Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 07 DE Agosto 2012

SE dúvidas houvesse sobre a capacidade do Mahafil em lutar até à última jornada pela conquista do Campeonato de Futebol da Cidade de Maputo estas ficaram dissipadas no último sábado, após vitória diante do Estrela Vermelha, por 2-1, em jogo da 15ª jornada.

 

Com esta vitória, o Mahafil não só manteve bem vivas as chances de arrecadar o troféu como colocar praticamente de fora os “alaranjados”, detentores do título, da corrida pela revalidação.

 

A luta pela disputa do “canecão” e, consequentemente, pelo apuramento à fase da poule – Zona Sul – ao Moçambola continua ao rubro com o Matchedje e o Mahafil a travarem um despique aceso. Os “militares” passearam a classe, nesta ronda, com uma goleada sobre o Nova Aliança, por 8-0.

 

O Beira-Mar também teve um fim-de-semana produtivo tendo subido do décimo para o nono lugar ao ganhar o Cape Cape, por 1-0.

De resto os outros jogos foram marcados por empates. O Ferroviário das Mahotas empatou a uma bola com o Vulcano, mesmo resultado verificado no duelo entre Águias Especiais e 1° de Maio.Académica ficou de fora devido ao número ímpar de equipas.

Província de Maputo: Infulene vence e aproxima-se do lider

 

O FC Infulene venceu a Liga MG da Matola, líder da prova, na partida mais aguardada da 13ª jornada do Campeonato Provincial de Maputo. Com este triunfo, o Infulene reduziu para três pontos a distância em relação ao primeiro lugar.Noutras partidas da ronda, o destaque vai para a vitória do Djuba FC sobre o Ntumbuluku por uma bola a zero, resultado que permitiu a equipa de Boane manter-se no terceiro posto.

 

O Clube da Manhiça beneficiou-se de uma falta de comparência no embate que devia travar com a frágil equipa da Liberbulls. O jogo Porto de Ressano Garcia-Galax FC foi adiado por questões organizacionais, enquanto Binó FC assegurou um empate na recepção ao Benfica de Marracuene.

 

Com 34 pontos, o MG está em primeiro, seguido por Infulene com 31. Com 29 está o Djuba em terceiro, enquanto em quarto temos o Desportivo da Matola com 27. Na cauda da tabela está o Liberbulls com apenas três pontos.A próxima jornada, 14ª, terá os seguintes embates: Desportivo da Matola-Liga MG; Infulene-Ntumbuluku; Djuba-Clube da Manhiça; Liberbulls-Porto; Galax-Binó FC e Benfica-Simba Rangeres.

 

Inhambane: Maxixe continua no topo

 

Apesar de não ter jogado este fim-de-semana devido ao número ímpar de equipas na prova, a Associação Desportiva da Maxixe continua líder do “provincial” de Inhambane com 28 pontos, mais dois que Palmeiras de Homoine, que ocupa o segundo posto. A Liga Muçulmana está em terceiro lugar com 22 pontos, os mesmos que o Centro Juvenil da Maxixe, quarto lugar classificado. Sem qualquer ponto está o Nova Aliança, que ocupa o último posto.

 

A jornada 13 disputada no fim-de-semana forneceu os seguintes resultados: Temusa, 3- Fer. Inhambane, 1; Centro Juvenil, 0 – Massinga, 0; Homoine, 4 – Nova Aliança, 0; Morrumbene, 0 – Liga Muçulmana, 2. 

Sofala: Estrela tropeça, mas mantém-se no comando

 

O Estrela Vermelha da Beira perdeu em casa diante do Pipeline, mas continua a comandar o Campeonato Provincial de Sofala com 28 pontos, mais dois que FC Nhamatanda, que ocupa o segundo lugar.

 

O FC Nhamatanda venceu o Sporting da Beira por uma bola a zero. O Desportivo de Nhamatanda perdeu com Açucareira. Enquanto o embate FC Beira-Sena FC terminou sem abertura de contagem.Estrela com 18, FC Nhamatanda e Pipeline, ambos com 16, ocupam os três primeiros lugares da prova. Em quarto temos o Sporting com 11, quinto lugar é ocupado pela Açucareira, com 10. Sem qualquer ponto está o Caia FC.

 

Manica: Textáfrica soma e segue

 

O Textáfrica continua na mó de cima. Os “fabris” do planalto venceram no passado fim-de-semana o Matchedje por claros 3-0, cimentando a liderança do “provincial”.

 

O Chimoio FC venceu Leões de Vumba, por 1-0, enquanto o Desportivo de Manica cedeu um empate caseiro à Liga Muçulmana do Chimoio. O Pipeline goleou Shoprite por 5-0. O FC Messica perdeu diante do Atlético de Gondola por duas bolas a uma e o AKLLIN FC bateu o Golden Star por duas bolas sem resposta.O Textáfrica continua no comando com 28, mais três que a dupla Gondola e Pipeline em segundo. Shoprite e Matchedje do Chimoio ocupam os dois últimos lugares, num campeonato disputado por 12 equipas.

 

Nampula: Desportivo de Nacala não vacila

 

Em Nampula, o Desportivo de Nacala continua em grande plano. No fim-de-semana venceu o Ferroviário também de Nacala por uma bola sem concorrência, um resultado que permitiu a equipa isolar-se ainda mais no comando do “Nampulense”.O segundo classificado, Sporting de Monapo, bateu a Liga Muçulmana, por 1-0, enquanto o Benfica de Angoche foi travado em Moma pelo Benfica local.

 

Moçambique FC recebeu e venceu o Benfica de Monapo, e o Hospital Central foi a Angoche bater o Sporting por uma bola, o mesmo resultado conseguido pelo Benfica de Nampula na deslocação ao terreno da Casa Issufo FC.

Amanhã, o Hospital Central e Benfica de Moma acertam o calendário da 14ª jornada. 

Cabo Delgado: Ibo a uma vitória do título

 

O Desportivo do Ibo é quase campeão provincial de Cabo Delgado. Ao cabo de oito jornadas, a equipa insular soma 22 pontos, passando a dispor de 10 de vantagem sobre o segundo classificado, o Desportivo de Mueda.

 

 

Em terceiro lugar temos o Atlético de Montepuez com 11, seguido da dupla Associação Desportivo de Pemba com seis, mais um que Paróquia de Mueda. O Desportivo da Mocímboa da Praia ocupa o último lugar com quatro pontos.A ronda oito produziu os seguintes resultados: Desportivo da Mocímboa da Praia, 1 – Desportivo de Ibo, 3; Paróquia de Mueda, 0 – Desportivo de Mueda, 2.

 

A Associação Desportiva de Pemba continua a boicotar jogos, alegadamente por não querer jogar fora. Aliás, neste momento a cidade de Pemba não possui nenhum campo em condições de acolher jogos.Como solução do problema, a Associação de Futebol a nível daquela província sugeriu àquele clube para que efectuasse os seus jogos no terreno dos adversários, mas a direcção do Pembinha declina-se.

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 11:14
 O que é? |  O que é? | favorito

A PROVÍNCIA de Maputo inicia, no próximo dia 18 do mês em curso, a fase de apuramento dos seus representantes no II Festival Nacional dos Jogos Tradicionais, que se realizará este ano em Lichinga, província do Niassa.

 

Terminada a fase distrital de apuramento, durante a qual foram apurados 96 actores oriundos de todos os oito distritos da província, entra-se agora na etapa decisiva para a selecção dos melhores.Para esta fase, a província seleccionou 13 modalidades, das quais três são de carácter competitivo e as restantes demonstrativas, visto que não são movimentadas em todas as províncias.

 

Com efeito, estarão em disputa txuva, murava-rava e dama no lote das competitivas e, por outro lado, serão movimentadas surma, piló-piló, binjonson, pião, corridas e acrobacias em pneus e jantes, neca, salto da corda, trinta e cinco, mbalele-mbalele, mathocozana, zotho e ringue com carácter demonstrativo.

 

De acordo com o chefe do departamento do desporto na Direcção Provincial da Juventude e Desportos de Maputo, Fernando Dias, serão apurados nesta fase final 12 actores para o Festival Nacional, que terá lugar em Setembro próximo.Os jogos de apuramento terão lugar na Escola Secundária de Khongolote, no município da Matola, e, segundo Dias, para além dos actores, estará envolvida a comunidade local.

 

Saliente-se que a próxima fase estava prevista para o dia 4 do mês em curso, mas, por razões organizacionais, foi adiada por cerca de duas semanas.

 

Os festivais nacionais dos jogos tradicionais são bienais, sendo que a primeira edição realizou-se em 2010, na cidade da Beira, província de Sofala.
Font:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 11:02
 O que é? |  O que é? | favorito
Ferroviário de Pemba

A LIGA Moçambicana de Futebol (LMF) poderá castigar severamente o Ferroviário de Pemba pelos actos protagonizados domingo pelos seus jogadores e pelo público de Nampula afecto ao representante de Cabo Delgado que culminaram com agressão ao árbitro do encontro que o opôs ao Vilankulo FC.

 

A LMF, que se reúne normalmente às terças-feiras, portanto hoje, tem uma “batata quente” nas mãos, uma vez que o delegado do jogo Ferroviário de Pemba-Vilankulo já enviou o seu relatório a Maputo relatando os actos de violência verificados no Estádio 25 de Junho no final do encontro.

 

A primeira medida que a LMF poderá tomar é proibir o Ferroviário de Pemba de jogar em Nampula, local que indicou como seu reduto para esta segunda volta na impossibilidade de actuar na capital provincial de Cabo Delgado por falta de campo.A LMF poderá ainda avançar com medidas administrativas para penalizar a equipa e os jogadores protagonistas da vergonha assistida domingo em Nampula.

 

Aliás, Nampula tem sido apontado como um dos focos de violência nos recintos desportivos, principalmente no campeonato provincial, onde alguns jogos, às vezes, não chegam ao fim devido a actos de vandalismo protagonizados tanto pelo público, como por jogadores, treinadores e dirigentes.

 

A título de exemplo, ainda há bem pouco tempo realizou-se em Nampula uma reunião na qual esteve presente o Vice-Ministro da Juventude e Desportos, Carlos Sousa (Cazé), que serviu para reflectir sobre actos de violência nos recintos desportivos daquele ponto do país.Para desencorajar este tipo de comportamento, a Liga Moçambicana de Futebol devia desde já tomar medidas correctivas sob o risco de o Moçambola enveredar por um caminho que não seja o educativo.

 

O próprio presidente da Liga Moçambicana de Futebol, Alberto Simango Júnior, defende em todas as suas intervenções um Moçambola livre de actos de violência.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:56
 O que é? |  O que é? | favorito

CONFIRMOU-SE o que já era previsível. As Escolas Secundárias Estrela Vermelha e Zona Verde, esta última da província de Maputo, carimbaram, no último sábado, o passaporte rumo às meias-finais da 6ª edição do torneio inter-escolar Basket Show.

 

Para o efeito, Estrela venceu a aguerrida equipa de Mahlazine, por 42-34, enquanto Zona Verde bateu Francisco Manyanga por escassos quatro pontos de diferença, ou seja, 30-26. São resultados que espelham o quão foi equilibrada esta que era a segunda série dos quartos-de-final. Na primeira série realizada no passado dia 28 de Julho, Josina Machel e Noroeste I venceram, respectivamente, as Escolas Secundárias Avenida Eduardo Mondlane e Polana.

 

 

Concluídos os embates dos quartos-de-final, a prova prossegue próximo sábado com duelos aliciantes para as meias-finais.

Noroeste I bate-se com Josina Machel e Estrela Vermelha defronta Zona Verde, uma das candidatas à vitória final.

 

Estrela Vermelha e Josina surgem como principais candidatos à conquista de mais um título no evento. Estrela venceu a primeira edição em 2007, enquanto Josina conquistou em 2010.

 

 

Ainda no passado sábado, rodou mais uma partida do torneio feminino, na qual Polana venceu Matola, por 30-22. No dia 28 de Julho, no arranque do torneio de femininos, Avenida Eduardo Mondlane bateu Estrela Vermelha, por claros 29-8.

No próximo sábado, Estrela Vermelha defronta Escola Secundária da Matola.

 

 

Em femininos, o torneio disputa-se num sistema de todos contra todos, sagrando-se vencedora a equipa que tiver mais pontos conquistados.

A edição 2012 do Basket Show termina a 25 do mês em curso. Este ano, movimentou 16 escolas secundárias da cidade e província de Maputo.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:41
 O que é? |  O que é? | favorito

O MAXAQUENE pode ter dito adeus à conquista da Taça Maputo de Basquetebol Sénior Masculino ao perder com o Ferroviário de Maputo, por 52-50, em partida da sexta jornada.

 

Os “tricolores” estavam proibidos de perder sob o risco de ficarem a dois pontos não apenas dos “locomotivas” como também dos “alvi-negros”. O pior dos cenários verificou-se para a equipa “tricolor” visto que o Desportivo também ganhou, no caso, a UP, por 56-47.

 

Ferroviário e Desportivo comandam com 12 pontos fruto de seis vitórias em igual número de jogos disputados, enquanto o Maxaquene soma dez. Sublinhe-se que o Maxaquene perdeu frente aos seus principais concorrentes: Desportivo e Ferroviário.

 

 

O Costa do Sol redimiu-se em grande estilo da derrota com Matolinhas, na ronda passada, ao aplicar “chapa 100” ao Aeroporto (106-51).

Já Matolinhas desiludiu ao perder com a A Politécnica, por 47-41. Após o triunfo brilhante frente aos “canarinhos” esperava-se muito mais deste conjunto.

 

 

A POLITÉCNICA A SUPERIOR


Em seniores femininos, as atenções estiveram focalizadas na partida entre A Politécnica A e o Ferroviário. As “locomotivas”, “a priori” favoritas, acabaram perdendo por uma margem de dez pontos, por 63-53, e cederam o segundo lugar à sua adversária.

 

 

Intocável e isolado no primeiro lugar está a Liga Muçulmana com seis pontos. As “muçulmanas” infringiram uma pesada derrota ao Costa do Sol, por 77-27.

 

 

Já o Desportivo continua a somar derrotas atrás de derrotas. Desta vez cedeu frente a A Politécnica B, uma das equipas mais fracas, por 41-38.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:33
 O que é? |  O que é? | favorito
Sílvia, lá no fundo, em último

EMBORA a bandeira ainda continue hasteada na Aldeia Olímpica de Londres, Moçambique deixou de fazer parte, pelo menos em termos competitivos, dos Jogos Olímpicos, depois de Sílvia Panguana ter sido eliminada ontem da primeira ronda dos 100 metros barreiras, tendo ocupado o oitavo lugar com o tempo de 14,68 segundos.

 

Já se sabia, à primeira vista, que Sílvia Panguana teria muitas dificuldades em transitar para as meias-finais, apesar de sempre prevalecer aquele optimismo mais patriótico do que realista de que a atleta poderia cometer uma proeza. Mas a partida demasiadamente lenta, sem fulgor, deixou logo evidente que não teria qualquer hipótese, nem de uma eventual repescagem.

 

 

Ainda não estavam decorridos 50 metros e a jovem Sílvia já via a campeã do mundo, a australiana Sally Person, primeira classificada com o tempo de 12,57 segundos, bem distante. À medida que a prova ia decorrendo foi ficando nas “covas” na companhia da corredora da Singapura Dipna Prasad que acabou superando-a por um palmo.  

 

 

A jovem barreirista de 19 anos denotou muitas carências, sobretudo técnicas, no que concerne à transposição das barreiras. Fazia-o bem perto da barreira, algo que lhe retirou velocidade para pelo menos melhorar a sua prestação.

 

 

Pior que a moçambicana esteve Ekaterina Poplavskaya, atleta da Bielo-Rússia, que acabou sendo desqualificada por corrida por fora da sua pista (n°1) depois de ter tropeçado consecutivamente em três barreiras.  

 

 

Sílvia Panguana encerrou assim a participação da comitiva nacional. Kurt Couto, conforme era de esperar, teve a melhor prestação, pois foi o único a passar da primeira ronda para as meias-finais. Neuso Sigaúque, Juliano Máquina, Chakil Camal e Jéssica Vieira caíram todos na primeira ronda.

Agora só resta aos dirigentes, técnicos e atletas moçambicanos deitarem mãos-à-obra tendo em vista os Jogos Olímpicos do Rio Janeiro em 2016.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:29
 O que é? |  O que é? | favorito
Sílvia Panguana

NA desilusão do oitavo lugar de Sílvia Panguana houve espaço para um marco positivo. É que atleta a moçambicana conseguiu melhorar a sua marca pessoal nos 100 metros barreiras ao fazer a distância em 14,68 segundos.

 

Nunca antes a melhor corredora nacional na especialidade havia conseguido este feito, visto que tinha como melhor marca 14,87 segundos. Sílvia conseguiu melhorar em 19 décimos a sua “perfomance”.

 

No entanto, sublinhe-se que esta marca está muito longe de a colocar entre as melhores nos 100 metros barreiras que está actualmente abaixo dos 13 segundos.

 

A australiana Sally Pearson, detentora do recorde olímpico, e que correu na mesma eliminatória de Sílvia Panguana, tem como melhor tempo 12,28 segundos.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:23
 O que é? |  O que é? | favorito
Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
18
19
20
24
25
26
28
31
subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO