Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 15 DE Janeiro 2013

O FERROVIÁRIO apresentou, na manhã de ontem, seis caras novas com destaque para o novo treinador Victor Urbano proveniente da HCB. De resto salienta-se, entre os jogadores, Cândido (ex-Desportivo), Barrigana (ex-Ferroviário da Beira), Eurico e Mauro (ex-Vilankulo), Secanhe (ex-Ferroviário de Nampula), Germano (ex-Ferroviário de Gaza), Manucho e Major (provenientes dos juniores).

 

A apresentação do plantel e equipa técnica foi muito concorrida. Sócios, adeptos e simpatizantes lotaram o ginásio dos “locomotivas” que queriam ver de perto o leque de jogadores em que estão depositadas as esperanças de conquistar os principais títulos, nomeadamente Campeonato Nacional e Taça de Moçambique, que não foram capazes de conseguir no ano passado. Ainda dentre o lote dos atletas que entram no plantel para esta temporada assinala-se os regressos de Mambucho e Paíto, que haviam sido emprestados a HCB e o Ferroviário da Beira.

 

 

Aliás, mostraram-se satisfeitos pelo facto da direcção ter segurado alguns dos principais jogadores, casos de Chico, Tchitcho, Zabula, Butana e Diogo. Com estes e outros que transitam da época passada, os reforços apresentados e outros que poderão ser apresentados esta semana, conforme referiu a direcção, a classe “locomotiva” espera que 2013 seja um ano de glória.

 

 

Sublinhe-se que a aposta da direcção para preencher os três lugares em aberto recai neste momento em estrangeiros. Assim, nos próximos dias deve chegar um nigeriano, um ganês e um suázi. No entanto, de acordo com o secretário-executivo da colectividade, Sérgio Kanji, o trio vem para ser observado e caso passe no teste será convidado a rubricar contratos com o emblema verde e branco.

 

 

 De assinalar que ontem, logo após a apresentação, a equipa seguiu para o campo da baixa a fim de efectuar um treino de descompressão e até para o técnico português ver evoluir os seus novos pupilos, assim como serviu para os reforços começarem a enquadrar-se com os novos colegas e até para um primeiro contacto com os adeptos que não quiseram perder o primeiro treino do ano. Ao longo desta semana, os treinos servirão essencialmente para Vitor Urbano incutir nos jogadores a nova filosofia de jogo e aprimorar a condição física, técnica e os processos tácticos.

 

 

Mais adiante, ou seja, na próxima semana, conta dar início a uma fase de treinamento que passa pela realização de jogo de controlo que permitirá ao novo treinador tirar ilações mais pormenorizadas sobre o evoluir do seu colectivo.De referir que os guarda-redes serão orientados por Victor Magaia, enquanto Danito Nhampossa continuará como adjunto.

 

 

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:08
 O que é? |  O que é? | favorito

É COM muita honra que levo a cabo este projecto. Temos uma massa associativa muito exigente e quer resultados. Eu estou aqui para procurar trazer esses resultados dentro daquilo que é o espírito da equipa que é ganhar jogos”, Victor Urbano, treinador do Ferroviário.

 

 

O técnico frisa que a equipa terá que pensar jogo-a-jogo. “Queremos ganhar jogos domingo-a-domingo, mas para tal temos que construir um grupo forte dentro de um espirito de trabalho, rigor e disciplina. Se formos capazes de manter estes processos podemos ganhar jogos”.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:52
 O que é? |  O que é? | favorito

É O momento certo para mim. Tenho que agarrar esta oportunidade com as duas mãos”, palavras de Germano.

 

 

O guarda-redes que ainda na época passada disputava o “Provincial” de Gaza ao serviço do Ferroviário local afirma que vai aguardar a chance de alinhar a titular. “Vou trabalhar e ficar à esperar da minha oportunidade e quando chegar vou lutar para nunca mais largar. Sei que a concorrência é forte, pois o Ferroviário tem dois guarda-redes da selecção (Kampango e Pinto), mas com dedicação posso ganhar a confiança do mister”.

 

 

O “keeper” considera que este tipo de concorrência é positiva, visto que se cada um der o seu melhor, o conjunto todo sairá a ganhar”.

 

 

Questionado sobre se já tinha sentido as diferenças entre os adeptos do Ferroviário de Gaza e agora do Maputo, respondeu: “O público é exigente. Pede títulos. É um desafio interessante e de muita responsabilidade.” 

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:48
 O que é? |  O que é? | favorito

O OBJECTIVO de qualquer jogador é ganhar campeonatos. Espero e acredito que com trabalho e dedicação é possível esse objectivo”, Cândido optimista numa época de sucesso.

 

 

Outro factor que o atleta julga ser importante para a equipa obter bons resultados é o espirito de companheirismo. “Com mais união, mais trabalho é possível ter bons resultados”.

 

 

Falando sobre as lesões que o impediram de jogar a bom nível na última época, disse que “estou totalmente recuperado. As lesões ficaram para trás e sinto-me em condições de me empenhar no meu ao máximo”. 
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 09:45
 O que é? |  O que é? | favorito

O FERROVIÁRIO é uma equipa séria que gosta de desafios. Eu também gosto de desafios e prometo dar o meu máximo”, disse o novo reforço Mauro.

 

O jogador acrescenta que com muita humildade e força espera ajudar o Ferroviário a conquistar títulos. Bastante ambicioso nas metas traçadas por si, Mauro acredita que o Ferroviário pode ser um “trampolim” para chegar a Selecção Nacional. “Espero alcançar voos mais altos e chegar a selecção. O Ferroviário tem um grupo forte e estou aqui para o que der e vier”. 
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 09:42
 O que é? |  O que é? | favorito

ESPERO dar o meu melhor para justificar a confiança e a oportunidade que estão a dar-me. Vou lutar para conseguir a titularidade”, Eurico.

O jogador acredita que com trabalho tudo é possível. “Acho que posso alcançar a titularidade e ganhar um lugar de destaque na equipa mesmo sabendo que estou acompanhado por colegas de grande qualidade”.

 

 

Eurico deixou uma mensagem para a massa associativa. “Que acreditem nesta equipa jovem. Nós vamos fazer a nossa parte que é dar tudo dentro de campo para ganharmos jogos e dar muitas alegrias a todos que apoiam este clube”.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 09:34
 O que é? |  O que é? | favorito

ENCARO este desafio normalmente. Vim para trabalhar e dar o meu melhor”, afirma Barriga.Para aquele médio, o objectivo é ser campeão este ano e ganhar a Taça de Moçambique. “Quero ajudar o clube a conquistar os títulos que fugiram no ano passado”.

 

 

Questionado sobre a razão que teria estado por detrás da sua saída do Ferroviário da Beira após um ano de sucesso naquela colectividade, Barrigada respondeu: “Já há bastante tempo que precisava de sair do Ferroviário da Beira e tomar um novo rumo, sobretudo sair para o clube que luta por títulos. Surgiu esta oportunidade e não podia virar as costas mesmo sabendo que o Ferroviário da Beira está a atravessar um bom momento e pode, a curto prazo, ganhar troféus.” 
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 09:28
 O que é? |  O que é? | favorito

O TÉCNICO Nacir Armando, que nos últimos dois anos esteve ao serviço do Ferroviário de Maputo, acaba de assinar com o recém-promovido ao Moçambola, Desportivo de Nacala, outro representante da província de Nampula na fina-flor do futebol nacional.

 

O treinador assinou por um ano e mais um de opção, dependendo do desempenho, pois trata-se de um contrato por objectivos. Aliás, são metas dos “canarinhos” de Nacala a manutenção no Moçambola, prova que irão tomar parte pela primeira vez, pelo menos desde que é disputada nos moldes actuais.

 

 

Nacir Armando é um técnico experiente, que para além do Ferroviário já passou por vários clubes nacionais, como são os casos do Costa do Sol, Estrela Vermelha, FC de Lichinga, Matchedje, Ferroviário de Nampula, entre outros.Tem no seu palmarés dois títulos de campeão nacional pelo Costa do Sol (2000 e 2001), uma Taça de Moçambique e duas Supertaças pelo mesmo emblema.

 

 

Uma Taça de Moçambique pelo Ferroviário de Maputo, conquistada em 2011. Já ajudou duas equipas a chegarem ao Moçambola, o Estrela Vermelha (2004) e o FC de Lichinga (2006).

 

 

É um treinador que se encaixa perfeitamente naquilo que são os objectivos do Desportivo de Nacala, que pode não jogar em sua casa este ano, dado que ainda não tem campo em condições para acolher partidas do Moçambola.

 

 

Com a integração de Nacir em Nacala, apenas a HCB e Têxtil de Púnguè é que restam na lista das equipas sem treinadores. No Têxtil fala-se de Victor Cepeda que exerce actualmente as funções de secretário-técnico do Clube de Chibuto, enquanto na HCB, o zambiano Keagan Mumba é que está mais próximo de assumir a equipa. Mas Akil Marcelino é uma outra possibilidade para os “hidroeléctricos”.

 

Refira-se que o Moçambola 2013 se inicia em Março, restando a data e o local das cerimónias da abertura.

 

 

Conceituados técnicos como Artur Semedo, Euroflin da Graça, Augusto Matine, Mussá Osman deverão, por enquanto, ficar sem emprego, pelo menos no Moçambola.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 09:15
 O que é? |  O que é? | favorito
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
18
19
20
22
26
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO