Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quinta-feira, 21 DE Fevereiro 2013

A SELECÇÃO Nacional de basquetebol de seniores masculinos garantiu o primeiro lugar na fase de grupos das eliminatórias da Zona VI para o Afrobasket 2013, ao ganhar, ontem, as Seychelles, por 71-39, em jogo da terceira e última jornada.

 

O primeiro lugar ainda não confere a equipa moçambicana o bilhete para Abidjan, capital da Costa do Marfim, local onde decorrerá o Afrobasket, em Agosto, mas dá-lhe a possibilidade de defrontar, nas meias-finais, o Botswana, a equipa mais acessível do torneio, pelo que é quase certa a presença da equipa moçambicana na final.

 

 

O desafio frente as Seychelles mostrou uma turma nacional uma aguerrida, mais entrosada nos seus movimentos, embora no aspecto de concretização tivesse denotado algumas dificuldades, sobretudo em lances de baixo da tabela. No entanto, prevaleceu as penetrações repentinas dos bases Pio Matos, Ermelindo Novela, e os triplos de Sílvio Letela, que bastaram para ir acelerando a vantagem do conjunto nacional.

 

Magoliço foi o único que se mostrou mais regular nas acções no garrafão contrário. Fazendo uso da sua boa estatura executou jogadas de enorme classe. Ao contrário dos dois desafios anteriores, Moçambique esteve sempre na frente do marcador foi o primeiro a encestar pelas mãos de Octávio Magoliço e conseguiu segurar a vitória até ao fim, apesar de no segundo período ter passado por um momento menos bom ao ficar sensivelmente dois minutos sem pontuar.

 

 

Nesse mau momento, os ilhéus aproveitaram para reduzir a desvantagem, mas importa, que se diga, que os comandados de Milagre Macome (Mila) nunca chegaram a “estremecer”, isto porque a diferença de pontos era gigantesca. No primeiro período, o combinado nacional saiu a vencer, por 22-8, e no segundo ganhava, por 43-19, resultado com que as equipas saíram para o intervalo.

 

 

As dificuldades de acertar com o cesto, por parte da equipa moçambicana, fizeram-se notar no regresso à quadra, reflexo disso, é que em seis minutos, só tinha apontado quatro pontos, números preocupantes para um “team” que pretende estar entre as melhores selecções africanas.

 

 

Foi das mãos de Amarildo Matos que saíram os dois pontos que quebraram esse jejum longo sem marcar. Nem os triplos de Sílvio Letela apareciam, este que tentava converter mais via a bola esbarrar no aro. Só que segundos depois o novato Ermelindo Novela mostrou ao experiente Sílvio Letela como se o marca um triplo. O certo é que Letela aprendeu a licção, pois logo a seguir foi a ele a lançar para o triplo tão procurado.

 

 

Nas bancadas, o público, que estava adormecido, acordou e ajudou para que a selecção nacional subisse de rendimento e terminasse o terceiro período a vencer, por 61-29.

 

 

Com a turma nacional animada com a melhoria rendimento, as coisas começaram a sair melhor e até Ismael Nurmamad que não se mostrado até então começou a mostrar serviço com bons roubos de bolas e uma iniciativa individual de bel-efeito que terminou com dois pontos.

 

 

Já com o triunfo na mão por números folgados, a equipa nacional, foi fazendo o seu jogo sem forçar muito e ganhou naturalmente, por 71-39.

O melhor marcador do jogo foi o basquetista nacional foi Ermelindo Novela com 14 pontos.

Noutra partida, que abriu a ronda, a Zâmbia bateu o Botswana, por 86-40.

 

 

FICHA TÉCNICA


ÁRBITRO: Walelige Fikadu (Etiópia) e Robert Munatamba (Zâmbia)

 

CINCOS INICIAIS


MOÇAMBIQUE: Magoliço, David Canivete, Fernando Manjante, Custódio Muchate e Amarildo Matos.

 

SEYCHELLES:  Nevy Fanche, Bernard, Amadou Syla, Arnaud e Dominique.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 13:14
 O que é? |  O que é? | favorito

SHAFEE Sidat é o mais recente e último candidato às eleições do novo timoneiro da Federação Moçambicana de Atletismo (FMA), juntando-se às já anunciadas candidaturas de Paulo Sunia, António José Cucheza e Ângelo Muria.

 

A lista de Shafee foi depositada na FMA por volta das 15.00 horas de ontem, a escassos minutos do fim do prazo para a deposição das candidaturas (15.30 horas).

 

 

Shafee promete relançar o atletismo nacional a médio prazo e recolocar o nome de Moçambique no pódio do atletismo internacional. O candidato afirma ter apoio incondicional de muitos agentes da modalidade, dirigentes governamentais e do empresariado nacional, por sinal principais mentores da sua candidatura.

 

 

Por outro lado, promete massificar a modalidade, através da realização de competições desde o nível escolar, passando pelo distrito, provincial, até nacional.

 

 

Outro desafio de Shafee é colocar pelo menos uma pista de tartan em cada capital provincial, apoiar financeiramente as associações provinciais e reintroduzir provas que já não são praticadas no país, nomeadamente os lançamentos de disco, dardo, peso e martelo, além de organizar três corridas “São Silvestre” por ano, uma no sul e as restantes  no centro e norte do país.

 

 

Ainda na noite de ontem, Shafee fez campanh na cidade de Maputo, sendo que hoje irá “namorar” o eleitorado em Cabo Delgado. Amanhã ataca Nampula e Zambézia, no sábado vai trabalhar em Manica e Sofala. Por último, no domingo, irá “caçar” o voto em Inhambane e Gaza.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:00
 O que é? |  O que é? | favorito

JÁ estão em curso as obras visando o arrelvamento sintético do campo da Bela Vista, onde o Desportivo de Nacala vai realizar os seus jogos do Moçambola-2013, com os trabalhos de abertura das valas de drenagem para o escoamento das águas pluviais, um dos grandes problemas que aquele recinto se debate quando chove.

 

A nossa Reportagem testemunhou no local os trabalhos iniciais, nomeadamente a redução das medidas do rectângulo de jogo, que passará a ter as dimensões de 105x68 metros, contra as anteriores 110x75.

 

 

De acordo com Gabriel Magimusse, técnico da empreitada a cargo da Royal Plastic, a mesma empresa confiada para a construção do futuro Estádio Municipal de Nampula, as obras, iniciadas há sensivelmente uma semana e meia, decorrem a um ritmo aceitável e espera-se que o processo de abertura das valas de drenagem seja concluído até o próximo sábado.

 

 

A nossa Reportagem soube igualmente que, para além do trabalho de colocação da relva sintética, as bancadas do campo da Bela Vista serão revestidas de cadeiras plásticas, uma intervenção ímpar comparativamente aos recintos futebolísticos das regiões centro e norte do país.

 

 

De referir que a colocação da relva sintética naquele recinto será graças ao envolvimento do empresariado e do governo municipal local, que pretendem ver o Desportivo de Nacala a jogar diante do seu público.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:55
 O que é? |  O que é? | favorito

COMEÇA esta tarde, no Estádio da Machava, a Taça de Honra em futebol. As atenções estão viradas para o “derby” envolvendo o Ferroviário e o Maxaquene, agendado para as 16:00 horas. A anteceder este encontro (14.00 horas), o Matchedje e a Liga Muçulmana vão protagonizar um duelo não menos interessante, no mesmo recinto.

 
Estas partidas são referentes a segunda jornada que é antecipada em virtude dos compromissos internacionais do Maxaquene e da Liga Muçulmana, que no fim da próxima semana voltam às Afrotaças.

Entretanto, a prova prossegue no domingo, com jogos da primeira ronda e que terão lugar no campo do Cota do Sol. A partir das 14.00 horas, a Liga Muçulmana medirá forças com o Ferroviário e o Maxaquene bater-se-á com o Costa do Sol, duas partidas aliciantes e de difícil prognóstico.

 

 

Salientar que para o ingresso ao recinto de jogos basta ser portador de uma caixinha da pasta dentífrica de marca Colgate. Esta empresa garante prémios monetários aos que mais se destacarem na prova, colectivamente e individualmente.

 

 

Com efeito, o vencedor irá ganhar um cheque no valor de 75 mil meticais, cabendo ao segundo classificado 35 mil. A equipa “fair-play” receberá 10 mil, enquanto o melhor marcador ganhará cinco mil. O mesmo valor será atribuído ao melhor guarda-redes, equipa da arbitragem e jornalista.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:49
 O que é? |  O que é? | favorito

ARRANCA a 7 de Abril próximo a Liga Nacional de Futebol Feminino (LNFF), prova que irá envolver na sua estreia oito equipas de diferentes pontos do país, segundo deu a conhecer, Ernesto Ngomane, porta-voz da Comissão Instaladora do órgão que vai gerir a competição.

 

De acordo com Ngomane, a competição terá os moldes idênticos ao do Moçambola, ou seja será disputado em duas voltas, vencendo a equipa que reunir mais pontos. Escolheu-se 7 de Abril para o pontapé de saída por ser Dia da Mulher Moçambicana.

 

 

De ano para ano, os três últimos classificados ficam despromovidos e entraram três novas equipas, provenientes das divisões secundárias. Ernesto Ngomane avançou ainda que, se tudo correr dentro das previsões, o número de participantes na prova poderá crescer.

 

 

Em relação aos custos, garantiu que a LNFF já tem um patrocinador oficial, que irá apoiar a organização nas despesas de transporte, que pode ser aéreo ou terrestre dependendo dos casos, e alojamento das equipas. Caberá aos clubes garantir as despesas de alimentação e transporte de hotel para o campo e vice-versa.

 

 

Assembleia-Geral amanhã

 

Entretanto, tem lugar amanhã, a partir das 9.00 horas, numa das salas de reuniões do Estádio Nacional do Zimpeto, a assembleia-geral ordinária para a eleição de novos corpos gerentes da LNFF que, neste momento, está sob gestão de uma comissão instaladora.Para este escrutínio, Ernesto Ngomane avançou que apenas existe uma única lista, encabeçada por Augusto Jamine, por sinal presidente da comissão instaladora.

 

 

Segundo o porta-voz, caberá ao elenco de Augusto Jamine, caso seja eleito, organizar a Liga Nacional entre outras tarefas inerentes à agremiação.

 

 

A assembleia prevê a apresentação e aprovação dos relatórios de actividades e contas da comissão instaladora, dos estatutos e do plano de actividades para o ano 2013, entre outros assuntos.

 

 

Confirmaram a participação de 20 representantes das equipas oriundas de todas as províncias, à excepção de Cabo Delgado e Tete, que não movimentam de forma oficial o futebol feminino. Espera-se ainda pela presença de representantes (convidados) de cinco equipas, sendo três de Gaza, dois de Sofala e um de Nampula.

 

 

Aguarda-se igualmente a participação de alguns clubes estrangeiros, provenientes de países da região, casos da África do Sul e Zimbabwe.

Salientar que a Mesa da Assembleia-Geral é presidida por Amélia Franquilin, tendo como vice-presidente e secretário, respectivamente Manuel Dumissane e Benedito Guimino.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:36
 O que é? |  O que é? | favorito
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
16
17
23
24
25
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO