Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Quarta-feira, 29 DE Agosto 2012

A CAPITAL inglesa, Londres, volta a agitar-se com o fervor olímpico hoje, a partir das 19:30 horas de Maputo, com a cerimónia de abertura dos maiores Jogos Paraolímpicos da história, marcados já pelo êxito da bilheteira, com quase 2,5 milhões vendidos.

 

Moçambique será representado por dois atletas, no atletismo, nomeadamente Maria Muchavo e Pita Rondão.Maria Muchavo, medalha de bronze nos Jogos Africanos e mais recentemente ouro nos Jogos da CPLP, será a primeira a entrar em prova, no dia 1 de Setembro, nos 100 metros da categoria T-12.A corredora vai ainda competir nos 200 e 400 metros, isto nos dias 2 e 5 de Setembro, respectivamente. Por três vezes a jovem estará em acção no Estádio Olímpico de Londres. 

 

A estreia de Pita Rondão acontece no dia 3 de Setembro nos 200 metros. O atleta vai competir na categoria T-11 e no dia 6 do mesmo mês volta a fazer-se às pistas “Olympique Stadium” correndo os 400 metros.A prova terá uma presença recorde de 166 países, mais do que em Beijing, em 2008, e o número de atletas também subiu de 4.000 para 4.200, segundo dados da organização.

 

 

Após o êxito dos Jogos Olímpicos, os britânicos querem acompanhar o elevar da fasquia de Beijing no domínio dos Paraolímpicos, até porque a China contribuiu decisivamente para aumentar a visibilidade dos desportos para portadores de deficiência.

 

 

Mais de três mil figurantes vão dar corpo à cerimónia de abertura baptizada com o sugestivo nome de "Enlightenment" (Iluminação).

Na televisão, verdadeiro medidor do sucesso das grandes competições desportivas, a organização projecta uma audiência em redor dos quatro mil milhões de telespectadores, um recorde, nos 11 dias de provas.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:26
 O que é? |  O que é? | favorito

O EX-TREINADOR da União de Leiria, Victor Pontes, é o provável treinador do Chibuto, clube que acaba de afastar Abdul Omar do comando técnico, por maus resultados no Moçambola.

 

O presidente do clube, Simão Cossa, confirmou  haver negociações com o técnico português, mas vincou que tem poucos dados sobre o assunto, dado que as mesmas estão a ser conduzidas directamente pelo principal parceiro do clube.

 

 

Contudo, Cossa garantiu que até a próxima semana o clube irá apresentar oficialmente o novo treinador.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:15
 O que é? |  O que é? | favorito

O MOÇAMBOLA vai sofrer por uma paragem de duas semanas em virtude da disputa da Taça de Moçambique/mcel e do jogo da Selecção Nacional frente ao Marrocos (CAN 2013) nos fins-de-semana que se seguem.

 

As emoções da mais importante competição do futebol nacional regressam, deste modo, no dia 15 de Setembro com a disputa da 19ª jornada.

O Maxaquene lidera com 37 pontos mais quatro que o Ferroviário de Maputo, sendo que estas duas equipas já estão afastadas da Taça de

 

Moçambique/mcel, prova que marcará o fim-de-semana futebolístico por todo o país com destaque para o Costa do Sol-HCB e Incomáti-Chibuto.

 

 

Já no fim-de-semana de 8 e 9 de Setembro, algumas selecções africanas, com particular enfoque para os “Mambas”, disputarão a primeira “mão” da segunda e última eliminatória de acesso ao CAN-2013. Vários jogadores que actuam no Moçambola estarão ao serviço da equipa moçambicana.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:58
 O que é? |  O que é? | favorito
tags:

A PRIMEIRA Sessão do Conselho Técnico do Instituto Nacional do Desporto (INADE) que juntou mais de 100 desportistas culminou com recomendações, constatações e decisões de vária ordem ao INADE por parte dos participantes, onde se destaca a ideia de se juntar todas as federações no mesmo edifício e criação da figura do animador e a inclusão das academias no financiamento do Movimento Associativo Desportivo por parte do Governo.

 

A iniciativa de instalação das federações no mesmo edifício é do INADE e, visa conferi-los comodidade, melhores condições de trabalho e operacionais, o que permitirá que disponham de uma secretaria comum, para facilitar a sua localização.O INADE decidiu ainda criar a figura de animador desportivo que visa a prossecução das actividades desportivas a nível comunitário.

 

 

Em relação às academias, o Conselho Técnico é de opinião que elas devem beneficiar do financiamento do Governo, através do Fundo de Promoção Desportiva, pois elas são as sementes do nosso desporto, através da formação de atletas.

 

 

Ainda nesta reunião, constatou-se que o Governo só apoia federações, deixando de lado as associações provinciais, quando são elas que organizam competições. O INADE foi recomendado a utilizar os valores dos contratos-programa de forma racional para permitir a maximização dos meios ao bem do desporto.Constatou-se, por outro lado, que a avaliação do desempenho das federações e do movimento associativo desportivo deve ser em consonância com os ciclos olímpicos.

 

 

Em relação à Missão Moçambique, uma plataforma do Governo que visa garantir a preparação dos atletas e respectivas selecções nacionais, os membros do Conselho Técnico sugeriram que para que tenha melhor desempenho, a Missão devia colher experiências de outros países     que têm uma estrutura similar com o nosso.

 

 

No que diz respeito à massificação do desporto, o Conselho Técnico constatou que este projecto não deve priorizar somente os distritos e localidades, mas também as zonas urbanas uma vez que detêm muitas infra-estruturas desportivas. Sugeriu igualmente que a priorização das modalidades desportivas devia ser feita em função do nível organizacional de cada uma e frequência da sua prática em cada região.

 

 

O Conselho desafiou o INADE a estreitar laços de cooperação com os governos locais e os municípios de modo a garantir a manutenção de espaços reservados à construção das infra-estruturas desportivas, para além de coordenar com as federações e clubes para a detecção, selecção e encaminhamento dos talentos que despontam nas comunidades.Por fim, o INADE foi desafiado a entrar em colaboração com os Ministérios da Saúde e da Educação para desenhar estratégias para minorar o mal decorrente do consumo do álcool por parte dos atletas.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:47
 O que é? |  O que é? | favorito

MALHAGALENE e Matchedje conquistaram a Taça Maputo em andebol sénior masculino e feminino, respectivamente.

 

Na sexta e última jornada, a turma da Malhangalene venceu o Costa do Sol, por 38-21, totalizando 12 pontos, mais um que o Maxaquene que arrasou Matolinhas, por 35-15.

 

O Matchedje festejou o troféu no dia em que conseguiu um dos triunfos mais robustos de que há memória, 55-6, sobre Mavalane.As “militares” terminaram a prova com 16 pontos, mais dois que o Maxaquene, que perdeu com Matolinhas, por 31-21.

 

As camadas inferiores também apuraram os seus vencedores: Matolinhas (juniores masculinos), Maxaquene (juniores femininos), Malhangalene (juvenis masculinos) e Maxaquene (juvenis femininos).

 

O Campeonato da Cidade será a próxima competição e o arranque está previsto para o próximo sábado, logo com um empolgante confronto entre Maxaquene e Matchedje.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:34
 O que é? |  O que é? | favorito

O SEGUNDO lugar conquistado pela Selecção Nacional de Hóquei em Patins no Torneio José Eduardo dos Santos deixou o seleccionador, Pedro Nunes, extremamente animado e confiante para os próximos desafios.

 

Numa entrevista concedida em exclusivo ao  técnico português, em jeito de balanço da prova reafirmou o prazer que tem em dirigir os destinos da equipa moçambicana, elogiando a atitude e o espírito de amizade e companheirismo existente entre os hoquistas.

 

 

 Que avaliação faz da prestação da selecção moçambicana?



 Penso que mais uma vez superamos às expectativas. Quando partimos para este torneio o nosso objectivo, para além dos aspectos desportivos, da continuidade do trabalho que víamos desenvolvido em San Juan, era ver a equipa crescer enquanto grupo e ganhar coesão a nível  dos conceitos do jogo. Conseguimos atingir estas metas, e a par disso alcançamos uma classificação, atendendo ao nível das selecções presentes, e ao facto do grupo todo ter efectuado apenas cinco treinos efectuados.

 

 

 O que há a melhorar em próximas competições?



 Antes de melhorar a equipa, a que melhorar a estrutura federativa e a do hóquei moçambicano. Penso que neste momento é graças a estes excelentes resultados alcançados pela selecção que vêm de alguma forma mantendo o hóquei em Moçambique. Agora é urgente que as pessoas responsáveis pela modalidade no país se apliquem mais em prol da modalidade. Mas quero deixar claro que esta é a opinião de alguém que esta em permanente contacto com o hóquei moçambicano de um ano a esta parte, não quero ferir susceptibilidades e nem me compete a mim faze-lo, respeito todas as decisões tomadas mas é urgente salvar o hóquei em Moçambique.

 

 

Afirmou que é urgente salvar o hóquei em Moçambique. Quais devem ser a estratégias?



Como? Já dei algumas pistas. Implementar o hóquei nas escolas, dinamização do hóquei no clube, porque não a própria federação assumir a criação de uma escola nacional de patinagem. Enfim, uma série de iniciativas, que podem passar pela formação de árbitros e técnicos e divulgação do hóquei junto da população. Estas são algumas ideias que eu penso que iriam contribuir não só para o desenvolvimento da modalidade bem como para a sua solidificação. Agora cabe aos responsáveis perceberem qual o caminho a seguir.

 

 

Continuará a comandar a selecção moçambicana no próximo mundial Mundial?



 Penso que o meu trabalho é reconhecido pela federação. Posso dizer que estou feliz por ser o líder destes atletas. Mas tenho que ver a minha disponibilidade profissional. Há também a disponibilidade da federação em definir um plano de actividades para a selecção nacional porque não estou de forma alguma interessado em continuar neste registo de indefinição, de situações onde tudo é feito a última da hora.

 

 

A realidade do hóquei moçambicano não se compadece com o registo da selecção

 

 É de opinião que a selecção moçambicana acusou a pressão de ser quarta melhor do mundo no “Zé Dú”?



 É certo que nós elevamos a expectativa do povo moçambicano em relação a Selecção Nacional. Eu sei que estes estão connosco, mas assusta-me os resultados alcançados por esta selecção neste último ano. Espero que as pessoas tenham consciência de que estes resultados serão possíveis porque de facto o grupo de trabalho, tanto em San Juan como neste torneio José Eduardo dos Santos, se transcendeu.

 

A realidade do hóquei em patins em Moçambique não se compadece com estes resultados. Se exigirem a mim e aos jogadores melhores resultados, então escolham outro treinador porque eu não estarei para liderar futuramente a selecção moçambicana.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:23
 O que é? |  O que é? | favorito

 

À semelhança do que aconteceu em San Juan, é de opinião que os resultados alcançados neste torneio foram igualmente surpreendentes?



 Costumo dizer que a sorte dá muito trabalho. Já não acontecem milagres, estes ficaram em Fátima já lá vão uns anos. Acredito que a organização que esta selecção consegue com pouco tempo de trabalho, o espírito de grupo fantástico que existe, não só dentro como fora de campo, explica os resultados alcançados. Se a prestação em San Juan foi uma surpresa para muitos, este torneio veio confirmar o crescimento desta selecção.

 

Nós em San Juan jogamos com selecções muito fortes, das melhores do mundo (Portugal e Espanha) e conseguimos um brilhante quarto lugar. No “Zé Dú” jogamos com equipas com outro estágio de competição, sabendo que no aspecto competitivo Moçambique está na cauda da tabela, inclusive a Colômbia, a quem ganhamos, por 4-1, tem neste momento 14 clubes. É bom termos noção que só com a organização, com método, com rigor, com disciplina, com ambição que estes demonstram cada vez que representam a selecção e acima de tudo com uma dignidade enorme com que enfrentam aos desafios e que se conseguem resultados destes. Eu apenas limito-me a ser uma parte deste bolo.

 

 

Nenhuma selecção africana ficou em quarto num “Mundial”

 

Colocando a hipótese de assumir a selecção no “Mundial” do próximo ano, gostaria de contar com mais jogadores ou acha que é preciso exponenciar os que existem?



 Essa é uma pergunta difícil de responder. Mas devo frisar que este grupo é muito forte. A relação interpessoal é muito forte. Às vezes não interessa quem joga de início ou mais tempo, quem têm mais ou menos capacidades, todos são de uma importância enorme para a dinâmica do grupo e para o funcionamento total do balneário. Mas é claro que no aspecto desportivo esta selecção precisa de ser renovada, há jogadores saturados. Mas gostaria de contar com todos, talvez até para outras funções. A federação tem que aproveitá-los.

 

 

Estes jogadores devem ser vistos como uma referência para a nação moçambicana e até africana porque conseguiram aquilo que nenhuma equipa africana conseguiu seja em que modalidade for conseguiu alcançar. Isto é possível graças, não apenas aos jogadores, como a todos que acompanham a equipa, Pedro Tivane (treinador-adjunto), Justino Miguel (coordenador). 

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:17
 O que é? |  O que é? | favorito

A ASSOCIAÇÃO Desportiva de Maxixe (ADM) é virtual campeã provincial de futebol de Inhambane. Ao cabo de 14 jornadas, a equipa da capital económica da terra de “boa gente” soma 38 pontos, mais seis que o segundo classificado quando faltam apenas duas rondas por disputar.

 

Enquanto isso, na capital do país, o Mahafil tomou de assalto o comando do Campeonato da Cidade, passando a somar 38 pontos, mais um que o Matchedje, que não jogou neste fim-de-semana.

Cidade de Maputo: Mahafil “assalta” o comando

 

O Mahafil assumiu a liderança do Campeonato de Futebol da Cidade de Maputo, em troca com o Matchedje, ao vencer a Académica, por 3-1, em jogo da 18ª jornada.

 

 

O Mahafil passou a contar com 38 pontos, mais um que o Matchedje, que ficou de fora devido ao número impar de equipas.Quando faltam apenas duas jornadas para o término da prova, a luta pelo trono continua em aberto.O Estrela Vermelha, já sem quaisquer chances de revalidar o título, venceu o Ferroviário das Mahotas, por 2-1.

 

 

O 1° de Maio bateu o Beira-Mar, por 4-2, enquanto o Nova Aliança, “lanterna vermelha”, destacou-se ao conquistar o terceiro ponto ao empatar, a um golo, com as Águias Especiais.Noutra partida, o Cape Cape venceu o Vulcano, por 1-0.Na próxima ronda, nota para os jogos entre o Matchedje e Vulcano e Cape Cape-Mahafil.

 

 

Inhambane: ADM renova o título

 

A Associação Desportiva de Maxixe é virtual campeã provincial de Inhambane, proeza conseguida no último fim-de-semana mercê de um empate sem abertura de contagem frente à Liga Muçulmana e da derrota do Palmeiras Homoine na recepção ao Centro Juvenil, por 1-0.

 

 

Com estes resultados, a ADM passou a somar 38 pontos, mais seis que o Palmeiras, segundo classificado, quando faltam apenas duas jornadas para o fim do certame. A ADM tem ainda um jogo em atraso.

 

 

Ao cabo de 14 jornadas, a ADM soma 12 vitórias e dois empates, números bastantes para a revalidação do título.

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:11
 O que é? |  O que é? | favorito
Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
18
19
20
24
25
26
28
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO