chegando mesmo, aos 17 minutos, por ameaçar um golo, mas valeu a atenção de Nito, que fez um corte categórico, evitando o pior na baliza de Zacarias.



Com os "militares" balanceados ao ataque, eis que surge um contra-ataque do Clube do Chibuto, conduzido por Bush, do lado esquerdo do ataque chibutense. Após atravessar a linha divisória, centra para a zona da grande área defendida por Valério, onde aparece Mambucho a fazer o 0-2, deitando abaixo o sonho de se chegar, no mínimo, ao empate, por parte do Matchedje.



O segundo tempo não trouxe nada do que o óbvio, com o Chibuto na gestão da vantagem e o Matchedje visivelmente rendido às evidências e seu treinador conformado com a dura e triste realidade, que consiste na ausência de processos de jogos, que se resumem numa total descrença, por parte dos "militares", que se pensava fossem em busca da redução da desvantagem e, eventualmente, chegarem ao empate. E o Chibuto soube gerir este precioso triunfo, até ao último apito do jogo bem ajuizado por Adolfo Chitache e seus pares.



FICHA TÉCNICA


ÁRBITRO: Adolfo Chitache, auxiliado por Adão Chitache e Baltazar Nhacumbe. Quarto árbitro: Aureliano Mabote.


MATCHEDJE - Valério, Zola, Belé, Abdul (Bila), Nito, Tchtchó, Bali, Beta (Juvêncio), Eka, Jamal, (Acácio) e Basden


CLUBE DO CHIBUTO - Zacarias, Nito, Lalá (Mário), Duda, Paltão, Johane, Stanly (Jossias), Mambucho (C. Bento), Nhabanga, Bush e Ndjusta.


ACÇÃO DISCIPLINAR: cartão amarelo para Tchotchó e Bali (ambos do Matchedje)


Golos: 0-1 (Stanly, aos 05'); 0-2 (Mambucho, aos 32')




Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:52
 O que é? |  O que é? | favorito

AS INCERTEZAS sobre a possível vitória do Costa do Sol frente a HCB tornaram-se mais evidentes à medida que o tempo corria e, sem dúvidas, o português Diamantino Miranda, técnico “canarinho”, teve mérito nas opções que trouxe à entrada para a segunda parte, com destaque para o  “maestro” Rúben, cujo estado de forma tem vindo a ser questionado nos últimos tempos.



Esta é a razão pela qual não aparecia no onze inicial e a sua débil condição física evidenciou, de algum modo, o mau momento que está a atravessar. Apesar disso, o baixinho foi quem, em grande medida, trouxe a alegria para aos adeptos do Costa do Sol, que, pelos acontecimentos no rectângulo do jogo, pouco acreditavam no triunfo. E passaram poucos minutos depois da sua entrada para se concretizar aquilo que era o seu anseio. Usando os seus reflexos, o “maestro” interceptou o esférico numa acção menos conseguida por Soarito, que iniciou mal o jogo com as mãos, depois de anular o remate de Themba.



Rúben “caçou” a bola e já na sua posse e com a defesa desprevenida atirou para o esférico ser travado pela mão de Fanuel, que tentou em vão anular a investida do meio-campista “canarinho”. Próximo, o árbitro da partida, Inácio Sitoe, assinalou grande penalidade bem convertida pelo “capitão” Dário Khan, aos 47 minutos, para o gáudio dos donos da casa.



Rúben e Themba vieram galvanizar o ataque “canarinho”. O baixinho, que havia sido apupado no embate anterior frente ao Maxaquene, pelo mau desempenho, era aclamado pelo desdobramento dentro do rectângulo do jogo, criando muito perigo junto à baliza de Soarito. O Costa do Sol passou a jogar com algum dinamismo e a equipa já podia subir em bloco, com as jogadas a surtirem o efeito desejado. Porém, faltava um artilheiro que acertasse com a baliza. Aliás, o Costa do Sol revelou-se, na primeira parte, incapaz de dar seguimento às suas investidas e foi bastante improdutivo sobretudo no sector ofensivo, onde o zambiano Masha esteve irreconhecível, acabando por ser substituído por Themba.



Neste período, o Costa do Sol apenas teve dois lances com selo de golo. No primeiro, Nelson rematou ao lado na boca da baliza, depois de uma jogada iniciada por si, com Manuelito II a centrar fundo para mau alívio de Mucuapel, forçando Soarito a sair aos punhos, aos nove minutos.

De seguida, David viu o seu tiro a ser desviado pelo corpo do adversário na trajectória da baliza.



Feito isto, a HCB foi ganhando confiança e reagiu com algumas subidas, mas mal conseguidas. O meio-campo “canarinho” estava desequilibrado e os erros afectaram também o sector defensivo, com Manuelito I a revelar-se inseguro. Face a este cenário, Lewis aproveitou-se do desentendimento e atirou quase a roçar o poste, aos 16 minutos. Daqui para a frente notou-se uma certa alternância ofensiva. Contudo, o Costa do Sol entrou para o segundo tempo decisivo e as alterações feitas pelo técnico “canarinho” produziram efeito. O Costa do Sol cresceu, atacou, mas não conseguiu dilatar a vantagem.



Mesmo assim, a HCB lutou e esteve perto do golo na sequência do pontapé de canto, com Jacob a surgir na confusão a rematar para Sanito tirar a bola quase na linha do golo, aos 64 minutos. Lewis voltou a testar os reflexos de Gervásio, mas a bola foi à sua figura.



Já no tempo de compensação, na sequência de mais um canto bem batido por Elídio, Mucuapel apareceu no segundo poste a cabecear centímetros ao lado.

A equipa de arbitragem fez bom trabalho.



FICHA TÉCNICA



COSTA DO SOL – Gervásio; Sanito, Manuelito I, Dário Khan e Dito; Manuelito II (Rúben), Mambo, Alvarito e David (Mayunda), Nelson e Masha (Themba).


HCB – Soarito; Fabrice, Mucuapel, Fanuel e Antoninho; Aulito, Elídio, Ussama e Zuma (Babo); Jacob e Lewis.


DISCIPLINA: cartões amarelos a Mambo e Nelson (Costa do Sol) e Jacob, (HCB).




Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:35
 O que é? |  O que é? | favorito

A LIGA Muçulmana goleou o Ferroviário da Beira pior 4-0, mas não destronou o Clube de Chibuto no comando do Moçambola, que na tarde de sábado venceu o Matchedje, por 2-0. O representante de Gaza lidera a prova com os mesmos 30 pontos dos “muçulmanos”.



O Maxaquene atrasou-se na corrida ao título depois de ter ido à Tete empatar com o Chingale sem abertura de contagem os mesmos desfechos que tiveram os embates Desportivo de Nacala-Têxtil do Púnguè e Estrela Vermelha da Beira-Ferroviário de Nampula. O Costa do Sol enceta uma subida.



Ontem recebeu e venceu a HCB, por 1-0. A próxima jornada, portanto a terceira da segunda volta, terá os seguintes jogos: Chibuto-HCB, Têxtil-Matchedje, Ferroviário da Beira-Desportivo de Nacala, Ferroviário de Nampula-Liga Muçulmana, Ferroviário de Maputo-Estrela, Maxaquene-Vilankulo e Chingale-Costa do Sol.




Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:37
 O que é? |  O que é? | favorito
Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
17
18
23
24
25
26
27
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO