Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quinta-feira, 11 DE Julho 2013

OS problemas burocráticos, mais concretamente a falta de visto de entrada em Portugal, trava a viagem de Zainadine Júnior à Madeira, onde deverá assinar um contrato com o Nacional, consumada a transferência da Liga Muçulmana para aquele emblema luso, onde actual outro internacional moçambicano, Mexer.

 

Em principio, Zainadine devia ter se apresentado ao Nacional no início desta semana, onde lhe espera um contrato de quatro temporadas com aquele clube, mas segundo o presidente da Liga Muçulmana, Rafik Sidat, a falta de visto é que está a impedir a viagem.

 

 

A mesma fonte assegurou que logo que o atleta conseguir a autorização irá viajar no “primeiro” avião disponível com vista a ganhar tempo, dado que a pré-época já começou um pouco por toda a Europa.

 

 

Aliás, à semelhança de grande parte dos clubes portugueses, o Nacional começou a trabalhar esta semana, sendo que os problemas de visto podem vir a ter efeito na integração do internacional moçambicano naquele clube de Funchal.Refira-se que apesar da venda, a Liga Muçulmana fica ainda com 40 por cento do passe de Zainadine.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 12:47
 O que é? |  O que é? | favorito

JOSÉ Querido é o novo seleccionador nacional de hóquei em patins. O cotado técnico português, que já orientou a selecção lusa e foi campeão europeu de clubes e em Portugal pelo Óquei de Barcelos, foi uma escolha rápida e consensual para liderar a selecção moçambicana no Mundial de Angola, evento que decorre nas cidades de Luanda e Namibe entre os dias 20 e 28 de Setembro.

 

Uma escolha que teve a participação activa de Pedro Nunes, o novo treinador do Benfica, que teve de abdicar das funções de seleccionador moçambicano devido ao convite para assumir a liderança técnica das “águias”.

 

 

O acordo foi alcançado terça-feira, com a presença do presidente da Federação Moçambicana de Patinagem, Nicolau Manjate, em Portugal.Segunda-feira, o jornal “A Bola” noticiou que o Sporting de Portugal disponibilizou a sua equipa de hóquei patins para a realização de jogos-treino com a Selecção de Moçambique durante o estágio que os moçambicanos vão realizar em Portugal na última semana de Agosto, citando Gilberto Borges, presidente da secção autónoma daquela modalidade do clube de Alvalade.

 

 

Os jogos de preparação terão como palco o Pavilhão Municipal José Gouveia, em São João da Talha, Loures.O Sporting, recorde-se, cede dois jogadores para a campanha mundialista: o guarda-redes Igor Alves e o avançado Mário Rodrigues.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 12:42
 O que é? |  O que é? | favorito

O CAMPEÃO nacional em título de xadrez sénior, Wilton Calicoca, destacou-se num torneio internacional realizado recentemente em Angola, alcançando o segundo lugar numa prova que contou com 13 participantes, nomeadamente do país anfitrião, África do Sul, Zimbabwe, Zâmbia, Portugal e Brasil.

 

Wilton Calicoca fez 6,0 pontos em nove possíveis, atrás do sul-africano Daniel Cawdery, vencedor da prova pontuável no “ranking” internacional. O campeão nacional evidenciou-se entre xadrezistas detentores de títulos internacionais, destacando-se o grande mestre, o português Luís Calego, que foi o xadrezista com melhor “rating” mundial (2488). Infelizmente, Calego não foi mais que 5,5 pontos, tendo terminado em sexto lugar.

 

 

Enquanto isso, o sul-africano Daniel Cawdery, curiosamente com o “rating” 2345, é mestre-FIDE (mestre Federação Internacional de Xadrez), que é o terceiro melhor título mundial, depois do mestre internacional. Com este título, o brasileiro Nogueira Cícero Braga, detentor do terceiro melhor “rating” (2416), ocupou a terceira posição, com os mesmos pontos que Calicoca. Também com seis pontos, mas na quarta posição, o zambiano Daniel Jere ficou em quarto lugar. Jere é igualmente mestre internacional e com o “rating” 2386.

 

 

Com o segundo melhor “ranking” (2433), o zimbabweano Robert Gwaze, também mestre internacional, partilhou os mesmos pontos (5,5) que o grande mestre Luís Galego.

 

 

De salientar que Wilton Calicoca participou no torneio na qualidade de convidado.E, pelo segundo lugar, o campeão nacional recebeu um troféu.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 12:36
 O que é? |  O que é? | favorito

O CONSELHO de Disciplina da Associação de Futebol da Cidade de Maputo (AFCM) considerou, em comunicado divulgado recentemente, improcedente o protesto do Costa do Sol contra a Liga Muçulmana da Taça de Moçambique.

 

O Costa do Sol fundamentava, no seu protesto, os acontecimentos que antecederam o encontro, nomeadamente a alteração do jogo dum campo neutro para o do adversário, e decorrentes do jogo, com destaque para a repetição da grande penalidade por indicação do árbitro assistente após Reginaldo ter atirado contra o poste, alegando movimentação do guarda-redes da linha de golo antes da execução.

 

O Costa do Sol acusa o árbitro auxiliar que acompanhava as movimentações do guarda-redes “canarinho” de ter levantado, no acto da marcação da primeira grande penalidade da Liga, a bandeirola num movimento seguinte ao do gesto técnico do jogador, a indicar qualquer infracção, baixando imediatamente ao constatar que a bola havia entrado.

 

 

No protesto, os “canarinhos” falam igualmente de um pontapé de canto não cobrado, em virtude da paragem para a substituição de Alvarito por Tchaka, já no tempo do prolongamento, que também não foi consumado com o árbitro a dar o encontro por terminado. No que respeita a este ponto, o Costa do Sol queixa-se do facto de ter ficado privado de um atleta preponderante para a fase que seguia, que era da marcação de pontapés na marca de grandes penalidades e, por via disso, ter sido prejudicado. 

 

 

A decisão do Conselho de Disciplina refere que, delimitado o âmbito do protesto, não foi provada a sua matéria, uma vez que não se encontrou fundamento legal bastante para a procedência do mesmo, baseando-se nos erros de direito da equipa de arbitragem para a repetição do jogo e evocando as leis 3, 7 e 14 do regulamento da prova.  

 

 

A direcção do Costa do Sol disse, reagindo à decisão, que vai levar o assunto até às últimas consequências sendo que preparava um recurso que terá dado entrada ontem à sede da Federação Moçambicana de Futebol (FMF).

 

 

O director executivo do clube “canarinho”, Garrido Jeremias, anotou que a direcção do Costa do Sol vai recorrer no prazo estabelecido à instância a seguir e quando necessário até às últimas circunstâncias como objectivo de ver a justiça feito.

 

Segundo a fonte, todo processo visando a realização do jogo esteve desde o início infectado, começando pela alteração do campo inicialmente indicado (campo do 1º de Maio).Recordar que o encontro entre a Liga e Costa do Sol terminou com a vitória da Liga, por 3-2, na marcação de grandes penalidades, após o nulo ao fim do tempo regulamentar.

 

 

Nossa decisão mantém-se e vamos esgotar todas as possibilidades de ver a justiça feita”, reafirmou Garrido Jeremias. 

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 12:27
 O que é? |  O que é? | favorito

O CONSELHO Nacional do Desporto reúne-se entre os dias 8 e 10 de Agosto próximo, na cidade de Inhambane, na sua X Sessão da Assembleia-Geral Ordinária para avaliar o desempenho do mandato da actual direcção, liderada por Eugénio Chongo.

 

Para além da eleição da nova direcção para o quadriénio 2013/2016, o encontro tratará da leitura da acta da última sessão, do relatório de actividades e contas de 2012, da apresentação do plano de actividades para 2014 e dos relatórios de actividades dos membros provinciais, bem como do estatuto do CND revisto pelo MJD.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:17
 O que é? |  O que é? | favorito

A LIGA Muçulmana e o Vilankulo FC confirmaram a inscrição de respectivamente quatro e três jogadores para a segunda metade da época.

 

A turma “muçulmana”, que partilha a liderança com o Chibuto e o Ferroviário da Beira, confirmou a inscrição do médio-ofensivo Telinho, que no fim da época passada havia sido emprestado ao Naval 1º de Maio de Portugal; do lateral esquerdo Eusébio, do “central” Edson e do meio-campista Naftal, que haviam sido emprestados ao também clube português Olhanense.

 

 

A Liga Muçulmana não dispensou nenhum jogador em virtude de algumas saídas de vulto, designadamente o “central” Zainadine Júnior, recentemente emprestado ao Nacional da Madeira, o malawiano Josephy e o ponta-de-lança Sonito, pretendidos pelo TP Mazembe, só seguirão para Congo depois do fim da presente época, segundo deu a conhecer fonte do clube.

 

 

O Vilankulo FC contratou, por seu turno, os meio-campistas Hilário e Nené ao Desportivo de Nacala e Costa do Sol, respectivamente, para além do avançado Milton à Liga Muçulmana da Maxixe. Enquanto isso, foram dispensados o defesa central Abdul, o lateral esquerdo Manito, o ala esquerdo Luís, mais o avançado Francisco.

 

 

COSTA DO SOL E CHIBUTO LIMITADOS



O Costa do Sol e o Clube de Chibuto não contrataram nenhum atleta durante a reabertura do mercado de jogadores devido a limitações de natureza diversa. Os “canarinhos” sentem-se limitados devido ao processo em curso levado a cabo pelo Ministério do Trabalho contra estrangeiros em situação ilegal, numa altura em que a direcção “canarinha” luta para superar o problema.

 

 

O Costa do Sol tinha na mira algumas contratações no estrangeiro, mas acabou fazendo o contrário. Ou seja, emprestou o médio-defensivo Nené ao Vilankulo, enquanto dispensava o defesa central Zé Inácio. O director executivo do Costa do Sol, Garrido Jeremias, disse que houve uma rescisão amigável entre os “canarinhos” e o português Zé Inácio, que apresentou razões familiares.

 

 

Não havendo condições para contratar mais jogadores estrangeiros e na ausência de soluções internamente, optamos por chamar alguns juniores (quatro) para reforçar o plantel”, comentou Garrido Jeremias.

 

 

Situação idêntica acontece com o Chibuto, que dispensou o ponta-de-lança Skaba, que é tido como certo no Ferroviário de Nampula. Segundo o presidente do clube, Simão Cossa, não houve novas inscrições devido a limitações financeiras. 

 

 

FER. DE NAMPULA “VARRE” A CASA


O Ferroviário de Nampula será o clube que mais jogadores requisitou e também dispensou na recente reabertura do mercado. Dados avançados pelo chefe do Departamento de Futebol da colectividade indicam que os “locomotivas” nampulenses reforçaram o plantel com nove atletas e em todos sectores.

 

O clube nortenho contratou o guarda-redes Rodrigues (ex-Maxaquene), os defesas Vasil (ex-Maxaquene), Samito (ex-Estrela da Beira) e Marito (ex-Vilankulo); os meio-campistas Óscar e Quaresma (ex-Estrela da Beira) e os avançados Skaba (ex-Chibuto), Edgar (ex-Matchedje) e Geovani (ex-Ferroviário de Pemba). 

 

 

Paralelamente às entradas, o Ferroviário de Nampula dispensou sete atletas, nomeadamente o guarda-redes David, os defesas Mavó, Vadinho, Luís, Jojó, Magido e o avançado Neves.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 11:32
 O que é? |  O que é? | favorito

OS jogadores da equipa principal de futebol de Maxaquene observaram uma greve na manhã de ontem, paralisando actividades em reivindicação a um conjunto de direitos que a direcção do clube, alegadamente, não está a cumprir.

 

No conjunto das reivindicações consta o não pagamento de prémios de jogo, do título de campeão nacional conquistado no ano passado e do cumprimento defeituoso das cláusulas contratuais, principalmente para os atletas, cujos valores das “luvas” devem ser canalizados para as suas contas bancárias mensalmente.

 

 

Aliás, em contacto com alguns jogadores do clube, o “Notícias” apurou que a situação salarial de todo o plantel está regularizada, mas estes escusaram-se a dar mais pormenores sobre as suas reivindicações, até porque está prevista para esta manhã uma reunião entre eles e a direcção, condição para regressarem ao trabalho.

 

 

Entretanto, a direcção “tricolor”, através do seu porta-voz, Alexandre Chivale, confirmou a paralisação das actividades (treinos) na manhã de ontem, mas ressalvou que se tratou de uma agitação de alguns elementos da estrutura de futebol do clube.

 

 

Alguém da estrutura de futebol obrigou os atletas a não treinarem, mas ainda estamos a averiguar quem é ou quem são essa(s) pessoa(s), até porque alguns jogadores, dentre os quais os “capitães”, ligaram para nós e nos disseram que não era a intenção deles boicotar os treinos”, disse Chivale.

Na ocasião, Chivale descartou a hipótese de os problemas salariais estarem na origem da paralisação, até porque ninguém é devido ordenado no clube, pelo menos até Junho sendo que os salários de Julho estão a ser processados, segundo adiantou.

 

Em relação aos prémios, disse que precisaria de mais dados para confirmar se existe ou não alguma divida: “Precisaria de mais dados para apurar se há ou não algum caso de divida. Não tenho certeza do momento, mas não excluo este, nem qualquer outro motivo, mas quanto aos salários, repiso: não devemos a nenhum jogador”, rematou.

 

 Esta greve acontece numa altura em que o Maxaquene está à beira de perder os seus jogadores estrangeiros devido a irregularidades nos seus contratos e na sua entrada ao país.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 11:14
 O que é? |  O que é? | favorito
tags:
Julho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
16
20
21
26
27
28
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO