Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Terça-feira, 10 DE Julho 2012

O COSTA do Sol consentiu na tarde de ontem, no seu reduto, uma igualdade a uma bola frente ao Ferroviário de Pemba, na partida que fechou a 12ª jornada do Moçambola. Os pembenses voltaram a surpreender e a provar que se dão bem nos jogos contra os mais fortes, atendendo que já tinham empatado com o Maxaquene e Liga Muçulmana. Com o empate, o Costa do Sol manteve-se na oitava posição, com 17 pontos, e o Ferroviário de Pemba continua na cauda, com três.

 

Costa do Sol, 1-Fer.Pemba,1: “Canário” cai na teia pembense

 

SE o Ferroviário de Pemba se apresentasse em todos os jogos com a mesma astúcia com que se exibe contra os grandes talvez não estivesse no último lugar, mas sim a lutar pelos lugares cimeiros. É que os três pontos que os pembenses contabilizam obtiveram frente aos ditos grandes. Os “locomotivas” empataram ontem com o Costa do Sol, depois do Maxaquene e Liga Muçulmana.  

 

Os “canarinhos” entraram melhor e aos 13 minutos foram coroados com um soberbo golo assinado por Manuelito II. Motivados com este início fulgurante, ficaram muito perto de aumentar a vantagem. Themba, numa jogada de craque, tira Jotamo do caminho e remata à malha lateral.

 

Ficou claro que os “canarinhos” estavam apostados em resolver o jogo o mais cedo possível. Mas nem tudo saía bem. No momento de atirar à baliza vinham à tona as dificuldades de finalização, talvez a principal lacuna do “canário”. Tais lacunas reflectiram-se quando Reginaldo, bem posicionado na zona de rigor, cabeceou ao lado.

 

Mas como futebol é uma caixinha de surpresas, o Ferroviário de Pemba, que ainda não tinha feito nada para marcar, chegou à igualdade aos 25 minutos, com um golo de Binó. O avançado aproveitou a desconcentração da defensiva “canarinha” para, numa jogada de insistência, bater Gervásio.

 

A defesa “canarinha” ficou afectada no lance que originou o golo de Binó, visto que voltou a claudicar, mas desta vez Binó não foi infeliz na abordagem ao lance.

 

O jogo estava em aberto. Os anfitriões responderam e ficaram perto do golo quando Mauro, cara-a-cara com Castro, rematou ao lado. A onda de falhanços marcava assim uma primeira parte muito bem disputada, sobretudo por parte dos comandados de Zainadine, na medida que pouco deles se esperava.

 

A etapa complementar trouxe um Pemba audaz. Logo no primeiro minuto viu a bola esbarrar no poste após o desvio de Binó. O Costa do Sol tremeu, mas quis demonstrar que estava em campo para ganhar, com Manuelito a obrigar o “keeper” a uma defesa difícil.

 

No entanto, os pupilos de Diamantino Miranda estavam longe de realizar uma exibição consistente pois, a precisarem de correr atrás do prejuízo, pedia-se deles ataques melhor desenhados. Foi a bombear bolas para a área contrária que o Costa do Sol tentou chegar à vitória, mas sem sucesso.O árbitro do encontro, Luís Jumisse, fez um bom trabalho.

 

FICHA TÉCNICA


ÁRBITRO: Luís Jumisse, auxiliado por Olívio Adriano e Abibo Adinane. QUARTO ÁRBITRO: Domingos Nhaca

 

COSTA DO SOL: Gervásio; Gito, Inácio, Vasil (Dito) e Sanito; Manuelito I, Manuelito II e Mauro; Eboh (David), Reginaldo (Alvarito) e Themba

 

FER.PEMBA: Castro; Inácio, Jotamo, Ibrahimo e Albachir; Paúnde, Cachimo, Ozias e Bobó,  Vivaldo e Binó (Said)

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:09
 O que é? |  O que é? | favorito

 

 

O CLUBE de Chibuto, “búfalo ferido” pelos “locomotivas” da capital do país na ronda anterior, fez vítima ao Ferroviário de Nampula, goleando-o por 5-1, com um “hat-trick” do recém-contratado  Jacinto. Muito cedo os chibutenses deixaram claras as suas intenções de levar de vencida esta partida e, por esta via, reconciliaram-se com os seus adeptos, que encheram por completo o campo.

 

O resultado dessa determinação não demorou, pois no primeiro minuto Jacinto fez o tento inaugural, para a explosão do público, num lance que surgiu de um arremesso e posterior assistência de Lalá.

 

O mesmo Jacinto viria, aos cinco minutos, saciar a sua veia goleadora. Numa recuperação de bola do seu meio-campo, galgou terreno e, sem dificuldades, bateu novamente o guarda-redes David.

 

A formação “locomotiva” da capital do norte ressentiu-se sem com o efeito surpresa imposto pelos donos da casa e nem a tentativa de pôr o seu meio-campo mais produtivo, com a substituição de Jamal por Hipo, resultou.

 

Na etapa complementar, quando se esperava por um Ferroviário de Nampula mais clarividente, o registo mais notável é a flagrante perdida de Belito, que foi chamado a substituir Emanuel, quando eram decorridos 53 minutos, num tento negado pela boa colocação e reflexos do “keeper” Baía.

 

Daí para a frente viu-se mais uma vez o Chibuto a passear a sua classe e os golos foram surgindo com toda a naturalidade por intermédio de Johane e pelo “carrasco” Jacinto. O tento de consolação dos “locomotivas” foi apontado por Dondo, na marcação de um livre directo.   O trabalho da equipa de arbitragem, chefiada por Sérgio Lopes, esteve à altura do jogo.

 

FICHA TÉCNICA


ÁRBITRO: Sérgio  Lopes, auxiliado por Salomão José e Carlos Guambe


CHIBUTO - Baía, Nito, Bush, Duda e Chaguala; Getinho, Jacinto, Palatão, Johane; Lalá e Chana

 

FER. DE NAMPULA – David; Rogers, Calanga, Osvaldo e Dondo; Tchitcto, César Bento, Jamal e Emanuel; Sankanie e Jerry

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:04
 O que é? |  O que é? | favorito

O PROJECTO “Khavela Maputo”, levado a cabo pela Direcção Provincial da Juventude e Desportos (DPJDM) e que visa prospecção de talentos ao nível dos oito distritos daquela parcela do país, está mais fortalecido com a aderência de mais um parceiro (Cooperação Alemã), que se junta a Embaixada Espanhola, Transporte Lalgy e outros apoiantes do projecto.

 

A DPJDM promoveu, semana passada, um seminário de reflexão sobre a estratégia de implementação do programa, que tem igualmente como finalidade a revitalização do desporto na província, com o reforço à alta-competição.

 

 

No encontro, foram definidos os próximos passos para a implementação do projecto, nomeadamente a realização de oito torneios distritais com vista a promover a competição entre os centros de treino. Serão igualmente realizados quatro formações de monitores para as modalidades de futebol, basquetebol, andebol e voleibol.

 

 

A DPJDM procedeu, durante o seminário, a entrega de material desportivo pelos oito centros, nomeadamente bolas para futebol, andebol e voleibol e redes para vólei. Um segundo lote de material desportivo será disponibilizado em Agosto.

 

 

Todas estas acções prosseguirão até ao fim do ano em curso e serão monitoradas pela instituição.De salientar que o programa conta actualmente com 31 centros e 3194 talentos em formação nas modalidades de futebol, basquetebol, atletismo, andebol, voleibol e xadrez.  

Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:59
 O que é? |  O que é? | favorito

O MATCHEDJE cimentou a liderança no Campeonato de Futebol da Cidade de Maputo ao golear Águias Especiais por 3-0, sábado, no campo do Desportivo, em partida da 11ª jornada.

 

Com um triunfo fácil, os “militares” passaram a somar 22 pontos, agora com mais cinco que o Mahafil, que ficou de fora devido ao número ímpar de equipas.

 

Numa ronda sem surpresas, o Estrela Vermelha confirmou a subida de forma, ao vencer o Cape Cape, em terreno alheio, por 1-0.

No desafio mais espectacular da ronda, o 1° de Maio ganhou o Vulcano por 3-2, mantendo-se desta forma próximo do grupo da frente.

Académica regressou aos bons resultados com um triunfo sobre o Ferroviário das Mahotas, por 1-0. Os “estudantes” reentram assim na luta pelos lugares da frente.

 

A goleada da ronda foi imposta pelo Beira-Mar da Catembe ao Nova Aliança (5-1).A equipa doutro lado da baía de Maputo somou a sua segunda vitória, enquanto o Nova Aliança averbou mais uma derrota. Em dez jogos disputados, Nova Aliança sofreu 53 golos e marcou apenas cinco.

Na próxima jornada (12ª) as atenções centram-se no sensacional despique entre o Matchedje e o Estrela Vermelha.

 

 

 CLASSIFICAÇÃO 

                                    J           V         E          D         G         P

MATCHEDJE                   8          7          1          0          27-1     22

Mahafil                         8          5          2          1          16-6     17

Estrela Vermelha          8          4          4          0          17-4     16

1° de Maio                   9          4          3          2          24-16   15

Académica                   8          4          2          2          08-06   14

Águias Especiais           8          3          2          3          08-09   11

Fer. Mahotas                9          3          2          4          07-10   11

Beira-Mar                    8          2          3          3          08-08   9

Vulcano                       10        1          2          7          03-11   5

Nova Aliança               10        0          1          9          05-53   1

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:54
 O que é? |  O que é? | favorito

O Desportivo de Nacala assaltou a liderança do Campeonato Provincial de Futebol de Nampula, ao vencer o Benfica de Nampula por 3-1, tendo igualmente beneficiado do facto de o Ferroviário daquela cidade portuária ter ficado de fora na 12ª jornada.

 

Os nacalenses somam agora 25 pontos, mais quatro que os “locomotivas”, que seguem em segundo lugar, com 21 pontos

Na outra partida da ronda, o Sporting de Angoche empatou a zero bola com a Casa Issufo, enquanto o Benfica de Monapo recebeu e venceu a Liga Muçulmana da Ilha de Moçambique por 2-1. Por seu turno, o Hospital Central de Nampula FC bateu o Moçambique FC da Ilha, por 1-0.

 

O desafio Sporting de Nampula-Benfica de Angoche não se realizou por recusa dos árbitros em apitar os jogos da primeira equipa.

 

Com este quadro de resultados, o Desportivo de Nacala, actual detentor do título  “Nampulense”, assumiu pela primeira vez a liderança da prova. A terceira posição pertence ao Benfica de Moma, com 20 pontos, mais dois que Hospital Central FC. Depois aparece uma tripla com 17 pontos, nomeadamente Benfica de Nampula, Sporting e Benfica, ambos da vila autárquica de Monapo. O Sporting de Nampula tem 13 e Moçambique FC da Ilha soma nove pontos.  O Sporting de Angoche e Casa Issufo FC têm oito pontos cada e a “lanterna vermelha” é a Liga Desportiva Muçulmana, com apenas seis.

 

 

A próxima jornada contempla os seguintes jogos: Ferroviário de Nacala-Sporting de Nampula, Benfica de Nampula-Benfica de Moma, Benfica de Angoche-Moçambique FC da Ilha, Hospital Central FC-Desportivo de Nacala, Sporting de Monapo-Sporting de Angoche e Liga Muçulmana da Ilha-Casa Issufo FC.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:50
 O que é? |  O que é? | favorito

Enquanto isso, O Ferroviário de Quelimane consentiu ontem, no seu relvado, uma comprometedora derrota de uma bola sem resposta frente ao Sporting local, em jogo a contar para a primeira jornada da segunda volta do Campeonato Provincial de Futebol da Zambézia. Com esta derrota, os “locomotivas” têm sete pontos de desvantagem em relação ao líder, Palmeiras FC, que “cilindrou” Vila Pita pela expressiva marca de três bolas sem concorrência.

 

 

Noutra partida que teve lugar no mesmo campo, o Benfica de Quelimane suou para levar de vencida Califórnia FC, por 2-1. Os dois conjuntos estão a actuar nesta época com camadas de formação e têm vindo a registar uma boa prestação.

 

 

O Mocuba veio a Quelimane arrancar três preciosos pontos, mercê da vitória tangencial  frente a 3 de Fevereiro (2-1).

O Palmeiras continua o líder destacado do certame, com 25 pontos, seguido do Ferroviário, com 18. O Mocuba e o Benfica de Quelimane partilham a terceira posição, ambos com 17 pontos.

 

 

Entretanto, arrancou no pretérito fim-de-semana a disputa do Campeonato Provincial de Futebol Feminino. No jogo de estreia, ABC humilhou 3 de Fevereiro por 5-0, no jogo de cartaz da ronda inaugural. Por seu turno, a União Esperança também goleou Real 25 de Setembro de Mocuba, por 4-0.

 

Noutros jogos, o Palmeiras venceu o Relâmpagos por 2-0 e o Mocuba batia a Académica também de Mocuba, por 5-3.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:46
 O que é? |  O que é? | favorito

OS juízes filiados na Comissão Provincial de Árbitros de Futebol (COPAF) de Nampula submeteram uma carta à Direcção da associação da modalidade, na qual mostram a sua indisponibilidade em dirigir todos os jogos onde estiver a participar o Sporting Clube de Nampula, como forma de se solidarizarem com um dos seus colegas que foi gravemente ferido no final do jogo entre aquela equipa e do Hospital Central FC que teve lugar no passado sábado, no Estádio 25 de Setembro.

 

Justificam que esta decisão tomada pelos homens do apito, apesar de reconhecerem que irá causar prejuízos no prosseguimento da prova, estão cientes que o fazem em defesa da vida humana e integridade física e que somente poderão continuar a apitar os jogos do Sporting de Nampula depois que estiver resolvido o litígio que opõe os adeptos deste clube e os membros da COPAF.

 

 

Assim, o jogo que o Sporting de Nampula deveria realizar este fim-de-semana na vila de Monapo, à porta fechada, depois de ver o seu campo interditado preventivamente por decisão do Conselho de Disciplina da APFN, ficou adiado para uma data a anunciar.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:43
 O que é? |  O que é? | favorito

A DIRECÇÃO do Estrela Vermelha reivindica a viatura prometida pela empresa GWM, patrocinadora oficial do Campeonato de Futebol da Cidade de Maputo, como parte integrante da premiação destinada ao vencedor da prova.

 

Desde finais do ano passado que o clube “alaranjado”, campeão em título, não recebe este prémio, tendo em conta que a prova terminou entre Agosto e Setembro.

 

Como está pasmado no acordo entre a Associação de Futebol da Cidade de Maputo (AFCM), organizadora do campeonato, e a GMW, o prémio de viatura visa minimizar as despesas de transporte do campeão na fase zonal sul de apuramento ao Moçambola, mais conhecida por “poule”.

Da premiação destinada ao campeão, o clube “alaranjado” recebeu 200 mil meticais, que fazem parte do lote monetário que contempla igualmente o vice-campeão.

 

A GWM vem adiando a entrega da viatura desde Novembro do ano passado, situação que está a gerar contestação por parte do Estrela Vermelha.

 

Em virtude disso, a Direcção do Estrela solicitou recentemente à AFCM a declaração comprovativa da falta do prémio para levar o caso às instâncias de direito para a devida solução, alegadamente porque os prazos prometidos para entrega da viatura estão largamente expirados e não tem igualmente havido nenhum sinal da GWM sobre o assunto.

 

Perante esta posição, a AFCM pediu ao Estrela duas semanas para tentar encontrar a solução junto do patrocinador da prova.    
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:37
 O que é? |  O que é? | favorito
 

Depois de ter começado com uma vergonhosa e humilhante derrota diante dos timorenses, por 3-0, os “Mambinhas” voltaram a perder ontem também de maneira incrível com Angola, por 3-2. Aliás, os moçambicanos facilitaram em demasia e cometeram os mesmos erros do primeiro jogo.

A defensiva foi autêntica lástima, permitindo dois golos infantis.

 

Mas depois, no segundo tempo, acusaram a responsabilidade e partiram à busca, pelo menos, de honra. Empataram o jogo com golos de Dirceu e Aristides.

 

Porém, na ponta final facilitaram mais uma vez. E como castigo vão ter que disputar o quinto lugar, portanto o penúltimo, uma vez que foram os últimos da série.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:28
 O que é? |  O que é? | favorito

Em basquetebol, depois da retumbante vitória sobre São Tomé, no domingo, por 104-8, as moçambicanas, que ontem descansaram, defrontam hoje as rivais de Angola, num jogo que se advinha venha a ser bastante complicado para as duas selecções na luta pelo segundo lugar, que dá direito à medalha de prata, visto que o ouro já está nas mãos de Portugal, que venceu todos os seus adversários, incluindo as moçambicanas.

 

Em andebol, o adversário de Moçambique dá pelo nome de Brasil. A avaliar por aquilo que as duas equipas já produziram, os brasileiros levam ligeira vantagem, mas os moçambicanos podem contrariar esse favoritismo, tudo dependendo do esquema que for montado pelos técnicos nacionais.

Vólei sempre a perder

O VOLEIBOL voltou a registar derrotas ontem tanto em masculinos como em femininos. Diante do Brasil, mesmo se esforçando ao máximo, os atletas nacionais perderam por 2-0, com os parciais de 21-6 e 21-11, em femininos; 21-13 e 21-15, em masculinos, respectivamente.
Fonte:Jornal Noticias

 
publicado por Vaxko Zakarias às 10:19
 O que é? |  O que é? | favorito
JÁ era de esperar esta derrota dos moçambicanos

JÁ era de esperar esta derrota dos moçambicanos. Os portugueses vinham de uma vitória moralizadora frente aos angolanos aparentemente mais fortes que os moçambicanos, talvez tenha sido por isso que entraram descontraídos.Os moçambicanos entraram tímidos e permitiram que os portugueses assumissem as rédeas de jogo com contra-ataques rápidos que não encontravam uma boa resposta por parte do adversário.

 

A Selecção Nacional cometia erros de palmatória. Perdia bolas de forma infantil e centrava o seu jogo pelo meio e muito longe da “muralha” contrária e, como fruto disso, perdiam-se muitas bolas.

 

Apercebendo-se dessas fraquezas, os portugueses partiram para o assalto final. Eram golos atrás de golos, razão pela qual o combinado nacional chegou ao intervalo a perder por 24-6.

 

 

No segundo tempo, os moçambicanos reorganizaram-se. Tentaram o “pressing” junto da linha dos seis metros e os portugueses já sentiam algum incómodo. Mas a diferença entre as duas equipas era notória em todos os aspectos, principalmente na concretização, onde o nosso guarda-redes se sentia desamparado.

 

Os portugueses, naturalmente, venceram por 42-17, resultado que não sofre qualquer tipo de contestação, uma vez que Moçambique foi inferior em todos os aspectos.

Palmas para as meninas do ténis

 

AS meninas do ténis, nomeadamente Cláudia Sumaia e Diana da Costa, esta última a residir na Alemanha, salvaram o dia negro dos moçambicanos. Na sua primeira aparição venceram as cabo-verdianas por 2-0, para além de terem passeado a sua classe. Já em masculinos, nenhum dos dois representes nacionais se saiu bem frente aos brasileiros.

 

O primeiro a entrar em prova foi Hugo Moreira, que não teve chances para discutir o jogo de igual para igual, acabando por perder por 2-0, com os parciais de 6-0 e 6-0. Depois foi a vez de Fábio Mendes, que também foi despachado por 2-0, mas desta feita com os parciais de 6-1 e 6-0. E por fim, a dupla juntou-se para enfrentar os brasileiros, em pares, tendo saído também derrotada por 2-0 (6-0 e 6-0).

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:16
 O que é? |  O que é? | favorito
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
19
21
22
24
25
28
29
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO