Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 05 DE Junho 2013
MOÇAMBIQUE terá como adversário na jornada inaugural do Campeonato Africano de Basquetebol de seniores femininos, prova na qual será anfitriã de 20 a 29 de Setembro, o Zimbabwe, segundo o sorteio realizado na capital do país.
 

A equipa nacional terá, assim, uma soberana oportunidade de se estrear a vencer na medida em que o Zimbabwe é teoricamente o adversário mais acessível do grupo, onde constam o Senegal, vice-campeão africano, Costa do Marfim, Egipto e o vencedor da eliminatória entre a Tunísia e Argélia a ser definido no final do mês.

 

 

O combinado moçambicano, depois do Zimbabwe, defronta nos dias subsequentes o Egipto (21) e o vencedor do Tunísia-Argélia (22). Depois vai observar um dia de descanso, válido para as 12 selecções participantes, para a seguir bater-se com a Costa do Marfim (24) e no dia 25 encerrar a sua participação na fase de grupos ombreando com o Senegal, que em princípio disputará com o conjunto nacional o primeiro lugar do grupo.

 

 

Os outros jogos da primeira jornada do Grupo A são: Senegal-Egipto e Costa do Marfim-Tunísia-Argélia.Por ser anfitriã, Moçambique foi cabeça-de-série e por isso evitou um confronto com Angola, campeã africana, que ficou no Grupo B juntamente com Nigéria, Mali, Quénia e Cabo Verde.

 

 

A primeira ronda será marcada pelo duelo entre Angola e Nigéria, duas potências do básquete africano.Não sendo interessante do ponto de vista desportivo será emotivo acompanhar o embate entre Angola e Cabo Verde pelo carácter histórico e de proximidade de cultura e língua.

 

 

Na primeira jornada, Cabo Verde terá pela frente o Mali, terceiro classificado no último Afrobasket, enquanto os Camarões jogam com o Quénia.

A competição terá como palco os pavilhões do Maxaquene e do Desportivo e será jogada num sistema de todos contra todos.

 

 

Apuram-se para os quartos-de-final as quatro primeiras classificadas de cada um dos dois grupos e, através de um sistema cruzado (primeiros contra os quartos classificados e segundos frente a terceiros), apurar-se-ão os que vão à fase seguinte.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 13:26
 O que é? |  O que é? | favorito

A LIGA Muçulmana terminou a sua epopeia africana ao ser afastada, mas com muita honra, da fase de grupos da Taça CAF pelo TP Mazembe da República do Congo, que veio perder, domingo, em Maputo, por 2-1, depois de golear, em casa, a turma moçambicana, por 4-0.

 
A Liga cai depois de uma trajectória de sucesso, tendo afastado do caminho sucessivamente o Gaberone United do Botswana, Lobi Star da Nigéria e Wydad Casa Blanca de Marrocos.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 13:22
 O que é? |  O que é? | favorito

O TÉCNICO-adjunto da Liga Muçulmana, Sérgio Faife, destacou a prestação da equipa que, no seu entender, fez de tudo para honrar os moçambicanos. Reconheceu que seria difícil ganhar a eliminatória com o resultado consentido fora, pelo que o que interessava à Liga era mais espectáculo.

 

 

Afirmou que, infelizmente, o árbitro não esteve à altura do jogo, daí que o espectáculo tenha sido ensombrado pela polémica.     "Primeiro parabenizar os jogadores por tudo que fizeram. Correram e deram tudo o que tinham a dar. Acho que eles mereciam um pouco mais. É claro que a eliminatória estava difícil. Perdemos por 4-0 na primeira “mão”, mas eles mereciam mais do que o que aconteceu. Estão de parabéns os jogadores e o público também, que veio em massa para apoiar a equipa”, comentou.  

 

 

Quanto ao jogo, afirmou que a Liga portou-se muito bem, tendo pecado apenas no lance que ditou o golo do TP Mazembe ao fim da primeira parte.

 

 

"Acabámos deitando tudo abaixo naquele lance. Mas entrámos na segunda parte com mentalidade de ganhar o jogo. É claro que a eliminatória tornou-se mais difícil para nós depois de sofrermos o golo, mas conseguimos ganhar o jogo e estamos de parabéns por isso. Se tivéssemos saído daqui com um resultado de 3-1 ou 4-1 não seria escândalo”, disse. 

 

 

Relativamente à equipa de arbitragem, Faife respondeu que esteve muito má, porque houve muitos lances que não assinalou a favor da Liga, deixando passar o que, por outro lado, castigava, favorecendo desse modo o TP Mazembe.

 

 

"Eu acho que foi uma equipa de arbitragem que não esteve à altura do jogo. O jogo foi muito bom, mas a equipa de arbitragem não esteve muito bem. Cometeu muitos erros e a maior parte deles contra a Liga Muçulmana”.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 13:16
 O que é? |  O que é? | favorito

O JOGO entre a Liga Muçulmana e TP Mazembe de Congo deixou mais uma marca negativa no futebol africano, que tem sido caracterizado por práticas de corrupção, que incidem sobre arbitragens tendenciosas e falta de hospitalidade por parte de alguns clubes, que têm pautado por tratamento desumano quando recebem as equipas adversárias. Pior é que a Confederação Africana de Futebol (CAF) nada tem feito para sancionar os protagonistas desses actos, agindo em jeito de compadrio em relação a com alguns clubes de renome e bem posicionados economicamente.

 

 

A partida entre o representante moçambicano nas Afrotaças, a Liga Muçulmana, e o TP Mazembe da RD Congo, domingo, na Matola, foi mais um testemunho das cenas macabras que caracterizam o futebol africano.

 

 

O árbitro angolano, Martins de Carvalho, sofreu fortes críticas pela sua actuação claramente tendenciosa, que gerou muita confusão a partir do momento em que expulsou o técnico da Liga Muçulmana, o português Litos, depois de dirigir “bocas” ao juiz da partida, alegadamente por estar a prejudicar a sua equipa.

 

 

Mesmo sem ter decidido a eliminatória a favor do TP Mazembe, já que a equipa congolesa vinha de casa com a vantagem de quatro golos, o árbitro angolano não assinalou muitas infracções sobre os jogadores da Liga e fez vista grossa a situações que até mereciam castigo. Martins de Carvalho também não reagiu contra atitudes visando “queimar tempo” na fase crucial da contenda e que mereciam castigo.

 

 

 

Em virtude disso, levantou-se muita celeuma, com alguns arremessos de garrafas plásticas a partir das bancadas, quando o árbitro expulsou Litos, depois de ignorar uma agressão física do massagista do TP Mazembe ao médico fisioterapeuta da Liga Muçulmana, Flávio Costa. Em causa estavam as jogadas de “queima tempo”, com alguns jogadores a fingirem lesões.

 

 

O alarido contra a equipa de arbitragem ganhou mais eco porque no jogo anterior entre o TP Mazembe e Orlando Pirates, desta feita para a fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos, que ditou o afastamento da equipa congolesa em casa e sua entrada para a Taça CAF, teve uma arbitragem também muito criticada pela imprensa e que gerou muita confusão, com a equipa sul-africana a reivindicar as injustiças ao longo do prélio. 

 

 

A tensão nas hostes da Liga subiu de tom já nos minutos finais da contenda. O jogo foi interrompido por alguns minutos porque, do lado do segundo fiscal de linha, havia tensão, com algumas pessoas vestidas de cores da Liga a contestarem da rede que limita o rectângulo do jogo contra o juiz auxiliar. O quarto árbitro foi obrigado a aproximar-se para sacudir a pressão sobre o árbitro auxiliar. Esta situação foi ultrapassada. Mas, enquanto isso, os adeptos posicionavam-se no portão de saída das equipas aguardando pela equipa de arbitragem.

 

 

 

Martins de Carvalho deu por terminada a partida e logo de seguida um forte cortejo policial, com jornalistas à mistura, cercava-o juntamente com os membros de direcção do TP Mazembe. Parte do público cercava a rede junto ao portão de saída do rectângulo do jogo, enquanto a Polícia procurava sem sucesso tirar a equipa de arbitragem ilesa. Finalmente, quase meia hora depois do fim da contenda, a equipa de arbitragem e comitiva do TP Mazembe foram conduzidos até aos balneários, onde permaneceram mais de uma hora à espera que o público se dispersasse do lado de fora, exigindo a cabeça de Martins de Carvalho.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 13:11
 O que é? |  O que é? | favorito

ACADÉMICA, líder isolado do Campeonato de Hóquei em Patins da Cidade de Maputo, tem um teste de fogo esta noite, a partir das 20:30 horas, quando defrontar, no Pavilhão do Estrela Vermelha, o Ferroviário, em jogo da terceira jornada.

 

Os “estudantes”, contra todas às expectativas, comandam com seis pontos, fruto de duas vitórias, uma das quais frente ao Desportivo. Hoje defronta um dos candidatos ao título, sendo que a luta pela liderança está em jogo na medida em que os “locomotivas” somam quatro pontos e em caso de vitória passarão a ter sete.

 

 

A jornada abre com o Desportivo e o Estrela Vermelha a medirem forças entre si às 19:30 horas. Os “alvi-negros” e “alaranjados” ainda não venceram pelo que são duas equipas a precisarem de pontuar para não deixar fugir o pelotão da frente.

O Desportivo soma um ponto, enquanto o Estrela ainda não pontuou.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 13:08
 O que é? |  O que é? | favorito

O HOQUISTA moçambicano Ivan Esculudes, conhecido por Maninho nos meandros desportivos, sagrou-se campeão no Egipto ao serviço do Dakhlia Hockey Team com uma vitória sobre o Nast City, por 6-1.

 

Maninho foi a figura do encontro ao marcar quatro dos seis golos da equipa. O hoquista moçambicano entra da melhor maneira no hóquei dos “faraós”, atendendo que este é o seu ano de estreia.

 

 

No final do mês, Maninho tem a possibilidade de fazer a “dobradinha” visto que o Dakhlia lutará pela Taça.

 

 

O internacional moçambicano, que integra a lista dos convocados da Selecção Nacional para o Mundial, era um homem feliz no final do encontro: “Estou muito feliz pela equipa e por mim. Acrescentei no meu palmarés mais um título de campeão”.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 13:02
 O que é? |  O que é? | favorito

A DERROTA na tarde de domingo frente ao Desportivo de Nacala não caiu bem nas hostes dos “canarinhos”.

 

Os adeptos do Costa do Sol para além de terem dirigido impropérios à equipa técnica e à direcção pediram a “cabeça” de Diamantino Miranda, alegadamente por ser o obreiro dos desaires.

 

 

Faltavam cerca de 20 minutos para o final da partida, o resultado estava em 1-0 a favor do Desportivo de Nacala, quando os ânimos dos adeptos do Costa do Sol subiram. Começaram os insultos ao banco técnico e à tribuna onde estavam alguns dirigentes “canarinhos”.

 

 

 Os adeptos diziam de forma continuada: Diamantino vai embora! O contingente policial até foi reforçado na zona do túnel de acesso aos balneários, ignorando-se as restantes zonas do recinto.

 

 

A Polícia fez um cordão para que o técnico português escapasse de eventuais agressões físicas. E quando os adeptos se aperceberam do cerco policial foram se instalar junto do portão que dá acesso aos balneários, ao mesmo tempo que serve de saída para fora do recinto, tudo para impedirem o treinador de abandonar o campo, alegadamente para se explicar.

 

 

A situação era de uma agitação total e a polícia não sabia o que fazer. Cerca de trezentos adeptos não queriam sair sem que Diamantino Miranda lhes esclarecesse as razões do fracasso, numa temporada que prometia muito, sobretudo se se tiver em conta as contratações que o Costa do Sol fez.

 

 

O treinador e os restantes elementos da equipa técnica, bem como alguns dirigentes permaneceram nos balneários. Diamantino só falou à imprensa muito tempo depois de uma aturada insistência de um dirigente do clube.Aos poucos, os adeptos foram saindo, o que permitiu que o técnico português escapasse da sua fúria.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 12:53
 O que é? |  O que é? | favorito
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
16
17
21
22
23
24
25
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO