Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quinta-feira, 13 DE Junho 2013

 

 

O treinador de atletismo no Ferroviário de Maputo e nalgumas vezes seleccionador nacional, Azarias Samuel, é acusado por uma atleta adolescente da Universidade Pedagógica, de 17 anos, de assédio sexual.  O caso já está no Gabinete de Atendimento e Aconselhamento a Mulheres e Crianças Vítimas de Violência Doméstica.



 

A queixa foi formalmente apresentada no Gabinete de Atendimento e Aconselhamento a Mulheres e Crianças Vítimas de Violência, que na última quarta-feira ouviu o técnico de atletismo.



 

Ontem, durante o Campeonato da Cidade de Maputo de Juniores, pessoas da modalidade afirmaram à nossa Reportagem que o técnico do Ferroviário de Maputo e um dos frequentes seleccionadores nacionais assedia as atletas, na sua maioria adolescentes, com promessas de um lugar na selecção nacional.



 

Segundo contam, apesar de nunca ter sido investigado diz-se que o assunto é de domínio de muitas pessoas do atletismo, assim como do quadro do Instituto Nacional do Desporto (INADE). Aliás, afirma-se mesmo que este não foi aos Jogos da CPLP, em Portugal, nem aos do SCSA, na Zâmbia, apesar de ter tido seus atletas seleccionados, por causa desse alegado comportamento.

 

 

 

A armadilha MONTADA

 

 

 

Segundo soubemos, há muito tempo que o técnico era caçado, mas não havia caído na “ratoeira” até que mensagens telefónicas supostamente trocadas por Azarias e uma atleta da Universidade Pedagógica, cujo nome omitimos, o colocaram na mira dos investigadores.



 

Foram essas mensagens com referências “não normais” na relação de um treinador e uma atleta que serviram de primeiras pistas para que o treinador fosse ouvido no Gabinete de Atendimento e Aconselhamento a Mulheres e Crianças Vítimas de Violência Doméstica.



 

Uma fonte ligada à modalidade, que falou somente na condição de anonimato, afirmou que este alegado comportamento de Azarias Samuel, de 55 anos, não é de hoje, tendo já tentado outras tantas atletas nalguns casos com sucesso e noutros sem alcançar as suas intenções.



 

– Em nenhum momento houve queixa formal, daí que nunca se investigou, mas são coisas que já vinham acontecendo. Mas sempre ficava-se numa situação de palavra dum contra a doutro, disse a fonte a que nos referimos.



 

A situação, segundo nos contam, muda quando a atleta da Universidade Pedagógica deixou escapar a outras pessoas que o “mister” mandava mensagem com um teor que ultrapassava a relação técnico-atleta.



 

A atleta foi aconselhada e “entrar” no jogo do treinador, criando espaço para que ele (treinador) continuasse a tentar seduzi-la através de troca de mensagens.  

 

Segundo os nossos informantes, o técnico prometia um lugar na Selecção Nacional para conseguir seus intentos.



 

 

– As miúdas caíam no “papo” porque ambicionavam um lugar na Selecção Nacional. Há muito que se falava disso, mas ninguém do atletismo fazia algo, alegadamente porque faltavam provas que começam a surgir graças à coragem destas atletas, assim como doutras duas que também se apresentaram no Gabinete de Atendimento e Aconselhamento à Mulheres e Crianças Vítimas de Violência Doméstica.  

 

 

 

Azarias Ouvido


 

 

 

Já na quarta-feira o técnico esteve presente no Gabinete de Atendimento Aconselhamento de Mulheres e Crianças Vítimas de Violência Doméstica, onde estiveram igualmente dois treinadores (entre eles Bento Navessa) e o chefe do Departamento da Universidade Pedagógica, para além de duas atletas, que se diz terem sido vítimas do técnico. 



 

No local, Azarias foi confrontado com as mensagens que vinha trocando com a atleta. Perante isso, disse que as mesmas não tinham nenhuma maldade e que não ultrapassavam a relação atleta-treinador.O assunto está nas mãos da polícia, que neste momento afirma não querer pronunciar-se por estar ainda na fase de produção de provas.

 

 

Quem afirma é ShafEe Sidat

 

 

 

FMA já abriu um inquérito



 

 

 

O presidente da Federação Moçambicana de Atletismo (FMA), Shafee Sidat, disse ontem em contacto telefónico com a nossa Reportagem que a instituição que dirige abriu há dias um inquérito para apurar a veracidade das acusações.



 

– Há muita coisa no meio disso que estamos a investigar. Aliás, não estamos apenas a falar desse caso. Há casos de outros treinadores que têm se comportado muito mal só para poderem ter lugares nas viagens que a FMA organiza. Para além disso, há os que querem ter, a qualquer custo, atletas doutros técnicos, não se importando em abater os colegas.



 

É por essas razões que Sidat diz que a FMA vai investigar este assunto com “bastante calma e só depois traremos um pronunciamento público. Não estamos a trabalhar com o “ouvi dizer”.



 

De acordo com Sidat, não se trata de nenhuma protecção a “a” ou “b”, mas sim cautelas para que não apareça ninguém injustiçado.

 

– A nossa comissão de inquérito, criada há dias, está a investigar e podes crer que os resultados serão divulgados para o bem do atletismo nacional.




 

 

Azarias espera pela investigação

 

 

 

 

Contactado na tarde de ontem, no Estádio Nacional do Zimpeto, onde decorreu a edição 2012 do Campeonato da Cidade de Juniores, o treinador Azarias Samuel não quis comentar o assunto.



 

– Sei que estão a tentar me queimar, mas não quero falar sobre esse assunto enquanto estiver a ser analisado ou investigado. O meu advogado assim me aconselhou,disse Azarias Samuel.




Fonte:Jornal Desafio

publicado por Vaxko Zakarias às 13:02
 O que é? |  O que é? | favorito

MOÇAMBIQUE estreou-se da melhor forma nos Campeonatos Regionais de Boxe, que decorrem desde terça-feira em Gaberone, Botswana, com quatro vitórias e duas derrotas.

 

O olímpico Juliano Máquina, nos 49kg, Cremildo Artur, nos 52, André Simão, nos 64, e Augusto Mathule, nos 69, foram os que honraram a Bandeira Nacional, numa prova em que o sistema utilizado é de todos contra todos, contrariamente ao que vinha sendo hábito nos eventos anteriores.

 

 

Juliano Máquina entrou demolidor frente a um inexperiente namibiano e, com uma combinação de golpes, obrigou o árbitro a proteger o adversário no segundo assalto. No terceiro Máquina passeou a sua classe.

 

 

Augusto Mathule foi o herói da noite. A fechar a sessão dos 21 combates do primeiro dia, obrigou o seu adversário, um zimbabweano, a desistir no segundo assalto, decisão acatada pelos júris, que entenderam que o homem da terra de Mugabe estava efectivamente estafado e maltratado pelo moçambicano.

 

 

Watch António, nos 56kg, que curiosamente conquistou a medalha de bronze nos Jogos Africanos de Maputo, foi a grande decepção, ao perder de forma humilhante diante dum namibiano no segundo assalto, depois de o árbitro ter suspendido o combate por incapacidade física do moçambicano. Foi atingido por fortes golpes na boca do estômago. Aliás, Watch, momentos antes havia beneficiado de uma contagem.

 

 

Valdo António, nos 60kg, foi o outro moçambicano que perdeu na estreia frente a um tswana, apesar de ter realizado um excelente combate. Referir que dificilmente os tswanas serão derrotados em sua casa, uma vez que beneficiam da protecção dos árbitros.

 

 

SESSENTA E SEIS PUGILISTAS


 

Este deve ser um dos campeonatos regionais mais  concorridos. No total são 66 pugilistas, dos quais oito mulheres, sendo quatro moçambicanas, três do Botswana e uma da África do Sul, em representação de oito países, nomeadamente Botswana, Moçambique, Angola, África do Sul, Suazilândia, Namíbia, Zâmbia e Zimbabwe.

 

 

Dado o número elevado de atletas, a organização teve que reprogramar os jogos. Se no primeiro dia os combates se iniciaram às 15:00 horas, depois da cerimónia de abertura, já ontem os combates começaram às 12:00. Uma verdadeira maratona que só terminou à noite, com um pequeno intervalo às 16.00 horas.

 

 

MOÇAMBIQUE JÁ CONTA COM QUATRO MEDALHAS 

 

 

Mesmo antes de subirem ao ringue, as pugilistas moçambicanas já conquistaram quatro medalhas pelo facto de realizarem cada um combate.

Ao que tudo indica, serão todas medalhas de ouro, uma vez que o boxe feminino é pouco praticado na região, mas tudo dependerá do seu desempenho hoje no terreno dos combates.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:41
 O que é? |  O que é? | favorito

AS formações do Ferroviário de Maputo, em femininos, e da Universidade Pedagógica (UP), em masculinos, sagraram-se domingo, no Estádio Nacional do Zimpeto, campeões da cidade de Maputo em juniores.

 

Em masculinos ficou muito cedo evidente que o Ferroviário não estava em condições de enfrentar a poderosa UP na presente época. E de facto confirmou-se, com os “universitários” a terminarem a competição com 114 pontos, mais 27 que os “locomotivas”, que falharam a renovação do título, contentando-se com o segundo posto, com os mesmos pontos que o Núcleo do Bagamoyo (87).

 

 

Em femininos, com o Desportivo privado das atletas que lhe ajudaram a conquistar o título no ano passado, o Ferroviário assumiu-se como principal candidato e terminou em primeiro lugar, no final das duas jornadas, com 95 pontos.

 

 

As “alvi-negras” quedaram-se, desta vez, em quinto lugar. A equipa que ainda tentou dar alguma réplica às “locomotivas” foi o Núcleo do Bagamoyo, que ficou em segundo, com menos 14 pontos (81).  

 

 

Entretanto, os Campeonatos da Cidade foram fracos em termos de marcas, até porque a ventania que se fez sentir no domingo não permitiu aos atletas fazer o seu melhor. Mesmo assim, destaca-se as vitórias incontestáveis de Leonor Dimande, nos 400 e 800 metros, e de Creve Macha nos 200 metros, 110 e 400 barreiras, bem como de Alberto Mamba nos 800 e 1500 metros.

 

 

A edição-2013 dos Campeonatos da Cidade, que começaram com as vitórias do Ferroviário de Maputo (feminino) e Núcleo do Bagamoyo (masculino), termina no próximo fim-de-semana com a disputa da prova de seniores em ambos os sexos.Após isso as atenções estarão viradas para os “Nacionais”, que terão lugar também no Zimpeto.

 

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL



Masculinos


1º lugar - Universidade Pedagógica, 114 pontos

2º - Ferroviário de Maputo, 87

3º - Núcleo do Bagamoyo, 87

4º - Matchedje, 86

5º - A Politécnica, 79

6º - Fer. Mahotas, 40

 

Femininos


1ª posição - Fer. Maputo, 95 pontos

2ª - Bagamoyo, 81

3ª - UP, 70

4ª, -A Politécnica, 56

5ª - Desportivo, 55

6ª- Fer. Mahotas, 48

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:20
 O que é? |  O que é? | favorito

JÁ são conhecidas as equipas apuradas para a fase final da sétima edição do torneio de basquetebol interescolar, vulgo Basket Show, após dois meses das eliminatórias em masculinos.

 

Assim, em masculinos foram apuradas as escolas secundárias Francisco Manyanga, Estrela Vermelha, Avenida Eduardo Mondlane, Polana, Noroeste I, Mahlazine, Josina Machel, Matola, São Joaquim, Força do Povo, Nelson Mandela e a campeã em título Zona Verde.

 

 

Já em femininos transitaram as escolas Quisse Mavota, Mahlazine, Francisco Manyanga, Josina Machel, Força do Povo, Noroeste I, Zona Verde e Matola.Em femininos a prova vai na sua segunda edição, sendo que a Escola Secundária da Polana é actual campeã em título.

 

 

Ainda a propósito deste certame, que arranca em Julho próximo, a organização irá levar a cabo de 18 a 20 de Junho corrente uma acção de formação para os treinadores das equipas que estarão envolvidas na fase final com vista a dotá-los de conhecimentos técnicos e mais actualizados sobre o basquetebol.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 12:17
 O que é? |  O que é? | favorito

O TÉCNICO João Chissano vai assumir interinamente o cargo de seleccionador nacional de futebol, em virtude da demissão do alemão Gert

Engels após a vergonhosa derrota domingo diante da Guiné-Conacry (6-1) em partida da quarta jornada e que marcou o arranque da segunda volta, isto no Grupo G de qualificação ao Mundial-2014. Segundo declarações do presidente da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), Feizal Sidat, João Chissano é de qualidade reconhecida e já acumulou experiência e maturidade suficientes como treinador de futebol e adjunto técnico dos “Mambas”, isto desde a altura que o seleccionador nacional era o holandês Mart Nooij.

 

Feizal Sidat disse que era inoportuno abordar a questão da demissão de Gert Engels, em virtude de se estar nas vésperas de mais um jogo. Os “Mambas” defrontam domingo o Egipto no Estádio da Machava, em partida da quinta jornada (penúltima) de qualificação ao Mundial-2014.

Feizal Sidat afiançou que a FMF vai se pronunciar sobre a demissão de Gert Engels em reunião ordinária na próxima semana.

 

 

Vamos tomar uma decisão sobre o assunto. Por enquanto importa dizer que João Chissano e Mano-Mano vão estar à frente da equipa”, assegurou.

 

 

Questionado sobre o paradeiro de Gert Engels, o presidente da FMF disse que não regressou ao país porque teme represálias do público. Feizal Sidat anotou que Gert Engels mandou um correio electrónico (email) para a federação renunciando o cargo que vinha exercendo desde Outubro de 2011.

 

 

A fonte disse, adiante, que a FMF vai aceitar a renúncia, tendo em conta que os objectivos para os quais o treinador foi contratado não foram alcançados, nomeadamente o apuramento ao CAN-2013 e qualificação ao Mundial-2014.

 

 

Não é oportuno tocar neste assunto nesta altura que estamos a quatro dias do jogo com o Egipto. Vamos, a partir da próxima semana, nos pronunciar da situação de Gert Engels”, comentou.

 

 

De salientar que Gert Engels assinou um contrato de três anos por objectivos que ia até ao final de 2014. Como mandam as regras, Gert Engels deverá regressar a Maputo para rescindir formalmente o contrato de trabalho com a FMF.

 

 

 

MAMBAS RETOMAM PREPARAÇÃO 



A Selecção Nacional retomou ontem à tarde, no Estádio da Machava, os trabalhos de preparação com vista ao embate com o Egipto no domingo. João Chissano chamou os mesmos jogadores que já constavam da lista inicial, incluindo Aguiar e Chico, da Liga Muçulmana, solicitados nas vésperas da partida para Guiné-Conacry devido à onda de lesões que afectou a espinha dorsal da equipa, com destaque no sector defensivo.

 

 

 Os “centrais” Zainadine Jr., Gabito e Mexer, bem como o ponta-de-lança Clésio, todos acometidos com lesões nas vésperas da viagem para Conacry, foram novamente convocados. João Chissano disse que o grupo mantém-se e que qualquer nova solicitação de jogadores dependerá da resposta à convocatória, que é praticamente a mesma.

 

 

 

LISTA DOS CONVOCADOS


Guarda-redes – Ricardo Campos e Gervásio

 

Defesas – Miro, Mexer, Zainadine Jr., Gabito, João Mazive, Aguiar, Chico e Dito

 

Médios – Dominguez, Jumisse, Momed Hagy, Manuelito II, Diogo, Alvarito, Kito, Reinildo, Mambucho, Germano e Belito

 

Avançados – Sonito, Hélder Pelembe, Telinho, Clésio, Toni e Mário

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 12:09
 O que é? |  O que é? | favorito

A GALA do Desporto da edição-2013 tem lugar esta noite em Maputo. O evento, que visa premiar atletas e agentes desportivos que contribuem para o desenvolvimento do desporto a cada ano, acontece depois de sucessivos adiamentos.

 

Aliás, a gala esteve inicialmente agendada para Fevereiro e mais tarde para Março, o que não aconteceu. Segundo Aurélio Mazias, representante de Show de Bola, entidade que, juntamente com o Instituto Nacional do Desporto, organiza o evento, os adiamentos deveram-se às cheias de Janeiro e Fevereiro.

 

 

Esta situação fez, segundo contou, com que os organizadores repensassem nas datas, pois, na sua óptica, um evento festivo como é o caso da Gala do Desporto era incompatível com a dor e luto que muitas famílias moçambicanas viveram no início do ano.

 

 

Nesta que é a terceira edição da Gala do Desporto serão premiadas oito categorias, nomeadamente Atleta do Ano Masculino, Atleta do Ano Feminino, Jovem Revelação, Treinador do Ano, Atleta Paralímpico do Ano e Atleta Olímpico do Ano, nestas duas últimas em ambos sexos.

 

 

Os atletas e agentes desportivos foram seleccionados pelas federações das modalidades para as quais pertencem com base nos resultados obtidos nas seguintes competições: campeonatos provinciais, campeonatos nacionais, competições regionais - Zona VI, Campeonato Africano, Campeonato do Mundo, Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, entre outras.

 

 

O júri foi composto por personalidades de reconhecido mérito no desporto nacional, sob supervisão de uma empresa credenciada no mercado na área de auditoria.Para esta edição estão seleccionados 48 atletas e três treinadores de 16 modalidades.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 11:44
 O que é? |  O que é? | favorito
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
16
17
21
22
23
24
25
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO