Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 19 DE Junho 2013

CONTRA tudo e todos, os atletas moçambicanos foram a Gaberone, Botswana, conquistar nove medalhas nos Campeonatos Regionais de Boxe, evento que reuniu 66 pugilistas em representação de oito países.

 

A primeira contrariedade com que os moçambicanos se depararam foram as arbitragens tendenciosas montadas especificamente para beneficiar os anfitriões, que, por sinal, detêm a presidência da zona.

 

 

Contudo, Juliano Máquina, nos 49 kg; Augusto Mathule, nos 69, em masculinos; Maria Manuela, nos 60, e Alcinda Panguana, nos 69, em femininos, chegaram à final e conquistaram as medalhas de ouro, qualificando-se, deste modo, para o Campeonato Africano a realizar-se ainda este ano nas Maurícias.

 

 

Francisco Massitela, nos 81, Ângela Augusto, nos 64, e Rady Gramana, nos 75, apesar de terem marcado presença na final, foram derrotados, ficando com medalhas de prata. Cremildo Artur, nos 52, e Gento Máquina, nos 75, eliminados nas meias-finais, ficaram com as de bronze.No cômputo geral, Moçambique terminou a competição em quarto lugar, atrás da África do Sul (campeã da zona), Botswana e Namíbia.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 12:10
 O que é? |  O que é? | favorito

Moçambique também participou em femininos com quatro atletas, das quais duas conseguiram ouro e as restantes prata, numa competição bastante fraca.

 

Maria Manuela e Alcinda Panguana foram as que conseguiram ouro, enquanto Ângela Augusto e Rady Gramane ficaram com prata.

 

 

Angolanos injustiçados retiraram-se

 

Os angolanos foram as primeiras vítimas do sistema de arbitragem com o seu melhor pugilista, por sinal o melhor do torneio, a ser prejudicado na estreia frente a um tswana. Inconformados com a situação, ameaçaram retirar-se da competição e regressarem à casa.

 

 

Contudo, depois da intervenção do presidente da zona, reconsideraram. Era o início de um processo que viria a culminar com a sua retirada depois do seu último combate da final. É que um dos seus pugilistas, depois de maltratar um namibiano, viu a arbitragem a negar-lhe a vitória.

 

 

 

Devido aos clamorosos erros dos árbitros, o pessoal da representação diplomática de Angola no Botswana ordenou a retirada da sua comitiva do local onde decorriam as provas. Uma decisão que foi acertada, uma vez que os árbitros, por orientação do presidente da zona, por sinal um tswana, estavam a ser “roubados” de forma escandalosa. Aliás, o comportamento dos juízes até chegou a irritar os especialistas da modalidade, incluindo os locais.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:00
 O que é? |  O que é? | favorito

AS emoções do futebol regressam esta tarde (14.30 horas) no com a disputa de mais uma partida da Taça de Moçambique - fase da cidade de Maputo - entre a Liga Muçulmana e o Costa do Sol.

 

Trata-se da terceira e última eliminatória de acesso à fase zonal sul e que ditará quem dentre os dois colossos cairá fora desta que é a segunda maior prova futebolística do país.

 

 

Depois de dois fins-de-semana fora de acção, devido aos compromissos da Selecção Nacional, para a qual as duas formações contribuíram com um número considerável de atletas, a Liga Muçulmana e Costa do Sol vão entrar para este encontro galvanizados pela vontade e desejo de se manterem presentes na competição.

 

 

Aliás, a atravessar uma época cheia de sobressaltos, o Costa do Sol não pode claudicar sob o risco de comprometer este que é um dos seus principais objectivos depois do Moçambola. Os “canarinhos” encontram-se neste momento na zona de despromoção, facto que pouco lhes confere o estatuto de candidatos, apesar de ainda ser ligeiramente cedo.

 

 

Enquanto isso, a Liga Muçulmana, apesar de estar a registar uma época notável, uma vez que sofreu apenas uma derrota nos oito jogos que já realizou no Moçambola, sonha com esta prova. Aliás, compete-lhe defender o título que a levou para uma grande epopeia nas Afrotaças.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:36
 O que é? |  O que é? | favorito

ACADÉMICA e Desportivo protagonizam hoje, a partir das 19.00 horas, no pavilhão do Estrela Vermelha, o jogo mais aguardado da quarta jornada do Campeonato de Hóquei em Patins da Cidade de Maputo.

 

Este desafio reveste-se de grande interesse na medida em que na primeira volta a Académica, então vista como uma presa fácil, surpreendeu o Desportivo com um triunfo, por 5-3. Esta noite cresce, por via disso, a expectativa em se saber até que ponto os “estudantes” poderão dificultar a vida aos “alvi-negros”, que estão proibidos de perder mais pontos sob o risco de verem o título lhes fugir, enquanto, por outro lado, estará um adversário motivado e disposto a voltar a causar surpresa.

 

 

No fecho da jornada, que abre a segunda volta, o Ferroviário, primeiro classificado, recebe o Estrela, o “lanterna vermelha”. A partida está agendada para às 20.00 horas no mesmo recinto, sendo que os “locomotivas” são candidatos à vitória.

 

 

Na classificação, o Ferroviário lidera com sete pontos, segue-se Académica com seis, Desportivo com quatro e Estrela ainda sem qualquer ponto.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 11:20
 O que é? |  O que é? | favorito
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
16
17
21
22
23
24
25
28
29
30
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO