Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Sexta-feira, 25 DE Janeiro 2013

O MAXAQUENE e a Liga Muçulmana, representantes moçambicanos nas Afrotaças, aceleram o ritmo de preparação para as pré-eliminatórias da Liga dos Campeões Africanos de futebol e Taça CAF, tendo como adversários o Center Chiefs e Gaberone FC, ambos do Botswana, no próximo mês.

 

Os “tricolores”, campeões nacionais, e os “muçulmanos”, detentores da Taça de Moçambique, jogam a primeira “mão” fora de portas, estando neste momento a cumprir estágios na Namaacha e na vizinha África do Sul, respectivamente.

 

 

O Maxaquene, na Namaacha desde dia 15, efectuou quarta-feira o segundo jogo de preparação, na vizinha Suazilândia, defrontando o Manzini Sundowns, tendo perdido por 4-3. Por seu turno, a Liga fez ontem um jogo-treino de 45 minutos com a selecção de Angola, em Joanesburgo, e também não escapou à derrota por (2-0), naquilo que foi o primeiro ensaio desde que iniciou o estágio no domingo. 

 

 

LIGA TESTA-SE DIANTE  DE ANGOLA



A Liga Muçulmana de Maputo fez o primeiro teste no jogo-treino com a selecção de Angola, no Bidvest Stadium, em Joanesburgo. Esta foi uma primeira ocasião para os “muçulmanos“ que procuram formar equipa depois de há pouco tempo terem aberto as suas “oficinas”. Por seu turno, os angolanos, que participam no CAN-2013, cumpriam mais uma sessão de preparação para o próximo jogo.

 

 

A Liga tem agendado mais um jogo-treino com o 1.º de Agosto, também de Angola, no domingo. Porém, o presidente do clube, Rafik Sidat, disse que o encontro ainda está por confirmar. Adiantou que a Liga está em contacto com algumas equipas sul-africanas para a realização de mais jogos.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:34
 O que é? |  O que é? | favorito

COMO em qualquer equipa do mundo, a chegada de reforços ao Costa do Sol pode trazer muitas alterações na espinha dorsal da equipa que transitou do ano passado. Para atacar os dois títulos no nosso futebol, os “canarinhos” garantiram o concurso de sete reforços Dário Khan, Tony, Nené, Nélson, Mayunda, Paulo e o guarda-redes Binó.

 

A seguir vamos analisar o que pode acontecer na equipa comandada por Diamantino Miranda, começando pela baliza.

 

 

BALIZA



Binó, é reforço para este posto, é um guarda-redes com pouco para provar em relação ao seu valor. É um homem respeitado entre as redes. Mas no Costa do Sol terá que usar todos os argumentos para fazer com que Diamantino prescinda de Gervásio, que nos últimos anos tem sido o número um “canarinho”, embora nalgumas ocasiões com exibições pouco convincentes.

 

 

A flexibilidade no jogo aéreo e a capacidade de ler os lances, entre outros atributos, podem fazer de Binó uma grande ameaça a Gervásio.

 

 

DEFESA 

 

 

Dário Khan e Mayunda são as duas aquisições do Costa do Sol. Em alerta estão Gildo (central) e Dito (lateral esquerdo). Mas quem terá mesmo que se esforçar para ganhar um lugar será Mayunda, pois tem uma oposição de grande nível, já que Dito, até já merece convocatórias para os “Mambas”. Dito é um lateral veloz e tecnicista, que dificilmente irá dar tréguas a um Mayunda que embora tenha praticamente mesmas características está com pouco ritmo, devido à pouca utilização no seu anterior clube, Liga Muçulmana.

 

 

Gildo, na época passada foi titular indiscutível, mas com a chegada de Dário terá que ficar no banco ou ser adaptado a outras posições.

 

 

MEIO-CAMPO



Nesta zona do terreno, Paulo e Nené, reforços, terão que trabalhar muito para fazer com que Diamantino Miranda relegue os talentosos e quase intocáveis Rúben e Manuelito II, ou o criativo Alvarito, a um plano secundário.

 

 

É reconhecido o valor de Paulo e Nené, mas perante estes “galácticos” terão poucas possibilidades de jogar a titular, mas o que é certo é que Manulito I, Alvarito e Mambo podem ser “vítimas” dos reforços.

 

 

ATAQUE



Tony, ex-Maxaquene, e Nélson, proveniente da Liga Muçulmana, terão que disputar o vazio deixado por Reginaldo, para além de se “baterem” com os estrangeiros Themba (um dos donos da posição na época transacta) e David.

 

Aqui a luta será mais interessante pois já que o Costa do Sol tem muitos médios com características ofensivas. Diamantino tem apostado, habitualmente, em jogar com um ponta de lança. A repetir-se o cenário esta temporada, cinco homens podem vir a disputar apenas um lugar, pois o ataque “canarinho” conta ainda com o jovem habilidoso Parkim, muito amado pelos adeptos.

 

 

Posto isto, vale dizer que o plantel “canarinho” pode se apresentar com a seguinte equipa base em 2013: Binó (guarda-redes), Zé, Dário Khan, Dito e João Mazive (defesa). Rúben, Manuelito II, Paulo e Alvarito (meio-campo). Tony e Themba (ataque).
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:29
 O que é? |  O que é? | favorito

TENDAY, que nas últimas duas épocas jogou pelo Vilankulo FC, é o mais novo reforço do Ferroviário de Maputo para a próxima época. O zimbabweano vem para reforçar o ataque, após a saída de Clésio para o Benfica.

 

Tenday já treina às ordens do novo técnico Vítor Urbano, que hoje volta a dirigir mais uma sessão preparatória no relvado da baixa.

Quem também já treina às ordens do técnico português é o internacional malawiano Secanhe, contratado ao Ferroviário de Nampula. O avançado devia ter-se apresentado, há duas semanas, mas ainda estava a resolver assuntos pessoais.

 

A estes junta-se um reforço do Gana, sendo que na próxima semana chegam mais dois reforços de nacionalidades zambiana e nigeriana.

A este leque de reforços juntam-se Cândido (ex-Desportivo), Barrigana (ex-Ferroviário da Beira), Eurico e Mauro (ex-Vilankulo), Germano (ex-Ferroviário de Gaza), Manucho e Major (provenientes dos juniores).

 

 

O Ferroviário, que aposta forte na conquista do título nacional, vai realizar todo o processo de preparação na capital do país. .          
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:25
 O que é? |  O que é? | favorito

A ASSOCIAÇÃO de Futebol da Cidade de Maputo (AFCM) reúne-se esta tarde, em assembleia-geral ordinária, na qual serão discutidos vários assuntos da vida da agremiação, com destaque para a eleição dos novos órgãos sociais, dado que o mandato de Victor Miguel chegou ao fim.

 

Para o escrutínio que é o principal ponto da agenda, está apenas confirmada a candidatura de Filipe Budula, actual vice-presidente que é tido como concorrente da continuidade de Victor Miguel, actual presidente da AFCM, já completou dois mandatos e por força dos estatutos já não pode concorrer, tendo indicado Budula para dar continuidade aos seus projectos.

 

 

Para além das eleições, na AG de hoje serão apresentados, apreciados e aprovados os relatórios das actividades e de contas do exercício de 2012, bem como feitas as leituras dos pareceres dos conselhos fiscal e técnico, para além de propostas e recomendações.

 

 

Mas antes os representantes dos clubes filiados à esta associação irão intervir para dar a conhecer o seu ponto de vista sobre o futebol na cidade de Maputo.Refira-se que cada mandato tem duração de quatro anos.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:20
 O que é? |  O que é? | favorito

O AVANÇADO internacional moçambicano, Jerry, do Oeiras (Portugal), está a trabalhar desde quarta-feira no Olhanense, que milita na 1.ª Liga Portuguesa.

 

Manuel Cajuda, o treinador, está interessado nos préstimos do atleta, mas para que se transfira de Oeiras para Olhão, os dois emblemas terão que se sentar à mesa.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:17
 O que é? |  O que é? | favorito

A FEDERAÇÃO Moçambicana de Futebol (FMF) e a empresa Mega Cash e Carry celebraram ontem, em Maputo, um acordo visando garantir assistência em artigos alimentares e de higiene à Academia Mário Esteves Coluna (AMEC), na Namaacha, onde mais de trinta jovens atletas provenientes de todas as províncias serão acomodados para seguirem as carreiras desportiva e estudantil.

 

O acto, que teve como signatários Feizal Sidat, presidente da FMF, e Manuel João Rocha, administrador da Mega, foi testemunhado por desportistas, nomeadamente treinadores, dirigentes, antigas estrelas de futebol, casos de Riquito, Ali Hassane e João Chissano.

Discursando na cerimónia, os signatários salientaram que o apoio vai contribuir para o bem-estar dos atletas, impulsionando a qualidade do futebol nacional através do projecto.

 

 

Feizal Sidat realçou que a Academia é uma provocação para que as colectividades e outros actores desportivos façam o mesmo, mencionando como exemplo os grandes clubes europeus, que têm academias próprias.

 

 

Por seu turno, o director da AMEC, Razak Manhique, destacou que o acordo é mais um passo dado nos esforços com vista a garantir o funcionamento normal da Academia.

 

 

Por último, o administrador da Mega anotou que com o gesto espera que o projecto produza frutos que dignifiquem o nome de Mário Coluna.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:13
 O que é? |  O que é? | favorito
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
18
19
20
22
26
27
28
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO