Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quinta-feira, 18 DE Abril 2013

DEPOIS de dois dias (terça-feira e ontem) que serviram basicamente para encontros de concertação do plano de treinos e outros aspectos técnicos, os hoquistas da Selecção Nacional começam, esta noite, pela primeira vez, a calçar os patins para iniciarem a preparação para o Campeonato do Mundo no pavilhão do Estrela Vermelha.

 

Será a primeira vez que os hoquistas vão calçar os patins e começar a carregar baterias para o “Mundial” da modalidade, que de 20 a 28 de Setembro próximo decorre em Angola, pela primeira vez num país africano.

 

 

Pedro Tivane vai focalizar os treinos nas componentes física e técnica, ficando a parte táctica reservada para a segunda fase da preparação.

Moçambique goza do facto de ser a quarta melhor selecção do mundo, estatuto alcançado em San Juan, Argentina em 2011.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 13:22
 O que é? |  O que é? | favorito

A LIGA Muçulmana venceu, na tarde de ontem, no seu campo, o Ferroviário de Nampula, por 3-1, em jogo de acerto da terceira jornada do Moçambola e isolou-se no comando, agora com 12 pontos, mais três que o Maxaquene e a HCB.

 

A quarta vitória consecutiva da Liga começou a ser desenhada aos 19 minutos quando Hélder Pelembe inaugurou o marcador, fazendo o quarto golo na sua conta pessoal nesta prova. Mas importa referir que os anfitriões se adiantaram no marcador numa altura em que nada fazia prever isso, pois eram os visitantes que se mostravam mais dinâmicos nas saídas para o ataque. Por isso, não é de estranhar que até ao golo de Pelembe tenham sido os primeiros a esboçar a jogada ofensiva digna de realce, pena que Nando tenha rematado por cima do travessão.  

 

 

Com Josephy e Josemar no banco de suplentes, a Liga tinha dificuldades para criar uma jogada de ataque em futebol corrido. Foi de bola parada que os “muçulmanos” puseram o “keeper” David à prova, quando Sonito, de livre, obrigou-o a uma defesa complicada. Mas num erro fatal de Vovoti, o tal que deu o golo à Liga, Hélder Pelembe fez balançar as redes.

 

 

O certo é que, mesmo sem convencer, os comandados de Litos saíram para o intervalo em vantagem no marcador, porém o empate seria o resultado mais justo.

 

 

A segunda parte, como que a fazer valer o seu poderio, a Liga entrou muito mais aguerrida e aos 57 minutos, isto é 12 minutos após o reinício da partida, chegou ao segundo golo, o qual foi apontado por Sonito. Minutos antes tinha sido Hélder Pelembe a dar o aviso à navegação “nampulense” com um remate à “queima-roupa”. Valeu para aos visitantes a intervenção de Dondo quase em cima da linha de golo.

 

 

Os comandados de Rogério Gonçalves ainda procuraram reagir, mas foi a Liga a chegar ao 3-0. Josephy fez um golo de bandeira. Enviou uma verdadeira “bomba” para a baliza de David, mas teve de sair de campo, pois ressentiu-se da lesão muscular que o impediu de entrar de início.

Já no período de compensação, Nando fez o golo de honra para o Ferroviário de Nampula, fixando o marcador em 1-3.

Amosse Lázaro, árbitro do encontro, realizou uma exibição sem mácula.

 

 

FICHA TÉCNICA


ÁRBITRO: Amosse Lazáro, auxiliado por João Nhatove e Carlos Manuel. Quarto árbitro: Virgílio Macusse.

 

 

LIGA MUÇULMANA: Caio; Zainadine Júnior, Chico, Mustafa e Miro; Momed Hagi, Rachide, Imo e Muandro (Josephy); Hélder Pelembe (Liberty) e Sonito (Josemar).

 

 

FER.NAMPULA: David; Vovoti (Vadinho), Kalanga, Ernest e Dondo; Tchitcho, Hipo, Gildo (Belito) e Massaia; Nando e Vivaldo (Vicent).

 

 

ACÇÃO DISCIPLINAR: cartão marelo para Belito.

 

 

GOLOS: Hélder Pelembe (19 min), Sonito (57), Josephy (76 min) e Nando (92 min).

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:06
 O que é? |  O que é? | favorito

Sofala

 

Em sofala, um total de 607 estudantes, em ambos os sexos e com idade compreendida entre 11 e 16 anos, encontram-se segunda-feira na Beira, a participar na 8.ª edição de Jogos Desportivos Escolares.

 

 

Trata-se, segundo o director de Educação e Cultura d Sofala, Pedro Mbiza, de um evento em que os alunos vão evoluir nas modalidades de atletismo, andebol, basquetebol, futebol, voleibol, xadrez e salto à corda, sendo que o objectivo é seleccionar os melhores atletas que irão tomar parte na fase final dos Jogos Escolares.

 

 

Sob lema “Façamos dos Jogos Escolares Uma Base do Desporto Nacional”, a experiência dos eventos realizados, pela sua abrangência e impacto social, na versão dos respectivos promotores, permitiu sentir-se o pulsar desta realização no seio estudantil e não só, como também permitiu que fosse medida a própria capacidade de realização. É na perspectiva de dar continuidade a este ciclo de actividades e às tarefas obrigatórias de Educação Física e Desportos para jovens estudantes que neste festival irão evoluir as modalidades em alusão.

 

 

Para o governador daquela província, Félix Paulo, as actividades físicas e desportivas assumem particular importância na dimensão da saúde, permitindo assim o desenvolvimento de práticas e estilos de vida mais saudáveis, hoje ainda mais importantes face aos problemas do excesso de peso e da obesidade, de pressão arterial alta ou baixa e de outras situações de saúde mesmo nas faixas etárias mais baixas.

 

 

No seu entender, assumem importância também na dimensão cívica, ou seja, a actividade física e desportiva permite aos jovens um contacto directo com elementos da cultura desportiva essenciais para lá das fronteiras do desporto e da escola, nomeadamente a aprendizagem das regras da cooperação e da competição saudável, dos valores da responsabilidade e do espírito de equipa, do esforço para atingir as metas desejadas ou da importância de cumprir os objectivos individuais e colectivos.

 

 

No dizer do governante, o empenho individual e colectivo dos alunos e dos professores para o bom desempenho desportivo permite a construção de vínculos entre as crianças e os jovens com a escola como instituição, isto é, como espaço que lhes confere a oportunidade de se realizarem e de desenvolverem as suas capacidades físicas relacionadas, mas também cognitivas.

 

 

Zambézia

 

A chuva que caiu ontem na cidade de Quelimane manchou por completo a cerimónia  de abertura do XXVI Festival dos Jogos Desportivos Escolares. Os organizadores do evento não se preveniram como se impunha, já que desde sexta-feira última havia sinais muito visíveis de que haveria precipitação atmosférica, pelo que a cerimónia deveria ser feita com alguma celeridade. Quem pagou caro são os atletas, ainda menores, que ficaram sem protecção durante uma hora, debaixo da chuva, enquando todos os dirigentes ia fazendo discursos de “longa-metragem” na tribuna.

 

 

Depois de molharem tanto, os atletas não prestaram atenção aos discursos dos dirigentes porque o frio, a fome e a sede já haviam ganhado terreno. No total são mais de mil e quatrocentos atletas de diversas modalidades representando os dezassete distritos e a cidade de Quelimane que de ontem até ao dia 19 vão evoluir nas várias disciplinas.

 

 

Para este festival, que decorre sob o lema "Com o desporto Escolar consolidamos a paz e democracia", o Governo Provincial da Zambézia desembolsou perto de dois milhões de meticais para financiar o melhoramento das infra-estruturas, transporte, alimentação, alojamento e material desportivo. O governador da Zambézia, Joaquim Veríssimo, que fez a abertura do festival, destacou a justiça desportiva como elemento fundamental para que se encontrem os verdadeiros vencedores.

 

 

De acordo ainda com Veríssimo, o desporto tem funções multifacetadas que devem ser aproveitadas para reforçar a paz, unidade nacional e o espírito de irmandade. Aos técnicos e árbitros, aquele dirigente apelou para a necessidade de serem imparciais na sua actuação, porque se fizerem o contrário podem deitar abaixo todo o investimento feito para a prospecção de talentos para alimentar a alta competição.POR sua vez, o edil de Quelimane disse que o país deve ser construído com uma juventude saudável e a pratica do desporto é uma das vias.

 

 

É nesta perspectiva que Manuel de Araújo apelou a todos os atletas e técnicos para pautarem por uma atitude responsável para a selecção dos melhores no final da fase provincial. Segundo disse, a província da Zambézia e a cidade de Quelimane, em particular, estão há vários anos sem participar no Moçambola porque não têm representante e pediu a todos para que estes jogos possam produzir talentos que podem espevitar o desenvolvimento do futebol.

 

 

Saíde Gulamo, responsável de Saúde Escolar e Desporto na Direcção Provincial da Educação e Cultura, disse em breve contacto com a nossa Reportagem que todas as condições logísticas estão criadas para que o festival seja um sucesso.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 12:52
 O que é? |  O que é? | favorito

VÁRIAS províncias já estão em marcha rumo à fase final dos Jogos Desportivos Escolares que terão lugar na cidade de Tete, em Julho próximo. Inhambane, Sofala e Zambézia iniciaram recentemente a marcha rumo àquela que é a maior festa do desporto escolar, com a preparação do atletas que irão disputar as diferentes modalidades que compõem o evento bienal

 

Inhambane

 

Mais de oitocentas crianças provenientes de todos os distritos da província de Inhambane estão desde semana passada reunidas na capital provincial para preparação do Festival Nacional de Jogos Desportivos Escolares de Tete.

 

 

Cansado de se posicionar nos últimos lugares, a chamada “Terra da Boa Gente” quer jogar todos trunfos para melhorar a sua imagem nestas competições. Para o efeito, dentre várias mediadas tomadas pelo sector de Educação em Inhambane destaque vai para a remodelação da equipa técnica que se encarregará pela preparação do evento.

 

 

A directora provincial da Educação, Regina Langa, disse na abertura da fase provincial que decorre neste período da interrupção das aulas em diferentes recintos desportivos da capital provincial que Inhambane precisa de escrever o seu nome com letras de ouro no certame que se avizinha da cidade de Tete.

 

 

Somos humildes, cumpridores dos regulamentos da prova, mais concretamente seleccionar meninos de idade recomendada, mas desta vez temos de subir a fasquia, melhorar a nossa classificação, temos de conquistar lugares de pódio”, pediu Regina Langa.

 

 

Estão presentes na fase provincial do festival de jogos desportivos escolares 1200 participantes, sendo 826 atletas, dos quais 436 do sexo masculino e 390 femininos. 185 participantes são acompanhantes.

 

 

Os atletas estão distribuídos em 256 futebol, 48 atletismo, 100 basquetebol, ginástica 32, andebol conta com 154 atletas, voleibol 180, xadrez tem 28 e jogos tradicionais 20. Para orientar esta competição, foram seleccionados 95 treinadores, 56 árbitros e 31 delegados.

 No final desta prova, serão seleccionados 161 atletas para representar a província na fase nacional a ter lugar na província de Tete.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:47
 O que é? |  O que é? | favorito

INICIA hoje, na capital do país, a 34.ª edição do Campeonato Africano de Judo, prova que irá juntar cerca de 200 atletas em representação de quase trinta países.

 

Moçambique, na qualidade de anfitrião da prova, tem como objectivo atingir os lugares de pódio, depois do quarto lutar conseguido na última edição que teve lugar há dois anos em Marrocos.

 

 

Para a concretização deste sonho, a Selecção Nacional contará com os préstimos dos judocas Énio Jesus (-60 kg), Neuso Sigauque (-60 kg), Neil Mala (-66 kg), Bruno Luzia (-66 kg), Edson Madeira (-73 kg), Leopoldo Tanque (-81 kg) e Nilton Munjovo (-81 kg).

 

 

As competições irão decorrer no Pavilhão da Universidade Eduardo Mondlane e prolongar-se-ão até domingo, dia 21.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 12:32
 O que é? |  O que é? | favorito

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AS províncias de Nampula e Manica foram as grandes vencedoras dos respectivos Campeonatos Regionais de Atletismo em ambos os sexos que tiveram lugar no último fim-de-semana.

 

Os “Regionais” norte tiveram lugar na cidade de Nampula, com a província anfitriã a ganhar em ambos os sexos. Em segundo lugar ficou Cabo Delgado, que obteve o segundo posto em masculinos e terceiro em femininos.

 

 

Zambézia classificou-se em terceiro, tendo conseguido o segundo em femininos e o terceiro posto em masculinos. Niassa foi o última classificado.

Já na zona centro, as provas realizaram-se na cidade da Beira, Sofala, com a província de Manica a sagrar-se campeã regional ao totalizar 104 pontos.

 

 

Em masculinos, os representantes de Manica arrecadaram 54 pontos e em femininos conseguiram 50.A província anfitriã, Sofala, ocupou o segundo lugar com 78 pontos, sendo 38 em masculinos e 40 em femininos. A província de Tete esteve ausente da competição.Refira-se que as competições são referentes à categoria dos sub-17 (juvenis).

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 12:07
 O que é? |  O que é? | favorito
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
20
21
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO