Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 19 DE Abril 2013

A LIGA Muçulmana vai defrontar domingo, no seu campo, pelas 15.00 horas, o Wydad Casablanca de Marrocos em partida da primeira “mão” da terceira eliminatória de acesso à fase de grupos da Taça CAF.

 

Hoje a Liga realiza o último treino, num dia em que pode ficar definido se Josephy joga ou não. O internacional malawiano lesionou-se no jogo de quarta-feira diante do Ferroviário de Nampula e teve que sair mesmo, aos 76 minutos, deixando a sua equipa a jogar com menos uma unidade, visto que Litos já tinha esgotado as substituições.

 

 

Precaução ou não, o futebolista que vai sendo por estas alturas indispensável nas manobras ofensivas do combinado “muçulmano” foi retirado do campo e pode ser a grande baixa.

 

 

A confirmar-se a ausência de Josephy, sobe para três o número de jogadores entregues ao departamento médico. Reginaldo e Zicco, também lesionados, são baixas confirmadas.

 

 

Num desafio em que é fundamental fazer golos em casa de modo a seguir para a segunda “mão” com alguma tranquilidade, Litos já se tinha visto desprovido de dois jogadores de área e agora está na iminência de ficar sem o seu trunfo-mor.

 

 

Mas com ou sem Josephy, a Liga vai ensaiando a melhor estratégia para ganhar, em Maputo, vantagem na eliminatória. O facto de a Liga dispor de um leque de jogadores de alto gabarito permite pensar em bons resultados. No jogo de quarta-feira com o Ferroviário de Nampula ficou evidente que o combinado “muçulmano” pode obter bons resultados com jogadores menos utilizados. Jogadores como Imo, Rachide e Hélder Pelembe não foram primeira opção na eliminatória anterior diante do Lobi Stars, mas deram o ar da sua graça.

 

 

Aliás, Pelembe sem ter feito parte do onze titular já conta com cinco golos esta época o que espelha o equilíbrio de valores no plantel da Liga Muçulmana.

 

 

Entretanto, o quarteto de arbitragem será todo ele do Zimbabwe, enquanto o comissário da CAF virá da Tanzânia. Todos são esperados hoje na capital do país, assim como a equipa do Wydad Casablanca.

Entrada livre

 

AS entradas para o jogo Liga Muçulmana-Wydad Casablanca de Marrocos serão gratuitos, anunciou quarta-feira um membro da direcção “muçulmana”.

 

 

À semelhança do que tinha acontecido no embate com o Lobi Stars da Nigéria, a direcção da Liga decidiu decretar entradas livres de modo a que o campo (capacidade 3000 espectadores) esteja lotado.

 

 

No desafio frente ao Lobi Stars, o apoio do público foi determinante para a turma moçambicana virar a eliminatória a seu favor (7-1) depois de ter perdido na Nigéria (3-1).

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:16
 O que é? |  O que é? | favorito

OS oito atletas que representam o país no Campeonato Africano de Judo, que arrancou ontem na cidade de Maputo, mais concretamente no Pavilhão da Universidade Eduardo Mondlane, entram hoje em cena.

 

Trata-se de Énio Jesus (-60 kg), Neuso Sigaúque (-60 kg), Neil Mala (-66 kg), Bruno Luzia (-66 kg), Edson Madeira (-73 kg), Leopoldo Tanque (-81 kg) e Nilton Munjovo (-81 kg), que irão tentar melhorar o quarto lugar alcançado há dois anos no “Africano” que teve lugar em Marrocos.

Aliás, é o objectivo da Selecção Nacional neste evento é ocupar um dos lugares do pódio.

 

 

Entretanto, a abertura oficial desta que é a 34ª edição do “Africano” de Judo foi presidida pelo Ministro da Juventude e Desportos, Fernando Sumbana, que na ocasião sublinhou que com o evento o país está a expor-se ao mundo.

 

 

Segundo o Ministro, Moçambique ao organizar este certame está a incutir mais perfeição aos judocas nacionais, pois têm oportunidade de ombrear com os atletas de outros quadrantes.

 

 

O dirigente acrescentou que o país tem bons atletas, o que lhes falta é uma questão de determinação e crença que podem fazer mais.

Realçou o facto de o país organizar o evento numa altura em que o Governo está muito preocupado com os resultados desportivos, daí que salientou que o mesmo irá constituir um estímulo aos judocas e a muitos outros amantes da modalidade.

 

 

Espero que consigamos bons resultados no evento, pois precisamos muito de vitórias a estas alturas. O campeonato em si já é um ganho para o país. Aliás, é nosso objectivo ver esta disciplina a ser encarada com seriedade”, ajuntou.Refira-se que os combates retomam hoje por volta das 9:00 horas. A prova termina no domingo.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:54
 O que é? |  O que é? | favorito

A NOVA direcção da Federação Moçambicana de Boxe (FMBOXE), liderada por Benjamin Uamusse (Big-Ben) queixou-se ao Ministro da Juventude e Desportos, Fernando Sumbana, contra o elenco anterior daquela agremiação.

 

Como ponto de partida, Big-Ben disse ao ministro que o seu elenco encontrou a FMBoxe completamente devastada e os dirigentes anteriores não se dignaram entregar as chaves e muito menos as pastas aos seus sucessores.

 

 

Big-Ben avançou ainda que o seu elenco não teve qualquer guia ao chegar ao FMBoxe, como tem sido apanágio nas agremiações desportivas, daí que não tem conhecimento sobre aquilo que foi o desempenho, sucesso e insucesso da direcção anterior.

 

 

Não sabemos se devemos continuar com o que foi feito ou introduzirmos coisas novas, pois não conhecemos os projectos que eles vinham desenvolvendo. Tentámos contactar o elenco anterior na pessoa do então presidente Luís Caldeira, mas este nunca se mostrou receptivo”, vincou.

 

 

Ajuntou que herdou uma federação sem fundos e que grande parte do dinheiro teve destino pouco claro.Em face do cenário, o presidente da FMBoxe apelou ao Ministério da Juventude e Desportos para que o ajude a contactar a direcção anterior no sentido de acertar alguns pormenores e, sobretudo, para entregar as pastas.

 

 

Outro elemento do elenco do Big-Ben, Lucas Sinóia, secretário técnico, queixou-se dos critérios da nomeação dos chefes das missões quando as nossas selecções nacionais se deslocam às competições internacionais, casos dos Jogos Olímpicos, Africanos, Campeonatos do Mundo, entre outros, que, segundo ele, muita vezes as comitivas são lideradas por pessoas que pouco ou nada entendem do desporto, mas que granjeiam simpatias dos dirigentes do MJD.

 

 

É complicado quando as coisas são assim. As pessoas são nomeadas sem nada entender do desporto. Chegámos ao local das competições nem se quer conhecem o nome de qualquer tipo de material para uma determinada modalidade. Mais grave é que o atleta enfrenta dificuldades de adaptação para com este tipo de pessoas”, disse.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 11:48
 O que é? |  O que é? | favorito

O ministro da Juventude e Desportos, disse, por sua vez, que o organismo que dirige estava aberto a trabalhar com a FMBoxe, pois é objectivo do Governo acarinhar todas as modalidades e tratá-las em pé de igualdade.

 

 

Fernando Sumbana garantiu que naquilo que for possível o MJD irá avançar de modo a pressionar o elenco anterior a se aproximar dos novos dirigentes da FMBoxe.

 

 

Nós estamos abertos, até porque somos de um ministério que só funciona quando o desporto também estiver a andar. O boxe é uma modalidade que se desenvolve com esforço eminentemente pessoal e para dar força a estas pessoas temos que estar de perto”, sublinhou.

 

 

O ministro terminou dizendo que as dificuldades com que o actual elenco do FMBoxe, enfrenta, nomeadamente o difícil ambiente com a direcção anterior, falta de materiais de trabalho, sede e espaço para outras actividades, devem constituir desafios e, consequentemente, um impulso para os seus membros.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 11:44
 O que é? |  O que é? | favorito

ARRANCOU ontem, na Matola, o campeonato da zona sul de xadrez, tendo como objectivo o apuramento dos seus representantes na Liga B masculina e nos “Nacionais” de femininos e juniores mistos.

 

Segundo a organização, o campeonato regional sul contará com 24 participantes, sendo que cada uma das quatro províncias da região deve inscrever dois xadrezistas em cada um dos três escalões envolvidos, nomeadamente seniores masculinos e femininos e juniores mistos. A Federação Moçambicana de Xadrez confirmou a participação de todas as províncias da zona.

 

 

Enquanto isso, já foram concluídas os campeonatos regionais norte e centro, com o apuramento dos respectivos representantes nas fases que se seguem. Saliente-se que cada região apura dois xadrezistas em cada escalão.

 

 

Na zona norte apuraram-se para a Liga B, que é uma fase intermediária de apuramento ao “Nacional” de seniores masculinos (Liga A), os xadrezistas Oluwachina Tivane (Niassa) e João Cherene (Cabo Delgado), respectivamente com 5,5 e 5,0 pontos, numa prova que contou com sete participantes.

 

 

 Contrariamente à prova de seniores masculinos, os campeonatos feminino e de juniores mistos apuram directamente aos respectivos “Nacionais”. Sendo assim, foram apuradas em femininos as nampulenses Neusa Carangueza (5,5 pontos) e Agira Maria (3,5), numa competição que contou com seis concorrentes, mas manchada pela ausência de representantes do Niassa.

 

 

Em juniores mistos, qualificaram-se ao “Nacional” Bernabé Chiziane (Niassa) e Adolfo Filipe (Cabo Delgado), que terminaram igualados em sete pontos, correspondentes a igual número de jornadas. Houve desempate de duas partidas, ao fim do qual Chiziane venceu por 1,5 ponto.  

 

 

Por último, na zona centro, transitaram para a Liga B os zambezianos Paulino Amoda e José Piletiche, respectivamente com 6,0 e 5,5 pontos. Aliás, Piletiche terminou os nove jogos igualado em pontos com o também zambeziano Alguinho César, tendo assegurado a transição após ganhar as duas séries de desempate, por 4-2 pontos.

 

 

Em femininos, estão apuradas Neusa André (Zambézia) e Ramona Rodrigues (Sofala), que também terminaram empatados a 5,0 pontos, tendo a primeira ganhado o desempate por 2-0. Porém, mais uma xadrezista foi repescada neste escalão, em virtude de Neusa André ter assegurado uma transição automática por fazer parte da selecção nacional. Trata-se de Marlena, da província da Zambézia, que ficou em terceiro lugar com 4,0 pontos. 

 

 

Em juniores mistos, apuraram-se os irmãos Kevin e Avertino Sande, ambos da Zambézia, respectivamente com 5,0 e 4,5 pontos.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:39
 O que é? |  O que é? | favorito

A VILA de Catandica, no distrito de Báruè, província de Manica, acolhe amanhã, o lançamento do projecto de massificação desportiva infanto-juvenil denominado Juventude Ocupada, Juventude Saudável.

 

Este projecto visualiza o desporto como uma das principais ferramentas no âmbito da formação integral do cidadão do amanhã, saudável e ciente das suas responsabilidades sociais e de cidadania.

 

 

Constituem objectivos deste projecto massificar o desporto, aliando à sua prática actividades de educação cívica e de saúde preventiva; criar ou revitalizar 500 núcleos desportivos nas comunidades até ao ano 2020.

 

 

O projecto visa ainda capacitar 1500 animadores desportivos das comunidades; envolver figuras proeminentes da sociedade, com especial enfoque para as antigas glórias do desporto, de nível local e nacional, em actividades de prevenção e combate ao HIV/SIDA e envolver duas mil crianças, adolescentes e jovens na prática desportiva.

 

 

O projecto tem como principal grupo-alvo crianças, adolescentes e jovens, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os oito e 16 anos.

 

As cerimónias do lançamento desta iniciativa serão orientadas pelo Vice-Ministro da Juventude e Desporto, Carlos de Sousa, acompanhado pelo director-geral do Instituto Nacional do Desporto, António Munguambe.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 11:35
 O que é? |  O que é? | favorito

A CONSTRUÇÃO do Centro de Excelência de Gondola, em Manica, decorre na sua primeira fase, com o arranque das obras visando a reabilitação dos campos de futebol - reparação do piso, vedação e montagem do sistema de drenagem) - e polivalente para as modalidades de salão.

 

A primeira intervenção no recinto compreendeu os trabalhos visando a montagem do sistema de drenagem. A primeira fase será concluída até 22 de Junho e envolve também o arrelvamento do campo de futebol.

 

 

Segundo dados avançados pelo Inspector-Geral do Ministério da Juventude e Desportos, José Dimitri, após a visita ao centro, o ritmo das obras é satisfatório. O projecto consiste, de modo geral, na reabilitação da piscina e o respectivo complexo, isto na segunda fase, bem como na construção de uma pista de atletismo e um centro de hospedagem onde estarão concentrados os talentos a serem lapidados, bem como vias de acesso, isto na terceira e última.

 

 

Para além das infra-estruturas já mencionadas, o centro de Gôndola terá campo para a prática de ténis, cujas obras acontecerão posteriormente.

 

 

O projecto, sob alçada do Fundo de Promoção Desportiva vai custar 10 milhões de dólares americanos saídos dos cofres do Estado e de parceiros. Segundo declarações de José Dava, afecto ao FPD, a conclusão do projecto dependerá da disponibilidade de fundos.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:38
 O que é? |  O que é? | favorito
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
20
21
27
28
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO