Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 01 DE Fevereiro 2013

O CAMPEONATO Nacional de básquete em seniores femininos começa hoje no pavilhão do Desportivo. Seis equipas, nomeadamente Liga Muçulmana, A Politécnica, Ferroviário de Maputo, Costa do Sol (cidade de Maputo), A Politécnica (província de Tete) e Abílio Antunes (província de Manica) digladiam-se pelo título.

 

Esta noite, o recinto dos “alvi-negros” deve registar uma considerável moldura humana, afinal em palco, estarão os melhores combinados do básquete nacional em seniores femininos. As melhores jogadoras do país travarão, durante cinco dias, um acesso despique pelo troféu mais cobiçado.

 

 

A Liga Muçulmana, campeã africana, a par da A Politécnica da capital do país, são as que à priori, lutarão até a derradeira ronda pelo “canecão”. Aliás, no ano passado, foram estas colectividades, que numa final emocionante, discutiram o título.

 

 

Contudo, é preciso contar a desenvoltura da equipa do Ferroviário.Com um leque de jogadores, onde a veterania e a juventude se misturam, em dia sim as “locomotivas” podem causas alguns amargos de boca às ditas favoritas.

 

 

O “Nacional”, que será disputado numa volta num sistema de todos contra todos, não será tão participativo como se previa se se atender que aguardava-se até ontem a confirmação de outras equipas das províncias o que não chegou a acontecer. Assim, à semelhança, do que aconteceu na temporada passada, a prova estará reduzida a equipa da capital do país, facto que tira algum brilho a prova.

        

Calendário de jogos

 

HOJE



1ª JORNADA - SENIORES FEMININOS

 

Pavilhão do Desportivo


16.00h - Soprotecção de Quelimane x Liga muçulmana

17.45h - Maxaquene x Costa do Sol

19.45h – A politécnica x Ferroviário de Maputo 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:51
 O que é? |  O que é? | favorito

O COSTA do Sol tem estado a trabalhar no seu relvado sintético tendo em vista a temporada futebolística 2013, treinado de manhã e de tarde. Os “canarinhos” ainda não realizaram qualquer jogo do controlo e segundo o vice-presidente para a área de futebol, Amade Chabale, estes vão acontecer com toda a naturalidade.

 

O responsável ser necessário evitar que os atletas façam muitos jogos de controlo pois o Campeonato Nacional só irá começar entre Março e Abril, sendo que até lá há muito tempo, por isso é importante poupar fisicamente os atletas.

 

 

Entretanto, Amade avançou que a partir deste fim-de-semana o Costa do Sol pode entrar em acção, pois foi convidado para participar de um torneio na Matola no âmbitos das comemorações de 41 anos daquela urbe.

 

 

Vamos jogar na Matola, provavelmente faremos dois jogos e depois iremos disputar o torneio da abertura organizado pela Associação de Futebol da Cidade de Maputo. Penso que com isso estaremos minimamente preparados”, revelou.

 

 

O nosso interlocutor não descartou jogos com equipa estrangeiros, sobretudo da África o Sul ou da Suazilândia, mas admitiu que a estas alturas é muito difícil,  pois grande parte dos clubes têm jogadores de férias.

 

 

Estamos em contacto com alguns clubes, só que muitos não estão disponíveis pois dispensaram os atletas. Na África do sul o campeonato parou por causa do CAN e muitos clubes têm lá atletas a disputarem aquele evento”.

 

 

“ESTÁGIO FORA? ESTAMOS BEM NO NOSSO CAMPO”



Amade disse, num outro desenvolvimento, que não é por razões financeiras que os “canarinhos” não estão a estagiar fora do país como outros emblemas, mas sim por a direcção e equipa técnica terem chegado à conclusão que estão melhor no seu campo.

 

 

Estamos a treinar no nosso campo que tem relvado em condições e o nosso “quartel-general” é um hotel. Penso que estamos bem aqui em relação àquele distrito que faz fronteira com a Suazilândia onde iríamos hospedar numa “espeluca” e jogarmos num relvado para a cavalaria. Somos de opinião que isso não é bom para atletas”, rematou.

 

 

Disse ainda que “alguns clubes estagiam fora do país só para obrigarem certo jogadores a assinar contratos, o que é anti-desportivo e contra normas laborais”, atirou.

 

 

Os nosso atletas estão juntos num hotel por 15 dias, vão conhecer-se melhor, irão tornar-se amigos e com isso é o grupo de trabalho que sai a ganhar. O hotel tem boas condições de alojamento e alimentação. Não tem mosquitos como nalguns distritos, principalmente aquele que se localiza junta à fronteira com a Suazilândia. Se quisermos ir à África do Sul podemos avançar sem problemas é uma questão de coordenação”, assegurou.

 

 

Bem reforçado para a temporada 2013, Amade reitera que a meta do Costa do Sol é conquistar as duas prova internas e para já para além de recém-chegado Mathews Masha, atacante zambiano, os “canarinhos” contam com dois zimbabweanos em testes, um defesa central e um avançado.

 

 

Não conhecemos bem a eles, por isso antes de assinarem contratos devem provar o que valem para não no arrependermos depois, como aconteceu noutras ocasiões”, observou.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 11:34
 O que é? |  O que é? | favorito

A SEGUNDA edição do “Open” da Matola em ténis, uma prova de carácter regional inserido nas festividades da urbe, que a 5 de Fevereiro completa 41 anos da sua elevação à categoria de cidade, arranca esta amanhã (9:00 horas), nos “courts” do Jardim Tunduru, na cidade de Maputo.

 

Até ontem estavam confirmadas as chegadas dos tenistas da vizinha África do Sul, Zimbabwe e Botswana. Os tenistas da vizinha Suazilândia e Lesoto, outros países que manifestaram a vontade de participar evento, terão chegado à noite.

 

 

A organização estimou a presença de perto de 100 tenistas, entre nacionais e estrangeiros. A previsão avançada era de cinco países da região, mas tudo ficará claro até esta manhã quando for fixado o quadro de competições.

 

 

Para permitir maior aderência, o Governo Municipal, que é o patrocinador oficial do torneio, assegurou o alojamento, na Matola, alimentação e transporte interno aos atletas visitante, para além de cinco mil dólares para a premiação.

 

 

Este é o motivo pelo qual o evento será repartido, sendo que os “courts” do Jardim Tunduru acolherão as partidas dos oitavos-de-final e parte dos quartos-de-final, isto por terem mais espaço de jogos, reservando-se fase final para o único campo do Centro Cultural do Banco de Moçambique, na Matola. Este será o local onde, à semelhança do ano passado, decorrerão as cerimónias de distribuição de prémios.

 

 

O presidente da Federação Moçambicana de Ténis, Valige Tauabo, classificou o “Open” da Matola de uma excelente ocasião para os atletas nacionais elevarem a sua performance, para além da convivência entre os atletas. 
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 11:17
 O que é? |  O que é? | favorito

INICIA domingo, dia 3 de Fevereiro, o arrelvamento com piso sintético do campo da Bela Vista de Nacala, pertença ao Desportivo. Os trabalhos do arrelvamento arrancam simultaneamente com as obras visando o aumento das bancadas e melhoria de condições de acomodação na tribuna de honra, para além da reabilitação dos balneários.

 

A colocação da relva sintética no campo da Bela Vista vai permitir à equipa do Desportivo de Nacala disputar os jogos do Moçambola da presente temporada em casa, prova para a qual ascendeu após vencer a “poule” de apuramento da Zona Norte.

 

 

Segundo Momed Munir, presidente da colectividade, as obras, que irão durar cerca de dois meses, e que estão orçamentadas em pouco mais de 350 mil dólares americanos (cerca de oito milhões de meticais), foram confiadas a uma empresa portuguesa, experiente neste tipo de trabalhos e com créditos confirmados em grandes clubes europeus, como por exemplo, a colocação da relva sintética nos campos anexos do Sporting de Portugal.

 

 

Importa referir que os valores para o efeito, mais que metade, já estão nos cofres do clube, resultado dum encontro de angariação de fundos para o efeito que reuniu, na mesma sala, a direcção do Desportivo, os governos distrital, municipal, provincial e o empresariado local com interesses económicos na cidade de Nacala e que teve como desfecho a obtenção de cerca de seis milhões de Meticais.

 

 

Num outro desenvolvimento e referindo-se ao programa de preparação da equipa principal de futebol, que vai participar no Moçambola deste ano, o presidente Munir afirmou que o mesmo dia poderá ser aproveitado para a apresentação oficial do plantel, já com os novos reforços que deverão chegar à cidade portuária de Nacala até sábado, onde vão se juntar aos restantes colegas, sob comando do técnico Nacir Armando.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:00
 O que é? |  O que é? | favorito

AS eliminatórias da Zona VI rumo ao Afrobasket 2013 foram adiadas. Segundo o presidente da Federação Moçambicana de Basquetebol, Francisco Mabjaia, as provas que deviam decorrer de 3 a 11 de Fevereiro em curso adiaram à pedido de Zimbabawe que precisam de algum tempo para se organizar.

 

Ainda de acordo com Mabjaia, a prova terá lugar numa data a anunciar, mas em principio este mês. O responsável assegurou, por outro lado, que em termos organizacionais e logísticos, a FMB estava preparada para acolher o evento, sendo o problema do Zimbabwe o único senão.

 

 

Os zimbabweanos pediram tempo e nós achámos que era legitimo adiarmos a prova para outra data, pois eles tiveram pouco tempo para a preparação, assim como nós e outras selecções que cá estarão presentes”, avançou Francisco Mabjaia, optimista na realização das eliminatórias.

 

 

Nesta competição tomarão parte para além da Selecção Nacional, os combinados da Zâmbia, Zimbabwe, África do Sul, Lesotho e Botswana, sendo que o primeiro classificado do torneio qualifica-se directamente para o Campeonato Africano de Basquetebol (Afrobasket) que terá lugar este ano na Costa do Marfim.

 O segundo lugar pode benéficas de uma repescagem.Em princípio, esta prova terá lugar no pavilhão do Desportivo. Moçambique é o principal candidato á conquista do primeiro posto, mas terá eu enfrentar fortes oposições da África do Sul e da Zâmbia, equipas que os últimos tempos têm estado em crescendo.

 

O adiamento das eliminatórias para o Afrobasket forçou a interrompição dos treinos da selecção nacional que vinha decorrendo desde segunda-feira no pavilhão do Desportivo.

 

  

DESRESPEITO À IMPRENSA

 

Entretanto, mesmo adiado razões óbvias o torneio, é preciso realçar que a FMB não tem dado o devido valor à imprensa. A prova devia arrancar próximo domingo, mas para a Comunicação Social ter conhecimento foi graças á informações vindas dos bastidores, pois os responsáveis federativos não chegaram de enviar qualquer comunicado anunciando o evento.

 

 

Como isso não bastasse para termos conhecimento do adiamento da prova foi necessário uma ligação telefónica a Francisco Mabajaia, presidente da FMB.

 

 

Face a este cenário recorrente no seio da FMB (não deu informação por exemplo quando a selecção feminina de sub-18 cancelou viagem a Dakar) é caso para dizer que a FMB anda doente, ou seja continua a ser uma das federações mais desorganizadas que temos, o que se reflecte no desrespeito á Imprensa.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:38
 O que é? |  O que é? | favorito
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
16
17
23
24
25
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO