Este blog tem como objectivo difundir a documentação de carácter desportivo
Segunda-feira, 30 DE Julho 2012

ADMITIMOS que as Águias Especiais são doutro campeonato, mas a forma como a equipa se apresentou diante da Liga Muçulmana na tarde de sábado denunciava mais falta de discernimento e coesão no seio do grupo, do que propriamente factores competitivos.

 

Dito em outras palavras, não foi pelo facto de os “ polícias” militarem no Campeonato da Cidade de Maputo que fez com que não tivessem criado sequer uma jogada digna de realce em toda a partida, mas sim pela falta de qualidade dos seus atletas, o que resultou num pobre espectáculo.

O jogo começou com os “muçulmanos” a apertarem não dando qualquer espaço para o adversário assentar o seu jogo. A Liga foi empurrando, empurrando, até que aos 20 minutos Muandro abrisse o activo, numa jogada rápida de ataque.

 

A partir daí muitos esperavam algo dos “polícias”, mas infelizmente esses eram apertados ainda no seu reduto mais recuado, com Josimar, Telinho, Sonito, Muandro e com o precioso apoio de Mohamed Hagy a serem os principais carrascos do quinto classificado do Campeonato da Cidade.

 

Litos, treinador da Liga, sabia que tratando-se de um jogo da taça tudo era possível, daí que apostou numa equipa eminentemente ofensiva, a jogar com quase três avançados fixos e com uma defensiva bem atenta e instalada no meio-campo.

 

Com os campeões nacionais a jogarem assim os “polícias” desempenhavam o papel de andar atrás da bola, por isso foi com toda naturalidade e, acima de tudo, facilidade com que os “muçulmanos” chegaram ao segundo golo por Telinho, passavam 34 minutos.

 

Com este golo as Águias já começavam a se conformar com o resultado, jogando na expectativa, mas a Liga não dava tréguas nem sequer uma brecha para contra-ataque.

 

No segundo tempo, a Liga pressionou ainda muito mais. Litos apostou numa equipa que atacava pelas alas pois apercebeu-se das fragilidades dos laterais adversários. Zé Luís e depois Carlitos, é que carregavam e Josimar e Miro é que “tocavam o piano” pelos flancos, sendo que a Ítalo e Aguiar coube o papel de “dançarinos”.

 

O brasileiro marcou aos 62 minutos, enquanto Aguiar teve a mesma sorte aos 70. São golos que não isentam o guardião Wilson de culpas, pois nos dois lances teve saídas em falso.

 

O resultado não mais se alterou, mas a Liga podia ter enchido o “saco”, dado que os “polícias” demonstraram estar furos muito abaixo dos “muçulmanos”, fragilidades que foram notórias inclusive nos aspectos físico e táctico.

Arão Júnior, árbitro do encontro, fez um bom trabalho, pese embora o espectáculo tenha sido muito pobre.

 

FICHA TÉCNICA


ÁRBITRO: Arão Júnior, auxiliado por Carlos Júnior e Joaquim Sambo. Faísca João foi o quarto árbitro.

 

LIGA MUÇULMANA: Caio, Miro, Zé Luis, Hagy (Ítalo), Telinho (Isac), Cantoná, Sonito, Josimar, Chico, Muandro (Carlitos) e Aguiar.

 

ÁGUIAS ESPECIAIS: Wilson, Ricardo, Betinho, Jorge (Lino), Gito, Paito (Alex), Samito (Neto), Gamara, Anelka, Xavier e Sisqo.

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:35
 O que é? |  O que é? | favorito

O FERROVIÁRIO de Maputo, detentor da Taça de Moçambique/mcel, ficou, na tarde de ontem, afastado desta competição, ao perder com o Costa do Sol, nos penaltes, por 4-2, após um empate a zero golo no tempo regulamentar e prolongamento.

 

Com os “locomotivas” eliminados nos oitavos-de-final é um dado adquirido que a Fase Nacional da Taça de Moçambique/mcel terá um novo dono. Além do Costa do Sol, que festejou pela última vez a conquista desta prova em 2008, Clube do Chibuto, Ferroviário da Beira, Incomáti, Ferroviário de Quelimane, Ferroviário de Pemba, Liga Muçulmana e Mandimba FC continuam na corrida pela conquista da segunda mais importante competição futebolística nacional. A surpresa da ronda foi protagonizada pela formação da Incomáti, que a jogar em casa, bateu o Maxaquene, por 1-0. A equipa da vila de Xinavane assumiu-se, assim como o tomba-gigante, e quiçá, na próxima ronda, volta a causar calafrios a mais um dos potenciais candidatos. Sublinhe-se que com a eliminação do Ferroviário de Maputo e do Maxaquene, restam apenas dois sérios favoritos.

 

 

Além do Costa do Sol está a Liga Muçulmana que goleou as Águias Especiais, por 4-0. Os “muçulmanos” regressaram às vitórias depois de um prolongado jejum de sete jogos no Moçambola. De referir que a Liga, bicampeã nacional, tem as baterias viradas exclusivamente para a Taça visto que está praticamente arredada da luta pelo Moçambola. Noutros jogos da zona sul, o Chibuto venceu a Associação Desportiva da Maxixe, por 1-0. Já na zona centro, o Ferroviário da Beira goleou o Têxtil do Púnguè, por 3-0, enquanto o Ferroviário de Quelimane bateu o Chingale, por 1-0. Quem também seguiu em frente foi a HCB que foi a Chimoio arrancar um triunfo suado sobre o Téxtáfrica, por 1-0.

 

O norte do país assistiu-se a uma meia-surpresa com a eliminação do Ferroviário de Nampula frente ao seu homónimo de Pemba. A jogarem em casa, os nampulenses eram os favoritos mas acabaram por sucumbir nos penaltes com uma derrota de 5-4. Os pembenses vão agora disputar frente ao Mamdimba FC, o acesso à Fase Nacional. O Mandimba FC deixou pelo caminho o Benfica de Moma graças a uma vitória tangencial de 1-0.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 12:03
 O que é? |  O que é? | favorito

O JUDOCA nacional, Néusio Sigaúque, perdeu na estreia moçambicana nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 diante de Tony Lomo, das Ilhas Salomão, por 0100-0010 pontos, na categoria de 60 quilos.  Néusio, que foi o primeiro atleta moçambicano a entrar em acção, ficou desse modo afastado dos Jogos, facto que quebrou as expectativas que estavam depositadas sobre o atleta.

 

O atleta moçambicano teve um início excelente, mas não resistiu às investidas do adversário.

O próximo atleta a entrar em cena é Juliano Máquina, no boxe, na tarde de amanhã.

 

O Presidente da República, Armando Guebuza, que curiosamente assistiu à prova de Néusio Sigaúque, disse, em conferência de imprensa que marcou o final da sua visita a Londres, que não se pode olhar para realidades distintas de forma generalizada, porque isso pode criar vícios de raciocínio.

 

Nós temos um atleta muito dedicado, que até começou a prova e na fase inicial tinha 10 pontos, mas de repente caiu e não conseguiu avançar”, explicou o Chefe do Estado., reiterando a necessidade de se continuar a acreditar nos atletas que ainda estão por competir.

 

Armando Guebuza afirmou que é desejo de todos os moçambicanos que os atletas que representam o país nos Jogos Olímpicos obtenham bons resultados, mas chamou a atenção aos moçambicanos sobre o facto de se estarem em Londres os melhores atletas do mundo, pelo que tudo é possível.

 

O mais importante, segundo o presidente, é que existe muita força de vontade entre os atletas nacionais e sabem quais são os desafios que têm pela frente.

 

 

Guebuza afirmou adiante ter ficado impressionado com o alto nível de organização da cerimónia de abertura avaliada em 24 milhões de libras.

De salientar que o Chefe do Estado presenciou igualmente a abertura dos Jogos de Olímpicos realizados na China, em 2008.  
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 11:42
 O que é? |  O que é? | favorito
Sexta-feira, 27 DE Julho 2012
PR com atletas que representam o país nos Jogos Olímpicos

O PRESIDENTE da República, Armando Guebuza, reiterou ontem, em Londres, a confiança que o país deposita nos atletas que vão representar Moçambique na presente edição dos Jogos Olímpicos, cuja cerimónia de abertura será dirigida hoje pela monarca britânica, a Rainha Isabel II, no majestoso Estádio Olímpico da capital britânica.

 

Guebuza incentivou os atletas moçambicanos a competirem com lealdade a fim de elevarem o nome de Moçambique, “porque vocês carregam uma bandeira de milhões de moçambicanos que vão acompanhar ansiosamente a vossa prestação pela televisão, rádio e jornais”.

 

O encontro entre o Chefe do Estado e a delegação moçambicana acabou sendo transferido para as instalações do Alto Comissariado de Moçambique junto do Reino Unido da Grã Bretanha e Irlanda do Norte, em virtude das apertadas medidas de segurança na Vila Olímpica, facto que reduziria o número de compatriotas interessados em desejar boa sorte aos representantes moçambicanos.

 

Contudo, na opinião do Presidente da República, “não será desejar boa sorte, mas bom trabalho” – constatou Guebuza, depois de perguntar aos atletas se existia sorte no desporto sem trabalho.

 

 

O Chefe do Estado quis saber de cada um dos participantes quais eram as suas expectativas, tendo sido resposta uníssona de que todos se encontravam em Londres para dar o seu melhor. A nadadora Jéssica Vieira, por exemplo, salientou o facto de a “natação em Moçambique  ter mudado muito e para”, contudo, não deixou de apelar a mais recursos do Governo destinados ao desporto.

 

  O maior recurso é a auto-estima, retrucou Guebuza, acrescentando que “o amor-próprio é importante para o avanço do desporto”, mas reconhecendo que “há muito que se pode fazer ainda.  Mas tudo depende de vocês”, finalizou o Chefe do Estado.

 

 

No encontro, Armando Guebuza estava acompanhado dos ministros dos Negócios Estrangeiros e Cooperação e ainda o da Juventude e Desportos, Oldemiro Balói e Pedrito Caetano, respectivamente, para além de Carlos dos Santos, o Alto Comissário da República de Moçambique junto ao Reino Unido da Grã Bretanha e Irlanda do Norte.

 

 

Da representação olímpica nacional, liderada pelo respectivo presidente do Comité Olímpico, Marcelino Macome, notou-se a ausência de Juliano Máquina e do seu treinador, facto justificado por Aníbal Manave, Chefe da Missão, que explicou estar o atleta e toda a representação do boxe numa reunião técnica, inspecção e pesagem.

 

 

O primeiro moçambicano a entrar em acção será o judoca Néuso Sigaúque, que tem combate marcado para sábado de manhã, entre as 9.30 e as 10.30 horas locais, menos uma hora que Maputo, e terá honras de ser presenciado pelo Chefe do Estado Armando Guebuza.

 

 

Depois seguem-se, por ordem de actuação, Juliano Máquina do boxe, no dia 31 de Julho; Chakil Camal da natação, no dia 2 de Agosto e Jéssica Vieira, igualmente da natação, no dia seguinte. Kurt Couto actua nos dias 3 e 4, ele que espera chegar à final do dia 6 de Agosto dos 400 metros barreiras, enquanto que a velocista Sílvia Panguana entra em acção apenas no dia 6 de Agosto, nas eliminatórias dos 100 metros.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 11:09
 O que é? |  O que é? | favorito

O FIM-DE-SEMANA futebolístico será marcado pela disputa dos oitavos-de-final da Taça de Moçambique/mcel, sendo que o desafio entre o Ferroviário de Maputo e o Costa do Sol agendado para domingo no Estádio da Machava, às 14.00 horas, é o mais aliciante.

 

Ferroviário-Costa do Sol é dos “clássicos” de maior tradição e dos mais apetecíveis do futebol nacional, pelo que os adeptos do desporto-rei devem rumar, aos milhares, ao vale do Infulene ao princípio da tarde de domingo. Aliás, trata-se de uma final antecipada!

 

 

Entretanto, foram ontem lançados oficialmente os jogos dos oitavos-de-final da Taça de Moçambique/mcel com a presença dos técnicos e “capitãos” das equipas do jogo mais importante desta eliminatória – Ferroviário e Costa do Sol -, dirigentes da Federação Moçambicana de Futebol e da empresa patrocinadora, mcel, para além de jornalistas.

 

 

 No acto, foram explicados os contornos da prova. Paulo Chiche, administrador Comercial da mcel, por exemplo, disse que a empresa de que é dirigente vai continuar de braços abertos para apoiar a Federação Moçambicana de Futebol em tudo que for necessário para que a prova seja um sucesso. “Queremos que a Taça de Moçambique/mcel, aliás, a final seja uma festa nacional. Temos que fazer desta prova um marco nacional”.

 

Filipe Johane, secretário-geral da FMF, por seu turno, agradeceu o apoio que a mcel tem concedido para que a Taça de Moçambique seja um sucesso.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:58
 O que é? |  O que é? | favorito



A Taça de Moçambique/mcel é prioridade para nós. O Costa do Sol há muito que não conquista taças e gostaria de quebrar este jejum neste meu primeiro ano no futebol moçambicano. Se eliminarmos o Ferroviário será um passo em frente para a final.


Ficará o caminho mais liberto, porque neste momento é o adversário mais difícil”, disse Diamantino Miranda.Para Mambo, “capitão” do Costa do Sol, o mais importante é “preocuparmo-nos connosco próprios para o jogo de domingo do que com os outros. Temos que estar concentrados, porque a mínima falha pode ser fatal”.




Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:53
 O que é? |  O que é? | favorito

PARA o treinador do Ferroviário, o mais difícil é defender o título. “Vamos lutar para defendermos o título alcançado no ano passado. Que este jogo seja um espectáculo de futebol. Que os intervenientes se empenhem ao máximo. Os nossos objectivos passam por defender este título e conquistar o Moçambola”.

 

Questionado se este jogo com o Costa do Sol tinha um significado especial para a sua equipa numa altura em que caminha a passos largos para a conquista do Moçambola, Nacir respondeu que “são duas competições completamente diferentes. Este jogo não tem nenhum significado especial. Mas devo dizer que é mais difícil defender este título da Taça de Moçambique/mcel que ser campeão nacional. A Taça de Moçambique/mcel defende-se de jogo em jogo”.

 

Para o “capitão” dos “locomotivas”, o avançado Luís, “o objectivo é vencer o jogo de domingo e pensar no adversário seguinte”. 

TVM transmite dois jogos

 
A TELEVISÃO de Moçambique (TVM) vai transmitir, pela primeira vez, dois jogos da Taça de Moçambique/mcel numa única eliminatória. Assim, amanhã, vai difundir em directo o encontro da Beira entre o Ferroviário e Têxtil do Púnguè e no domingo o Ferroviário-Costa do Sol na Machava.

Calendário dos oitavos-de-final

 

AMANHÃ


Campo do 1° de Maio


14.00h – Águias Especiais-Liga Muçulmana (zona sul)

 

Campo do Ferroviário da Beira


14.00h – Ferroviário da Beira-Têxtil do Púnguè (zona centro)

 

DOMINGO


Campo Municipal da Maxixe


14.00h - A.D. Maxixe-Clube do Chibuto (zona sul)

 

Estádio da Machava


14.00h – Ferroviário-Costa do Sol (zona sul)

 

Campo do Incomáti


14.00h – Incomáti-Maxaquene (zona sul)

 

Campo do Ferroviário de Quelimane


14.00h – Ferroviário de Quelimane-Chingale (zona centro)

 

Campo da Soalpo


14.00h – Textáfrica-HCB (zona centro)

 

Estádio Municipal 1° de Maio (Lichinga)


14.00h – Mandimba FC-Benfica de Moma (zona norte)

 

Campo do Ferroviário de Nampula


14.00h – Ferroviário de Pemba-Ferroviário de Nampula (zona norte)

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:49
 O que é? |  O que é? | favorito
Selecção de Tang Soo Do

OS atletas da Selecção Nacional de Tang Soo Do que no último fim-de-semana arrecadou 15 medalhas no “Mundial”, que teve lugar em Carolina do Norte, Estados Unidos da América, queixam-se de desamparo por parte das entidades governamentais, sobretudo as que lidam com o desporto, apesar de comprovado o seu valor e contributo para o enaltecimento da nossa auto-estima além-fronteiras pelas conquistas que têm vindo a ter.

 
São eles Yara Chidiamassamba, Cláudio Temporário e Anuar Dauto, que quando contactados pelo “Notícias” para fazerem o rescaldo da sua participação no recém-terminado “Mundial”, foram unânimes em afirmar que “é nítido que em Moçambique o Tang Soo Do é marginalizado por quem de direito, apesar de ser das poucas modalidades, senão a única, que tem trazido glórias ao país”.
Fonte:Jornal Noticias
publicado por Vaxko Zakarias às 10:41
 O que é? |  O que é? | favorito

NOVA campeã mundial em seniores femininos na categoria de cintos a cor, Yara disse ao “Noticias” que para a Selecção Nacional ir ao “Mundial” passou por imensas dificuldades, tudo por falta de fundos, o que à última hora fez com que a comitiva fosse reduzida.

 

Repare que a nossa selecção era composta por 30 atletas, mas só nove é que conseguiram ir ao “Mundial”. Os restantes ficaram porque não tinham meios para viajar”, revelou.

 

Yara acrescentou que só conseguiu ir aos Estados Unidos graças ao apoio dos seus pais e familiares, pois das entidades governamentais, a selecção não teve apoio suficiente para arcar com todas as despesas de participação num evento de tamanha envergadura.

Com 21 anos de idade, esta foi a primeira participação da Yara num “Mundial”.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:35
 O que é? |  O que é? | favorito

CLÁUDIO Temporário, por sua vez, vincou que não há duvidas e nem é novidade para ninguém que o Tang Soo Do não é devidamente valorizado no país, pese embora seja a modalidade que tem enxugado as lágrimas dos moçambicanos.Para Temporário não faz sentido que se não olhe para esta modalidade mesmo estando a trazer glórias ao país, com conquistas assinaláveis sempre que toma parte de um certame internacional.

 

 

Tivemos campeão em 2008, tivemos também em 2010 e agora temos a Yara, mas ninguém está a ver tudo isso. Superámos adversários de 40 países todos com melhores condições de trabalho e atletas bem rodados que os moçambicanos, mas não somos honrados”, rematou.

Acentuando que “ tivemos adversários com comitivas de 100 a 150 atletas, mas nós com apenas nove conseguimos ter um sucesso, o que é bastante complicado”, rematou.

 

 

As palavras de Temporário foram corroboradas por Anuar Dauto, medalhas de ouro e bronze, que acrescentou que desde 2002 que Moçambique posiciona-se no pódio em mundiais, mas a nível interno ninguém já se preocupou com isso.

 

 

Quando estávamos para viajar, por exemplo, convidámos entidades governamentais, mas ninguém apareceu na nossa despedida e agora que voltamos mesmo com medalhas e Bandeira Nacional bem hasteada ninguém nos foi receber. No aeroporto só estavam nossos familiares e amigos, é penoso!”, lamentou, acrescentando que as modalidades valorizadas em Moçambique não trazem resultados, senão derrotadas atrás de derrotas.

 

Recorde-se que no “Mundial” de 2012, Moçambique competiu nas provas de armas, katas e combates.

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

publicado por Vaxko Zakarias às 10:26
 O que é? |  O que é? | favorito
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
19
21
22
24
25
28
29
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Joga se hoje em Lichinga ataça de Moçambiqui as fo...
Eu acho que já é o momento para a Federação Moçamb...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
MANOSTAXXMapa Europeu dos Salarios por Paíshttps:/...
Para auxiliar no treino nada melhor do que receita...
Entao e em 2016 nao havera????
Gostaria de salientar que a tentativa de mínimo nã...
blogs SAPO